Câmara de Barcelos garante serviço do Barcelos Bus

Dezembro 30, 2019 Atualidade, Concelho, Política

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou a prorrogação das obrigações de serviço público de transporte de passageiros às empresas que operam no concelho de Barcelos, até ao dia da entrada em vigor do contrato que resultar do procedimento de contratualização do serviço público de transporte de passageiros, lançado pelo Município de Barcelos, no âmbito das suas competências enquanto Autoridade dos Transportes. Esta prorrogação, prevista na lei, estende-se ao serviço Barcelos Bus.



Este serviço foi iniciado em 18 setembro de 2018. Até ao dia 16 de setembro de 2019, foram feitas 163.923 validações de títulos de transporte (com 58.852 para a linha amarela e 105.017 para a linha vermelha), “um valor que supera todas as expectativas da fase experimental e que confirma o serviço BarcelosBus como uma alternativa de transporte, em substituição ao automóvel, visando a melhoria de qualidade de vida da população, promovendo a migração do transporte individual para o transporte coletivo com qualidade, níveis de oferta e de serviço adequados à satisfação das necessidades da população”, refere o Município em nota.

As 163.923 validações registadas distribuem-se em função do tipo de título de transporte disponível para aquisição: bilhete, meio bilhete, cartão valor, passe sénior, passe estudante, passe social, passe grátis e bilhete gratuito. Destes, sobressai em maior número o passe sénior, o que significa que uma grande maioria da população com idade superior a 65 anos, reformados ou pessoas com mobilidade reduzida vêm a sua mobilidade aumentada e o transporte urbano como o seu meio de mobilidade preferencial para as viagens de lazer e compras, aumentando também a sua qualidade de vida.

Também se verifica que o recurso ao bilhete assume uma presença notável, com cerca de 35,7% de validações, o que significa que este é um meio de transporte de todos e para todos.

O serviço teve um custo para o Município de 55.009,81€, até ao passado dia 3 de dezembro, deduzidas as compensações do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART), no valor de 149.803,26€, e a receita de 134.656,27€. Para o período compreendido entre 4 de dezembro de 2019 e 31 de dezembro de 2020, prevê-se que o custo do serviço Barcelos Bus seja de 181.898,76€.

Caraterização das linhas

As linhas são as seguintes: a linha vermelha, com cerca de 18,624Km, liga o Estádio Cidade de Barcelos à freguesia de Barcelinhos e Rio Covo Santa Eugénia, passando pelas principais Escolas, Finanças, Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, Campo da República, Igreja Bom Jesus da Cruz, Cemitério de Barcelos, Tribunal, Câmara, atravessando a Ponte dos Peregrinos (Ponte Velha), passando ainda pela Clínica de Medros, contando 53 paragens; a linha amarela, com cerca de 12,350Km, liga a Vila Frescaínha S. Pedro à freguesia de Arcozelo, passando pela Urbanização da Formiga, Estação da CP, Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, Campo da República, Escola António Fogaça e acesso pedonal ao IPCA, onde se contam 45 paragens. Ambas as linhas garantem ponto de interface, na Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, onde poderá ser efetuado o transbordo de passageiros.

Estas duas linhas possuem, em três das suas extremidades, locais de interface entre o Transporte Individual e o Transporte Coletivo que podem suportar um futuro sistema de Park and Ride, nomeadamente: o E.Leclerc, o Estádio Cidade de Barcelos e o Continente.

Inicialmente, de setembro de 2018 a maio de 2019, as duas linhas funcionavam com recurso a dois autocarros, tipo minibus, dotados de rampa para acesso de pessoas com mobilidade reduzida, lugar para cadeira de rodas, ar condicionado e sistema Wi-fi gratuito a bordo.

A partir do mês de maio de 2019, até ao final do período experimental (setembro 2019), “e dado que se registou uma elevada procura do serviço, foi decidido duplicar a oferta de transporte, passando as duas linhas a operar com quatro veículos, aumentando, assim, a frequência de passagem de veículos e disponibilização de um horário mais apelativo, garantindo uma passagem de 30 em 30 minutos na linha vermelha (anterior 60 minutos) e passagem de 20 em 20 minutos na linha amarela (anterior 40 minutos)”, conclui o Município.

Fonte e foto: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima