13 anos depois…Estamos na Primeira Liga!

Agosto 22, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Lucy Santos

Não poderíamos começar o campeonato da melhor maneira! Uma vitória…sobre um clube que luta por objetivos diferentes dos nossos! É caso para dizer: WOW! Que vitória! Mas, principalmente, que exibição!



Mas comecemos pelo início!

Passava pouco das 16h00 e já estava no estádio! O olhar atento pelos primeiros adeptos a chegar e pelo primeiro frenesim no primeiro jogo…Anos depois…Na Primeira Liga! Os adeptos portistas iam chegando e só mesmo isso…adeptos portistas! Porque camisolas do Gil Vicente, nem vê-las! A hora do jogo aproximava-se e já se ia notando alguns adeptos “da casa” nas longas filas que davam acesso ao estádio mais bonito: o estádio da minha cidade! Entrei no estádio…Aquela sensação de alívio da resolução do “Caso Mateus”, aquele friozinho na barriga de disputar um campeonato a sério (na época passada vi os jogos todos no estádio, sem contar pontos, sem contar para nada), o estádio cheio! Meu Deus…o estádio cheio!…Há tanto tempo que isso não acontecia!

Na primeira parte, vimos um Gil Vicente muito bom defensivamente e com rápidas saídas em contra-ataque. Na segunda parte, surgiu um Gil Vicente ainda mais destemido e aos 60’, um excelente golo, de qualidade, de Lourency! Nos 10’ seguintes, Rodrigo cortou a bola com o braço e o árbitro assinalou penalty, que foi batido por Alex Telles. O Gil Vicente continuou a fechar todos os espaços perante um FC Porto cansado e, aos 77’, Kraev fez o 2-1 para os Gilistas! Que ambiente no estádio! De repente, o estádio, que até então, parecia um “mar azul”, voltou a ganhar outras cores, lembrando que estávamos ali, na I Liga e que não era um sonho, era uma realidade!

Terminados os 90’, e mais 6 de descontos, o estádio vibrava com a vitória! Seria a vitória dos 13 anos à espera que a justiça fosse feita? Ou a vitória de um clube que ninguém esperava, com um adversário difícil? Uma equipa toda nova, feita de raiz, com 22 jogadores que custaram tanto como 1 do FC Porto, o Zé Luís…

Fiquei no estádio até todos saírem…Tinha uma felicidade que não cabia em mim…Não consigo descrever em palavras qual a melhor vitória deste jogo: a justiça feita 13 anos depois? A casa cheia? O vibrar do público, de pé, a aplaudir o clube da minha cidade?

Há coisas que não se explicam…Sentem-se!

Depois deste jogo, deixo só um apelo: tenham o clube que quiserem, pois cada um é livre, mas acho que deveríamos, primeiro, de defender o clube na nossa cidade! Quem sabe, se assim, não houvesse só 3 clubes e o campeonato estaria melhor dividido?

No passado sábado, o Gil Vicente jogou fora com o Moreirense. Tínhamos tudo para pontuar. A motivação com os 3 pontos conquistados em casa, estratégia bem definida, os jogadores preparados e o apoio! Nesse dia, e sendo um jogo fora, a bancada estava composta. A claque oficial puxava pelo público minutos antes dos jogadores entrarem em campo e via-se que estávamos todos à espera do renascimento do Gil Vicente, que outrora nos tinham empurrado para uma Segunda Liga! O futebol que vimos não foi o esperado, nem tão pouco o resultado! O Gil entrou em campo e ao intervalo já estava a perder por 2-0. Dois golos praticamente oferecidos! Na primeira parte, estavam perdidos e não fizeram nenhum remate à baliza! Na segunda parte, Vítor Oliveira tentou ir atrás do resultado, com duas substituições feitas ao intervalo, mas o Moreirense fez o 3-0 (fruto de um grande golo) e ditou, assim, o resultado final! Um resultado justo!

Nesta partida, vimos que ainda há um caminho longo a percorrer, perante um Gil Vicente ainda apático, com algumas afinações que terão de ser feitas!

Não nos subiram as vitórias à cabeça (Desportivo das Aves, para a Taça da Liga, e FC Porto, para o campeonato), mas pessoas não podem achar que o Gil Vicente tem a melhor equipa e são os melhores do mundo quando ganha e, quando perde, já somos os piores! Temos de estar cá, jogo a jogo, a apoiar a equipa, a defender Barcelos porque o caminho é longo, mas também é óbvio que não vamos ganhar os jogos todos (era bom se assim fosse) e também não os vamos perder todos!

Como diz o Mister Vítor Oliveira: “ganhar um jogo não é difícil, difícil é ganhar muitas vezes seguidas”!

Domingo, às 20h30, temos um grande jogo: Gil Vicente FC – SC Braga! Faço um apelo a todos os Barcelenses: quem puder, que se faça sócio do clube da cidade. O preço é acessível, são 25€ (valor único) e, depois, terá de pagar mais 5€ por mês! Jogar com um estádio cheio é mais motivador do que jogar para 500 ou 1000 pessoas!

Eu espero por ti, todos os jogos em casa, no Estádio Cidade de Barcelos!

Por: Lucy Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima