Arquivo Mensal

Março 2017 - page 3

“Canecas” promove a inclusão social

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação port

O Projeto “Canecas”, do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, foi apresentado, ontem, dia 24 de março, na EB 2, 3 Rosa Ramalho, em Barcelinhos, e contou com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro.

A apresentação começou com a atuação musical da aluna Lara Oliveira, que recentemente ficou apurada para a final do programa televisivo “Got Talent”, e de alunos do 9º ano, que cantaram o Hino da escola. Os discursos ficaram marcados pelas palavras “inclusão”, “artesanato” e “Caminhos de Santiago”.

O “Canecas” é um projeto interdisciplinar e comunitário que cruza três ideias-chave: a inclusão social, a promoção do artesanato e dos produtos locais e a cooperação com o Caminho de Santiago. No entanto, o principal objetivo passa por proporcionar experiências significativas aos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE), que possam promover a autonomização e o desenvolvimento de competências ligadas ao mundo do trabalho.

Na passagem por Barcelinhos, os caminheiros de Santiago vão poder levar uma recordação única: canecas desenhadas pelos alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE) do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho. Produzidas no concelho, as peças de cerâmica serão totalmente personalizadas pelos estudantes e posteriormente colocadas nas escolas, à mercê dos caminheiros, todas as manhãs de terça-feira, a partir de abril. Além das canecas, o projeto envolve ainda a produção e a promoção de bolachas, chás, compotas e ervas aromáticas.

Projeto Canecas1

O projeto conta com o apoio do Município de Barcelos, da EDP Solidária, entre outros, desenvolvendo-se numa lógica de trabalho em rede com múltiplas instituições do domínio educativo.

Fonte e imagens: Município de Barcelos.



“Dia D” – IPCA transforma Barcelos na capital do Design

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação port

A Escola Superior de Design (ESD) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) promove, no dia 29 de março, a 9ª edição do “Dia D – Conversas sobre Design”, que irá decorrer no Teatro Gil Vicente, em Barcelos. A sessão contará com a participação de individualidades de destaque em várias áreas do design nacional.

De acordo com a organização, “o ‘Dia D’ é, desde a sua criação, o grande evento de divulgação do design do IPCA, contando com convidados com percursos relevantes e reconhecidos, sejam designers a título individual ou empresas. Trata-se de um evento anual, já com uma marca própria no IPCA e na região.”

E continua: “O IPCA, sendo uma instituição de ensino superior público politécnico com licenciaturas, mestrados e cursos técnicos superiores profissionais (CteSP) na área do design, deve assumir através da ESD um papel relevante na promoção e divulgação da cultura do design, nas suas variadas áreas de especialização, apresentando uma visão alargada daquilo que são as possibilidades do design, a sua ligação ao mercado profissional e o impacto que ele pode ter no desenvolvimento e formação dos nossos estudantes.”Logo_01

Por fim, refere que “Simultaneamente, a oportunidade de organizar a conferência no centro da cidade é uma aposta para abrir simbolicamente a ESD à cidade. Esta estratégia ganha suporte com o desenvolvimento das futuras instalações da ESD, num edifício histórico do centro de Barcelos, reforçando um sentimento de pertença mútuo, da cidade à ESD e da ESD à cidade.”

Contando com os apoios do IPCA, Município de Barcelos e Lidergraf, o “Dia D” é aberto a todos os interessados e faz já parte da programação cultural da cidade.

Toda a informação está disponível em facebook.com/ConferenciaDiaD

ORADORES

Caetsu, a segunda maior agência de publicidade portuguesa. Trabalha marcas como Toyota, em Portugal, ou Fidelidade, em Moçambique. Pedro Rigueira (copywriter) e Bruno Matos (art director) vão mostrar como nascem as ideias e como tudo funcionam em dupla.

Vicara, uma editora de produtos exploratórios, apostada em produzir e comercializar projetos de designers nacionais. Funciona também como agência criativa, onde a equipa desenvolve projectos de design estratégico, consultoria e design de interiores. Paulo Sellmayer é designer de produto e diretor criativo da Vicara.

Gen Design Studio, uma empresa de design composta por designers, redatores, gestores de projeto e engenheiros que, juntos, proporcionam mudanças significativas em todos os clientes. Desenvolve projetos e gere marcas em Portugal e, mais recentemente, em alguns países europeus como França, Bélgica e Holanda.

Filipe Alarcão, designer industrial com formação na Faculdade de Belas-Artes de Lisboa e na Domus Academy de Milão, onde ficou, após concluir o Mestrado, trabalhando com Michele De Lucchi (95-97). Desenvolve projetos de mobiliário, equipamento urbano, iluminação, cerâmica e vidro para Vista Alegre/Atlantis, Asplund, TemaHome, Schréder, Larus e Loja da Atalaia, entre outros. Distinguido com o Prémio Nacional de Design 1994, numa iniciativa do Centro Português de Design.

Daniel Raposo, designer de comunicação e professor de Design na Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco, dedicando-se particularmente aos temas da Identidade Visual. Autor de diversos livros e artigos sobre Design de Identidade Visual e Imagem Corporativa, bem como sobre tipografia e tipografia corporativa.

Paulo B. Uva, professor na Universidade de Aveiro, investigador do ID+ e Unicom/IADE, UE-Laureate. Tem desenvolvido a sua atividade como designer em projetos estratégicos, desde o espaço urbano e edifícios públicos, setor do mobiliário, vidro, cortiça, compósitos, transportes públicos, ambiente e embarcações marítimo-turísticas.

Programa:

10h00 Sessão de Abertura

Sessão da Manhã – moderada por Cristiana Serejo

10:15 Caetsu

10:45 Vicara

11:15 Coffee break

11:35 Gen Design Studio

12:05 Q&A

12:30 Conclusão do painel

Sessão da tarde – moderada por Demétrio Matos

14:30 Filipe Alarcão

15:00 Daniel Raposo

15:30 Paulo B. Uva

16:00 Q&A

16:30 Encerramento

Fonte e imagem: IPCA.

Ciclo de Teatro “Palco de Terra’17” em Balugães

Atualidade/Concelho/Cultura port

O auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe, no dia 1 de abril, às 21h30, a peça de teatro “Um regresso Inesperado”, de Nurmi Rocha.

A comédia do Grupo de Teatro do Vez (Arcos de Valdevez) abre a edição deste ano do Palco de Terra, ciclo de teatro organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães. A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e dinamização dos projetos teatrais na freguesia.

A entrada é livre e o ciclo continua durante o ano com mais grupos convidados, encerrando em dezembro com o grupo de teatro mais antigo da Galiza, o Teatro de Airiños.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala/ https://goo.gl/2FfFGp

Fonte e imagem: Teatro de Balugas.

Recolha de alimentos pela Recovery IPSS

Atualidade/Concelho port

No âmbito do GPS Social e Rendimentos, a Recovery realiza, dia 1 de Abril 2017, uma recolha de alimentos da Páscoa, no E. Leclerc Barcelos.

unnamed

Esta recolha irá permitir a organização de cabazes, a serem distribuídos por agregados familiares em situação de desvantagem social e económica, no concelho de Barcelos.

A organização deixa um apelo: “Juntos nesta causa, ajude-nos a ajudar!”

De acordo com a Recovery IPSS, esta associação “é uma Instituição Particular de Solidariedade Social Sem Fins Lucrativos que tem procurado, desde a sua fundação, atualizar, de forma metódica e sistemática, a sua missão assistencial relativamente aos cuidados de saúde mental em Portugal, assim como, intervir publicamente na defesa da dignidade, respeito, direitos e qualidade de vida de pessoas portadoras de doença mental e seus cuidadores informais.”

E mais: “O Projeto-Piloto «Gerar Percursos na Sociedade (GPS) – Barcelos XXI» nasceu da crença na epistemologia dos cuidados de saúde mental de base comunitária. Inclui intervenções, comunitariamente ativas, nas áreas Social e Rendimentos, Sócio-Ocupacional, Habitação, Emprego, Família, Acompanhamento Médico, Psicológico, Localização e Contacto e Advocacy.”

 

Fonte e imagens: Recovery.

Óquei de Barcelos recebe Riba d’Ave

Atualidade/Concelho/Desporto port

Após ter garantido o acesso à final four da Taça CERS e a passagem aos oitavos de final da Taça de Portugal, o OC Barcelos regressa ao nacional da 1ª divisão, defrontando, em casa, o vizinho Riba d’Ave.

Recorde-se que na primeira volta a equipa barcelense averbou uma derrota por 6-5, pelo que tentará redimir-se desse resultado negativo diante os seus adeptos.

Será a estreia do novo treinador do OC Barcelos, Paulo Pereira, em Barcelos, depois de ter orientado a equipa em Vale de Cambra para a Taça de Portugal.

Nesta partida, Hugo Costa não pode jogar por se encontrar a cumprir castigo federativo.

Acrescente-se que o OC Barcelos ocupa o 5º lugar, com trinta e dois pontos, e o Riba d’Ave o 12º, com catorze pontos

O jogo começa às 21h30 e será apitado por Júlio Teixeira do Minho e António Santos de Aveiro.

16754765_1580286735332089_423792534_n

Por: Miguel Bastos.




Sete aldeias de Barcelos candidatas às “7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias”

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo port

No passado dia 20 de março, a organização das “7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias” divulgou as aldeias candidatas a esse “galardão”. De acordo com o comunicado, a que o Barcelos na Hora teve acesso, foram apresentadas 446 candidaturas de 332 aldeias das “7 regiões do país”. E dessas, sete são de Barcelos. A saber: Abade de Neiva, Fragoso, Galegos São Martinho, Manhente, Monte de Fralães, Oliveira e Panque.





abade-neiva-7maravilhas

O mesmo comunicado refere que “esta é uma das fases decisivas do processo de eleição, em que após as candidaturas por várias entidades públicas e privadas do país, a lista longa de candidaturas é votada pelo Painel de Especialistas. Este processo para escolher as 49 aldeias pré-finalistas que vão a votação pública é auditado pela PwC, a qual deu igualmente um contributo inestimável na revisão e aperfeiçoamento do Regulamento”, que “revisto e aprovado pelos auditores, encontra-se disponível para download no site oficial e a lista longa de aldeias candidatas pode ser consultada pelo público também no site e nas redes sociais.”

fragoso-7maravilhas




De acordo com a organização, o “Painel de Especialistas começa a votar esta semana e a escolha prolonga-se até dia 31 de março. O Painel de Especialistas é convidado pela Organização com critérios de representatividade regional. É um grupo alargado de 7 elementos por região, onde têm assento figuras de indiscutível sabedoria e conhecimento local, historiadores, especialistas em conservação da natureza, jornalistas e especialistas em turismo. O Painel é organizado pelas 7 regiões e vai votar de forma secreta nas aldeias candidatas da Lista Longa, escolhendo as 7 melhores em cada uma das 7 categorias, num total de 49.”

galegos-sao-martinho-7maravilhas

E continua: “Após a votação dos Especialistas, o processo será auditado pela PwC e os resultados serão validados Conselho Científico. O Conselho Científico é um órgão de apoio à Organização, que tem a grande missão de defender os aspetos qualitativos do concurso e para desempatar se for chamado a isso. O Conselho Científico é composto por: Ministério da Agricultura, Unidade de Missão para a Valorização do Interior, Turismo de Portugal, ICNF, Centro Nacional de Cultura, Federação Minha Terra e Associação Portugal Genial.

manhente-7maravilhas

Os resultados desta votação vão ser conhecidos em conferência de imprensa, agendada para 7 de abril, na Aldeia da Pena, em S. Pedro do Sul.”

O comunicado termina com uma explicação sobre as “7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias”

“As candidatas a 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região.7maravilhas

As categorias são: Aldeias-Monumento; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas. Qualquer aldeia pode candidatar-se em múltiplas categorias.”

Assim sendo, e de acordo com os dados avançados pela organização, Abade de Neiva, Fragoso, Manhente e Monte de Fralães enquadram-se na categoria “Aldeias-Monumento”. Já Galegos São Martinho e Oliveira enquadram-se nas “Aldeias Autênticas” e, por fim, Panque entra na categoria de “Aldeias Ribeirinhas”.

monte-fralães-7maravilhas

As candidaturas decorreram até 14 de Março de 2017 e foram colocadas online no endereço oficial (basta clicar) www.7maravilhas.pt, através do formulário devidamente preenchido. Qualquer entidade pública, privada ou indivíduo nomeou aldeias como candidatas.

Todo o processo de eleição das 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias será auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

oliveira-7maravilhas

O projeto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, do Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, da Secretária de Estado do Turismo, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Centro Nacional de Cultura, Federação Minha Terra, e Associação Portugal Genial.





A RTP é a Televisão Oficial e a Renascença a Rádio Oficial.

panque-7maravilhas

Sobre este assunto, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, referiu que “é um orgulho Barcelos estar representado neste concurso. Todas as freguesias do concelho poderiam ser candidatas às 7 Maravilhas de Portugal, pois são autênticas, detentoras de um património cultural e material vastíssimo, são genuínas e de uma beleza única.”

Fontes: 7 Maravilhas de Portugal® – Aldeias e Município de Barcelos.

Imagens: Município de Barcelos e 7 Maravilhas de Portugal®.

Câmara Municipal oferece mais de dois mil livros às Bibliotecas Escolares

Atualidade/Concelho/Educação/Política port

A Semana da Leitura de Barcelos arranca com a entrega de mais de dois mil livros às Bibliotecas Escolares concelhias, pela Câmara Municipal, numa cerimónia a decorrer na Escola Rosa Ramalho, na segunda-feira, dia 27, pelas 10h30, com a presença da Vice-Presidente, Dr.ª Armandina Saleiro.

O programa foi criado para tornar os sete dias em dias de leitura obrigatória, onde será impossível “fugir” do livro ou das palavras. Encontro com escritores, sessões de teatro, leituras em família, oficinas de escrita e sessão poética animada pelas ruas da cidade são algumas das atividades previstas para decorrerem entre os dias 27 e 31 de março.

Assim, as Bibliotecas Escolares concelhias vão receber mais de dois mil livros oferecidos pela Câmara Municipal, numa cerimónia a decorrer na Escola Rosa Ramalho, na segunda-feira, pelas 10h30, com a presença da Vice-Presidente Dr.ª Armandina Saleiro.

Os escritores Paulo Azevedo, Maria Isabel Fidalgo, Isaura Queirós, Rui Sousa Basto, Sandra Cruz e Cidália Fernandes marcam presença na Semana da Leitura que se vai realizar, em Barcelos, de 27 a 31 de março.

Durante a semana, realizar-se-ão ainda sessões de teatro, leituras em família, ateliês e oficinas de escrita em várias bibliotecas e escolas. O centro histórico vai acolher uma sessão poética animada, “Versos à Solta”, com alunos e professores a declamarem pelas ruas da cidade.

A Semana da Leitura termina com o espetáculo “Pequenos Grande Poetas”, no dia 31 de março, pelas 21h, no auditório dos Paços do Concelho, em que vão participar alunos de todos os agrupamentos de escolas do concelho, desde o pré-escolar até ao ensino secundário. Serão selecionados o melhor poema inédito e a melhor declamação.

 

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Câmara Municipal e Juntas de Freguesia assinam protocolo de 5 milhões de euros

Atualidade/Concelho/Política port

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e os presidentes de Junta das freguesias do concelho assinaram, no passado dia 22 de março, no edifício da Câmara Municipal, um protocolo de competências que envolve uma transferência de 5.048.090,00€ para as freguesias, valor correspondente a 200% do Fundo de Financiamento das Freguesias (FFF).

No final da sessão de assinatura, o Presidente da Câmara Municipal sublinhou a importância do protocolo, que permite “uma intervenção mais eficiente ao nível das necessidades objetivas da população, dada a proximidade aos cidadãos”. Miguel Costa Gomes aproveitou, ainda, para apelar aos presidentes de Junta para o “cumprimento escrupuloso do protocolo, como a elaboração dos relatórios de gestão trimestral e anual da aplicação destes fundos”, referindo-se às obrigações impostas pela chamada Lei dos Compromissos e à nova lei da organização administrativa das freguesias, como um conjunto de mecanismos legais altamente condicionadores da atividade autárquica.




O conceito do “protocolo dos 200%” foi introduzido pelo atual executivo municipal em 2010 e tem como principal objetivo apoiar as freguesias nas suas competências.

O valor para o ano de 2017 é de 5.048.090,00€. As verbas referentes ao primeiro trimestre, correspondente a 25% do valor do protocolo, ou seja, 1.262.022,50€, serão transferidas de imediato segundo a aprovação, pela Câmara e pela Assembleia Municipal, dos termos do protocolo com as freguesias. Os restantes 75% serão pagos de acordo com as disponibilidades financeiras e após deliberação do executivo municipal, salvaguardando, desse modo, a Lei nº 8/2012, de 21 de fevereiro, Lei que estabelece as regras aplicáveis à assunção de compromissos.

Para a avaliação do cumprimento deste protocolo, a Junta de Freguesia obriga-se apresentar um relatório de execução, relativamente a cada um dos trimestres, até ao final do primeiro mês do trimestre seguinte. A apresentação do referido documento constitui condição necessária para o prosseguimento das transferências das comparticipações.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.




“Olá Primavera” anima Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura/Desporto/Mundo port

Apesar de só ter começado na segunda-feira, dia 20, a primavera não poderia ter sentido as boas-vidas da melhor forma no último sábado, em Barcelos.

Milhares de pessoas passaram pelo espaço “Olá Primavera”, colocado no centro da cidade pelos Amigos da Montanha e que se apresentou como um verdadeiro jardim dinâmico no centro histórico de Barcelos, pleno de animação em todas as horas do dia.

Entre exposições, distribuição de plantas aromáticas, workshops, showcooking e ações de degustação, bem como uma área infantil, as propostas foram atrativas e diversificadas num espaço dedicado ao ambiente. Neste jardim florido foi, ainda, colocado um mini auditório, no qual foram transmitidos, durante o dia, documentários sobre temáticas ambientais atuais.

IMG_2037

Esta foi uma ação de sensibilização ambiental organizada pelos Amigos da Montanha em que, uma vez mais, se pretendeu chamar a atenção para os problemas ambientais, formando e sensibilizando para a gestão racional dos recursos e para o respeito pelo meio ambiente.

O objetivo foi o de levar esta mensagem de uma forma direta através de uma ação de rua, em contacto direto com a população. A divulgação científica e a sensibilização para a proteção e conservação do planeta foram uma constante no “Olá Primavera”. Cada um dos espaços foi acompanhado por cartazes explicativos que permitiam aos visitantes aprofundar alguns conceitos e temáticas ambientais, tendo por base o novo projeto ambiental dos Amigos da Montanha, o “BiodiverCidade”, um programa constituído por um conjunto de atividades centradas na educação e sensibilização ambiental e no aumento da biodiversidade, atuando na comunidade e no terreno.

IMG_8763

O programa do “Olá Primavera” contou com a parceria de várias entidades que dinamizaram os diferentes espaços. O Gabinete de Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos promoveu o workshop “Hortas Verticais”, a Biocelos distribuiu chás e águas aromatizadas e promoveu um ShowCooking. Os Viveiros Serafins, que idealizaram “este jardim”, tiveram a responsabilidade do workshop Varandas Floridas.

IMG_8738

No “Olá Primavera” não faltou um espaço infantil, onde os mais pequenos se deliciaram entre pinturas, construção de máscaras e um “cozinhar” de comida para pássaros. Em nome da Global Association for Life, através do projeto Loving the Planet, o Presidente da Direção, Eduardo Rêgo, conhecido locutor do programa BBC Vida Selvagem, apresentou o tema “Há um coração verde que nos liga” onde o ponto principal passou pelo projeto em desenvolvimento de novas tecnologias para reforçar a vigilância e a capacidade de intervenção no combate aos fogos. A ideia passa por mudar o paradigma da organização florestal, com uma nova forma de encarar a calamidade dos incêndios.

IMG_8746

A sensibilização para a proteção da florestal ficou a cargo da Associação Florestal do Cávado.

Em várias horas do dia, no espaço Olá Primavera e nas ruas do Centro Histórico foram ainda distribuídas plantas aromáticas, convidando a população a cuidar destas plantas no sentido de promover a horticultura familiar.

No evento circularam, pela primeira vez, as bicicletas BicAM. As “Bicicletas dos Amigos” vão estar disponíveis no Albergue de Peregrinos da Associação, situado em Barcelinhos, precisamente para dar a conhecer a cidade. As bicicletas cedidas pela BikeSeven Barcelos e Onda são também uma forma ambiental de reutilização. Estão disponíveis, de forma gratuita, para os peregrinos que pernoitem no Albergue dos Amigos da Montanha e que assim poderão deslocar-se facilmente até ao centro histórico de Barcelos.

 

Fonte e imagens: Amigos da Montanha.

Atualidade/Concelho/Desporto/Opinião port
luisgoncalves
Luís Gonçalves

Olá, amigos!

Mas que jornada esta que se jogou este fim de semana, tanto a nível de resultados, como de classificações!

Senão vejamos: cinco empates e quatro vitórias, todas elas caseiras!

O jogo ao qual dei destaque na semana transata acabou empatado a duas bolas. Era, sem dúvida nenhuma, o jogo em que todos nós, os apaixonados do futebol popular, colocámos toda a atenção.

O Pereira ainda esteve a vencer por dois mas, nos instantes finais, os “Leões” conseguiram chegar ao empate a dois. Mais uma vez em que os “Leões” conseguem dar a volta ao marcador já nos descontos! Já diz o velho ditado: “não há campeão sem sorte”! Será isto um presságio para a vitória final no campeonato? Com este resultado, tudo se manteve igual: vantagem de cinco pontos dos “Leões” sobre o Pereira.

Quem aproveitou para encurtar distância pontual foi o Negreiros, que venceu a sempre difícil equipa do Pedra Furada, por duas bolas a uma. Ainda assim, a equipa de Negreiros está a oito pontos do “Leões da Serra”.

Em quarto lugar está, agora, o sensacional Cossourado, que está a fazer, sem dúvida nenhuma, uma segunda volta sublime, onde já somou 13 pontos e é o segundo ataque mais concretizador, com 46 golos marcados.

Com isto, quem baixou um lugar na tabela classificativa, foram Oliveira e Carapeços, que jogaram entre si e empataram a um golo, no reduto do Oliveira. Partilham o 5° lugar.

O Remelhe voltou a perder, desta vez contra a equipa do Silva, por uns expressivos 4-1. Mantém o 7° lugar mas vê a equipa do Silva (8°) aproximar-se e a ficar, assim, a um ponto de distância.

O Macieira perdeu frente ao Campo, por duas bolas a uma, e mantém o lugar.

No mesmo lugar está o Pedra Furada, que também perdeu, por 2-1, em Negreiros.

O Leocadenses também quis juntar-se ao Macieira e Pedra Furada, depois de ter empatado em Fonte Coberta a uma bola. Todos eles se encontram no 9° lugar.

Na jornada anterior, Carvalhal (12°) e Sequeade partilhavam o mesmo posto. Esta jornada não foi exceção. O Carvalhal foi empatar a zero em Silveiros e o Sequeade empatou em Balugães, a um.

O Campo recebeu, e venceu, o Macieira, por 2-1, conseguindo, assim, três pontos bastante importantes para fugir à despromoção.

O Palme, que na jornada anterior conseguiu três pontos importantíssimos ao vencer o Campo, esta semana claudicou e perdeu em Cossourado por 2-1.

O Baluganense empatou no seu reduto, a um, frente ao Sequeade e somou, assim, mais um ponto precioso rumo à manutenção. Campo, Palme e Baluganense ocupam o 14° lugar, com 25 pontos.

O Fonte Coberta empatou a um frente ao Leocadenses e mantém-se no 17° lugar, com 22 pontos. Não vence há cinco jornadas consecutivas.

O Silveiros tem conseguido amealhar pontos e, nesta jornada, somou mais um. Empatou a zero em Carvalhal, mantendo, no entanto, o último lugar.

Na próxima jornada destaque claro está no Remelhe-Leões, Pereira-Fonte Coberta e no Silveiros-Negreiros. Serão jogos entre equipas que lutam pelo título e pela fuga à descida de divisão. Ressalvo que o Remelhe encontra-se numa situação confortável na tabela classificativa.

Na 2° divisão, os empates (4) foram o “prato forte” desta jornada, além de duas vitorias caseiras e duas forasteiras.

Um jogo que prometia muito era o Chorente-Feitos, por diferentes razões. O Feitos, que está na luta pela subida, ocupava o 2° lugar mas deixou-se ultrapassar e, assim, descer para 3°. O Chorente, que tem feito uma 2ª volta de “se lhe tirar o chapéu”, não perde há 5 jogos e foge aos lugares mais indesejados. O resultado foi um empate a dois, num jogo em que os nervos estavam à “flor da pele”! O Chorente acabou o jogo com 8 elementos em campo!

Quem aproveitou com isto foi o Fragoso, que recebeu, e venceu, o Cambeses por uns expressivos 4-1, encostando-se ao Perelhal (menos um jogo), que folgou nesta jornada, e partilham, agora, o 1° lugar.

O São Martinho, que estava numa fase menos boa, voltou às vitórias, desta feita em Creixomil, um terreno sempre difícil de se vencer. Mantém o 4° lugar, mas, ainda assim, a 13 pontos do Feitos.

Outro jogo que suscitava todo o interesse era o Cristelo-Águas Santas. Cristelo tem sido, sem dúvida nenhuma, a equipa que tem feito “mossa” às equipas que se encontram no topo, e não só. O Águas Santas tem subido a “olhos vistos” e já ocupa o 5° lugar.

O São Mamede perdeu em casa com o “lanterna vermelha” Carvalhas. Esta foi a 1ª vitória dos homens das Carvalhas fora de portas e logo com uma equipa que vai nos lugares de cima da tabela.

Destacar, também, a vitória do Paradela, por 5-0, sobre a equipa do Lama.

Na parte inferior da tabela tudo se mantém.

Na próxima jornada, destaco o jogo Feitos-Cristelo

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

 

Por: Luís Gonçalves*

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Ir Para Cima