Março 9, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
vsapereira
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

Bem-vindos ao meu espaço de opinião!

Em relação ao último fim de semana, ainda estou de barriga cheia, fruto de uma goleada das antigas do meu FCP ao frágil Nacional da Madeira. Fui ver o jogo ao Dragão e a única estratégia da equipa insular era ter 11 jogadores atrás da linha da bola, fechando os espaços em frente à àrea. Mas depois do golo do Óliver, nunca existiu um “plano b” do Nacional e o meu FCP passeou a sua classe, que até deu para um “bis” dos nossos atacantes e uma exibição de luxo do Brahimi (um dos mais virtuosos jogadores na Europa). Enalteço, também, a confiança e segurança com que a equipa joga, o ambiente no Dragão e, igualmente, o facto de sermos o melhor ataque, melhor defesa e a equipa com menos derrotas. Todos estes frutos têm de nos dar em breve a liderança!

Espero que em Arouca a equipa seja eficaz e que esteja apenas focada nos três pontos. Se der para jogar bem, OK, mas nesta altura o importante é ganhar! Seria vital ganharmos os dois jogos antes do clássico na Luz!

Na semana seguinte, o nosso clube joga em Turim, um jogo que pouco conta. No entanto, que faça um jogo digno e que faça o melhor resultado possível, já que outros adeptos vão esperar que sejamos goleados.

Quanto ao Feirense, foi pena o resultado e aquele lance em que o guarda-redes adversário procura a bola dentro da baliza e a bola ficou-lhe nos pés!

Falando do Sporting, espero que faça uma boa pré-época até jogar com o seu vizinho da 2ª Circular, para os cilindrar com toda a sua força!

O nosso Gil conseguiu mais um empate em casa frente ao Leixões, num jogo em que havia mais adeptos de Matosinhos do que de Barcelos! Muitos empates também são benéficos.

Parabéns pela vitória do OCB em Valongo, por 8-6, num jogo em que se deslocaram a Valongo cerca de 300 adeptos. Um registo maravilhoso!

Abraço para todos e obrigado pela atenção.

Por: Vítor Sá Pereira.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima