Câmara de Barcelos apoia IPSS’s e Hospital no combate à pandemia

Maio 4, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Política

A Câmara Municipal de Barcelos ratificou, em reunião ordinária de 30 de abril, diversos apoios atribuídos a oito instituições particulares de solidariedade social, no âmbito da resposta à pandemia do COVID-19. Os apoios consistem em comparticipações financeiras nas despesas de aquisição de equipamentos de proteção individual, encargos com desinfeções e produtos de desinfeção, entre outros, no valor global de mais de 27 mil euros.



Ainda no âmbito do combate à pandemia, a Câmara Municipal aprovou um subsídio ao Hospital Santa Maria Maior, no valor de 7.851,00€, destinado a comparticipar nas despesas de aquisição de roupa hospitalar e outras necessidades, para fazer face ao alargamento da atividade assistencial do Hospital no Pavilhão Municipal, com previsão de lotação inicial de 16 camas.

O executivo aprovou, também, outros apoios na área social e educativa, como: a atribuição de uma comparticipação financeira, no valor de 25.000,00€, ao Grupo de Ação Social Cristã, incluído no protocolo de colaboração entre esta entidade e a Câmara Municipal, no sentido de dar continuidade e reforçar as ações desenvolvidas no âmbito social; atribuição de uma comparticipação financeira, no valor de 10.000,00€, à Casa do Povo de Milhazes, tendo em vista a aquisição de uma viatura para transporte de crianças entre a escola e as suas residências; a atribuição de subsídios a três freguesias, no valor global de 12.494,00€, como comparticipação nas despesas de transporte de alunos, de funcionamento de jardim de infância e de aquisição de monobloco para fins sociais; o acordo de colaboração com a Associação Galo Novo, que incluiu uma comparticipação financeira do Município, no valor de 6.000,00€, tendo em vista o apoio às atividades de promoção da autonomia pessoal, social e profissional da população (na área em que se situa), bem como da execução de um trabalho comunitário de intervenção e dinamização social; o apoio à renda de casa de seis agregados familiares; o apoio a refeições escolares de 11 alunos do 1º ciclo e jardins de infância.

Mais de 355 mil euros para apoios aos bombeiros, às freguesias, agrupamentos escolares e associações

A Câmara Municipal aprovou, também, a atribuição de subsídios às três corporações de bombeiros do concelho, cabendo a cada uma o valor de 50.000,00€, para apoio às atividades que desenvolvem em prol da população, quer através do combate aos incêndios quer mediante ações humanitárias de transporte de sinistrados, doentes, salvamentos, entre outras. Devido a estas atividades, os seus equipamentos são sujeitos a um desgaste constante, sobretudo no que respeita ao material circulante, pelo que o Município, ciente disso e reconhecendo a relevância do serviço público que os bombeiros desenvolvem, atribui estes subsídios anuais.

A Câmara Municipal aprovou ainda o seguinte: subsídios a cinco freguesias, no valor global de 95.000,00€, destinados à comparticipação em obras de pavimentação e arranjos de vias, alargamentos e construção de muros e aquisição de terrenos; acordos de colaboração com quatro agrupamentos escolares, que incluem uma comparticipação financeira municipal, no valor global de 31.500,00€, destinada ao funcionamento e manutenção das unidades educativas que incluam o ensino pré-escolar, o 1º, o 2º e o 3º ciclos; um acordo de colaboração com a Banda Musical de Oliveira, que inclui uma comparticipação financeira municipal no valor de 47.000,00€, tendo em vista a realização de atividades musicais no concelho, através de concertos e estágios de verão; um acordo de colaboração com a Associação de Artes de Viatodos (Academia de Música), que inclui uma comparticipação financeira municipal no valor de 13.000,00€, tendo em vista a realização de atividades musicais no concelho; um contrato de desenvolvimento desportivo com a Associação Cultural e Recreativa de Roriz, que inclui uma comparticipação financeira municipal no valor de 9.000,00€ e apoio logístico para a execução do projeto de fomento, divulgação e prática da modalidade de ciclismo não profissional; um contrato de desenvolvimento desportivo com a Associação Clube Moto Galos, que inclui uma comparticipação financeira municipal no valor de 10.000,00€ para a execução do projeto de fomento, divulgação e prática das modalidades de downhill, jet-ski, mototurismo, radiomodelismo, supermoto, todo-o-terreno, trial e velocidade.

Fonte e foto: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima