A Procura

Março 21, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião
Joana Martins

Procuro o cheiro

O abraço, o sabor

Da loucura a memória

A alegria e a cor.

.

Pinto de saudade

A alegria que vivi

E guardo a verdade

Do que nunca esqueci.

.

Escondo em mim

A resposta do que sei

Digo não, mas quero sim

Tirar do baú, o que guardei.

.

Não são diamantes

Mas têm muito valor

São sentimentos

Guardados com calor.

.

Procuro em mim

O que nunca esqueci

E sim, é verdade…

Nunca me esqueci de ti!

.

Por: Joana Martins*.



(* A redação do poema é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Parabéns ao meu FCP

Olá, caríssimos leitores do BnH! Antes de mais, quero desejar-vos uma Santa

Rejuvenescidos

Bem-haja, caros leitores do BnH! Jogou-se a 29ª jornada do Campeonato Nacional.
Ir Para Cima