Arquivo Mensal

Dezembro 2018

Muito obrigado e Bom Ano!

Atualidade/Concelho/Opinião port

Caros leitores,

Termino o ano com um artigo pequeno, mas grande em sentimento.

Quero agradecer a todos aqueles que estão comigo/connosco desde o início deste projeto. Aqueles que ajudaram a nomeá-lo, a registá-lo, a idealizá-lo,…a todos sem exceção.



Mas também quero agradecer a todas, mesmo todas, as pessoas que têm navegado connosco nesta viagem que ainda é curta, mas já com frutos dos quais nos podemos, sem falsas modéstias, orgulhar.

Foi mais um ano de extrema dedicação, por vezes, abnegação, sempre por carolice, sempre em prol do objetivo principal deste projeto: noticiar/divulgar o máximo possível, num paradigma diferente do existente neste concelho, mesmo admitindo, com toda a franqueza, que os outros meios e órgãos já existentes em Barcelos também vinham – e vêm – fazendo um grande trabalho no âmbito do que a que todos nos propomos: noticiar e divulgar, o mais possível, os acontecimentos deste concelho. Julgo que todos, sem exceção, estamos de parabéns.

Por fim, resta-me pedir desculpa por não termos podido fazer mais. Mas preciso que compreendam que este não é o nosso emprego. Todos, e ainda bem, temos os nossos empregos e este Barcelos na Hora, mesmo sendo para nós o “nosso menino”, não é a nossa principal ocupação. Nem o poderia ser, se tivermos em conta que não auferimos qualquer tipo de remuneração. Sendo assim, é compreensível – acredito – que, necessitando de dinheiro para pagarmos as nossas contas pessoais e familiares, este projeto não possa ocupar a totalidade do nosso tempo diário. Dessa forma, muita coisa ficou por noticiar e acompanhar, mas acreditem quando vos digo que fizemos o humanamente possível para vos dar o máximo de informação.

Termino com a renovação do meu sentido, pessoal e enorme agradecimento a todos os que compõem este projeto, a todos os nossos leitores e seguidores e, por fim, mas não por somenos, a todas as instituições e pessoas que têm colaborado connosco e nos têm ajudado a crescer.

O que hoje somos…a todos vós o devemos!

Muito, mas mesmo muito, obrigado a todos.

Votos de um excelente Ano Novo de 2019, repleto de saúde, amor, concretizações e sucessos!

Por: Pedro Sousa*. (Professor e Diretor do Barcelos na Hora)

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Recomeçar

Atualidade/Concelho/Cultura/Opinião port
Joana Martins

O ano a terminar

É tempo de balanço

Tive dias de lutar

Tive dias de descanso.

Dias de felicidade,

Dias sem cor também

De carinho, necessidade

Sem amor, não vivo sem.

De força vivo eu

Inundo na gratidão

Das boas pessoas que a vida me “deu”

E guardo-as no coração.

Sim, fui premiada

De amigos de verdade

Sinto-me uma sortuda

Quero levá-los para a prosperidade.

Porque especiais são as pessoas

Que nos fazem sentir especiais.

Termino agradecendo,

Por tudo que deles recebi

Nunca esquecendo

Tudo o que com eles vivi.

É tempo de recomeçar

E quero tê-los sempre a meu lado

Porque mais do que ter, é dar

Amar e ser amado.

 

Um ano muito feliz para todos!

Por: Joana Martins*.



(* A redação do poema é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Ano de 2018 de excelência para o Ténis de Mesa Barcelense

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo port

Casa do Povo de Alvito arrecada todos os títulos individuais possíveis da Associação de Ténis de Mesa de Braga

A secção de Ténis de Mesa da Casa do Povo de Alvito teve uma época desportiva 2018/2019 de grandes conquistas e resultados, conseguindo arrecadar todos os títulos individuais possíveis.



Rita Vale foi Campeã Distrital de Iniciados.

Susana Costa sagrou-se Campeã Distrital de Infantis.

André Carreiras foi Campeão Distrital de Cadetes e de Juniores Masculinos.

Já Eva Marques foi Campeã Distrital de Juniores Femininos.

O Campeão Distrital de Seniores Masculinos também é atleta da equipa barcelense. É ele Carlos X. Silva.

Por fim, Catarina Ferreira sagrou-se Campeã Distrital de Seniores Femininos.

As mais recentes provas, os Campeonatos Distritais de Juniores (masculinos e femininos), de Seniores Femininos, de Iniciados e Infantis, decorreram nos dias 1 e 22 de dezembro, no Pavilhão Municipal de Vizela, e culminaram com a conquista das seguintes classificações dos atletas da equipa de Alvito:

01/12/2018

Seniores Femininos

1ª Catarina Ferreira

2ª Marta Henriques

3ª Mariana Ferreira

4ª Jéssica Fernandes

01/12/2018

Juniores Femininos

1ª Eva Marques

2ª Érica Silva

5ª Beatriz Pereira

22/12/2018

Iniciados

1ª Rita Vale

2ª Sofia Bettencourt

3ª Alícia Godinho

4º Dinis Amaral

5º Rodrigo Godinho

6ª Leonor Nogueira

7ª Lorena Cunha

22/12/2018

Infantis

1ª Susana Costa

3º Pedro Sousa

4º João Bettencourt

5º Santiago Lagarteira

7º David Amaral

8ª Mariline Senra

22/12/2018

Juniores Masculinos

1º André Carreiras

9º Tiago Sousa

10º David Silva

13º Gustavo Ferreira

De igual forma, os resultados alcançados pela Casa do Povo de Alvito não passaram despercebidos às duas grandes marcas de Ténis de Mesa: a BUTTERFLY PORTUGAL e TIBHAR – MUNDO TT, que patrocinarão, no ano de 2019, três jogadores e dois treinadores da CP Alvito.

BUTTERFLY PORTUGAL:

Susana Costa – Jogadora;

André Carreiras – Jogador;

João Costa – Treinador.

TIBHAR MUNDO TT

Rita Vale – Jogadora;

Sandra Esteves – Treinadora.

Também a Federação Portuguesa de Ténis de Mesa reconheceu o crescente trabalho realizado pelo clube de Barcelos, tendo dado o seu voto de confiança ao treinador João Costa, convocando o mesmo para assumir estas mesmas funções ao serviço da Seleção Nacional no Open de Portugal – Cadetes e Juniores, que decorreu de 27 a 30 de novembro no Multiusos de Guimarães.

Estes factos, associados a todos os pódios nacionais e distritais alcançados no ano de 2018, com o destaque para a conquista do título de Campeã Nacional de Iniciados pela jogadora Susana Costa, fazem, sem dúvida alguma, do ano de 2018 um Ano de Excelência para o Ténis de Mesa Barcelense.

O Presidente da Direção, José Silva, em nota, deixou os “parabéns aos Atletas e Treinadores, pelos resultados obtidos. A Vossa persistência, eficácia e abdicação de muitos momentos de lazer, é para a Casa do Povo de Alvito, um grande orgulho. Espero bem, que o Vosso esforço, abnegação e estes ótimos resultados, sirvam de exemplo, para outros, com grandes apoios e meios disponíveis, sem resultados eficazes”, terminando com um “obrigado a todos Vós! Continuem!”.

Fotos: DR.

“Reis a Correr” – corrida e caminhada solidários

Atualidade/Concelho/Desporto port

No próximo dia 6 de janeiro, Dia de Reis, realiza-se a atividade “Reis a Correr”, que consiste numa corrida (10km) e numa caminhada (5km), com objetivos solidários.



A organização está a cargo da ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo, com o apoio do ARCA BarceloS Runners, Município de Barcelos e Barcelos Saudável, sendo de participação livre.

Os participantes poderão doar bens alimentares, que reverterão a favor do GASC – Grupo de Ação Social Cristã.

A partida efetua-se na Avenida da Liberdade, pelas 10h00.

Barcelense Dona Carolina do Vale celebra 106 anos

Atualidade/Concelho/Cultura port

Embora não aparente, a Dona Carolina Fernandes do Vale conta já com 106 anos, desde a véspera de Natal. O seu aniversário cria sempre um ambiente especial no Lar Nossa Senhora da Misericórdia, onde se encontra integrada desde março de 2010.



A “Ti Carolina de Carreira”, como é conhecida, nasceu a 24 de dezembro 1912, na freguesia de Quintiães, onde sempre viveu e estabeleceu família.

Casou com o regedor da freguesia e teve um filho. Ao estatuto de boa mãe e dona de casa, acrescentou o de boa viajante, uma vez que adorava passear e, como tal, conhece Portugal de uma ponta à outra.

Embora se encontre com mobilidade reduzida, ainda goza de uma saúde muito estável, sem problemas de maior.

Ao assinalar os 106 anos, a D. Carolina ganhou a posição da utente mais idosa da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, que em nota lhe deixou os parabéns.

Foto: DR.

Câmara Municipal de Barcelos transfere mais de 1,4 milhões de euros para as freguesias

Atualidade/Concelho/Política port

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 27 de dezembro, a transferência de 1.280.951,00€ para as freguesias do concelho, valor correspondente ao quarto trimestre do contrato de cooperação entre o Município e as referidas freguesias que, em 2018, ascendeu a 5.123.804,00€.



Para além daquela transferência, a Câmara Municipal aprovou um conjunto de subsídios às freguesias no valor global de 138.600,00€, como comparticipação de obras em caminhos, arranjo de muros, instalação de sistemas de águas pluviais e aquisição de carrinha para uso de uma freguesia. Naquele valor está incluída a verba de 14.100,00€, referente ao apoio à Freguesia de Macieira de Rates destinada a obras na sua sede para a instalação provisória dos alunos da EB1 de Paulinhos (atualmente em obras de remodelação), bem como o transporte das crianças.

Entre as restantes deliberações, destaque para a área social, com a aprovação de apoios ao transporte de três munícipes entre o Instituto Português de Oncologia do Porto e as suas residências, bem como o apoio ao arrendamento habitacional a nove agregados familiares e nas refeições escolares de 25 alunos dos jardins de infância e escolas do 1.º ciclo.

Destaque, ainda, para a aprovação do protocolo com a Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, que propõe uma continuidade do acordo já existente ao nível do reforço de meios humanos; para o acordo de colaboração com a Adere-Certifica, para certificação da olaria e do figurado de Barcelos; para o Contrato Programa de Desenvolvimento Desportivo com o Santa Maria Futebol Clube, que inclui uma comparticipação financeira do Município no valor de 40.000,00; e para o apoio ao Círculo Católico de Operários de Barcelos com a elaboração de um projeto de arquitetura e especialidades para a sede desta associação, em Barcelos.

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Carapeços com “Natal de mesa farta” (1ª) e Lama continua líder (2ª)

Atualidade/Concelho/Desporto/Opinião port
Gonçalo Santos

Olá, leitores do BnH.

Espero que tenham tido um Feliz Natal junto dos que mais adoram

Quem passou o “Natal de mesa farta” foi o Carapeços, que venceu por margem gorda o Palme e consolidou a liderança do campeonato em dez pontos de diferença para o segundo classificado que é, agora, o Remelhe, que venceu o Sequeade por duas bolas. A partilhar o último lugar do pódio estão o Carvalhal e Leocadenses; ambos perderam pontos nesta jornada, sendo que o Carvalhal foi empatar a uma bola aos Leões da Serra e o Leocadenses foi perder a Perelhal pela margem mínima.



O Lijó, surpreendentemente, venceu o Pereira, que tem andado na peugada dos primeiros lugares. Enquanto o Macieira venceu o Baluganense por 2-1 e vai subindo, paulatinamente, na tabela classificativa, fazendo esquecer o mau início de campeonato.

O Fragoso venceu o Campo por 1-0 e mantém-se no comboio da frente, a apenas 4 pontos do segundo lugar.

O Negreiros fez uma ultrapassagem pela esquerda ao Fonte Coberta na tabela classificativa, com a vitória sobre este em casa. E o Oliveira venceu o Silva, plantando este ainda mais no fundo tabela.

Neste momento, os lugares de despromoção são ocupados pelo Baluganense, Campo e Silva.

Na próxima jornada, o principal destaque vai para o jogo Carvalhal – Remelhe.

Na Segunda Divisão, pauta o equilíbrio entre candidatos à subida à Primeira Divisão, sendo que o líder é o Lama que vem dando continuidade ao excelente campeonato que está a realizar.

O Feitos regressou às vitórias ao fim de 5 jogos sem vencer no campeonato; esse regresso deu-se com uma goleada ao Silveiros. O segundo classificado, o Paradela, também venceu com estrondo a equipa do Cambeses, com “chapa 5”.

Num jogo de candidatos à subida, o Águas Santas venceu o S. Mamede, mas ambos mantêm-se no comboio de pretendentes à subida de divisão.

Deixo um agradecimento à equipa do Lama pelo convite para o seu jantar de Natal, mas que infelizmente não pude marcar presença. Também agradeço à equipa do Macieira, na pessoa do Sr. Sérgio Vilas Boas, pelo convite para estar presente.

Despeço-me com os desejos de um Ano Novo de 2019 em grande para todos, cheio de ambições e realizações pessoais, profissionais e desportivas.

E aproveito, também, a última crónica do ano 2018 para enviar um abraço sentido ao Diretor do Jornal Barcelos na Hora, o Sr. Pedro Sousa, que tem feito um magnífico trabalho.

Bom ano de 2019 para todos!!

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Professor Doutor João Carvalho deixa marca na história do IPCA e de Barcelos

Atualidade/Concelho/Cultura/Educação/Mundo port

Funeral realiza-se amanhã, dia 29, pelas 10h30, em Braga

Faleceu, esta quinta-feira, 27 de dezembro de 2018, em Braga, o Professor Doutor João Carvalho, ex-Presidente do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e, atualmente, a exercer funções como membro do Conselho de Curadores da Fundação Instituto Politécnico do Cávado e do Ave.

Desempenhava o cargo de Presidente da Assembleia Representativa da Ordem dos Contabilistas Certificados e era membro do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade, tendo coordenado o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses durante 14 anos (publicação apoiada pela ordem).



Foi o primeiro diretor da Escola Superior de Gestão do IPCA, em 1996, e Presidente da Comissão Instaladora do IPCA durante 5 anos.

Doutorado em Contabilidade e investigador em contabilidade pública, com dezenas de artigos e livros publicados, era uma referência no ensino superior politécnico, reconhecido pela sua comunidade académica e científica.

Foi exímio cumpridor da causa pública e da boa gestão dos dinheiros públicos, tendo pautado toda a sua vida pela retidão, rigor, profissionalismo e missão de serviço público.

“Com 62 anos, dedicou a sua vida ao IPCA, tornando-o numa instituição de ensino superior público de referência, reconhecida pela excelência e qualidade do seu ensino e pelos resultados que tem alcançado na investigação aplicada, fruto de um caminho e de uma estratégia bem delineada. Este reconhecimento resulta da sua visão clara acerca da missão e da atuação do IPCA na comunidade, na região e no país e da sua definição de metas a alcançar, culminando no crescimento e desenvolvimento sustentável”, refere o IPCA em nota.

“Fica a memória de um grande homem e de uma grande obra em prol da região, de Portugal e do Ensino Superior Politécnico”, salienta na mesma nota.

O corpo encontra-se em câmara ardente na Igreja Paroquial de Real (junto à capela de São Frutuoso – Real), em Braga.

O funeral realiza-se amanhã, dia 29 de dezembro, a partir das 10H30, na Igreja Paroquial de Real, em Braga.

Foto: DR.

 

O futebol jogado…dentro e fora de campo

Mundo port
Vítor Sá Pereira

Olá, leitores do BnH!

Espero que o vosso Natal tenha sido Santo e Feliz.

Aproveito, também, para vos desejar um 2019 com muita saúde e sucessos.

Vamos então falar de futebol, do que é jogado fora e dentro de campo. Isto porque uns são melhores dentro e outros fora.



Falando do meu clube, e do que é jogado dentro de campo, ele conquistou mais uma vitória preciosa frente a um enorme Rio Ave. Começo a sentir alguma fadiga nos jogadores do FCP. Foi um mês repleto de jogos e viagens e, apesar de ganharem fortunas, são seres humanos e nem sempre o rendimento é o melhor. O Porto entra novamente a perder o jogo, com um golo de um dos melhores avançados da Liga Portuguesa: este Carlos Vinícius, que eu já conhecia do Real Massamá, é um poço de força e talento! Fiquei impressionado e acho que tinha lugar no plantel do FCP. Outro jogador que ainda está num nível alto é Fábio Coentrão, que ainda tinha lugar num grande. Brahimi e Marega fizeram dois golos bonitos e resolveram a questão, fazendo com que o FCP terminasse com uma vitória e com a liderança no ano em que foi campeão. A equipa precisa de descansar e aproveitar esta fase de Natal, até porque estão de parabéns pelas 15 vitórias consecutivas, igualando o registo de Artur Jorge em 1984 – 1985.

Cerca de 45 minutos depois deste jogo, começou um jogo amigável, que eu, sinceramente, pensei, antes do jogo, que pudesse ser sério. Mas o resultado foi de 6 -2, entre supostamente 2 candidatos ao título, mas no final deste jogo vi tudo aos abraços e aos sorrisos e vi um Abel muito tranquilo na conferência de imprensa e não vi António Salvador irritado. Este Braga tem uma cara frente ao SLB e tem uma cara agressiva e competitiva contra os outros todos! No jogo da segunda volta vou apostar 100 euros no Benfica e a probabilidade de êxito é de 100%.

Quero destacar nesta primeira fase da época as equipas do Vitória de Guimarães, Moreirense e Belenenses. A desilusão é o Desportivo de Chaves, que tem dos orçamentos mais caros.

Para terminar, queria dar os parabéns ao SLB pelas importantes vitórias em tribunal; quero desejar boa sorte aos arguidos Paulo Gonçalves e aos oficiais de justiça. Pelos vistos, Paulo Gonçalves acedeu ao segredo de justiça por proveito pessoal e não por ser empregado do Benfica. A Juíza podia ter disfarçado melhor e, pelo menos, ia a julgamento porque havia provas dos inspetores da Judiciária, mas esse trabalho da polícia foi em vão. Falaram e defenderam-se com o “Apito Dourado” durante anos e afinal têm o poder absoluto sobre as finanças, justiça e sobre o Governo.

É que se este caso fosse comigo, o que me acontecia??? Viva a Justiça em Portugal.

Renovo os votos de um excelente 2019 e que o FCP renove o seu estatuto de Campeão Nacional.

Desculpem a minha sinceridade, não consigo ser de outra forma.

Abraço a todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Travão a fundo

Atualidade/Concelho/Desporto/Mundo/Opinião port
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH!

Jogou-se a 14ª jornada do Campeonato Nacional e saímos derrotados do D. Afonso Henriques. V. Guimarães 1-0 Sporting Clube de Portugal.

A primeira derrota da “era” Keizer. Foi também o primeiro jogo em que ficámos sem marcar sob o seu comando, após 7 partidas em que fizemos 30 golos.



Eu disse que as dificuldades iam surgir a qualquer momento. E assim foi, mas apesar das ausências importantes, não esperava, nesta fase, um jogo tão fraco da nossa parte. O Guimarães foi muito superior e dominou quase todo o jogo. Um resultado, sem dúvida, lisonjeiro para a nossa equipa. O Vitória de Guimarães merecia ter vencido por uma diferença mais dilatada. Só o nosso guarda-redes (a figura do jogo) impediu isso.

Foi um Sporting totalmente condicionado pela tática do onze Vitoriano.

Luís Castro estudou muito bem a nossa equipa e neutralizou o nosso jogo ofensivo. Fomos incapazes de penetrar e criar velocidade pelas alas, e perdemos duelos sucessivos no meio-campo.

Não restam dúvidas que temos um plantel curto e, ainda para mais, com as ausências de Nani, Battaglia, Coates, Montero e até Wendel, tudo se torna muito limitado.

De qualquer das maneiras, o mais preocupante é que depois de boas exibições, não esperava tanta inoperância, tanta lentidão da nossa equipa. A realidade é que não fomos capazes sequer de discutir a vitória em Guimarães, num estádio onde, no ano passado, vencemos por 5-0. Depois de boas exibições consecutivas, foi um autêntico “travão a fundo”. Exibição fraca, quase não construímos oportunidades de golo, quando já éramos o melhor ataque da Liga.

O futebol tem destas coisas. O futebol é o momento. E aqui fica a prova que de uma semana para a outra, tudo muda! Fomos uma “sombra” do que vínhamos a ser na “era” Keizer.

Descemos ao 3º lugar da classificação, agora a 5 pontos do líder.

Resta-nos reagir no imediato, pois ainda falta muito para jogar, muito para lutar, muito para ganhar!

Desporto é Vida! Vive o Desporto com “Respect” e “Fair-Play“!

Termino com votos de Boas Entradas para os leitores do BnH. Bom Ano Novo!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 9

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima