Arquivo Mensal

Março 2018 - page 3

Centro Ciclista de Barcelos em 4º na primeira prova da Taça de Portugal de Estrada de Cadetes – Zona A

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

A equipa barcelense CENTRO CICLISTA DE BARCELOS | AFF | ORBEA | ONDA deslocou-se, no último domingo, a Canidelo – Vila Nova de Gaia, onde participou no Troféu Joaquim Leite, a primeira prova da temporada para o pelotão de cadetes e pontuável para a Taça de Portugal de Estrada – Zona A, que juntou equipas de ciclismo da região norte e algumas da Galiza.



Coletivamente, a equipa conseguiu conquistar um bom 4º lugar da geral, com David Duarte a ser o seu melhor posicionado, na 12ª posição. Francisco Baía (14º), Ricardo Machado (21º), Gonçalo Costa (49º), João Munhoz (não terminou) completaram o elenco de ciclistas cadetes da equipa de Barcelos.

Época de ouro da radiofonia revisitada em exposição de rádios antigos

Atualidade/Concelho/Cultura port

O Município de Barcelos, em parceria com Fundação Caixa Agrícola do Noroeste, inaugura no próximo dia 28 de março, na Sala Gótica dos Paços do Concelho, a exposição “Radiofonia – A Paixão da Rádio”, uma mostra que reúne mais de três dezenas de exemplares do espólio de Sansão Vaz.



Trata-se de uma exposição evocativa de uma das maiores coleções nacionais, que tem como intuito inserir o visitante no imaginário da rádio antiga, das válvulas, dos botões cromados, do som da radiofonia, do design retro e das velhas grafonolas.

A família de Sansão Vaz é detentora de cerca de cinco centenas de telefonias, recetores/ emissores de guerra e aparelhos de gravação. Com todas as divisões da casa ocupadas com estes aparelhos, Sansão Vaz, que em 1948-1949 cumprira o serviço militar em Lisboa, tirou um curso na Rádio-Escola e tornou-se Técnico de Reparações de Telefonias. Começava aqui a sua paixão pela radiofonia e rapidamente passa a ser conhecido como “animador” de festas, romarias e bailes de salão.

A história da sua coleção é iniciada em 1985 com a compra, permuta, retomas e reparações infinitas. A coleção inclui recetores desde 1928 até à década de 60, onde predominam as marcas Philips, RCA, His Master’s Voice, Marconi, Telefunken, Siemens, Roberts Radio, Ultra, Viking, entre outras.

A coleção Sanção Vaz, da qual fazem parte 483 rádios a válvulas, de diversas épocas, constitui um precioso património radiofónico, resultante da paixão de um colecionador que durante algumas décadas comprou, conservou e reparou numerosos aparelhos recetores ligados à radiofonia.

A exposição estará patente até 22 de abril e pode ser vista de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30; aos sábados e domingos, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 17h30.

Fonte e imagem: CMB.

IPCA promove Curso Breve de Marketing Digital

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação port

Durante o mês de abril, nomeadamente, entre dias 9 e 23, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) promove um curso breve de Marketing Digital.



O curso tem um total de 20 horas, distribuídas por 5 sessões, e decorrem das 18h30 às 22h30, no Campus do IPCA, em Barcelos.

Para dar resposta à necessidade de atualização de conhecimentos em áreas chave do turismo, da hotelaria e do marketing, a ESHT tem vindo a oferecer um conjunto de cursos de curta duração, em horário pós-laboral.

São objetivos deste curso “compreender as especificidades do comportamento do consumidor e do marketing mix na era digital e os desafios que daí resultam; relacionar os conceitos e aplicar as ferramentas e técnicas de marketing ao digital; reconhecer os meios e técnicas dominantes do marketing digital; compreender a importância, o potencial de negócio e marketing nas redes sociais e concretizar uma estratégia de comunicação aplicada ao digital”.

Os destinatários são profissionais ativos em busca de novas competências nestes domínios e também estudantes que pretendam complementar os seus conhecimentos nestas áreas. Os cursos ministrados visam promover a aquisição de competências baseada numa metodologia de ensino orientada para a resolução prática de problemas.

Mais informações em (basta clicar para aceder automaticamente):

https://esht.ipca.pt/ensino/formacao-executiva/

Fonte e imagem: IPCA.

Cadetes da ACR Roriz vencem primeira prova da Taça de Portugal de Estrada

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No passado domingo, Canidelo – Vila Nova de Gaia recebeu o Troféu Joaquim Leite, a primeira prova da temporada para o pelotão de cadetes e pontuável para a Taça de Portugal de Estrada – Zona A, que juntou equipas de ciclismo da região norte e algumas da Galiza.



A formação barcelense ACR RORIZ SEISSA | KTM – BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT apresentou-se num bom momento, com Lucas Braga a terminar na 2ª posição, apenas superado pelo espanhol Manuel Rodríguez (Clube Ciclista Ponteareas), que venceu isolado os 58 km de prova com o tempo de 01H39m16s. Lucas Braga chegou no grupo perseguidor, constituído por três elementos, vencendo o sprint final, onde também se encontrava o seu colega de equipa João Almeida, que viria a ser 4º classificado, a 01m22s do vencedor.

Integrados no pelotão, chegaram, já com mais de 2 minutos para o vencedor, Diogo Saleiro (19º), Sérgio Saleiro (20º), Vítor Costa (30º), Nuno Fernandes (38º), Edgar Santos (42º) e César Eiras (45º). Luís Lobo, João Serre, Gonçalo Godinho e Tomas Salgueiro não concluíram.

De salientar que, com o bom desempenho de toda equipa, a formação da ACR Roriz foi a grande vencedora coletivamente.

Fonte e fotos: ACRR.

Colégio La Salle vence 1º Torneio de Futsal Interescolas – OPEN B 2018

Atualidade/Concelho/Desporto/Educação port

Durante a tarde de 24 de março disputou-se o 1º Torneio de Futsal Interescolas – OPEN B 2018, dinamizado pelo Projeto OPEN B, em colaboração com o Município de Barcelos, as Escolas EB 2 e 3 Gonçalo Nunes, Colégio La Salle e Secundária de Barcelos e que decorreu no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Secundária de Barcelos.



A atividade inseriu-se no âmbito do Eixo II de Intervenção – Intervenção Familiar e Parental Preventiva da Pobreza Infantil – e contou com a participação de três equipas constituídas por alunos do 9º ano de escolaridade das Escolas acima referidas, tendo como principal objetivo a “promoção do desporto e da competição saudável entre os jovens jogadores, bem como, a demonstração dos talentos relacionados com o Futsal”.

A tarde culminou com a entrega dos prémios de participação e lembranças para todos os intervenientes no torneio. A equipa do Colégio La Salle foi a vencedora, o segundo lugar foi para a Escola Secundária de Barcelos e em terceiro lugar classificou-se a Escola EB 2 e 3 Gonçalo Nunes.

Em nota enviada à imprensa, a equipa do Projeto OPEN B “agradece a total colaboração do Município de Barcelos, das Escolas envolvidas, salientando neste caso a total disponibilidade da Escola Secundária de Barcelos para acolher este evento bem como toda a logística para a organização do mesmo. Um agradecimento muito especial à dupla de arbitragem facultada pelo Núcleo de Árbitros de Futebol de Barcelos”.

Por fim, o Projeto OPEN B lança o repto às Escolas do Concelho para que estas se possam mobilizar e organizar futuramente outras iniciativas do género.

Fonte e fotos: OPEN B.

Já se conhecem os vencedores do concurso de poesia “Falar de Água com Amor”, promovido pela Águas de Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação port

Após a análise de cerca de oito centenas de poemas de alunos do 3º e 4º ano do Ensino Básico do concelho, o Júri do concurso de poesia «Falar de Água com Amor», promovido pela Águas de Barcelos, já selecionou os trabalhos vencedores.



O poema «Falar de Água com Amor», de autoria de João Lemos, da EB1 Negreiros, é o grande vencedor. O segundo lugar foi atribuído a Eva Simões, da EB1 Barqueiros. A entrega de prémios será brevemente agendada e os melhores poemas por escola serão expostos em data e local a informar brevemente.

A forte adesão no 1.º ano de implementação do projeto trouxe a concurso poemas de alunos de todos os agrupamentos escolares do concelho e contou com o envolvimento de 32 escolas. A decisão do júri não foi fácil, pois em avaliação estiveram trabalhos de grande qualidade literária e reveladores do grande empenho das escolas e alunos na participação deste projeto. Eis o poema vencedor:

«Falar de Água com Amor»

 

Da água nasceu a vida

temos de nos lembrar

por isso fazemos tudo

para a preservar!

 

A cidade de Barcelos

ao pé do rio foi construída

se maltratarmos a água

Barcelos perderá vida!

 

Rio Cávado corre puro

gosto de te ver transparente!

Ver-te limpo e respeitado

Deixa-me muito contente!

 

A poluição é uma ferida

que magoa todo o planeta!

Desde a água dos nossos rios

a uma bela borboleta!

 

Nós dependemos da água

e dela o nosso futuro

Por isso temos de lutar

por um ambiente mais puro!

 

Temos de nos envolver todos

dos amigos aos nossos pais.

Se não defendermos a água

Poderá ser tarde de mais!

 

Quando acordares de manhã

olha bem ao teu redor.

Cada coisa que nasceu da água

ela oferece com amor!

João Lemos

EB1 Negreiros

 

O Concurso de Poesia sob o tema «Falar de Água com Amor» tinha como objetivo “fomentar, junto dos mais jovens o gosto pela escrita e pela leitura, desafiando os alunos dos agrupamentos escolares do concelho a assinalarem o Dia de São Valentim com um poema recheado de sentido”.

O júri analisou os trabalhos com base na originalidade, criatividade, coerência e pertinência ao tema. Com ideias e vocabulários compatíveis à sua categoria, os poemas deveriam conter as palavras ‘Água’ e ‘Barcelos’



Por falar em júri, este foi composto por Bernardete Costa, que nasceu em Esposende, em 1949, mas foi registada em Barcelos, onde residiu grande parte da sua vida. Em 1975, iniciou a carreira como docente no então ensino primário. Em 1984, mudou-se para Vila Nova de Famalicão, onde se estreou na escrita jornalística e literária. O seu gosto pela escrita levou-a a publicar algumas obras literárias. Assim, em 2000, editou o primeiro livro de poemas “A Guardadora de Ausências”, com prefácio de Urbano Tavares Rodrigues. A boa receção da obra por parte da crítica, entusiasmou-a a continuar a escrever, especialmente poesia. Em 2001, publicou o segundo livro, “Lugares do Tempo” (prémio literário da Câmara Municipal de Barcelos), em 2002, “Insubmissão dos Afetos” e, em 2004, “Cerejas aos Molhos”, poesia dedicada à infância, todos com a chancela da extinta Campo das Letras. Igualmente dedicado à infância, publicou, em 2009, o livro de contos “O Doce Canto da Sereia e Outras Histórias”. Publicou, depois, pela mão da Atelier de Letras o livro de Poemas para a juventude “Transpiração”, com a apresentação do jovem escritor, valter hugo mãe. De novo para a infância, pela editora Atelier de Letras, em 2012, “A casa sol e o telhado poema”. Em 2013, agora pela mão da jovem editora Blossom Birds, apresenta novamente poesia em “Cânticos de Sedução”. Mais recentemente, em 2015, apresentou, de novo pela Atelier de Letras, o livro de poesia infanto/juvenil “A luz dos Animais e das Coisas”. Além destas obras, tem artigos dispersos em antologias várias e publica textos inéditos no seu blog: http://bernardetecosta.blogs.sapo.pt. Bernardete Costa retornou às origens e vive, atualmente, na avenida virada ao Rio Cávado, em Esposende.

Por Ana C. Nunes, que nasceu na “terra do galo” em 1983. Escreve ficção especulativa desde os catorze anos, altura em que achou por bem entrar num duelo literário (e completamente unilateral) com a sua grande rival desse tempo (e agora sua grande amiga). Muitas colaborações se seguiram entre as duas, culminando na publicação integral do romance gráfico “Que Sorte a Minha”, no Jornal Barcelos Popular (2006 a 2007). Desde muito cedo, Ana C. Nunes divide as suas atenções entre a banda desenhada e a escrita, por vezes criando romances ilustrados ou colaborando com excelentes artistas. No campo da escrita criativa, aventura-se, grande parte das vezes, pela ficção especulativa. Publicou contos em antologias nacionais e internacionais, destacando-se a sua participação em “Lisboa no Ano 2000” (Saída de Emergência, 2013, coordenada por João Barreiros), “Por Mundos Divergentes” (Editorial Divergência, 2014) e o conto “Anormal” (Editora Draco, 2016). Em 2010, ganhou o terceiro prémio da 4ª Mostra de BD de Odemira, com a banda desenhada “Um dia alguém lhe disse…”. O seu primeiro romance, “Angel Gabriel – Pacto de Sague”, foi publicado em 2013 e desde então tem publicado vários contos e antologias, alguns dos quais chegaram aos Tops da Amazon e do iTunes. Ana C. Nunes adora ler, passear, e estar com os amigos. Vive em Barcelos, na companhia da família e dos seus dois cães mimalhos: Mini e Stinky.

E por Victor Pinho, que é Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, possui o curso de especialização em Ciências Documentais pela mesma Universidade e é Chefe do Gabinete de Bibliotecas do Município de Barcelos. Este Técnico Superior da Câmara Municipal de Barcelos, que dirige a Biblioteca Municipal há 33 anos, tem proferido diversas conferências sobre Leitura Pública e História Local. É, ainda, membro da Comissão de Toponímia e é responsável pelo programa cultural da Feira do Livro.

 

Autor de diversos trabalhos de História Local, a maior parte dos quais publicados na “Barcelos Revista” e nos semanários “A Voz do Minho” e “Jornal de Barcelos”, onde tem vindo a publicar “Os Presidentes do Município de Barcelos”, desde o liberalismo até à atualidade. É, igualmente, o Coordenador Científico dos Fascículos que este mesmo jornal está a publicar sob o tema “Concelho de Barcelos – Freguesias”. É autor do livro “Dicionário de Barcelenses”, publicado em 2017, e que foi Prémio Literário do Município de Barcelos, 2009, na modalidade de investigação. É coautor do livro “D. José Domenech: defensor do trabalho e prestante cidadão”, publicado em 1999, em que divulga a vida e obra deste industrial espanhol de serração de madeiras e que contribuiu para a fixação, em Barcelos, de muitos cidadãos espanhóis. No prelo, está o livro “Teatro Gil Vicente: um século de histórias”, que retrata a história cultural e social de Barcelos, antes e depois da fundação daquela casa de espetáculos. É membro do Rotary Club de Barcelos, do qual foi presidente em 1998/1999 e presidente da Assembleia Geral da Tertúlia Barcelense, da qual foi presidente em 2000/2001. Foi Presidente do Definitório (Conselho Fiscal) da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, de 2009 a 2014, da provedoria do Engº Mário Azevedo e do Dr. António Pedras, Presidente da Direção do IPIR – Instituto Português de Imprensa Regional, de 2002 a 2008 e Vice-Provedor da Real Irmandade do Senhor Bom Jesus da Cruz de Barcelos, de dezembro de 2003 a março de 2007, da provedoria do Dr. Vale Ferreira.

Fonte e imagem: AdB.

Câmara de Barcelos aprova recuperação do Mercado Municipal

Atualidade/Concelho/Política port

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou o projeto de execução da “Recuperação / Reconversão do Mercado Municipal de Barcelos”, uma obra que tem como principal objetivo “a transformação e a revitalização daquele espaço, de forma a permitir um funcionamento permanente, caracterizando-se como um local amplo, moderno (sem descaracterizar o atual Mercado), confortável e acessível a todos, potenciando, desta forma, o comércio local num edifício de grande história e importância para os barcelenses”, como refere o Município em nota de imprensa.



As obras têm um orçamento de 3.070.765,90€, com IVA incluído, e um prazo de execução de 24 meses.

A intervenção compreende a construção de duas coberturas distintas, com alto pé-direito, sendo uma para o pátio quadrado (a norte) e outra para o espaço retangular central (a sul), em estrutura metálica, com largas mas termicamente controladas entradas de luz natural.

Ao centro, desenvolve-se um corpo, com acesso a partir da Rua Filipa Borges, com três metros de pé-direito, onde se cruzam os elos de ligação entre os dois núcleos principais.

No primeiro piso, prevê-se a instalação da área de peixe, com os apoios necessários de armazém, onde serão instaladas câmaras frigoríficas e produção, armazenagem e venda gelo, segundo normas próprias de utilização. Neste piso está, também, prevista a instalação da área administrativa.

No segundo piso, à volta do quadrado do pátio central, situa-se a zona destinada a talhos servidos com carga assegurada por carrinho de transporte apropriado, a partir do local de cargas e descargas.

A venda dos produtos da terra vai ocupar o outro espaço central mais alongado (retangular), agora coberto, e incluirá seis lojas de hortofrutícolas do lado poente.

Do lado nascente, serão estabelecidas lojas para as quais se propõe a ocupação de artesanato, garrafeira, padaria e malhas.

Por último, no extremo sul, será instalado um café/bar servindo a Praça de Pontevedra nos horários correntes e também o Mercado nas horas do seu funcionamento.

Ambos os pisos são servidos de instalações sanitárias ao público, sendo que, no 1.º piso, localizam-se os sanitários/vestiários para funcionários do Mercado.

Fonte e imagem: CMB.

CKAB conquista 6 pódios na Taça CPK e Afonso Macedo conquista ouro em Valongo

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No passado fim de semana, o CKAB – Clube de Karaté de Barcelos marcou presença na Taça CPK, em Fânzeres – Gondomar, e no Torneio de Valongo.



Organizada pelo Clube Karaté de Campanhã e pelo CPK – Centro Português de Karaté, esta competição contou com a presença de mais de duas centenas de atletas até aos 13 anos, ou seja, para escalões de infantis, iniciados e juvenis.

Pelo Clube barcelense participaram Maria Miranda (juvenil), Diogo Borges e Afonso Magano (iniciados), Afonso Macedo, Gonçalo Coroas e João Miranda (infantis). Jéssica Cardoso foi treinadora acompanhante. Já Inês Pereira, Andrea Barroso e Porfírio Isidoro fizeram parte da equipa de arbitragem.

Os resultados alcançados pelos karatecas do CKAB foram dignos de destaque. Assim, Diogo Borges alcançou a medalha de ouro em Kata e Maria Miranda conquistou a prata em Kata e Kumite. Já Afonso Magano, Afonso Macedo e Gonçalo Coroas conquistaram a medalha de bronze.

De acordo com o CKAB, “atendendo a que foi a primeira competição da época, estas classificações foram excelentes e provam que o rigor e seriedade do trabalho feito começam a dar bons resultados. Conscientes que existe muito trabalho até aos nacionais que se realizam no mês de maio. Parabéns a todos os atletas e aos pais que acompanharam e apoiaram.”





Afonso Macedo brilha em Valongo com conquista de medalha de ouro

Ainda no fim de semana, o CKAB participou no Torneio Juvenil de Valongo, que se realizou no Pavilhão Municipal de Campo e foi organizado pelo Clube Karaté de Valongo, contando com a participação de cerca de 500 atletas, de 20 clubes de todo o país, incluindo o CKAB.

O Clube barcelense “estreou” em competições de Karate quatro jovens atletas, Salvador Oliveira, José Pedro Simões, Hugo Barros e André Von Hafe.

Com alguns meses de prática, estes atletas de 6 e 7 anos entraram no tatami cheios de coragem, deixando grandes expectativas para o futuro.

Afonso Macedo, com pouco mais de 2 anos de prática, já brilha nos tatamis do país, alcançando o 1º lugar, em Kata Infantil, ganhando todas as provas da sua especialidade até chegar a medalha de ouro.

Fotos: CKAB.

Atletas dos Amigos da Montanha nos pódios de M55 e F50 da Meia Maratona de Braga

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No passado domingo, 25 de março, realizou-se a 3ª Meia Maratona de Braga, onde marcaram presença milhares de atletas, entre eles José Viana e Graça Costa.



José Viana, de 58 anos, competiu no escalão de M55 (entre os 55 e os 59 anos), tendo conquistado o 2º lugar, com um tempo de 1h23m53s.

Já Graça Costa, de 54 anos, competiu no escalão de F50 (entre os 50 e os 54 anos), tendo conquistado o 1º lugar, com um tempo de 1h42m11s.

Fotos: DR.

Karaté d’Os Académicos participa na Taça CPK e conquista três medalhas

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

No passado dia 24 de março, Fânzeres – Gondomar recebeu a Taça CPK – Centro Português de Karaté e que contou com a prestação de atletas da Secção de Karaté do FC “Os Académicos”, de Arcozelo. A prova foi organizada pelo Clube Karaté de Campanhã e pelo CPK.



Inês Miranda conquistou o 1º lugar em Kumite, juvenis femininos -55kg; Tiago Ribeiro foi 3º em Kumite, juvenis masculinos -50kg; e Nuno Lopes foi, igualmente, 3º em juvenis masculinos -55kg. Ana Rita Alves também competiu nesta Taça.

Foto: FCA-SK.

Ir Para Cima