Janeiro 14, 2017 Atualidade, Desporto, Opinião
benfiquista
Hugo Pombal Lopes

Em primeiro lugar Benfica! Em segundo lugar, boa noite! Em terceiro, gostava de agradecer o convite para escrever aqui, que é com todo o gosto e até orgulho!

Antes de mais, faço uma pequena apresentação: sou um chefe de família benfiquista… e sou tão chefe desta minha família, que a minha adorável esposa é sportinguista e o meu irrepreensivelmente maravilhoso filho de um ano, um mês e oito dias de idade ainda não tem clube definido… para meu aprazível sossego tanto Benfica como Sporting estão a fazer, nestes primeiros 3/4 meses de competição, um ótimo trabalho para que a escolha se torne bastante óbvia.

Ressalvo também que, finalmente, o clube pelo qual torço com entusiasmo, deixou (espero que não seja encarado como uma situação pontual) de ser um clube com discurso choramingas e piegas, deixando esse caminho ser tomado por outros “chorões”

Contudo – como nem tudo são coisas boas – o Benfica já deixava de se debruçar sobre a sorte e jogar um futebol um pouco mais caloroso. É que eu até me considero um “gajo” pragmático mas “nem tanto ao mar, nem tanto à terra”…

Fazendo uma achega ao jogo da taça da liga, devo dizer que o Carrillo apresentou-se a um bom nível…fez o adversário parecer o Vizela. Já o Jonas fez mais do mesmo, deixou-nos preocupados com o nosso futuro quando ele, na próxima temporada, fizer 40 anos.

Uma pergunta: Já podemos esperar o nosso Gil Vicente daqui a 2 anos a disputar a Europa contra grandes equipas como Legia, Copenhaga ou Shakhtar Donetsk?!

Com os melhores cumprimentos,

Hugo Pombal Lopes

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima