A montra da Champions…

Novembro 8, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pinto

Começo, habitualmente, as minhas crónicas com um “Esta semana…”, copiando Carlos Vaz Marques, moderador do programa “Governo Sombra”, tentando, como ele, criar uma subtil imagem de marca. Acontece, desta vez, inspirar-me num outro grande vulto da análise desportiva “alternativa” dos anos 80, o grande, o inigualável, José Esteves:

“Lá diz o povão, não há montra como a da Liga do Champião!”



Acontece, porém, que a “montra” benfiquista de um passado próximo parece algo entre um aviário e uma loja de produtos asiáticos. Efetivamente Luís F. Vieira parece muito mais preocupado com o Benfica-empresa do que com o projeto desportivo do clube. Há uma ânsia incompreensível de vender jogadores, mesmo que isso custe resultados desportivos. Francamente, não se percebe. Ou percebe, se formos acreditar naquelas teorias que por aí circulam e que alegam eventuais comissões ou “luvas” para os intervenientes nos processos de venda de jogadores. Porém, mesmo acreditando que o único objetivo seja o de beneficiar o clube, pergunto se a ambição financeira tornou esta gente tão cega, que ache por bem colocar jovens talentos a disputar a Liga dos Campeões, ainda sem “estaleca” para as competições internacionais de alto nível e, pior, correndo o risco de “queimar” o currículo a estes jovens, de cada vez que formos cilindrados por um Lyon ou por um Leipzig.

Há que repensar toda esta estratégia. Há que repensar, se for o caso, a mudança de “ventos” diretivos. Sendo que corremos sempre o risco de saltar “da frigideira para o fogo”.

Internamente, a coisa lá vai correndo. Com mais ou menos golos, vamos assegurando serviços mínimos, mas muito longe do futebol de encantar da época passada. Bruno Lage merece melhores objetivos. Os jogadores merecem melhor consideração. Mas, SOBRETUDO os adeptos, merecem muito, mas muito, mais respeito.

Viva o Benfica.

E pluribus unum.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima