As manchas e os maus treinadores, removem-se com Ajax

Novembro 9, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pinto

Já dizia o Eça, que o “os governos são como as nódoas: removem-se com benzina”. Inspirado nele, eu digo que os maus treinadores são como as manchas, removem-se com Ajax.



É certo que também o Eça tinha um outro aforismo, também muito engraçado, em que dizia que “os governos e as fraldas das crianças devem ser mudados com frequência, normalmente pelo mesmo motivo”. Aí, discordo. Por exemplo, se ainda hoje tivéssemos o JJ como treinador, talvez já fossemos penta, hexa…, e quem sabe ele teria aperfeiçoado a arte de ir a finais europeias e ganhá-las. Sim, porque isto de ter como objetivo passar aos “oitavos” das competições, mas ser sistematicamente o último do grupo, não ajuda nada à causa.

Assim, foi com imensa alegria que li esta semana que havia a possibilidade de Jesus voltar à Luz em dezembro. Ainda fiquei com receio que fosse uma partida de mau gosto. Porque Jesus vir à luz em dezembro, acontece todos os anos e, normalmente, comemora-se com a missa do galo. Mas espero, para bem de todos nós, que seja mesmo o Jorge Jesus a regressar ao SLB, para que de novo sejamos gloriosos. Nós e ele. Haja um Rei-Mago que o traga. Não deve ser por falta de camelos, lá por aquelas bandas.

Quanto aos recentes jogos do Benfica… é isto. É ler crónicas em retroativo até janeiro, s.f.f.

Esperemos que o Natal, este ano, chegue em novembro e nos traga a desejada prenda no sapatinho.

A todos um abraço lampião.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Nova “era” Keizer

Bem-haja, caros leitores do BnH. Jogou-se a 12ª jornada do Campeonato Nacional,

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima