Arquivo Mensal

Abril 2017 - page 2

Atualidade/Desporto/Opinião port
benfiquista
Hugo Pombal Lopes

Perspectivei, na semana passada, uma vitória para o Benfica e a consequente liderança isolada. Como não deixaram o Benfica ganhar – e só alguém com o orgulho muito ferido é que será capaz de dizer o contrário – o Porto fez questão de repor a verdade, empatando com o Feirense e deixando claro que o único clube merecedor de ser campeão é o clube da Luz.

Apontamentos individuais ao clássico:

Ederson – tem claras instruções para baixar a qualidade exibicional, no sentido de afastar o desejo de terceiros o contratarem, sem comprometer o campeonato. Assim o fez e aproveitou, e ainda deu uma pancada a um adversário. Vai miúdo!

Lindelöf – não sei quem viu potencial para um defesa central marcar livres diretos (certamente o Jorge Jesus) mas que bonito foi tamanha inspiração.

Mitroglou – uma vez que temos o campeonato controlado e ele já marcou golos importantes, ponham o rapaz a treinar receções de bola porque de costas para a baliza tem sido uma nulidade.




Enganam-se se consideram isto um discurso embandeirado. Não! Apenas acho que ninguém tem vindo a provar ter mais estofo para acabar em primeiro que não o Benfica.

As sobrantes jornadas não são fáceis, sendo a próxima com o Estoril, que não tendo nada a perder e sendo uma equipa habitualmente atrevida, poderá causar algum incómodo nesta caminhada imaculada.

É certo que as coisas podem mudar, o futebol já nos mostrou que nada é certo até ser matematicamente possível. Por isso, continuo, paciente e naturalmente, à espera das vitórias consecutivas do meu clube nesta reta final e que festejemos mais um título de uma estrutura renovada e que tem vindo a apresentar resultados, que é tudo o que se pretende na alta competição.

Aproveito para enaltecer a postura de toda a comunicação do clube, que tem vindo a responder à altura a quem quer fazer mal ao futebol nacional. Viva o presidente!

Um bom resto de semana e que chegue logo o sábado para cimentar o primeiro lugar.

Cumprimentos!

Por: Hugo Pombal Lopes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)



“Grande Prémio de Roriz”, em ciclismo, com bons resultados de equipas barcelenses

Atualidade/Concelho/Desporto port

Realizou-se, no dia 25 de abril, o 15º Prémio ACR Roriz, competição que é conhecida como a “Roubaix portuguesa”, numa alusão à clássica prova francesa, numa organização da Associação Cultural e Recreativa de Roriz e da Associação de Ciclismo do Minho, e que contou com o apoio do Município de Barcelos e da Junta de freguesia de Roriz.

A prova destinou-se aos escalões de formação, de pupilos a juniores, e que juntou mais de 300 atletas oriundos, maioritariamente, do norte do país e da vizinha Galiza.

Em cadetes, a vitória “ficou em casa” e o pódio “ficou em Barcelos”. Pedro Silva, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT foi o vencedor, seguido de João Silva (2º), do Centro Ciclista de Barcelos / AFF /Orbea / Onda e de João Lobo (3º), também da equipa de Roriz. De salientar, ainda, a presença de Rui Alves (5º), do Centro Ciclista de Barcelos / AFF /Orbea / Onda, de Manuel Barbosa (6º) e Flávio Fernandes (9º), ambos da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, no top-10 final.

prova_1240_8Por equipas, em 1º lugar ficou a ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, seguida, em 2º, do Centro Ciclista de Barcelos / AFF /Orbea / Onda e em 3º lugar ficou o Maia.

Nas Escolas, em Pupilos/Benjamins, a vitória foi de Dinis Carreiras, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, com Vasco Silva, da Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel, em 2º e Simão Pedrosa, Tensai / Sambiental / Santa Marta, em 3º. De destacar a presença, no top-10, de Francisco Cardoso, do C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda, em 4º e de Martim Figueiredo, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, em 10º.




Em Iniciados, venceu Joaquim Moreira, Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel, seguido, respetivamente, por Leandro Martins (2º) e Gonçalo Rodrigues (3º), da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT. Desta equipa, Gustavo Fernandes (8º) conseguiu um lugar dentro dos 10 primeiros.

Na categoria de Infantis, a vitória coube a João Martins, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, seguido de Luís Correia (2º) e Tomás Gaspar (3º), ambos da Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel. De salientar a presença no top-10 de Dinis Saleiro, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, em 8º.

Por fim, em Juvenis, a vitória “caiu” para Sérgio Silva (Individual), seguido de João Leite (2º), da União de Ciclismo da Trofa e de Diogo Saleiro (3º), da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT. Diogo Silva (4º), Gonçalo Costa (5º), ambos do C.C.Barcelos/ AFF /Orbea / Onda, e Luís Lobo (9º), da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, são as presenças barcelenses nos 10 primeiros classificados.

acrr-grande-prémio

Nas Escolinhas de Ciclismo, a ACR Roriz foi a vencedora, com o Centro Ciclista de Barcelos a alcançar um honroso 6º lugar.

Esta competição foi pontuável para a Taça do Minho de Estrada, que ruma, no próximo sábado a Gondar – Guimarães.




Fonte: ACR Roriz Cycling Team e ACM.

Fotos: Jorge Almeida.

Luís Querido (OCB): “Queremos muito festejar em Barcelos”

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

O desejo do capitão do Óquei de Barcelos, Luís Querido, é estar, segunda-feira, em Barcelos com a Taça CERS na mão junto dos barcelenses.

A equipa do OC Barcelos parte esta sexta-feira para Itália, onde vai, pelo terceiro ano consecutivo, marcar presença na final four dessa competição europeia.

16754765_1580286735332089_423792534_n

O conjunto de Barcelos é o atual detentor do troféu que, recorde-se, conquistou no ano passado, diante os seus adeptos, após vencer o Vilafranca, de Espanha, por 6-3.

Agora em terras italianas, em Viareggio, o OC Barcelos tem como prioridade estar na final.

“Vamos, primeiro, lutar pela presença na final. Respeitamos muito o Sarzana mas estamos confiantes em garantir a final e depois lutar pelo troféu. A nossa equipa trabalhou bem durante a semana. Sabemos bem o que nos espera. Contamos com o apoio dos nossos adeptos que vão estar em Itália e de todos os que aqui, em Barcelos, vão estar a torcer por nós. Queremos muito estar aqui segunda- feira para festejar com todos “, referiu Luís Querido ao Barcelos na Hora.

Para além do encontro entre o OC Barcelos e o Sarzana, a outra meia-final coloca “frente a frente” o Viareggio, dos conhecidos Bertolucci, e a equipa espanhola do Caldés.

O OC Barcelos joga às 17h30, de sábado, com o Sarzana e o Viareggio defronta o Caldés às 19h00 (horário de Portugal continental).

A final está agendada para domingo, a partir das 18h00, onde, espera-se, a equipa barcelense possa marcar presença.

Por fim, de destacar que são esperados em Viareggio cerca de 60 a 70 adeptos do OC Barcelos, alguns deles emigrantes na Suíça e França, no apoio à equipa do Óquei de Barcelos.

18195630_1406895509356793_981988671_o

Por: Miguel Bastos.



Tradicional “Festa das Rosas”, em Vilar de Figos, é já este fim de semana

Atualidade/Concelho/Cultura port

Começa já amanhã, e termina dia 30 de abril, as tradicionais festividades em honra da Nª Srª do Rosário, em Vilar de Figos, conhecidas por “Festa das Rosas”.

festa-rosas1Logo pela manhã de sexta-feira, o dia inicia com uma salva de morteiros, terminando o dia com uma missa em honra de Nª Srª do Rosário, seguida de procissão de velas.

No sábado, pelas 15h30, decorrerá o espetáculo de cantares ao desafio, com a presença de Jorge Loureiro & Naty e Diana Fraga.  À noite, pelas 21h30, atuarão Ricardo e Henrique, seguidos da sempre animada prestação do comediante João Seabra.

festa-rosas

Dia 30 de abril, domingo, depois do terço e sermão, decorrerá a procissão, acompanhada pelo “Carro das Rosas”, terminando as festividades com as atuações da Banda de Musica de Antas (Esposende) e da Banda de Vilela.

Fonte: Agenda Cultural da CM Barcelos.



Câmara Municipal atribuiu Medalha de Honra da Cidade de Barcelos ao Professor João Carvalho

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, homenageou o Professor João Carvalho, ex-Presidente do IPCA, com a Medalha de Honra da Cidade, numa cerimónia onde a Educação foi tema em destaque, cujo investimento é, para Costa Gomes, a “obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”. Esta homenagem realizou-se no âmbito das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril.

As comemorações realizaram-se, pela primeira vez, no Auditório António Tavares, no IPCA (Instituto Politécnico do Cávado e do Ave), com uma sessão solene numa das grandes instituições de ensino superior da região e do país, o IPCA, que se associou a este importante evento. A cerimónia incluiu discursos do Presidente Interino do Instituto, Agostinho Silva, do Presidente da Assembleia Municipal de Barcelos, Duarte Nuno Pinto, do Professor e ex-Presidente do IPCA, João Carvalho, de António Cândido do Oliveira, Professor da Universidade do Minho e do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e ainda a atuação musical da Academia de Música de Viatodos.

25abril-am-viatodos

O discurso do Presidente da Câmara Municipal, Miguel Gosta Gomes, principiou com o motivo da escolha do IPCA como palco principal das comemorações do 43º aniversário do 25 de Abril, dizendo que “Muito me regozijo de poder comemorar mais um aniversário do 25 de Abril nesta instituição de ensino superior que representa o esforço e o sucesso e da democratização da nossa sociedade proporcionada pela revolução de há 43 anos”. Num discurso que teve como principal enfoque a Educação, o Presidente da Câmara comprovou a sua importância como sendo “a mais importante das conquistas de Abril”, e o seu investimento é “a obra mais perene que podemos deixar às novas gerações”, concluiu.

25 Abril

Esta sessão comemorativa pretendeu homenagear a Educação, em geral, e , em particular, com a medalha de honra da Cidade de Barcelos, como forma de reconhecimento pelo seu papel na implantação e afirmação do IPCA como instituição de ensino superior público. “Com o seu vasto currículo, com o seu esforço e dedicação e com as capacidades invulgares de formação e de perseverança, o professor João Carvalho construiu uma instituição de sucesso e de referência, mesmo quando as circunstâncias pareciam adversas”, reforçou o presidente da Câmara.




O Presidente da Assembleia Municipal, Duarte Nuno Pinto, na sua intervenção, referiu a importância do investimento na Educação como sendo uma área detentora de “um papel determinante no desenvolvimento de qualquer sociedade”. João Carvalho e Cândido Oliveira, professor da Universidade do Minho, pautaram os seus discursos pela democracia, liberdade e acesso ao ensino, tendo António Cândido de Oliveira lançado o repto ao IPCA e a Barcelos para “educar para a democracia”.

Fonte e imagens: Município de Barcelos.

“Pharmo 2017” em Barcelos

Atualidade/Concelho/Educação port

Decorreu em Barcelos, nos dias 18 e 19 de abril, o “Pharmo 2017”, que contou com a presença de colaboradores dos serviços Farmacêuticos e Armazéns de Medicamentos e Dispositivos Médicos dos vários Centros do Instituto de Saúde S.João de Deus (ISJD).

pharmo2017-2

A iniciativa, organizada pela Assessoria Farmacêutica, tem sido realizada anualmente, com um forte contributo na formação dos colaboradores. O evento serviu, ainda, para reflexão e discussão dos procedimentos internos na área dos Medicamentos e Dispositivos Médicos, constituindo-se como uma mais-valia para todos.



Fonte e imagens: OH de S. João de Deus.

Jacinto Lucas Pires fala dos seus livros em Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura port

Jacinto Lucas Pires, vencedor do “Prémio Europa – David Mourão-Ferreira”, em 2008, atribuído pela Universidade de Barie e pelo Instituto Camões, e do “Grande Prémio de Literatura DST”, em 2013, vem a Barcelos, para falar dos seus livros. Assim, já hoje, estará na Biblioteca Municipal, às 21h30, e, amanhã, marcará presença na EB 2,3 de Viatodos, às 10h00.

Jacinto Lucas Pires nasceu, em 1974, no Porto. Prosseguindo os passos do seu pai, o professor universitário Francisco Lucas Pires, no gosto pela escrita, publicou, em 1996, o seu primeiro livro, um livro de contos intitulado “Para Averiguar do seu Grau de Pureza”.

Descoberta esta faceta, a imaginação criativa não lhe deu mais tréguas, sendo já muitos e diversificados os títulos editados, em género narrativo, dramático e crónica.




Jacinto Lucas Pires publicou os seguintes livros: “Para averiguar do seu grau de pureza: treze prosas com janelas” (1997); “Universos e frigoríficos” (1997); “Azul-Turquesa” (1998); “2 filmes e algo de algodão” (1999); “Arranha-céus” (1999); “Abre para cá” (2001); “Livro usado: (numa viagem ao Japão) ” (2001); “Escrever, falar: dois diálogos e um monólogo” (2002); “Do sol” (2004); “Livro usado” (2004); “Figurantes e outras peças: figurantes, Coimbra B: os dias de hoje” (2005); “O homem da bola de vidro cortada ao meio” (2004); “Tudo e mais alguma coisa” (2006); “A expressão ‘dores de crescimento nas sociedades contemporâneas’ no âmbito da sociologia actual” (2005); “Perfeitos milagres” (2007); “Silenciador” (2008); “Assobiar em público: antologia de contos” (2008); “Sagrada família” (2010); “O perfeito ator” (2011); “Ou sim” (2013); “Quem conhece a alegria” (2015); “Quem espera” (2015).

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

José Dias vence BTT-XCO de Melgaço

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

O atleta da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT venceu, este domingo, a 3ª etapa do Campeonato do Minho de BTT-XCO, que se realizou em Melgaço.

A prova, que se disputou nas imediações do Centro de Estágios de Melgaço, foi dominada, desde a primeira volta, pelo atleta barcelense, que terminou com uma considerável vantagem sobre os adversários.




No escalão Júnior, Hélder Gonçalves também esteve em particular evidência, ao terminar no 2º lugar, sendo que Tiago Santos ficou-se pelo quarto posto. Em Master 40, Carlos Saleiro foi o 7º classificado.

Com este resultado, a equipa de Roriz terminou no 2º lugar da classificação coletiva.

Nas categorias reservadas às Escolas de BTT, os jovens atletas barcelenses estiveram em bom plano, ao vencer coletivamente.

Nos Juvenis, Luís Lobo foi o grande vencedor e Guilherme Rodrigues foi 4º. Nos Juvenis Femininos, Nicole Gonçalves foi 2ª classificada. Nos Infantis, a vitória “sorriu” a João Martins, sendo que Gabriel Baptista foi 4º, Rui Santos 5º, Dinis Saleiro 6º, Paulo Fernandes 7º e Henrique Lopes 10º. Nos Iniciados, Leandro Martins foi o vencedor e Gonçalo Rodrigues foi 4º. Nos Benjamins, Dinis Carreiras foi 2º, Adelaide Palmeira 3ª, Martim Figueiredo 4º, Afonso Pereira 7º e Vasco Araújo 8º.

18118613_1159499817510643_12724748308320031_n

A próxima competição para este campeonato é já no próximo domingo em Paredes de Coura.




Fonte e imagens: ACR Roriz Cycling Team.

Pedro Lopes, da ACR Roriz, em 2º na Taça de Portugal Juniores

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

Pedro Lopes, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, esteve em evidência, ao conquistar, nas duas etapas, a segunda posição, valendo-lhe, dessa forma, a subida ao 2º lugar do Ranking Nacional, quando faltam apenas duas etapas para o final.

17991972_1557384610970274_4788195208734779281_n

No último sábado realizou-se, na Zambujeira do Mar, um contra-relógio individual, com 23 km de distância, onde o atleta terminou no 2º posto, com o tempo de 32m16s, ficando a 17 seg. do vencedor. Também nessa etapa, Renato Costa foi 31º, José Vieira 43º, Francisco Moreira, que partia líder da classificação geral, foi 45º, Vinicio Rodrigues 58º, Carlos Vale 65º, Tiago Fernandes 103 e João Araújo 117.

18056699_1554783907897011_5633372087682353268_n

No domingo, os atletas tiveram pela frente uma exigente etapa em linha, de 130 km, com início em Vila Nova de Milfontes e chegada a Odemira. Pedro Lopes voltou a estar em evidência no pelotão ao terminar na 2ª posição, numa chegada ao sprint com o vencedor (Pedro Silva – ADRAP Penafiel). Nessa etapa, Francisco Moreira foi 15º, Tiago Fernandes 42º, José Vieira 53º, Renato Costa 61º, Vinicio Rodrigues 65º, Carlos vale 81º e João Araújo (DSQ).

18119080_1556225711086164_6412614793069944571_n

Quanto à classificação coletiva, a equipa da ACR Roriz encontra-se na primeira posição, com os mesmos pontos dos segundos e terceiros classificados (ADRAP e Boavista)

Estas prestações deixam tudo em aberto para as duas últimas etapas desta Taça de Portugal, que se vão disputar nos dias 21 e 22 de maio, em Penafiel e Braga.




Fonte e imagens: ACR Roriz Cycling Team.

João Carvalho, da ACR Roriz, vence na Taça de Portugal de Cadetes

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

Disputou-se, no passado sábado, em Paredes, a 1ª etapa da Taça de Portugal de Cadetes (Fase Inter-regional Zona Norte) que consagrou o atleta da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, João Carvalho, como o grande vencedor.

18057907_1648490905198045_1279211143382277476_n

A esta vitória junta-se a colectiva, para a equipa de Roriz, onde se destaca, igualmente, os desempenhos do Manuel Barbosa (5º), Pedro Silva (7º), João Lobo (10º), João Almeida (12º), Flávio Fernandes (13º), Sandro Macedo (24º), Lucas Braga (26º), Nuno Fernandes (35º), Vítor Costa (39º) e Bruno Silva (49º).

Esta competição continua com a 2ª etapa de apuramento, no próximo dia 6 de maio, em Golães – Guimarães.




Fonte e imagens: ACR Roriz Cycling Team.

Ir Para Cima