Capítulo 28 – Janeiro – o mês da mudança e da definição de metas

Janeiro 8, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião
Sara Barbosa

Para muitos, janeiro é o mês da mudança, o mês do reinício, o mês de estabelecer metas e objetivos para o novo ano e também de aperfeiçoar as rotinas anteriores.



Em dezembro, com o Natal e a festa da passagem de ano, a maioria saiu da rotina e cometeu mais excessos alimentares do que o habitual. Estes excessos, levam, muitas das vezes, a uma maior acumulação de gordura no nosso organismo e também a um aumento do apetite, sobretudo por alimentos mais calóricos.

Portanto, o desafio do mês de janeiro é retomar à nossa rotina alimentar e gradualmente “limpar” as impurezas que ainda permanecem no nosso corpo. E como fazer essa limpeza? Como eliminar esses kg que agora estão a mais? Não, não pense que os sumos detox e as restrições alimentares ajudam!

O nosso corpo naturalmente faz o processo de desintoxicação. Contudo, para o ajudar a ser mais eficiente neste processo, assuma uma alimentação saudável, diversificada, consistente e, sobretudo, duradoura, com alimentos de verdade.  O mais importante é dar o primeiro passo rumo a uma alimentação consciente. Não há mudança de peso sem mudança de comportamento!

E como retomar às rotinas?

– Beba mais líquidos, como água, chá ou infusões sem adição de açúcar;

– Prepare a marmita para as refeições principais e os lanches para as refeições intermédias do dia seguinte;

– Tenha sempre consigo snacks saudáveis para consumir em caso de fome, uma vez que o aumento do apetite nesta altura é uma constante. Dê preferência à fruta, aos frutos secos, aos queijinhos magros e aos iogurtes magros sem adição de açúcar;

– Coma devagar e mastigue bem os alimentos;

– Consuma frutas e hortícolas diariamente para melhorar o funcionamento do trânsito intestinal;

– Não tenha em casa alimentos tentadores;

– Faça exercício físico diário (enquanto pratica exercício, mexe-se mais e não come);

– Evite alimentos processados;

– Lave os dentes depois das refeições principais, pois assim a tentação de comer algo mais diminui.

Não pense em radicalismos! Lembre-se que se o seu objetivo é perder peso e manter a perda, não tente perdê-lo em meia dúzia de dias, pois o risco de o voltar a ganhar será bem maior. Emagrecer não é deixar de comer, é saber comer e fazê-lo de forma inteligente! Não há nada milagroso, foque-se no básico adaptado a si e terá resultados!

Por: Sara Barbosa*.

Imagem: DR.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima