ACR Roriz termina em 8º na Vuelta Ciclista Junior “Ribera del Duero”, em Espanha

Agosto 22, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

A equipa de Juniores da ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT esteve em especial destaque na Vuelta Ciclista Junior “Ribera del Duero”, que se realizou entre os dias 17 e 20 de agosto na Região de Burgos, em Espanha, ao conquistar um lugar no TOP 10 coletivo, nomeadamente o 8º lugar.



A prestigiada prova por etapas, realizada na vizinha Espanha, contou com a presença de 26 equipas, entre as quais algumas formações que participam no Calendário Internacional de Juniores, formando um pelotão de 140 atletas, com 14 nacionalidades diferentes.

Nesta que é considerada como uma das melhores competições por etapas para a categoria Júnior, os atletas da ACR RORIZ SEISSA | KTM-BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT, Pedro Lopes, Francisco Moreira, José Vieira, João Salgado, Carlos Vale e Nélson Pereira tinham pela frente três etapas em linha e um Contrarrelógio por Equipas.

A primeira etapa ligava Pesquera Duero a Aranda Duero, com uma distância de 90 km, e revelou-se decisiva para as contas da equipa rorizense. O vento forte que se fez sentir, num terreno plano com um misto de ondulado, a que se juntou um ritmo intenso na dianteira do pelotão, causou vários cortes, fracionando os atletas em vários grupos. Pedro Lopes foi o único a escapar, ficando no grupo da frente, que era constituído por cerca de 50 atletas. Deste grupo saíram 5 atletas que viriam a discutir a vitória entre si, deixando os restantes membros dele a cerca de 02m30seg e o restante pelotão já a mais de 6 minutos. O vencedor da etapa seria o holandês Timo de Jong, da equipa belga ACROG/BALEN BC. Pedro Lopes foi 29º na etapa.

No segundo dia, os atletas tiveram pela frente um duplo setor: de manhã uma tirada de 73,4 km, entre Aranda de Duero e Langa de Duero (Sória), à tarde, um Contrarrelógio Coletivo de 11 km, entre Pedrosa de Duero e La Horra. A equipa de Roriz esteve em grande destaque na etapa matinal, ao colocar dois atletas na fuga do dia, Pedro Lopes e Nelson Pereira, chegando a ter cerca de um minuto de vantagem sobre o pelotão, que era comandado pelos belgas da ACROG/BALEN BC e os espanhóis da MMR ACADEMY/F.S.SANCHEZ. Todo esforço dos dois atletas não surtiu efeito, sendo Pedro Lopes o último a ser alcançado, a cerca de 8 km do final. Com a aceleração do pelotão, com vista a anular a fuga, houve alguns fracionamentos, chegando um grupo de 50 unidades na frente, tendo Timo de Jong levado, novamente, a melhor no sprint sobre os restantes adversários. Pedro Lopes e José Vieira chegaram no grupo principal. Nélson Pereira e Francisco Moreira chegaram a 1m30s e os restantes elementos da equipa, a 2m40s.

No segundo setor, a ACR RORIZ SEISSA/KTM-BIKESEVEN/MATIAS&ARAÚJO/FRULACT apresentou-se a um bom nível, fazendo o 7º melhor tempo, com 15m15s, num traçado bastante plano que não favorecia as características dos ciclistas barcelenses. Os três atletas a fechar o tempo final foram Pedro Lopes, João Salgado e Francisco Moreira. A formação vencedora foi a CARTAGENA/ESETEC, com o tempo de 14m25s.

A terceira e última etapa, com 119,5 km, com início e final em Aranda de Duero, considerada como a etapa rainha, viria a revelar o melhor resultado rorizense por terras de “nuestros hermanos”. A etapa revelou-se bastante exigente e atacada, em especial pelo mexicano Fernando Islas (2º à geral), da equipa CARTAGENA/ESETEC, que é o atual Campeão Americano de Estrada. O atleta chegou a ter mais de um minuto sobre um grupo restrito de cerca de trinta unidades, onde se encontrava o líder da prova Timo de Jong (ACROG/BALEN BC) e os atletas da ACR RORIZ, Pedro Lopes e Nélson Pereira. Com a equipa belga ACROG/BALEN BC a assumir a perseguição, a fuga foi anulada e, com um excelente trabalho de Nélson Pereira, foi possível a Pedro Lopes discutir a vitória ao sprint, terminando num honroso 5º lugar, tal como a equipa, coletivamente, na etapa.

Quanto à classificação geral individual, Pedro Lopes foi 14º, Nélson Pereira 36º, Francisco Moreira 39º, João Salgado 65º e Carlos Vale 77º. José Vieira, vítima de uma queda na última etapa, não conseguiu terminar. Por equipas, a ACR RORIZ terminou num positivo 8º lugar, tendo em conta a qualidade do pelotão presente.

Fonte: ACRR.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Me deu frio

No sopro de um suspiro Corre em mim, um arrepio Toco nas
Ir Para Cima