Arquivo de Categorias

Atualidade

Otília Castro é candidata à presidência do PSD Barcelos

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Miguel Durães encabeça lista candidata à Mesa da Assembleia de Secção

Foi numa sede do PSD de Barcelos mais vazia do que o habitual, devido às medidas de proteção essenciais por causa da pandemia COVID-19, que Otília Castro, engenheira civil de 49 anos e técnica do Município de Barcelos, se apresentou como candidata à presidência da Comissão Política de Secção de Barcelos. A apresentação decorreu ao final da tarde de segunda-feira, dia 13 de julho.



A candidata ainda faz parte da atual Comissão, do Gabinete Autárquico, dos TSD, das MSD e do Conselho Estratégico Nacional, nas áreas temáticas de Segurança Interna e Proteção Civil e a de Infraestruturas e Obras Públicas, áreas onde colabora também a nível local. É, igualmente, deputada municipal e delegada à Assembleia Distrital de Braga do PSD.

Em nota enviada às redações, Otília Castro salienta que a “equipa é composta por Militantes experientes e por elementos novos, todos empenhados em levar por diante um projeto credível, com coerência política, no alcance dos desafios que se avizinham, associando, assim, a experiência de uns e a audácia de outros, em torno de uma total disponibilidade para a unidade do PSD”.

O principal objetivo da sua candidatura é o de “Consolidar o Partido, Ganhar Barcelos”. “Reunimos uma equipa forte, com dinâmica e experiência política, capaz de liderar o PSD de Barcelos numa conduta agregadora de todos os militantes e simpatizantes do PSD nos desafios políticos que acontecerão nos próximos 2 anos de mandato”, ressalvando que “o PSD perdeu a Câmara Municipal em 2009, contudo, a matriz social-democrata tem vindo a crescer, sinal disso mesmo é o aumento exponencial do número de militantes na última década e o resultado das últimas eleições Legislativas em 2019, onde os Barcelenses disseram ‘SIM’ ao PSD, ganhando as eleições com margem muito significativa ao nosso maior adversário político, o Partido Socialista (PS). O PSD em Barcelos é um partido grande, vivo, e que queremos continuar a fazer crescer. Eu, e esta equipa, estamos focados num projeto de consolidação do PSD em Barcelos”.

Otília Castro salienta que, “não tendo sido possível, antes deste ato eleitoral, formar uma lista única aos Órgãos Sociais do partido, continuamos a pretender (antes e depois das eleições) um PSD agregador em torno da mobilização e afirmação do PSD, para ganhar Barcelos e posicionar o nosso concelho na linha do desenvolvimento que o mesmo merece e que na última década se afigura estagnado, com quase tudo por fazer, por incompetência e inoperância da governação socialista”. “O PSD de Barcelos, enquanto oposição à governação socialista, fá-lo de uma forma séria e responsável, consistente e não submissa ao poder socialista, tanto na Câmara Municipal, como também, na Assembleia Municipal. Portanto, faz uma oposição sem medo e sem constrangimentos, não se deixando condicionar pela ação cumulativa de funções políticas dos seus membros”, refere.

Focando-se no ato eleitoral do próximo dia 18 de julho, a candidata que considera que o momento, agora, “é interno do partido, é tempo de os militantes escolherem a equipa que irá liderar os próximos dois anos da Comissão Politica e da Mesa da Assembleia, portanto é tempo de ‘Consolidar o Partido’, mas não nos podemos esquecer que o momento seguinte a este ato eleitoral, será o tempo do PSD se voltar para a sociedade civil barcelense, portanto, será o tempo de ‘Ganhar Barcelos’ e o futuro presidente do PSD não pode, em momento algum, estar refém de funções políticas acumuladas, principalmente quando estas poderão colocar em causa a afirmação do partido e a responsabilidade do PSD no presente e no futuro”.

O mandatário da candidatura é António Vale, “um Militante experiente, um histórico do partido, por tudo quanto representa e a quem, desde já, agradecemos, a sua disponibilidade” e a mandatária para a juventude é Sara Silva, “uma Militante jovem e que simboliza a juventude, a força, a ambição e a aposta no futuro do PSD, a quem também agradecemos a disponibilidade”.

Na sua lista à comissão, são candidatos José Novais (Vice-Presidente), Adélio Miranda (Vice-Presidente), Raul Dias (Tesoureiro), Ana Isabel Oliveira (Secretária), Isac Campinho Silva, Filipe Miranda, Teresa Falcão, Liliana Abreu, Filipe Oliveira, Carlos Casanova, Conceição Campos, David Macedo e António Vale.

Miguel Durães é candidato à Presidência da Mesa da Assembleia de Secção

Psicólogo e dirigente, com trabalho desenvolvido na área social e da saúde mental, Miguel Durães encabeça uma lista que terá como restantes elementos, Nuno Meneses e Joana Garrido.

Imagens: DR.

“Prá Frente Barcelos” entre 18 de julho a 5 de setembro

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Atividades culturais na frente ribeirinha

“Prá Frente Barcelos” é o título da sugestão do Município para as atividades culturais a realizar na frente ribeirinha de Barcelos entre 18 de Julho e 5 de setembro.



Com as limitações impostas pela pandemia do COVID-19, que motivaram a anulação dos eventos culturais e artísticos, a Câmara Municipal de Barcelos decidiu relançar as atividades culturais com conteúdos capazes de atraírem a população.

Será assim ao longos dos próximos três meses, com uma programação que integra teatro, música, dança e cinema, em espaços montados na frente ribeirinha de Barcelos, ao ar livre, numa área limitada, com assistência condicionada às determinações da Direção-Geral da Saúde.

A programação inicia já no dia 18 de julho, às 11h00, com o espetáculo infantil “Os 3 Porquinhos”, pela Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos”. Às 22h00 é a vez do músico Frederico Dinis apresentar “An unexplained emptiness”.

Domingo, dia 19 de julho, às 18h30, a Ronda Típica do Bairro da Misericórdia proporciona um fim de tarde com muita música e diversão.

O cineclube ZOOM continua a apostar no cinema. No dia 21, o filme “Rio Bravo”, de Howard Hawks (1959), e, no dia 28, “Assalto à 13ª Esquadra”, de John Carpenter (1976).

Nos dias 23, 24, 25 e 26, o ciclo de concertos “triciclo” está de volta. O primeiro concerto fica a cargo de “Gãrgoola”, um projeto artístico do duo João Miguel Fernandes e Filipe Miranda. No dia 24, atua “Baleia,Baleia,Baleia”, uma dupla formada por Manuel Molarinho (baixo e voz) e Ricardo Cabral (bateria). Dia 25, realiza-se um concerto com “White Haus”, projeto musical de João Vieira (X-Wife, DJ Kitten). Todos os espetáculos acontecem às 22h00. No dia 26, “Homem em Catarse”, o alter-ego musical do músico barcelense Afonso Dorido, às 18h30.

No dia 31, às 21h30, dia em que se comemoram os 118 anos do Theatro Gil Vicente, no Largo Dr. Martins Lima (em frente ao Teatro), realiza-se um espetáculo de dança pela Escola de Dança de Barcelos e Trovas e Cantigas, com “Poetas e Tradições”.

A programação continua no mês de agosto com muita música e cinema.

A iniciar o mês, no dia 1, às 22h00, Filipe Miranda e Joana Jardim apresentam “Do aqui para sempre”. No dia 2, às 12h00, a Escola da Banda Musical de Oliveira leva a palco “Estágio de Sopros e Percussão”.

Às 18h30, é a vez do Circulo Católico Operários de Barcelos apresentar “Dimensão Minhota”.

O cineclube ZOOM leva à frente ribeirinha, duas sessões de cinema. No dia 4, o filme “Bacarau”, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles (1959), e, no dia 11, “Martin Eden”, de Pietro Marcello (2019).

O teatro infantil fica a cargo da Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos com a peça “Pinóquio”, no dia 8, às 11h00. Às 22h00, “O Fado de Lisboa” é apresentado pela artista barcelense Carla Cortez.

A música continua no dia 14 com o Ciclo “Jazz ao Largo”, com o guitarrista português “Tó Trips”. No dia 15, a Banda Musical de Oliveira apresenta “Big Band”, às 21h30.

No dia 21, às 22h00, tem lugar um espetáculo da Linha TGV e, no dia 22, às 22h00, o músico João Miranda.

O Festival “River Blues” está de volta, mas desta vez no palco da frente ribeirinha. Arranca no dia 28 de agosto, às 22h00, com o espetáculo de “Smokestakers” e “L – Blues “. No sábado é a vez de “Delta Blues Riders”.

A programação de verão “Prá Frente Barcelos” termina no dia 5 de setembro com a peça de teatro “Enxôta Diabos”, pela A Mó-Grupo Teatro Vale do Neiva, às 21h30.

Todos os espetáculos são de entrada livre, mas com levantamento obrigatório de bilhete no Theatro Gil Vicente, de terça feira a sexta-feira, das 10h00 às 18h00, ou no próprio dia do espetáculo (no período de 1 hora que antecede o evento). O espaço estará preparado para receber 400 pessoas com todas as condições de segurança.

Fonte e imagem: CMB.

Criação teatral no Vale do Neiva regista a instalação da Linha de Muito Alta Tensão no Minho

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Economia port barcelosnahorabarcelosnahora

Teatro de Balugas responsável pelo trabalho de campo

“Sem Rei Nem Roque” tem como palco o território de Barcelos e Ponte de Lima, com incidência no vale do Neiva e as suas aldeias afetadas pela construção do projeto elétrico.



O trabalho de campo é da responsabilidade do Teatro de Balugas e “vai registar o confronto da natureza e das pessoas com a colocação da linha no terreno, questionar o que fica, o que desaparece e que poder é este que se assenhoreia do território”, refere em nota.

“São as novas torres, sem reis, maiores do que as torres sineiras das nossas igrejas e que assustariam as defesas dos nossos primeiros castelos roqueiros.   Cada torre tem mais de 75 metros de altura, numa área de implantação de 200 m2, além de margens de segurança ao longo de toda a linha, garantidas pela criação de uma ‘servidão administrativa’ com uma largura de 45 metros, tudo em nome de uma prometida ‘energia verde e limpa’ e de uma também prometida ‘luz mais barata’”, conclui.

Foto: Cristina Faria.

Deputado barcelense José Maria Cardoso critica proposta do Governo para eleição indireta dos presidentes das CCDR

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O deputado do Bloco de Esquerda eleito pelo círculo de Braga, e barcelense, José Maria Cardoso, afirmou que o decreto que consagra a eleição indireta dos presidentes das Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) partidariza todo o processo e acusa o Governo de adiar o processo de regionalização.



Em conferência de imprensa, realizada esta segunda-feira, o deputado refere que a proposta do Governo “configura uma perspetiva distorcida de poderes intermédios e de configuração do poder nas autarquias locais, cultivando regimes presidencialistas” e que o está em causa é “uma interpretação redutora de não efetivação de algo que está consagrado na Constituição desde 1976, a Regionalização”.

José Maria Cardoso denuncia que “toda a narrativa da argumentação e exposição de motivos que sustentam as razões do decreto são no sentido da legitimidade democrática a nível regional em que todos se vejam representados” e contraria esses argumentos.

“A eleição do presidente por um colégio de eleitoral composto pelos eleitos autárquicos da área territorial distorce a legitimidade democrática de um sufrágio direto e universal, porque nenhum autarca foi eleito com atribuição desta competência”, afirma o deputado e acrescenta que “mesmo partindo do princípio da representatividade dos autarcas, o decreto aponta para uma eleição a decorrer no mês de setembro, precisamente a um ano de eleições autárquicas”.

O dirigente bloquista fala ainda em “sérios riscos de partidarizar todo o modo de funcionamento”, uma vez que o Governo propõe que pode ser eleito qualquer cidadão licenciado, desde que a sua candidatura seja proposta por, pelo menos, 10% dos membros do colégio eleitoral. “Esta entorse à democracia, que efetivamente retira a capacidade eletiva a quem não estiver a coberto dos partidos maioritários, para o BE consubstancia uma hipotética inconstitucionalidade”, sublinha.

Sobre os mandatos dos presidentes e vice-presidentes que cessam por deliberação do Governo, o deputado entende que “esta é uma visão centralizadora de exercício do poder, que em nome da dita descentralização amarra os autarcas eleitores ao espírito dessa visão”.

O bloquista refere que o Bloco apresentou um projeto de resolução para a cessação de vigência do Decreto-Lei nº 27/2020, de 17 de junho, que “Altera a orgânica das comissões de coordenação e desenvolvimento regional”, iniciativa rejeitada com os votos contra do PS e PSD e a abstenção do PAN.

O deputado informou, igualmente, que o partido enviará aos presidentes de câmara e das assembleias municipais dos 14 concelhos do distrito, um requerimento com questões sobre esta matéria, “porque consideramos que este é um problema que diz respeito às autarquias, até porque as envolve diretamente no processo de eleição e lhes traz responsabilidades acrescidas nessas decisões”.

Fonte e foto: BE.

Livros à venda com desconto a partir do próximo sábado, 18 de julho

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Economia port barcelosnahorabarcelosnahora

“Livros na Rua” no Campo 5 de outubro

A Câmara Municipal de Barcelos promove, entre 18 de julho e 2 de agosto, a iniciativa “Livros na Rua”, no Campo 5 de Outubro (Jardim Velho), que tem como objetivo promover a dinamização do livro e da leitura, do mercado livreiro local e contribuir para o desenvolvimento do tecido produtivo e do comércio local, severamente atingido pela pandemia do COVID-19.



Serão instalados dois stands no Campo 5 de Outubro para acolher quatro livrarias (Livraria Cecílio, ETC Livraria, Livraria Ler é Saber e Livraria Liz). Os livreiros locais são um parceiro fundamental na dinamização do livro e da leitura, divulgando, aconselhando, intermediando ente as editoras e os leitores, no sentido de satisfazer um público cada vez mais interessado e exigente.

O projeto “Livros na Rua” funcionará todos os dias, das 17h00 às 22h00, e terá como principal fim a venda de livros com descontos.

As condições de segurança para a realização da iniciativa foram articuladas e obtiveram a concordância das autoridades de saúde do concelho.

Fonte e imagem: CMB.

Parque da Cidade abre ao público hoje

Julho 14, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Reabre hoje, dia 14 de julho, ao público, o Parque da Cidade de Barcelos, com aprovação das autoridades de saúde, após o fecho em 12 de março motivado pela pandemia do COVID-19 e pela necessidade de reservar o espaço junto ao Pavilhão Municipal, para utilização do Hospital.



O Parque da Cidade estará aberto de segunda a domingo entre as 07h00 e as 22h00, não havendo um número limite de pessoas por se tratar de um espaço ao ar livre. Dentro do Parque deverá ser cumprido o distanciamento social e não poderá haver ajuntamentos de mais de dez pessoas.

A abertura do Parque da Cidade destina-se apenas para circulação pedonal sendo que a utilização do parque infantil e das máquinas de exercício estão interditas, tal como a utilização do Pavilhão, onde apenas podem ser usadas as casas de banho.

As normas de abertura do Parque da Cidade foram preparadas em linha com as orientações da Direção Geral da Saúde e estarão devidamente sinalizadas nas três entradas de acesso ao Parque.

Fonte e foto: CMB.

Ténis de Mesa CP Alvito: Resultados 2019/2020 e Incertezas para o Futuro

Julho 13, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação de Ténis de Mesa de Braga procedeu, no passado domingo, 12 de julho, à entrega dos prémios referentes à época desportiva 2019/2020, época esta que ficou marcada pela interrupção das competições em março devido à pandemia de COVID-19.



De Barcelos, a Casa do Povo de Alvito arrecadou 26 troféus, sendo que se “congratula com os resultados alcançados pelos seus atletas que arrecadaram um total de 26 troféus nas principais competições distritais”.

E os resultados foram:

Torneio de Abertura

Iniciados

2º Sofia Bettencourt

3º Lorena Cunha

Infantis

1º Susana Costa

2º João Bettencourt

Cadetes

2º Tiago Sousa

Seniores Femininos

1º Eva Marques

2º Marta Henriques

3º Sandra Esteves

Seniores Masculinos

1º Carlos X. Silva

Campeonato Distrital Individual

Iniciados

2º Sofia Bettencourt

3º Lorena Cunha

Infantis

1º Susana Costa – Campeã Distrital

2º Rita Vale

3º João Bettencourt

Cadetes

2º Tiago Sousa

Juniores Femininos

1º Beatriz Pereira – Campeã Distrital

Juniores Masculinos

2º Tiago Sousa

Seniores Femininos

1º Eva Marques – Campeã Distrital

3º Eliana Vilas Boas

Seniores Masculinos

1º Carlos X. Silva – Campeão Distrital

3º João Costa

Campeonato Distrital Equipas

Cadetes

1º CP Alvito “A” (Tiago Sousa, Gustavo Ferreira, André Carvalho) – Campeões Distritais Cadetes

Juniores

1º CP Alvito “A” (Tiago Sousa, Gustavo Ferreira, André Carvalho e Pedro Sousa) – Campeões Distritais Juniores

Seniores

Apurada para a fase de qualificação para a subida à 2ª Divisão Nacional.

Ranking ATM Braga

Vencedora do Ranking Distrital de Infantis – Susana Costa

Vencedora do Ranking Distrital de Seniores Femininos – Eva Marques

Vencedor do Ranking Distrital de Seniores Masculinos – Carlos X. Silva

Recorda-se que, a nível nacional, o clube barcelense já tinha alcançado, na presente época desportiva, os títulos de Campeões Nacionais de Pares Mistos (Susana Costa – CP ALvito/Tiago Abiodun – SCP); Medalhas de Bronze Nacional (Rita Vale – CP Alvito/Beatriz Pinto – Boa Hora FC) e (Susana Costa – CP Alvito/Júlia Leal – GDCS Juncal). Relativamente às equipas Seniores, de salientar que todas alcançaram os respetivos objetivos:

– A equipa Sénior Masculina “A” conseguiu a manutenção na 2ª Divisão de Honra Nacional;

– A equipa Sénior Feminina conseguiu a manutenção na 2ª Divisão Nacional – Zona Continente/Açores;

– A equipa Sénior Masculina “B” irá disputar, em setembro, a fase de qualificação para a subida à 2ª Divisão Nacional.

Nas competições do Desporto Adaptado, na última Prova Nacional de ParaTénis de Mesa, realizada em Setúbal, os atletas Avelino Monteiro e Ricardo Vilas Boas alcançaram, respetivamente o 1º e 4º lugar da competição.

Lamentavelmente, e na sequência dos planos de contingência elaborados no combate à pandemia de COVID-19, a equipa de Ténis de Mesa da CP Alvito encontra-se, atualmente, impedida de continuar a sua atividade.

Tendo em conta a urgência em preparar a época 2020/2021, a responsabilidade do trabalho de preparação de atletas de seleção nacional, competições nacionais e distritais, e a possibilidade de perder atletas nos vários escalões, os responsáveis da CP Alvito procuram, insistentemente, uma solução para a situação que a equipa atravessa neste momento, tendo já dado conhecimento da mesma ao Município de Barcelos.

Fonte e fotos: CPA.

IPCA abre mais de 1000 vagas de licenciatura para o próximo ano letivo

Julho 13, 2020 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Cerca de 900 vagas para os Cursos Técnicos Superior Profissionais

São mais de 1000 vagas para ingressar em cursos de licenciatura que o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) disponibiliza para o ano letivo de 2020-2021.



As vagas distribuem-se por 14 cursos de licenciatura, das quatro escolas. A Escola Superior de Gestão, é uma das cinco unidades orgânicas de ensino e investigação do IPCA e oferece vagas nos cursos de Contabilidade (regime laboral e pós-laboral); Finanças; Fiscalidade (regime laboral e pós-laboral); Gestão de Empresas (regime laboral e pós-laboral); Gestão Pública (regime laboral e pós-laboral); Solicitadoria (regime laboral e pós-laboral).  A Escola Superior de Tecnologia, centrada na área das engenharias, criou em 2018 o centro de I&D em Inteligência Artificial Aplicada (2AI-Lab) abre vagas para os cursos de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores; Engenharia em Desenvolvimento de Jogos Digitais; Engenharia e Gestão Industrial; Engenharia Informática Médica e Engenharia de Sistemas Informáticos (regime laboral e pós-laboral). A Escola Superior de Design dotada de salas de aula, oficinas e laboratório altamente tecnológicos, oferece vagas nos cursos de Design Industrial e Design Gráfico (em regime laboral e pós-laboral). A Escola Superior de Hotelaria e Turismo, terá em breve em funcionamento a Escola-Hotel, e oferece vagas para o curso de Gestão de Atividades Turísticas (regime laboral e pós-laboral).

Paralelamente ao concurso nacional de acesso promovido pela Direção Geral de Ensino Superior, o IPCA oferece, também, vagas no âmbito dos concursos especiais, destinados aos titulares de provas M23, titulares de cursos das vias profissionalizantes, titulares de cursos Técnicos Superiores Profissionais e titulares e outros cursos superiores, ás quais se juntam ainda as vagas para os regimes de mudança de par instituição/curso.

Com esta oferta alargada e diferenciada, o IPCA pretende democratizar o acesso ao ensino superior através da promoção de concursos diversos para um público heterogéneo, em prol da missão social que define a Instituição.

Toda a informação sobre os cursos, vagas e candidaturas está disponível na página do IPCA em www.ipca.pt. Em caso de dúvida, pode contactar o IPCA através dos meios divulgados na página e também no Gabinete de Acesso ao Ensinos Superior.

Para informação sobre as candidaturas ao concurso nacional de acesso, deve consultar do site da DGES (www.dges.pt).

Cerca de 900 vagas para os Cursos Técnicos Superior Profissionais

Às mais de 1000 vagas para ingresso em cursos de licenciatura, no ano letivo de 2020/2021 são ainda oferecidas cerca de 900 vagas para ingresso nos cursos técnicos superiores profissionais.

Neste momento, estão abertas as candidaturas à 1ª fase dos Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP´s), nas áreas do Design, Hotelaria e Turismo, Gestão e Tecnologia.

Os CTeSP´s são lecionados na mais recente escola do IPCA, a Escola Técnica Superior Profissional (ETeSP), e a sua oferta formativa para o ano letivo 2020/2021 encontra-se alinhada com as necessidades do mercado de trabalho na região, aferidas junto das empresas que acolhem os estudantes estagiários. Dada a proximidade às empresas e às populações, a oferta educativa encontra-se distribuída entre o Campus em Barcelos e os diferentes Polos em Braga, Guimarães (AvePark) e Vila Nova de Famalicão (CIIES).

A 1ª fase de candidaturas aos CTeSP´s iniciou-se no dia 29 de junho e prolonga-se até ao dia 14 de agosto.

Fonte e foto: IPCA.

Gala do Desporto de Barcelos adiada para 2021

Julho 13, 2020 em Atualidade, Concelho, Desporto, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Gala do Desporto de Barcelos, marcada para 20 de setembro, foi adiada para o ano 2021, em data a anunciar, devido à pandemia do COVID-19.



Esta Gala é organizada pelo Município e tem como objetivo a distinção do mérito desportivo, o incentivo à prática desportiva e o trabalho desenvolvido por treinadores, preparadores físicos, dirigentes, atletas, agentes desportivos e pelas entidades que, no concelho, se dedicam às várias modalidades, sendo responsáveis pela formação de centenas de atletas.

A II Gala do Desporto de Barcelos, inicialmente agendada para o dia 5 de abril e, mais tarde, adiada para 20 de setembro, pretendia galardoar 78 atletas barcelenses ou praticantes de clubes barcelenses que se sagraram campeões nacionais, europeus ou mundiais ao longo do ano passado, no desporto federado, não federado, adaptado, escolar e universitário do concelho de Barcelos.

Fonte e imagem: CMB.

PAN questiona Câmara Municipal de Barcelos sobre descargas no Rio Cávado

Julho 13, 2020 em Atualidade, Concelho, Economia, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

No seguimento de várias denúncias recebidas por parte de cidadãos, a Comissão Política Distrital do PAN Braga questionou a autarquia de Barcelos sobre várias descargas de águas residuais no Rio Cávado.



Segundo a informação recebida, as descargas serão provenientes da ETAR de Vila Frescaínha, contudo, acresce que uma série de outras denúncias expõem uma outra descarga ilegal efetuada, alegadamente, por indústrias privadas.

No seguimento destas denúncias, a Comissão Política Distrital do PAN Braga deu seguimento a uma queixa junto das autoridades competentes e questionou a Câmara Municipal de Barcelos sobre as medidas que pretende adotar para identificar os infratores e para prevenir estas descargas.

Paralelamente, a Comissão Política Distrital do PAN, em visita ao concelho, tomou conhecimento de que a ETAR de Areias de Vilar apresenta uma capacidade insuficiente de tratamento do volume de águas residuais, o que foi possível confirmar com uma visita ao local de descarga. Relativamente a esta situação, a distrital do PAN Braga solicitou, igualmente, esclarecimentos à autarquia sobre o funcionamento da atual ETAR de Areias de Vilar e sobre a data prevista para entrada em funcionamento da nova ETAR, construída em 2009, com um custo de 10 milhões de euros.

“Não esqueçamos que existem várias praias fluviais ao longo do Rio Cávado, algumas delas próximas desses locais de descarga e não nos parece que a população, tomando conhecimento desta situação, usufruísse destes espaços, até porque estamos perante algo que coloca em causa a saúde pública, além dos impactos nefastos no ambiente que daí resultam. Pelo que seria importante, até solucionarem este problema, colocar avisos à população sobre o verdadeiro estado da água” afirma Rafael Pinto, porta-voz Distrital.

Fonte e foto: PAN.

1 2 3 555
Ir Para Cima