Até ao fim

Abril 6, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
sportinguista
José Queirós

Depois do interregno do campeonato devido aos compromissos das seleções, o jogo do clássico revestia-se de grande importância para as contas finais, no que ao título diz respeito.

Quer o Porto, quer o Benfica, vinham de um empate, e quem vencesse daria um passo importante para vencer a Liga. Mas o empate deixou tudo na mesma, prevendo-se uma luta renhida até ao fim!

Tudo na mesma não é bem assim, porque em duas jornadas o Sporting recuperou quatro pontos para os dois da frente! É certo que, mesmo assim, a distância ainda é considerável. Mas esta aproximação pode motivar os Leões para o resto do campeonato. O facto de Leões e Águias ainda terem que se defrontar, pode levar a acreditar que, pelo menos, o segundo lugar possa deixar de ser uma miragem e, quiçá. o primeiro! Uma coisa é certa, terá que ser um Sporting mais constante nas suas exibições se quiser vencer todos os jogos até ao final do campeonato!




Aquilo que se viu contra o Arouca foi um Leão multifacetado. Bem melhor na primeira parte e uma sombra do que pode, e vale, na segunda. Isto só se explica pela falta de motivação que a equipa sente pelo facto de não ter objetivo a cumprir. Se os da frente fizerem o favor de continuarem a perder mais uns pontinhos, pode ser que eles sejam os grandes motivadores da equipa leonina para o que resta deste campeonato.

O Gil Vicente venceu a Académica e mantém-se tranquilo na tabela classificativa. Hoje apetece-me perguntar aonde estaria o Gil se tivesse feito um início de campeonato ao nível da segunda volta?

Boa semana.

Saudações leoninas!

Por: José Queirós*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)




Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima