Abril 27, 2017 Atualidade, Desporto, Opinião
benfiquista
Hugo Pombal Lopes

Perspectivei, na semana passada, uma vitória para o Benfica e a consequente liderança isolada. Como não deixaram o Benfica ganhar – e só alguém com o orgulho muito ferido é que será capaz de dizer o contrário – o Porto fez questão de repor a verdade, empatando com o Feirense e deixando claro que o único clube merecedor de ser campeão é o clube da Luz.

Apontamentos individuais ao clássico:

Ederson – tem claras instruções para baixar a qualidade exibicional, no sentido de afastar o desejo de terceiros o contratarem, sem comprometer o campeonato. Assim o fez e aproveitou, e ainda deu uma pancada a um adversário. Vai miúdo!

Lindelöf – não sei quem viu potencial para um defesa central marcar livres diretos (certamente o Jorge Jesus) mas que bonito foi tamanha inspiração.

Mitroglou – uma vez que temos o campeonato controlado e ele já marcou golos importantes, ponham o rapaz a treinar receções de bola porque de costas para a baliza tem sido uma nulidade.




Enganam-se se consideram isto um discurso embandeirado. Não! Apenas acho que ninguém tem vindo a provar ter mais estofo para acabar em primeiro que não o Benfica.

As sobrantes jornadas não são fáceis, sendo a próxima com o Estoril, que não tendo nada a perder e sendo uma equipa habitualmente atrevida, poderá causar algum incómodo nesta caminhada imaculada.

É certo que as coisas podem mudar, o futebol já nos mostrou que nada é certo até ser matematicamente possível. Por isso, continuo, paciente e naturalmente, à espera das vitórias consecutivas do meu clube nesta reta final e que festejemos mais um título de uma estrutura renovada e que tem vindo a apresentar resultados, que é tudo o que se pretende na alta competição.

Aproveito para enaltecer a postura de toda a comunicação do clube, que tem vindo a responder à altura a quem quer fazer mal ao futebol nacional. Viva o presidente!

Um bom resto de semana e que chegue logo o sábado para cimentar o primeiro lugar.

Cumprimentos!

Por: Hugo Pombal Lopes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)



Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima