Arquivo de Categorias

Atualidade - page 321

Marcha pela Paz em Barcelos

Janeiro 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 7 de janeiro, realizou-se, em Barcelos, uma Marcha pela Paz. Cerca de 400 pessoas puderam manifestar-se por uma causa que é de todos e à qual ninguém pode ficar indiferente: a PAZ.

Durante a marcha ouviu-se poesia sobre a paz, de poetas portugueses. Crianças e jovens leram mensagens de paz e foram lidas mensagens de personalidades como o Frei António Pojeira (Missionário em Timor), Eugénio Fonseca (Cáritas Portuguesa), Sheik David Munir (Mesquita de Lisboa) e D. Francisco Senra (Bispo Auxiliar de Braga).

No final, tivemos o testemunho, na primeira pessoa, de uma voluntária da PAR (Plataforma de Apoio aos Refugiados), que elogiou o Concelho de Barcelos por estar, já, a acolher uma família síria vítima da guerra e, simultaneamente, apelou à necessidade urgente de surgirem mais organizações disponíveis para acolherem mais famílias.

Por fim, foram interpretadas músicas que nos apelam a um sonho de Paz para toda a humanidade: “Imagine” e “We are the world“.

A organização agradece a todos os que tornaram possível esta manifestação pública de apelo à Paz.

Por: Hugo Fernandes (Organização).

IMG_3982

Agradecimentos: O Barcelos na Hora agradece a Hugo Fernandes e a Luís Moita Flores.

Fotos: Hugo Fernandes.

Janeiro 12, 2017 em Atualidade, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

Entrando no novo ano com excelentes resultados desportivos em alguns desportos alcançados em 2016, Portugal ainda é hoje um país com deficiência desportiva em muitos aspetos.

Desde a falta de infra-estruturas, equipamentos, meios técnicos e sobretudo à falta de educação para a prática desportiva.

Esta para mim é a grande lacuna no desporto português: a passividade com que os jovens e suas famílias olham para o desporto. Este devia começar cedo para que se criem hábitos desportivos, capazes de criarem condições para um bom desenvolvimento da criança, não só fisicamente mas intelectualmente e socialmente.

A prática desportiva e a própria competição leva a que os atletas tenham que superar dificuldades de várias ordens, obrigando-os a tomar decisões em segundos, em prol de si, ou da equipa, o que os desenvolve física e mentalmente.

Está mais que provado, por diversos trabalhos de investigação, que a prática desportiva regular e a competição melhoram o rendimento escolar, contrariando muito a versão dos pais, ou mesmo dos atletas, com o argumento da falta de tempo.

A organização, método e disciplina são fatores que se aprendem e trabalham no desporto.

Felizmente em Barcelos existem muitos clubes com condições para a prática desportiva e, ultimamente, temos vindo a verificar o aumento de desportistas; mas ainda é uma percentagem muito baixa e é, essencialmente, a população que começa a olhar para o espelho e que tem de perder uns “quilitos”.

Temos que começar mais cedo a educar. Não é só escola ou centros de estudo. A preparação para uma vida competitiva assim o exige.

Quanto a nós, o clube de ténis Esaf está preparado para vos receber e vos proporcionar a prática de um desporto muito completo como o ténis.

Por: Carlos Ferreira

 

Cantares dos Reis na Freguesia de Oliveira

Janeiro 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 15 de janeiro, pelas 15h00, a Banda Musical de Oliveira realizará os Cantares dos Reis.

O evento terá lugar no Centro Paroquial de Oliveira.

 

Fonte: Agenda da CM de Barcelos.

Janeiro 11, 2017 em Atualidade, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
ritarodrigues
Rita Rodrigues

 

O meu nome é Rita Rodrigues, sou Psicóloga e Diretora Técnica da Unidade Paul Adam Mckay da Associação RECOVERY IPSS e em 2017 vou partilhar convosco algumas questões da Psicologia.

Estamos numa altura do ano em que se faz um balanço do ano que passou e resoluções para o novo ano. Como o que nos define são os nossos comportamentos e para apoiar as nossas resoluções vou passar a explicar brevemente alguns tipos de comportamentos que o ser humano pode ter e qual o melhor a adotar para fazermos as melhores resoluções para este ano.

Comportamento Assertivo

Pode ser definido como aquele que envolve a expressão direta, pela pessoa, das suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões sem que, ao fazê-lo, ela experiencie ansiedade indevida ou excessiva, e sem ser hostil para o interlocutor. É, por outras palavras, aquele que permite defender os próprios direitos sem violar os direitos dos outros.

 

Comportamento Passivo

É aquele em que a pessoa falha na expressão das suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões. Na medida em que a pessoa que tem este comportamento é a primeira a violar os seus próprios direitos; acaba por dar ao outro a permissão para, também ele, o fazer.

Comportamento Agressivo

É aquele em que a pessoa expressa as suas necessidades ou preferências, emoções e opiniões, mas de uma forma que é hostil, exigente, ameaçadora ou punitiva para com o interlocutor. A pessoa que tem este comportamento defende os seus direitos, mas fá-lo à custa da violação dos do outro.

Concluindo…

A assertividade não garante a não ocorrência de conflitos entre duas pessoas; o que acontece é que, se duas pessoas em desacordo comunicam de forma assertiva, é mais provável que reconheçam que existe um desacordo e tentem chegar a um compromisso ou, simplesmente, decidam manter a sua posição respeitando a do outro. Em todo o caso, tu só és responsável pelo teu próprio comportamento – se a outra parte do conflito decidir comportar-se de forma não assertiva, o problema é dela.

Boas resoluções para todos neste novo ano!!!

Por: Rita Rodrigues (Psicóloga e Diretora Técnica da Unidade Paul Adam Mckay da Associação RECOVERY IPSS)

Hugo Vieira ruma ao Japão

Janeiro 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port Gonçalo SantosGonçalo Santos

Depois de brilhar no campeonato sérvio ao serviço do Estrela Vermelha de Belgrado, onde foi inclusive considerado o melhor jogador e marcador do campeonato da liga, o futebolista barcelense Hugo Vieira está de partida para o Japão, onde assinará pelo Yokohama F. Marinos.

O jogador já realizou exames médicos em Inglaterra, no Manchester City, que é propriedade do mesmo dono que o Yokohama, seguindo depois para o Japão.

O Yokohama F. Marinos disputa a League J1 e é treinado pelo conhecido treinador francês Erick Mombaerts. O clube é propriedade partilhada do grupo Nissan (80%) e do City Football Group (20%).

O jornal Barcelos na Hora deseja os maiores sucesso ao jogador barcelense.

Foto: Youtube.

hqdefault

 

 

Dakar 2017: Joaquim Rodrigues sobe ao 10º lugar

Janeiro 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O piloto barcelense, ao comando de uma Hero Speedbrain, subiu à 10ª posição da geral de motos após a 8ª etapa entre Uyuni e Salta, numa distância de 892km.

Com o tempo de 23h37m08s, o piloto está a 1h36m do 1º classificado, o britânico Sam Sunderland. Já o seu cunhado, Paulo Gonçalves, encontra-se na 8ª posição.

Entretanto, a página oficial da marca Hero MotoSports Team Rally lançou um vídeo que retrata a primeira parte da prova e a passagem para a segunda.

Foto e vídeo: página oficial da Hero MotoSports Team Rally e Youtube.

Ainda não há “fumo branco” no PS

Janeiro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

De acordo com a edição online do Barcelos Popular, Domingos Pereira, Alexandre Maciel, Carlos Brito e Elisa Braga terão reunido em Lisboa, no dia 05 de janeiro, com o Secretário-Nacional do PS, José Mesquita e com o Presidente da Distrital, Joaquim Barreto.

A reunião terá acontecido na sede do partido, no Largo do Rato, tendo como temas a avocação do processo das autárquicas, os requisitos da elaboração do processo eleitoral, entre outros, não resultando da reunião nenhuma conclusão e/ou decisão.

 

 

Foto: Facebook do PS Barcelos.

A muralha de Constantinopla aos pés do autoritarismo

Janeiro 8, 2017 em Atualidade, Opinião, Política port barcelosnahorabarcelosnahora
raquelsfernandes
Raquel dos Santos Fernandes

As recentes vagas de democratização conduziram à construção do maior número de regimes democráticos de sempre. Esta evolução generalizada dos processos de democratização faz-nos, inequivocamente, questionar sobre a qualidade das democracias contemporâneas e sobre a relação dos Estados com a democracia e as sociedades.

Nos vários grupos que compõem a humanidade existem indivíduos com elevados níveis de autoritarismo e narcisismo, por vezes, megalómanos até, mas que nunca tiveram a oportunidade de se tornarem ditadores de uma nação. Esta oportunidade será determinada pelo contexto que, consequentemente influenciará o comportamento e as características destes indivíduos.

Quando o contexto não é favorável às suas pretensões e ambições, utilizam “incidentes de crise” para manipular as massas. Na Turquia que Ataturk colocou no mapa, o “incidente de crise” pseudo-golpe de Estado de 15 de julho de 2016 outorgou a Recep Tayyip Erdogan esse contexto – ao garantir que o golpe havia sido uma conspiração contra a nação, evidenciou que o país estava ameaçado, abriu caminho para a imposição de severas restrições às liberdades civis e incutiu na população uma forte sensação de que a sociedade estava sob ataque de inimigos internos. As sucessivas ameaças que o país tem vindo a viver criaram um clima psicológico favorável à ditadura e os sentimentos de incerteza e de ameaça entre a população resultaram numa maior conformidade e num maior apoio à liderança autoritária. Num país onde os direitos humanos, as liberdades civis e a transparência são princípios descartados e onde as instituições e os meios de comunicação são pouco independentes, a Constituição da República tem vindo a sofrer várias emendas, quer em privilégio dos intervenientes políticos, quer, essencialmente, para dotar o Presidente eleito de um maior número de poderes.

Na maior prisão de jornalistas do mundo (segundo a organização Repórteres Sem Fronteiras, mais de 100 jornalistas encontram-se detidos nas prisões turcas), o governo acaba de comunicar aos meios de comunicação do país a proibição de noticiar o desenvolvimento do trágico atentado com que o país acordou no primeiro dia do ano; o acesso ao youtube, ao twitter e ao facebook está constantemente a ser bloqueado e debate-se a “legalização da violação” em caso de o agressor contrair matrimónio com a vítima. À medida que os afluentes movimentos migratórios para a Europa aumentam, aumenta a influência da Turquia na Europa. À medida que a crise dos refugiados acresce, acresce a condicionalidade para o alargamento da União Europeia à Turquia. E assim, começamos a descurar que as instituições devem garantir a democracia, o Estado de Direito e os direitos humanos e que as minorias devem ser respeitadas e protegidas. Assim, estes indivíduos começam a levar a melhor. A sua hegemonia religiosa e política enfraquece a democracia e a não atuação do Estado na inclusão dos seus cidadãos no sistema de decisão política potencia a desilusão e os baixos níveis de participação.

Regimes eleitos democraticamente com problemas estruturais no seu sistema democrático existem… A Turquia é um deles. E indivíduos com elevados níveis de autoritarismo e narcisismo também… E Erdogan é, claramente, um deles!

 

Por: Raquel dos Santos Fernandes (investigadora – mestre em Ciência Política).

OCB entra a ganhar em 2017

Janeiro 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port Gonçalo SantosGonçalo Santos

OC Barcelos entra 2017 a ganhar. A equipa orientada por Paulo Freitas fez o seu primeiro jogo do ano em sua casa vencendo a formação dos Açores, o Candelária da Ilha do Pico por 6-1. Na primeira parte o marcador registava uma vantagem curta do OCB de apenas um golo apontado por Luis Querido. Para a segunda parte o Candelária empatou, mas o capitão do OC Barcelos em noite inspirada fez três golos quase seguidos, colocando o placard em 4-1. Nos minutos finais Hugo Costa estabeleceu o resultado final de 6-1 para os barcelenses.

15844381_1291882954191383_5442092857288758272_o
Assim o OC Barcelos continua no quinto lugar somando vinte e um pontos antes de viajar na próxima jornada a Paço d’Arcos.

Texto e foto por: Miguel Bastos

Rapaz embate com carro contra veículo da GNR

Janeiro 7, 2017 em Atualidade, Concelho port barcelosnahorabarcelosnahora

Segundo a edição online do Jornal de Notícias, um rapaz de 14 anos foi apanhado pela Guarda Nacional Republicana, na noite de sexta-feira para sábado, pelas 21h30, após embater com a viatura que conduzia contra uma outra da GNR, em Gamil, em resultado de uma fuga.

De acordo com a notícia avançada, após uma denúncia anónima, referindo que um menor conduzia uma viatura naquela zona, a GNR intercetou o menor, a quem foi dada ordem de paragem, não acatada por ele, aumentando, mesmo, a velocidade.

Após conseguirem imobilizar a viatura, e quando efetuavam a fiscalização, o menor terá engrenado a marcha-atrás e embatido na viatura da Guarda. Mesmo reiterando a ordem de paragem, o condutor não acatou e arrancou a alta velocidade, com os Guardas a terem que se desviar para não serem atropelados.

A viatura e o seu condutor menor acabaram por ser localizados, pela GNR, num parque de estacionamento em Barcelinhos. Segundo o Jornal de Notícias, a GNR entregou o caso ao Tribunal de Família e Menores de Barcelos.

Foto: Facebook da GNR.

Ir Para Cima