1ª Divisão “ao rubro”

Maio 12, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
luisgoncalves
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Antes de mais, peço desculpa por esta semana escrever um pouco menos e, por isso, por vos dar menos notícias sobre o futebol popular do nosso Concelho mas, infelizmente, estou no boletim de lesionados, estando a fazer trabalho de recuperação.

Bem, depois desta analogia futebolística – em jeito de brincadeira –, vou entrar naquilo que me (e vos) traz aqui: o futebol popular.

Na 1ª divisão, foi mais um fim de semana “recheado” de resultados “fora do normal” e surpreendentes! Para já, em 9 jogos, 5 vitórias fora, 2 empates e 2 vitórias caseiras!

A vitória fora mais surpreendente, ou a derrota caseira – caso prefiram, foi a conseguida pelo Cossourado, em casa do atual líder do campeonato – e campeão em título –, os Leões da Serra. Como se não bastasse a derrota do líder, o jogo teve um score de golos quase “fora do normal”: 9 golos apontados, sendo que 4 foram para os da casa e 5 para os forasteiros! Os Leões continuam com os resultados menos conseguidos das últimas jornadas, ficando apenas com 1 pondo de vantagem para o 2º classificado. Já o Cossourado está em 7º.

O 2º classificado, Pereira, conseguiu, desta feita, aproveitar melhor o deslize do líder, com uma vitória caseira, por 1-0, frente ao 5º, o Oliveira.

Quem conseguiu, igualmente, aproximar-se do lugar cimeiro da classificação foi o 3º classificado, Negreiros, que foi a Remelhe (9º) derrotar os da casa, por 0-1, ficando, agora, a 3 pontos do líder Leões.

Ou seja, com 3 jornadas pela frente, e com 9 pontos em disputa, os 3 primeiros estão, claramente, a lutar pelo título, sendo que há, como referi antes, apenas 1 ponto de diferença entre o 1º e o 2º, e 3 pontos entre o 1º e o 3º (2 pontos entre o 2º e o 3º)! Isto está mesmo “ao rubro”!

Outro aspeto que quero realçar são os 8 golos no Fonte Coberta – Campo (2-6 para os forasteiros) e os 6 golos no Sequeade – Silveiros (4-2 para os da casa). Fonte Coberta que está matematicamente na 2ª divisão.

O Silveiros, porque se encontra a 9 pontos do Palme (relembro que estão 9 pontos em disputa) e tem desvantagem no confronto direto (empate em casa, derrota em Palme) também já está despromovido à 2ª divisão.

Já o Baluganense está a 1 ponto do Palme, o primeiro acima da “linha de água”. Aliás, matematicamente, só os clubes colocados nas primeiras 5 posições é que podem dizer que estão “a salvo” da descida. Depois, do Silva (6º, 43 pontos) para baixo, até ao Baluganense (16º, 35 pontos), há uma diferença de menos de 9 pontos. Logo, todos os clubes colocados nas posições que medeiam estas 2 podem juntar-se a Silveiros e Fonte Coberta. Até aqui está tudo “ao rubro”!

Para a próxima jornada (32ª), destaco os jogos: Carvalhal – Leões da Serra; Pedra Furada – Pereira; Negreiros – Silva (estes para a disputa do campeonato); Campo – Baluganense e Palme – Sequeade (4 equipas que se encontram em “confronto direto” pela “escapatória” à descida e em lugares seguidos; o Carvalhal, que está nessa “luta” também, recebe o líder).




Na 2ª divisão, com a questão das subidas resolvida, falta saber quem será o campeão! Se o 3º, Perelhal, já não consegue lá chegar (está a 11 pontos do 1º, com 9 em disputa), já o Feitos (a 4 pontos do 1º) pode ainda aspirar ao título, destronando o líder Fragoso. Ou seja, é esta luta que vai, ainda, “acendendo as hostes” da 2ª divisão. Saliento, no entanto, que na 33ª há um Fragoso – Perelhal (1º contra o 3º) e que o Feitos já só pode conquistar 6 pontos (“descansa” na última jornada)!

Sendo assim, o líder Fragoso recebeu, e levou de vencida, o Milhazes, pela diferença mínima: 2-1. Tem, agora, 70 pontos.

O Feitos, 2º classificado, recebeu, e venceu, o Aborim, por 1-0, ficando com 66 pontos.

O 3º classificado, Perelhal, foi a Lijó, de onde saiu derrotado por 1-0. Tem, neste momento, 59 pontos, ou seja, está a 11 do 1º e a 7 do 2º.

Ao contrário do sucedido na jornada da 1ª divisão, na desta, as vitórias caseiras foram o mais constante (5), com 1 empate e 2 vitórias forasteiras. Também aqui não houve “chuvas” de golos como nalguns dos jogos da 1ª. O jogo com mais golos (4) foi o Águas Santas – Juventude de S. Martinho, com vitória dos da casa por 3-1.

Na próxima jornada, destaco os jogos: Águias de S. Mamede – Fragoso e Juventude de S. Martinho – Feitos (por causa da luta pelo título) e o Perelhal – Cambeses (porque os da casa ainda “aspiram” ao 2º lugar).

E por hoje é tudo!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)



Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Me deu frio

No sopro de um suspiro Corre em mim, um arrepio Toco nas
Ir Para Cima