Arquivo de Categorias

Atualidade - page 316

Workshop de pintura com o barcelense AFMACH

Setembro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora




Realiza-se no próximo dia 9 de setembro, pelas 15h00, na Galeria Municipal de Arte, um workshop de pintura, com o artista barcelense AFMACH.

A participação é gratuita mas com inscrição obrigatória. Para esse efeito, ou para mais informações, deverá contactar a organização através do número 253 809 695 ou o correio eletrónico galeriamunicipalarte@cm-barcelos.pt.

AFMACH é o nome artístico de António Fernando Leite Machado, barcelense nascido em 1957. É um autodidacta, tem um grande rol de obras, onde o cromatismo ousado impera. Recorreu, ao longo da sua carreira artística, a várias técnicas e a sua obra pode ser encontrada em coleções distribuídas por vários países, tendo já participado em inúmeras exposições.

Imagem: AB.

Barcelense Gonçalo Meira é Campeão do Mundo de Sub-20 de hóquei em patins

Setembro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Gonçalo Meira, de Barcelos, conquistou na China o título mundial de sub-20, em hóquei em patins.



Atualmente, faz parte dos quadro do Hóquei Clube de Braga, depois de ter começado a patinar no Óquei Clube de Barcelos, de onde saiu ainda com a categoria de infantis.

Com a seleção de Portugal, Gonçalo Meira ajudou esta a obter um inédito tricampeonato do Mundo na categoria de sub-20.

Na final, Portugal superou a Espanha por 2-0, com o atleta de Barcelos a apontar, a escassos segundos do fim, o segundo golo nacional.

Após receber o troféu, Gonçalo Meira agradeceu a todos.

“Feliz por ser campeão do Mundo. Sempre acreditámos. Jogar com a camisola de Portugal é deixar tudo dentro da pista. Agradeço a todos, e não foram assim tão poucos, os que nos apoiaram, mesmo longe. Desde o grupo, que sempre esteve unido, à minha família, colegas e amigos. O hóquei em patins tem tradição no nosso país. Indescritível a sensação de ser campeão do mundo! Obrigado a todos”.

Barcelos “em peso” no Campeonato de Mundo de Seniores

Ainda na China, já iniciou o Mundial de seniores, com Portugal a ter nas suas escolhas dois jogadores de Barcelos: Hélder Nunes e Rafa, bem como “Marinho” (Moçambique), recente contratação do OC Barcelos. Reinado Ventura, que deixou, muito recentemente, o clube barcelense rumo ao Viareggio, de Itália, também está nos convocados.

Para além destes jogadores, destaque para o treinador barcelense André Torres, presente a orientar a seleção da Colômbia. Os árbitros barcelenses Rui Torres e Paulo Rainha também marcam presença neste campeonato, alargando o rol de intervenientes com ligações a Barcelos.

Entretanto, e infelizmente, a nossa Seleção não iniciou muito bem a caminhada, com duas derrotas em dois jogos: 2-5 frente à campeã em título Argentina e 4-2 frente à Itália.

Por: Miguel Bastos.

Fotos: DR.

O arquétipo da corrupção

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião, Política port barcelosnahorabarcelosnahora
Raquel dos Santos Fernandes

Um país inundado em petróleo e diamantes, onde as rendas na capital podem rondar os 11.000€/mês e onde o governo gasta, em média, 45.000.000€/ano em carros de luxo. Um país de grandes e pomposos investimentos hospitalares, no qual 50% da população não tem acesso a cuidados de saúde básicos. Um número desmedido de aldeias sem escolas, sem água potável… Um país rico o suficiente para, durante anos, atufar Luanda de edifícios analógicos à figura do poder político que a ela se impõe. O país onde uma em cada seis crianças morre antes de completar 5 anos. O maior cemitério infantil do mundo!



Às contas da jovem República de Angola somam-se agora 3 Presidentes e uma Guerra Civil que se arrastou durante 27 anos, protagonizada pelo MPLA e pelo UNITA, que se haviam erguido a partir do objetivo comum de acabar com a ocupação militar portuguesa. Se, até 1991, a Guerra Civil angolana serviu de campo de batalha aos principais intervenientes da Guerra Fria, nos anos que se seguiram pouco se poderá acrescentar àquilo que Angola viveu se não uma luta pelo poder. Pelo poder político, pelo poder militar e pelo poder económico. O MPLA tornou-se no único beneficiário da autoridade definida ainda durante o conflito armado e essa confusão entre partido e Estado ainda persiste. Num país onde quem controla o aparelho do Estado controla as eleições e perante uma oposição pouco eficiente do ponto de vista organizacional, que ainda não é capaz de apagar o sentimento de inimizade criado no passado, outro desfecho que não o de 23 de agosto sempre foi tido como improvável.

José Eduardo dos Santos presidiu a República Angolana durante 38 anos. Deixa agora a presidência mas mantém-se à frente do MPLA, o que lhe permite controlar a estrutura política do país, ao mesmo tempo que mantém todos os privilégios presidenciais. Deixa uma pequena elite governativa que enriqueceu às costas da corrupção e uma governação recheada de nepotismo e clientelismo, que impossibilitou os angolanos comuns de beneficiar da riqueza dos recursos naturais do país. Agora, que o Império comercial imergiu na maior crise económica desde os tempos da Guerra Civil, deixa na memória os sucessivos cortes que visaram os serviços públicos e a certeza que, 38 anos depois, as oportunidades e o início de uma nova vida ainda não chegaram.

Estaríamos a entrar por caminhos muito vagos, perigosos até, se afirmássemos que a Angola de João Lourenço será diferente da de José Eduardo dos Santos, pois desconhecemos uma Angola que não aquela onde o sucesso dos negócios depende das relações entre as empresas e o governo e onde existe um claro favorecimento na distribuição de subsídios e incentivos fiscais. Desconhecemos uma Angola onde os meios de comunicação não são controlados pelo MPLA e onde as manifestações não são usadas para calar os críticos do governo. Se João Lourenço prometeu uma maior transparência e a redução do controlo do Estado sobre a economia do país, a redução da pobreza e da taxa de mortalidade infantil, o que podemos afirmar é que aqui estamos, à espera que as palavras passem a ações e que o novo Presidente seja corajoso o suficiente para romper com este arquétipo da corrupção.

Por: Raquel dos Santos Fernandes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Fé, música e muita animação com a festa de Nossa Senhora da Ajuda em Gilmonde

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora




Já a partir de amanhã, e até dia 10 de setembro, a freguesia de Gilmonde está em festa, com as tradicionais festividades em honra de Nossa Senhora da Ajuda repletas de atos religiosos, música e muita animação. A festa tem o apoio institucional do Município de Barcelos e da Junta de Freguesia de Gilmonde.

Aliás, a animação já iniciou a 15 de agosto último, com a habitual “festa do emigrante”, tendo sido celebrada uma eucaristia solene pelas intenções dos emigrantes, após a qual se deu ao hastear da bandeira de Nossa Senhora da Ajuda. Durante o dia houve momentos de “comes e bebes”, a atuação do Rancho Folclórico ADRC de Gilmonde e a realização do sorteio.

Agora, numa espécie de “pré-festa”, no último domingo, realizou-se a procissão em honra de Nossa Senhora da Ajuda, saindo da Capela da Nª Sr.ª da Salvação, em Rebordões, e seguindo até ao Centro Pastoral, onde se celebrou a eucaristia solene. Também desde esse dia, e até dia 11, pelas 20h30, realizam-se novenas em honra de Nª Sr.ª da Ajuda.

Amanhã, pelas 20h30, celebra-se a eucaristia, seguida de procissão de velas, acompanhada pela Fanfarra Nossa Senhora da Ajuda, de Gilmonde. Após a procissão, atua a banda Trio Dó-Ré-Mi, dando início aos arraiais noturnos.

No dia seguinte, pelas 9h00, dá-se a alvorada, com a saída do grupo de Zés P’reiras “Os Castiços de Barcelos”, que percorrerá as ruas da freguesia. Por volta da mesma hora, celebra-se uma missa em honra de Nª Sr.ª da Ajuda. Já de tarde, pelas 16h00, começa o V Passeio de Bicicletas Antigas, organizado pela ADRC Gilmonde e pela Comissão de Festas. À noite, por volta das 21h30, atua Mokika e suas Bailarinas, seguindo o grande espetáculo do conhecido cantor popular Emanuel.

Domingo, dia 10 de setembro, começa com a entrada da Banda de Música de Riba d’Ave e da Banda de Música Aboim da Nóbrega, pelas 9h30. À tarde, pelas 16h00, realiza-se a Oração Mariana, pregação seguida da procissão. Já pela noitinha, por volta das 22h00, inicia a atuação do famoso artista Zé Amaro. Todos os dias terminam com sessão de fogo de artifício.

A festa em honra de Nossa Senhora da Ajuda é dada por terminada no dia 11 de setembro, com a celebração, pelas 20h30, da missa, no Centro Pastoral, seguida de procissão e “batalha das flores”.

Imagem: CFSA.

Muito feliz!

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

Confesso que estou muito feliz pela vitória do meu FCP em Braga! É que, ultimamente, o SC Braga tem-nos feito a “vida negra”!



Foi uma vitória da união, coesão, organização e da paixão, que esta equipa de Sérgio Conceição tem apresentado! 9 golos marcados e nenhum sofrido é um registo muito agradável! O que mais me irritou no jogo em Braga foi a provocação de claques do SC Braga para connosco (adeptos do FCP), fora do estádio, e o arremesso de pedras na nossa direção. Um miúdo de 14 anos foi atingido na cabeça, mesmo ao meu lado, por um “pedregulho” arremessado por adeptos do Braga! Isto para não falar da espera de 30 minutos, no fim do jogo, dentro do estádio e com o som no máximo, a ouvir música das claques bracarenses. O que nós não fazemos pelo nosso clube! Éramos 7 mil a uma só voz!

Fiquei, também, muito feliz por chegar o dia 31 de Agosto e o Porto não ter vendido nenhuma das suas “pérolas”! Com esta atitude e qualidade acredito que vamos fazer uma boa época! Estou muito satisfeito com o trabalho de Sérgio Conceição! Mais do que um treinador, precisávamos de alguém que “injetasse” moral, confiança e portismo na equipa e isso contagia todos os portistas! Cada jogo terá que ser encarado como final.Venha o Chaves.

Aqui fica a minha palavra, também, de carinho para o nosso Gil. Ficámos a segundos de vencer em Coimbra! Tem sido o campeonato possível…mas eu acredito nesta equipa e estrutura e com a cidade unida vamos ser ainda mais fortes!

Abraço a todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Maior teste!

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pombal Lopes

Como havia dito na semana passada, o Benfica teria contra o Rio Ave o seu maior teste desde o começo da nova época.



Infelizmente, a profecia e a iminente escorregadela do Benfica confirmaram-se!

O Benfica não jogou melhor que o adversário e, quanto muito, teve sorte no empate.

A equipa de Vila do Conde foi atrevida e não teve medo de discutir o jogo, não chegou ao golo por mero acaso ou por um contra-ataque feliz! Chegou ao golo porque procurou mais e melhor do que o Benfica.

À hora desta publicação, o mercado de transferências já fechou e o Benfica reforçou tudo menos (na minha opinião) o essencial, nomeadamente, o eixo da defesa.

Temos 4 pontas de lança que deviam ter direito a serem todos titulares ao mesmo tempo e temos 4 centrais (temos?) que, neste momento, nenhum me parece dar garantias.

O Luisão vai servindo mas a agilidade e resistência são cada vez menores; o Jardel não está em condições físicas há um ano e notou-se, novamente, na última partida; e temos Lisandro, que para mim, tinha tudo para ser um novo Garay mas tarda em afirmar-se.

Ou a estrutura do Benfica confia no Rúben Dias e no Kalaica para serem o próximo Lindelöf ou, então, parece-me que vamos andar aflitos até (pelo menos) Janeiro.

Portugal jogou esta quinta-feira com as Ilhas Faroé e o volume do resultado era mais que previsível. Contudo, acho pertinente, mais uma vez, destacar Cristiano Ronaldo.

Não sou fã das características que o definem enquanto jogador, mas a nível profissional, não há ninguém que o possa pôr em causa! Está sempre motivado e o jogo pela Seleção veio, mais uma vez, provar isso mesmo.

Parabéns, por isso, ao português Ronaldo e que ganhemos à Hungria para na última jornada “ir à boca” aos suíços.

Um bom domingo para todos!

Cumprimentos!

Por: Hugo Pombal Lopes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

VAR – Vídeo Árbitro que me assustas!!

Setembro 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
José Costa

Este vai ser um comentário “peregrino” e aligeirado, tal como o período de férias (as minhas) impõe.



Assim, o Sporting, apesar de não ter brilhado como nas atuações anteriores, fez o que tinha a fazer e lá venceu o Estoril por 2-1. Mais uma vez, a dupla Gelson a abrir o marcador e Bruno Fernandes – o novo craque do Sporting – lá fez o segundo. A defesa também lá segurou o resultado, com pelo menos uma defesa soberba de Rui Patrício. Mas, infelizmente, a nossa defesa não era inviolável e acabou por surgir o golo do Estoril, que levou o Sporting a ter de “fazer pela vida”, ficando algumas vezes perto do golo, com Bas Dost quase a marcar, ora porque Moreira defendia, ora porque falhava por “milímetros”.

O Vídeo Árbitro (VAR) foi protagonista da parte final do desafio, invalidando 2 golos, um a cada equipa…mas de modo correto.

Por tal, e para nosso contentamento, o Sporting garante a liderança, apesar do susto.

E claro, J.J. diria que “na 2ª parte joguei com o cansaço dos jogadores: a uns fingi que não ouvia, a outros que não via”. Jorge Jesus no seu melhor!

Uma referência ao Gil Vicente que, apesar de merecer a vitória, só conseguiu assegurar o empate, apesar de só o ter cedido já nos descontos, frente à Académica. Um 6° lugar confortável! Que no próximo jogo possamos manter ou melhorar.

Aguardemos, por agora, o melhor desempenho da Seleção, para trabalhar na garantia do apuramento para próximo Mundial de 2018.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Samsung Note 8 está a chegar!

Setembro 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

A Samsung lançou, finalmente, um novo dispositivo da série Galaxy Note. Muita gente achou que a linha estava condenada após o fracasso comercial do Note 7, mas isso está longe de acontecer na realidade. Com o Note 8, a empresa líder do mercado está a tentar recuperar a confiança dos usuários de produtos grandes, os chamados phablets. Aparentemente, a empresa está na direção certa com o novo smartphone.



O Galaxy Note 8 chegará ao mercado em meados de setembro. Na Europa, os clientes que comprarem o dispositivo no lançamento levarão para a casa a dock DeX gratuitamente, que transforma o smartphone num PC. Outra característica interessante é que o Note 8 chega numa versão dual-SIM, pouco comum em alguns mercados.

As cores disponíveis são: Midnight Black, Maple Gold, o novo Deep Sea Blue e Orchid Gray. A disponibilidade do produto, das cores e acessórios dependerá de cada mercado.

Se já estás familiarizado com o visual dos Galaxy S8, então não irás estranhar o Note 8 e a sua construção. O visual característico da série está presente no dispositivo. Isso é algo positivo, pois temos a superfície frontal com bordas curvas e o formato de ecrã infinito que o tornam bastante elegante. O modelo tem espessura de 8,6 milímetros e pesa 195 gramas, que é um peso notável durante o seu manuseio.

Os botões do Note 8 estão posicionados no mesmo lugar do Galaxy S8. Não há um botão físico de home na parte frontal, visto que o sensor biométrico está na traseira e o scanner de íris está à direita do flash de LED. Assim como nos S8, a posição escolhida pela Samsung para a biometria é questionável tendo em vista que o Note 8 é um aparelho ligeiramente maior.

Em relação à segurança, o Galaxy Note 8 vem equipado com vários mecanismos de proteção. O mais seguro, segundo o fabricante, é o scanner de íris, seguido do desbloqueio facial, que captura o rosto do usuário com a ajuda da câmara frontal. A terceira solução é o sensor biométrico, que está um pouco desconfortável no lugar onde está posicionado.

A Samsung entrega o Note 8 com Android 7.1 e, obviamente, o modelo deve receber o Android 8.0 Oreo a qualquer momento, mesmo que isso aconteça no próximo ano. Sobre o Android, a interface do fabricante está mais conservadora, eficiente e com recursos consistentes.

A bateria do Note 8 não impressiona, mas pelo menos temos a confirmação de que foi projetada num tamanho compatível com o dispositivo e aprovada em testes internos de segurança. São 3.300mAh, cerca de 200 mAh a menos que o Galaxy S8+. É válido ressaltar que temos uma bateria maior em comparação com o S8+ e ainda um espaço extra no hardware que é o compartimento da S Pen. Carregamentos rápidos da bateria com ou sem fios estão presentes.

A marca não está a inovar ou a arriscar muito com este lançamento, mas esta cautela é compreensível devido aos problemas do modelo anterior.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Festa de Nossa Senhora das Necessidades em Barqueiros

Setembro 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




De amanhã e até dia 8 de setembro, realizam-se as tradicionais festividades em honra de Nª Sr.ª das Necessidades, em Barqueiros, com um cartaz recheado de muita animação e atividades. A festa tem o apoio institucional do Município de Barcelos e da Junta de Freguesia de Barqueiros.

No passado dia 2 de julho, deu-se o hastear da bandeira. Hoje, a partir das 8h30, o grupo de Zés P’reiras percorreu as ruas da freguesia, anunciando a romaria. Amanhã, também a partir das 8h30, farão o mesmo.

Também amanhã, pelas 9h30, realiza-se a eucaristia dominical no santuário de Nª Sr.ª das Necessidades. À tarde, pelas 15h00, inicia-se o desfile dos ranchos folclóricos e, meia hora depois, começa a atuação do Rancho Folclórico da Freguesia de Tapéus – Soure, do Grupo de Danças e Cantares de Vale Domingos – Águeda, do Rancho Folclórico Baixo Vouga – Aveiro, do Rancho Folclórico de Dem – Caminha, do Rancho Folclórico “As Trigueirinhas do Pisão” – VN de Gaia e o rancho “da casa”, Rancho Folclórico e Etnográfico “A Telheira”.

Até dia 6 haverá música gravada durante o dia. Nesse dia, pelas 21h00, realiza-se a Procissão de Velas, com saída da Capela do Senhor dos Perdidos, seguida da atuação do grupo Os Solitários. No dia seguinte, pelas 15h00, realiza-se a tradicional Corrida de Cavalos. À noite, pelas 22h30, atua o grupo Bandalusa.

Sexta-feira, dia 8 de setembro, pelas 8h30, dá-se a entrada da Banda de Música de Vilela – Paredes e da Banda Musical Cabeceirense. Pelas 11h00, celebra-se a missa solene e sermão em honra de Nª Sr.ª das Necessidades. As duas bandas irão atuar ao longo da tarde/noite. Pelo meio, realiza-se um terço, seguido da Procissão. A noite e as festividades terminam com a tradicional sessão de fogo de artifício e a “queima” de duas “Vacas de Fogo”.

[Ndr: Este jornal agradece ao Sr. Carlos Silva “Casanova” pela partilha das imagens no sentido de ajudar na divulgação das festividades na sua terra.]

Museu de Olaria de Barcelos recebe 5.ª Conferência Internacional “Sharing Cultures”

Setembro 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Auditório do Museu de Olaria recebe, de 6 a 8 de setembro, o Congresso “Sharing Cultures 2017”, 5ª Conferência Internacional sobre Património Imaterial, uma parceria entre o Município de Barcelos e o Green Lines – Instituto para o Desenvolvimento Sustentável.

A riqueza do património cultural barcelense, como o artesanato, as tradições, a feira semanal, a Festa das Cruzes, o Caminho de Santiago, entre outros, são o mote que tornam Barcelos o lugar perfeito para reunir investigadores e académicos em torno da salvaguarda e promoção do património imaterial.

As sessões de trabalho, com apresentação de trabalhos e artigos científicos, decorrem durante os três dias, das 14h00 às 15h30. Noutros horários, no dia 7 haverá uma sessão, entre as 9h00 e as 10h00, e no último dia do congresso estão agendadas mais duas sessões, a primeira entre as 9h00 e as 10h00 e a segunda das 11h00 às 12h00.

Quanto a visitas e atividades sociais, no primeiro dia, os grupos participantes irão ter a oportunidade de fazer uma visita guiada no centro da cidade de Barcelos, que irá mostrar os principais pontos turísticos da cidade, como a Igreja Matriz, a Ponte Medieval, o Palácio dos Condes de Barcelos e o Museu Arqueológico de Barcelos. A visita contemplará também a Câmara Municipal, a Torre da Porta Nova, a Igreja do Senhor Bom Jesus da Cruz, entre outros pontos interessantes, com guias que contarão a história e as lendas de cada lugar.

No final desta visita guiada, haverá ainda a possibilidade de fazer um percurso de quatro quilómetros do Caminho Português de Santiago, entre o Senhor da Cruz e a Igreja de Abade de Neiva, com transporte gratuito de regresso ao Museu.

No dia 7, quinta-feira, está reservada uma visita à feira semanal e a participação em workshops com artesãos locais que, no Museu de Olaria, irão ensinar as técnicas para moldar o barro e criar peças únicas pelas próprias mãos.

A participação é de inscrição obrigatória, para isso utilize o contacto e-mail do secretariado do congresso sc2017@greenlines-institute.org. Para mais informações, consulte o website (clicar no link) http://sharing.greenlines-institute.org ou a página de Facebook da Green Lines https://www.facebook.com/Greenlines/ .

A Green Lines é uma organização não-governamental (ONG) que desenvolve os seus esforços na promoção das várias vertentes que integram o amplo conceito de desenvolvimento sustentável. A sua intervenção está organizada em torno de um conjunto de ações de investigação, formação e divulgação. Este conjunto de ações assenta, prioritariamente, na cooperação internacional com organizações similares, fundações, universidades, académicos e investigadores, procurando ter uma ação positiva e interventiva na promoção e sedimentação dos princípios do desenvolvimento sustentável, tanto no âmbito científico, quanto nos âmbitos sociocultural, de desenvolvimento e de cooperação.

Fonte e imagem: CMB.

Ir Para Cima