Capítulo 13 – Distinga: alimentos magros, 0%, diet e light

Agosto 1, 2018 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião
Sara Barbosa

O verão veio para ficar e os dias quentes e longos também. O sol brilha e o calor fixa-se em nós. Aumentam as idas à praia e à piscina, os convívios com os amigos, as festas e as idas ao ginásio para eliminar a gordura a mais e conquistar a silhueta ideal. Uns excessos alimentares cometidos aqui outros ali e, como tal, queremos alimentos que não nos “engordem”. Foi assim que chegaram os alimentos “magro”, “0%”, “diet” e “light”.



Estas são as designações que cada vez mais enchem as embalagens dos produtos alimentares e é um passo fundamental saber interpretá-las.

Um alimento “magro” expressa uma redução do teor de gordura. Um produto alimentar “0%” ou “sem…açúcar ou gordura” significa que o produto alimentar não contém mais de 0,5g de açúcar/gordura por cada 100g/ml. Um alimento “diet” expressa que um constituinte do alimento foi eliminado, destinando-se a ser consumido por pessoas com patologias que não permitam o seu consumo. Os alimentos sem açúcar que passam a conter adoçantes adicionados são um ótimo exemplo. Num alimento “light”, foi reduzida a quantidade de algum constituinte do produto alimentar, podendo ser açúcar, gordura ou outro componente em, pelo menos 25% em comparação com o produto original. Normalmente, esta redução é compensada pelo aumento de outro elemento.

Volto a lembrar, como tenho feito sempre, a importância de ler os rótulos e, neste caso, de comparar o produto alimentar modificado ao produto original, pois, o que acontece muitas vezes, é que quando há redução de um constituinte pode haver aumento de outro menos benéfico para a sua saúde. Daí ser importante respeitar a individualidade de cada pessoa: cada um tem os seus objetivos assim como as suas patologias. Produtos com teor reduzido de gordura são mais benéficos para quem tem colesterol elevado, assim como produtos com menor teor de açúcar são mais benéficos para diabéticos.

Agora que já conhece o significado de cada designação nutricional, selecione os produtos alimentares mais indicados para si e para a sua saúde.

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima