Arquivo Mensal

Novembro 2017 - page 10

Natação dos Amigos da Montanha conquista 31 pódios no Torneio de Abertura de Absolutos

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

A equipa da natação dos Amigos da Montanha/Becri participou, no último fim de semana, em Braga, no Torneio de Abertura de Absolutos, primeira competição da Associação de Natação do Minho, época 2017/2018.



Os 21 atletas em prova – 8 infantis, 5 juvenis, 5 juniores e 3 seniores – conquistaram, mais uma vez, excelentes resultados, com a obtenção de 31 pódios, entre os quais onze primeiros lugares, nove no lugar da prata e onze na posição do bronze.

De destacar, ainda, a obtenção de 24 recordes pessoais em 58 provas nadadas.

Os 11 primeiros lugares foram obtidos pelos Infantis B, Beatriz Silva e João Remelhe, nos 100 costas, e Luís Oliveira nos 100 estilos; Joana Velho, Infantil A, nos 100 livres; Beatriz Fernandes Juvenil B nos 100 bruços; pelos Juvenis A Filipa Marques nos 100 mariposa e Nuno Coelho nos 100 livres, 400 lives e 100 mariposa e pelos Seniores André Afonseca nos 400 livres e Rui Costa nos 200 livres.

Fonte: AM.

Câmara Municipal de Barcelos organiza Magusto na Casa da Azenha

Atualidade/Concelho/Cultura port

No próximo sábado, dia 11 de novembro, dia de São Martinho, a Câmara Municipal de Barcelos organiza um Magusto, que inicia por volta das 15h00.



O evento realiza-se na frente ribeirinha junto à Casa da Azenha e contará com poesia, castanhas, vinho de São Martinho. O grupo Haja Ânimo também marcará presença, num Magusto aberto a quem queira participar.

Fonte e imagem: AB.

Hospital de Barcelos distinguido com prémio de excelência dos hospitais “TOP 5 2017”

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo port

Hoje, 7 de novembro, o Hospital Santa Maria Maior, E.P.E. de Barcelos, foi distinguido com o prémio de excelência dos hospitais “TOP 5 2017”, relativo a melhor hospital do Grupo B.



Este é um prémio de consistência global relacionado com os indicadores de qualidade e eficiência atingidos nos últimos 3 anos. A título de curiosidade, nas quatro edições do prémio esta é a terceira vez que o Hospital barcelense é agraciado com esta distinção.

Em comunicado, a Administração do Hospital refere que “apesar das limitações e contingências estruturais em que os profissionais desenvolvem a sua atividade, a eles se devem os resultados alcançados e o respetivo reconhecimento com a obtenção deste prémio. Neste enquadramento, esta distinção constitui também um importante incentivo para prosseguirmos a missão e os objetivos do hospital, de modo a satisfazer as necessidades de cuidados de saúde da população num registo de melhoria contínua da qualidade e eficiência”.

Fonte e fotos: HSMMB.

Rotary Club de Barcelos angaria donativos que permitem vacinar 3000 crianças contra a Pólio

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo port

Na passada terça-feira, dia 31 de outubro, o Rotary Club de Barcelos promoveu um jantar frugal, no Restaurante Bagoeira, inserido na iniciativa The World’s Greatest Meal, cujos fundos revertem para a erradicação da Pólio.



O Presidente do Rotary Club de Barcelos, Marcelino Mota, referiu que o Clube “conseguiu angariar um donativo suficiente para permitir a vacinação de 3000 crianças”. Com o apoio da Bill & Melinda Gates Foundation, cada euro recolhido pela The Rotary Foundation será triplicado, com o objetivo de muito brevemente se conseguir erradicar esta doença. Atualmente, existem apenas três países onde a doença ainda é considerada endémica: Afeganistão, Nigéria e Paquistão.

A pólio também é conhecida como poliomielite ou paralisia infantil. Sendo altamente contagiosa e provocando deformações por vezes fatais, em que afeta particularmente crianças com menos de cinco anos de idade, é um perigo para a Humanidade. O vírus ataca o sistema nervoso e pode ter como consequência a paralisia. Continua nos dias de hoje a não existir cura, mas a doença pode ser prevenida pela vacina, que o Rotary e os seus parceiros têm utilizado para procurar imunizar mais de 2,5 mil milhões de crianças no mundo inteiro.

Se esta doença não for erradicada, estima-se que dentro de 10 anos poderá ter como consequência o aparecimento de 200.000 novos casos, anualmente, em todo o mundo. Apesar de ser endémica atualmente em apenas três países, nenhuma criança poderá ser considerada salva se esta doença não for eliminada.

O arranque do programa Pólio Plus no ano de 1985 foi considerada a primeira iniciativa para erradicar a paralisia infantil por meio da imunização massiva, e levou a que o número de casos da doença tenha caído de forma muito significativa. O Rotary International contribuiu com cerca de 1,7 mil milhões de dólares e infindáveis horas de trabalho voluntário para conseguir obter a imunização de mais de 2,5 mil milhões de crianças num total de 122 países.

O evento contou também com a participação da AMAR 21, uma associação sedeada na cidade de Barcelos, fundada no ano de 2012, por pais, familiares, amigos e técnicos de crianças com Trissomia 21 que motivados pelo sentimento de insatisfação, tanto pelas respostas escolares oferecidas a estas crianças, bem como a integração e as oportunidades que a sociedade lhes oferece, procuram criar uma mudança.

A AMAR 21 apresentou o seu projeto Capacita 21, projeto de profissionalização na área da pastelaria. O Clube rotário barcelense tem apoiado esta iniciativa através da aquisição de doces produzidos pelos jovens da associação.

Fonte e foto: RCB.

Atletismo jovem dos Amigos da Montanha abre a época com 4 pódios no Corta Mato “Roda dos Ventos”

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No passado dia 5 de novembro, a equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha/E.Leclerc Barcelos estreou-se na nova época competitiva com a participação no Corta Mato Roda dos Ventos.



Em início de época, os jovens atletas dos Amigos da Montanha (AM) apresentaram já boa condição física e conquistaram 4 pódios.

A prova realizou-se em Oliveira de Santa Maria, Vila Nova de Famalicão, e contou com várias equipas que, como a equipa AM/E.Leclerc Barcelos, aproveitaram este evento para dar início à época em termos competitivos.

A participação dos AM começou nos escalões de infantis, que correram 1.000 metros. O destaque foi para José Fernandes, uma estreia absoluta no atletismo e nos AM, que conquistou a terceira posição. Ainda neste escalão, de salientar o bom desempenho de Pedro Silva, que finalizou em 4º lugar, o mesmo alcançado por de Bárbara Santos, em femininos.

No escalão de Iniciados, que tiveram pela frente 2.000 metros, houve vitórias para João Simões, em masculinos, e para Beatriz Rios, em femininos. A iniciada Margarida Araújo também se evidenciou, conquistando a 4ª posição.

Em Juvenis, destaque para Mónica Costa, que correu a distância de 3.000 metros e conquistou a prata, sendo batida apenas por uma atleta do Vitória de Guimarães.

Fonte e fotos: AM.

Barcelos está entre os doze Municípios que integram a rede Living Labs

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo/Política port

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou, ontem, em Matosinhos, o contrato de desenvolvimento do Fundo Ambiental, do programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização – Living Labs.



A cerimónia, presidida pelo Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Matosinhos, e contou com a presença dos representantes dos doze municípios selecionados pelo Ministério do Ambiente:  Barcelos,  Braga, Matosinhos, Almada, Seixal, Águeda, Figueira da Foz, Maia, Évora, Loulé, Mafra e Alenquer.

Na sua intervenção, o Secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Gomes Mendes, falou nas metas a que Portugal se comprometeu para 2030 e 2050, e realçou que “não é fácil captar o apoio dos cidadãos para métodos de muito longo prazo”, enaltecendo as potencialidades deste programa “como uma resposta estruturada para sucessos rápidos e para, no curto prazo, encontrar soluções para a descarbonização das nossas cidades”.

Já o Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, encerrou a cerimónia enaltecendo os Laboratórios Vivos para a Descarbonização, “projeto tão importante para o futuro de todos nós num dia em que também arranca, em Bona, Alemanha, a 23ª conferência das Nações Unidas sobre o clima, onde representantes de mais de 100 países vão discutir medidas para avançar com o Acordo de Paris, no sentido de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e evitar o agravamento de fenómenos extremos”.

O Ministro salientou ainda a importância de “desenharmos cidades diferentes, atacando os problemas em que até hoje foi feito um percurso menos positivo, como a eficiência energética ou os transportes, dando ênfase ao papel diferenciador das cidades e desafiando os municípios envolvidos neste programa na implementação de projetos diferenciadores, inovadores e criativos, desejando a todos um ótimo trabalho”.

O programa Laboratórios Vivos para a Descarbonização – Living Labs recebeu 35 candidaturas, mas apenas doze Municípios foram selecionados. Estes serão contemplados com uma verba inicial de cerca de 80 mil euros (num montante global de 1 milhão de euros).

O “Laboratórios Vivos para a Descarbonização” pretende criar espaços urbanos inovadores, mais sustentáveis, inclusivos, resilientes e capazes de aumentar a eficiência energética. Os espaços urbanos selecionados serão, assim, transformados em áreas de teste, demonstração e apropriação de soluções tecnológicas que promovam a descarbonização da vida nas cidades. Este processo far-se-á sentir em domínios como os transportes e mobilidade, a eficiência energética em edifícios, a criação de serviços ambientais inovadores e a promoção da economia circular, numa lógica de interação entre o município, os centros de conhecimento, as empresas, as indústrias e os cidadãos.

As cidades-laboratório deverão afirmar-se como espaços de baixo carbono, acessíveis, participados e conectados, fomentando a demonstração de soluções tecnológicas integradas, em contexto real, que tenham potencial comprovado de ser adotadas pela cidade como um todo. Induzir a apropriação de novas tecnologias por parte da população e comunidade local, através do desenho de experiências interativas a vivenciar pelos cidadãos, possibilitar o teste de soluções tecnológicas pelas empresas e empreendedores num espaço territorial delimitado, promovendo a inovação e atraindo investimento estrangeiro através de parcerias com empresas tecnológicas internacionais, e a sensibilização da população para os benefícios da adoção de comportamentos sustentáveis são outros dos objetivos do programa.

Fonte e fotos: CMB.

Nova edição do calendário solidário “Ao Serviço da Terra” já está disponível para compra

Atualidade/Concelho/Cultura/Mundo port

A partir desta semana, quem quiser adquirir o calendário solidário “Ao Serviço da Terra” já o poderá fazer, bastando para isso deslocar-se a um dos pontos de venda que constam na imagem de destaque, comprando através dos membros do Grupo Agrícola de Barcelos – mentores da iniciativa – ou, mesmo, tratando da compra online e à distância.



De relembrar que as receitas da venda destes calendários revertem, na sua totalidade, para a atividade social da RECOVERY IPSS, associação barcelense presidida por Miguel Durães, que agradeceu “ao Grupo Agrícola de Barcelos pelo nobre gesto, assim como a colaboração da Associação Dinamizar a Rua Direita e a todos os lojistas e entidades” que se envolveram nesta iniciativa, vendendo calendários nos seus espaços e estabelecimentos.

Assim, para a compra online ou à distância, utilize os contactos que constam na imagem que se segue. Os locais onde pode deslocar-se para adquirir calendários, constam, como referido, na imagem de destaque.

Barcelense Joaquim Sousa “conquista” Barcelona

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No fim de semana passado, entre 4 e 5 de novembro, o barcelense Joaquim Sousa deslocou-se a Barcelona para competir na “Barcelona City Race”, a 7ª e penúltima etapa do circuito “City Race Eurotour”, provas de Orientação.



O atleta de Galegos Santa Maria, a competir pelo Clube de Orientação do Centro, venceu esta etapa e subiu ao 3º lugar do circuito europeu, no escalão de VET1, ficando assim o título ao seu alcance, caso consiga pontuar na próxima etapa, já no próximo fim de semana, 11 e 12 de novembro, em Bilbau, na região basca de Espanha.

A Barcelona City Race foi uma de duas etapas deste fim de semana do “Troféu Internacional Ciutat de Barcelona”, evento onde Joaquim Sousa fez o pleno, ao ter vencido, também, a etapa de sábado.

Fonte e fotos: JS.

Atletas dos Águias de Alvelos em grande destaque na Maratona do Porto

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

Realizou-se ontem a “EDP Maratona do Porto 2017”, onde marcou presença a Secção de Atletismo da AFC Águias de Alvelos, de Barcelos, tendo os seus atletas alcançado grandes resultados.



Assim, Daniel Pinheiro foi o 2º classificado da maratona masculina, sendo o melhor português e terminando a prova em 2h17m57s, batendo o seu recorde pessoal, perdendo apenas para o queniano Jackson Limo.

Já António Pedro Rocha foi o vencedor da Family Race, na distância de 15km, com um tempo de 46m11, deixando para trás Jorge Santa Cruz e Vítor Oliveira.

A equipa de Alvelos teve mais atletas em prova, no caso, Bruno Silva, Diogo Miguéis, Eduardo Patrício, Ricardo Sousa, Vasco Batista e Joaquim Rodrigues.

De destacar, também, o facto de que com estes resultados e prestações, o nome de Barcelos e dos Águias de Alvelos foram várias vezes referidos na edição da TVI24, que transmitiu a maratona.

Fotos: Facebook da Secção.

Fórum “Dependências – Problemas antigos, Desafios atuais” reúne especialistas em Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação/Mundo port

A Casa de Saúde S. João de Deus, em Barcelos, organiza, na próxima quinta-feira, dia 9 de novembro, um Fórum intitulado «Dependências – problemas antigos, desafios atuais», com início às 17h30, no auditório S. Bento Menni.



De acordo com a organização, “este fórum pretende levar a debate a evolução da problemática dos consumos aditivos ao longo dos últimos anos. A experiência dos vários especialistas, de diferentes áreas e com diferentes perspetivas, permitirá perceber que realidade se vive hoje em Portugal quando se fala desta questão”.

Os temas a debater serão:

– Os modelos de intervenção na prevenção dirigida à população escolar (Escola Segura)

– As velhas e as novas drogas que consumos? (alcoolismo, binge-drinking/drogas sintéticas)

– Os modelos de intervenção integrada – que eficácia?

– Os comportamentos aditivos sem substâncias

– O estigma associado às respostas – que soluções?

A iniciativa conta com a presença de Jorge Barbosa, coordenador do CRI Porto Oriental; Hélder São João, enfermeiro do CRI Viana do Castelo; Sílvia Santos – coordenadora do projeto Sorrir – Barcelos; e Mário Vale Lima, médico psiquiatra. O debate será moderado pelo diretor da revista Dependências, Sérgio Oliveira.

Este fórum dirige-se sobretudo aos professores das escolas secundárias, aos agentes das forças policiais, aos profissionais dos cuidados de saúde primários, entre outros profissionais de áreas diretamente ligadas com esta problemática. A conferência é igualmente aberta ao público em geral, sendo a entrada livre.

Fonte e imagem: ISJD.

Ir Para Cima