Barcelos recebe III Congresso Intermunicipal sobre Proteção de Crianças e Jovens

Outubro 4, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

Durante dois dias, o congresso apresenta conferências, sessões temáticas e debates

Realiza-se nos dias 17 e 18 de outubro, em Barcelos, o III Congresso Intermunicipal sobre proteção de crianças e jovens, sob o tema “Dicotomias e desafios da proteção no espaço público e no espaço privado”, a decorrer no Auditório da Câmara Municipal.



A iniciativa está a cabo das Comissões de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, Esposende, Vila Nova de Famalicão e Vila Verde, e conta com o apoio dos respetivos municípios.

Este ano é a vez de Barcelos receber o Congresso Intermunicipal, depois de já ter passado por Esposende e Vila Nova de Famalicão.

A 3ª edição procurará, através da presença de diversos especialistas, “fomentar o aprofundamento de conhecimentos e partilha de práticas no âmbito da proteção da infância e da juventude, bem como promover o espírito de articulação e a concertação interinstitucional neste domínio”, refere a organização.

O evento, que aguarda a participação de profissionais, entre conferências plenárias e sessões paralelas, irá realizar-se entre o Auditório da Câmara Municipal, o Theatro Gil Vicente, a Biblioteca Municipal e o Museu de Olaria convidando, também, a uma visita ao património barcelense.

Além dos representantes dos municípios, estarão presentes várias personalidades, nomeadamente a Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, Rosário Farmhouse, a Procuradora da República e Coordenadora do Gabinete da Família, Criança e Jovem, Helena Gonçalves, o Procurador da República Jubilado, Rui do Carmo, o Presidente do Conselho de Deontologia do Porto da Ordem dos Advogados, Francisco Vellozo Ferreira, o Diretor do Centro Distrital de Braga do Instituto da Segurança Social, I.P., João Ferreira, bem como de representantes de entidades tão diversas como a Polícia Judiciária, a Associação para o Planeamento da Família, o Centro Hospitalar do Porto, a Junta de Andaluzia e a Diputación Provincial de Cádiz, e vários professores e investigadores das universidades do Minho, do Porto, de Aveiro, da Nova de Lisboa, da Católica, do Instituto Superior Miguel Torga, do ISMAI, e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar.

A iniciativa, inédita a nível nacional, tem a mais-valia da intermunicipalidade, permitindo rentabilizar recursos e sinergias importantes para os técnicos especializados e responsáveis que diariamente trabalham nesta área.

O congresso é aberto à comunidade em geral, mas dirigido sobretudo a profissionais cujas funções contemplem a intervenção ou investigação com crianças e jovens em famílias de risco ou perigo.

A participação no congresso está sujeita a inscrição prévia, a qual deverá ser formalizada através do preenchimento e envio da respetiva ficha de inscrição pelo link (basta clicar para aceder automaticamente): https://3cipcj.wixsite.com/2019.

Fonte: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima