Arquivo de Categorias

Atualidade - page 325

Nunca Desistir…Sempre Acreditar!

Março 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, camaradas!

O meu Sporting Clube de Portugal continua em todas as frentes (inclusive já vencemos a Taça da Liga) mas em contraciclo, é a época com o nível exibicional mais baixo! (desde a chegada de Jorge Jesus a Alvalade)



Mesmo (ainda) em todas as frentes, nem tudo tem sido um “mar de rosas”! As vitórias que nos mantêm na luta pelo título têm sido sofríveis, e mesmo com um forte investimento as exibições não convencem!

A meu ver, ainda por cima, temos dado “tiros nos próprios pés”!

Foi assim quando estávamos na liderança (embora à condição), altura essa que o nosso Presidente “ameaçou bater com a porta”, aconteceu a horas de jogarmos com o Estoril, e consequentemente perdemos bem esse jogo. (assim se foram 3 pontos importantes na luta pelo título)

Foi assim esta semana, depois de mais uma vitória sofrível, mas justa, por 1-0, sobre o Moreirense, (mais uma vez no último fôlego, e novamente meia hora com um a menos, devido à expulsão sem sentido nenhum de Petrovic). Jorge Jesus chegou à “flash interview” e “disparou” em todas as direções, principalmente nos adeptos, que são os mesmos que, mesmo sem conquistarmos o Campeonato Nacional há 15 anos, continuamos a encher constantemente Alvalade, a seguir e apoiar o Sporting para todo o lado!

Foi assim quando Gelson (dos melhores deste plantel) se “autoexcluiu” do clássico com FC Porto (jogo tão decisivo para nós), por “causa” de um amigo!

Foi assim na ironia que Jorge Jesus usou ao dizer que: “estamos habituados a estar constantemente em todas as frentes”, em “resposta” a alguns assobios vindos das bancadas!

Tem sido assim, na incoerência e contradição, de palavras que têm sido ditas, inclusive de Jorge Jesus!

Têm sido demasiados “tiros nos próprios pés”!

Apesar de tudo, na próxima sexta-feira, no Clássico, frente ao FC Porto, no Dragão, independentemente de quem jogar (somos uma Equipa, não individualidades) eu Acredito na vitória! Eu (ainda) Acredito que esta época vamos ser Campeões!

Nunca Desistir…Sempre Acreditar!

Nas modalidades, esta semana, destaco: Sporting Clube de Portugal, Campeão Europeu em Goalball! Mais um Título! Somos Enormes!

No Voleibol, vencemos a fase regular da prova! Agora é dar continuação ao excelente trabalho, com o intuito de sermos Campeões Nacionais!

O nosso Gil Vicente: 15 jogos seguidos sem vencer (derrota 2-1 no Santa Clara). Nova mudança de treinador, a ver se algo muda, porque, realmente, bem é preciso escrever se novas histórias, novas vitórias!

O nosso OCB: derrota “pesada” em Valongo, 5-1. Regresso logo de seguida às vitórias, em casa; 6-5 frente ao HC Braga! Mantém o 6º lugar no campeonato.

Desporto é Vida! Viva o Desporto com “Respect” e “Fair-Play“!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Aproveite fevereiro quem folgou em janeiro

Março 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

É antigo o ditado e serviu que nem uma luva ao nosso Glorioso na última jornada. Tem obviamente de ser bem interpretada a parábola. Entrámos a perder logo aos 9 minutos e passámos a maior parte do jogo a correr atrás do resultado. A reviravolta só sucedeu quase na parte final do jogo, com os dois golos de Jonas e a confirmação de Rafa. Depois de um jogo menos conseguido por Jonas na jornada anterior, parece ressurgir em bom nível, talvez porque é dos poucos que realmente querem ganhar sempre. Além do mais, dá muitas vezes a sensação que sente o verdadeiro valor do “manto sagrado”. Também Rafa esteve em bom nível e há já algumas jornadas que vinha merecendo um golo.



Mas a verdade é que o Benfica que defrontou o “Paços” teve mesmo de “aproveitar o fevereiro”, pois o “janeiro” não lhe correu grande coisa. Já me custa bater na mesma tecla mas a verdade é esta: desde o início da época o Benfica ainda não assentou os pés na terra. E de cada vez que lhe aparece à frente um adversário mais atrevido, treme por todo o lado e as fragilidades tornam-se visíveis. E afirmo novamente esta semana: O resultado é enganador! A visita a Paços de Ferreira nunca é fácil e vitória por 1-3 parece um resultado interessante. Mas é preciso ter visão mais ampla e perceber que boa parte do jogo estivemos a perder por uma bola. O Benfica vence, mas (ainda) não me convence.

Espero que na próxima jornada saibamos aproveitar o facto de pelo menos um dos nossos adversários diretos ir perder pontos. Sendo que recebemos em casa o Marítimo, que se levar o “autocarro” para dentro do campo e jogarmos como temos vindo a jogar promete dificuldades.

Atentando à casa do “vizinho” vou torcer pelos verdes, sendo que é bem provável que eles mesmos prefiram perder para não ajudar os vermelhos. Mas por mim, nem que ganhem por meio golo. Nem que seja marcado na “terceira parte”, como agora parece estar na moda.

(Ainda) quero ser penta!

E viva o Benfica.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Escrever a letra C!

Março 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

Como dizia José Afonso “venham mais cinco”!



Foram esses os golos trazidos do Algarve e que mantêm a distância de 5 pontos sobre os nossos rivais! Assim o Porto habitua-nos mal!…Contra o Sporting, 1-0 chega! Não me importo, também, que seja aos 97 ou 98 minutos!

Não seria melhor “inbestigar” mais uma goleada do FCP??! É que certas “cartilhas” acham estranho tantos golos do meu clube! Só não percebo porque não houve nenhuma “inbestigação” nos últimos 4 anos!…

Voltando a falar do “clássico”, vai ser, na minha opinião, o jogo mais difícil da época e uma vitória do Porto era escrever a letra C da palavra Campeão! Mas no futebol tudo é possível! Só espero que além do Gelson, o Bas Dost fique também em Lisboa! Iremos ao Dragão gritar e apoiar o nosso clube, com a toda a força da nossa alma!

Espero, também, que o Marítimo pontue nesta jornada! Se ganharmos ao Sporting, de certeza que a PJ e a GNR vão ao Estádio do Dragão a mando de alguém! (Risos)

Para fechar, aproveito para desejar boa sorte à nova equipa técnica do Gil Vicente e que a Liga faça regressar o “Gilinho” já na próxima época!

Até à próxima!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Rotary Club de Barcelos homenageia barcelense Hugo Sousa

Março 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 27 de fevereiro, o Rotary Clube de Barcelos homenageou o médico e investigador barcelense Hugo Sousa, atribuindo-lhe a distinção de “Profissional do Ano Rotário 2017-2018”.



Sendo que os fundamentos do Rotary estão imbuídos da importância dos Serviços Profissionais, como se pode comprovar na sua definição, como sendo “uma organização de líderes de negócios e profissionais que prestam serviços humanitários, fomentam elevado padrão de ética em todas as profissões e ajudam a estabelecer a paz e a boa vontade no mundo” ou até quando se considera o seu Segundo Objetivo: “O reconhecimento do mérito de toda a ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional”, os Clubes Rotários homenageiam, nas suas comunidades, os profissionais cujo percurso mais se destaca nas diferentes áreas de atividade.

Assim, e dentro desse âmbito, o Rotary Club de Barcelos decidiu homenagear o barcelense Hugo Sousa, atribuindo-lhe, como referido, a distinção de “Profissional do Ano Rotário 2017-2018”.

Hugo Sousa tem 36 anos e é natural de Alvelos. Este médico e investigador barcelense foi distinguido, em 2017, com o Prémio de Diagnóstico Clínico em Virologia, atribuído pela Sociedade Euripeia de Virologia Clínica, tornando-se no primeiro português a receber o “Abbott Diagnostic Award”. Aliás, na altura, este jornal noticiou esse feito e, inclusivamente, publicou uma entrevista ao premiado.

Licenciado em Microbiologia pela Escola Superior de Biotecnologia da Universidade Católica do Porto, Mestre em Oncologia pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (Porto), Doutor em Ciências Biomédicas pelo mesmo Instituto e Licenciado com Mestrado Integrado em Medicina pela Faculdade de Medicina do Porto, o investigador barcelense exerce, atualmente, atividade como Médico no Hospital de Santa Maria Maior (Barcelos) e, ao mesmo tempo, como Técnico Superior de Saúde no Serviço de Virologia do Instituto Português de Oncologia (IPO) do Porto, assim como é Investigado no Grupo de Oncologia Molecular e Patologia Viral CI-IPOP, igualmente no mesmo Instituto portuense.

Agora, foi alvo desta homenagem por parte do Rotary Club de Barcelos.

Fonte e fotos: RCB.

Mais de 800 alunos do 1º Ciclo falam de “Água com Amor” em iniciativa da Águas de Barcelos

Março 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Águas de Barcelos desafiou e mais de oito centenas de alunos do 3º e 4º ano, do Ensino Básico, assinalaram o Dia de São Valentim com um poema recheado de sentido.



A concurso estão poemas de alunos dos vários agrupamentos escolares do concelho, que se encontram agora em análise por um júri composto por Ana Nunes, Bernardete Costa e Vítor Pinho. Os critérios prendem-se com a originalidade, a criatividade, a coerência e a pertinência ao tema. Com ideias e vocabulários compatíveis à sua categoria, os poemas devem conter as palavras ‘Águas’ e ‘Barcelos’.

Após a análise, os melhores poemas serão, depois, expostos em data a definir. Serão ainda atribuídos o primeiro e o segundo prémios, sendo que o aluno vencedor receberá um tablet de oferta e o segundo classificado receberá um MP4. À escola vencedora (do aluno vencedor) será oferecido um vídeo projetor. Todos os participantes receberão diplomas de participação.

De acordo com a Águas de Barcelos “o Concurso de Poesia sob o tema «Falar de Água com Amor» tem como objetivo fomentar, junto dos mais jovens o gosto pela escrita e pela leitura”.

O Júri é composto por Bernardete Costa, que nasceu em Esposende, em 1949, mas foi registada em Barcelos, onde residiu grande parte da sua vida. Em 1975, iniciou a carreira como docente no então ensino primário. Em 1984, mudou-se para Vila Nova de Famalicão, onde se estreou na escrita jornalística e literária. O seu gosto pela escrita levou-a a publicar algumas obras literárias. Assim, em 2000, editou o primeiro livro de poemas “A Guardadora de Ausências”, com prefácio de Urbano Tavares Rodrigues. A boa receção da obra por parte da crítica, entusiasmou-a a continuar a escrever, especialmente poesia. Em 2001, publicou o segundo livro, “Lugares do Tempo” (prémio literário da Câmara Municipal de Barcelos), em 2002, “Insubmissão dos Afetos” e, em 2004, “Cerejas aos Molhos”, poesia dedicada à infância, todos com a chancela da extinta Campo das Letras. Igualmente dedicado à infância, publicou, em 2009, o livro de contos “O Doce Canto da Sereia e Outras Histórias”. Publicou, depois, pela mão da Atelier de Letras o livro de Poemas para a juventude “Transpiração”, com a apresentação do jovem escritor, valter hugo mãe. De novo para a infância, pela editora Atelier de Letras, em 2012, “A casa sol e o telhado poema”. Em 2013, agora pela mão da jovem editora Blossom Birds, apresenta novamente poesia em “Cânticos de Sedução”. Mais recentemente, em 2015, apresentou, de novo pela Atelier de Letras, o livro de poesia infanto/juvenil “A luz dos Animais e das Coisas”. Além destas obras, tem artigos dispersos em antologias várias e publica textos inéditos no seu blog: http://bernardetecosta.blogs.sapo.pt. Bernardete Costa retornou às origens e vive, atualmente, na avenida virada ao Rio Cávado, em Esposende.

Ana C. Nunes nasceu na “terra do galo” em 1983. Escreve ficção especulativa desde os catorze anos, altura em que achou por bem entrar num duelo literário (e completamente unilateral) com a sua grande rival desse tempo (e agora sua grande amiga). Muitas colaborações se seguiram entre as duas, culminando na publicação integral do romance gráfico “Que Sorte a Minha”, no Jornal Barcelos Popular (2006 a 2007). Desde muito cedo, Ana C. Nunes divide as suas atenções entre a banda desenhada e a escrita, por vezes criando romances ilustrados ou colaborando com excelentes artistas. No campo da escrita criativa, aventura-se, grande parte das vezes, pela ficção especulativa. Publicou contos em antologias nacionais e internacionais, destacando-se a sua participação em “Lisboa no Ano 2000” (Saída de Emergência, 2013, coordenada por João Barreiros), “Por Mundos Divergentes” (Editorial Divergência, 2014) e o conto “Anormal” (Editora Draco, 2016). Em 2010, ganhou o terceiro prémio da 4ª Mostra de BD de Odemira, com a banda desenhada “Um dia alguém lhe disse…”. O seu primeiro romance, “Angel Gabriel – Pacto de Sague”, foi publicado em 2013 e desde então tem publicado vários contos e antologias, alguns dos quais chegaram aos Tops da Amazon e do iTunes. Ana C. Nunes adora ler, passear, e estar com os amigos. Vive em Barcelos, na companhia da família e dos seus dois cães mimalhos: Mini e Stinky.



Por fim, Victor Pinho é Licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, possui o curso de especialização em Ciências Documentais pela mesma Universidade e é Chefe do Gabinete de Bibliotecas do Município de Barcelos. Este Técnico Superior da Câmara Municipal de Barcelos, que dirige a Biblioteca Municipal há 33 anos, tem proferido diversas conferências sobre Leitura Pública e História Local. É, ainda, membro da Comissão de Toponímia e é responsável pelo programa cultural da Feira do Livro.

Autor de diversos trabalhos de História Local, a maior parte dos quais publicados na “Barcelos Revista” e nos semanários “A Voz do Minho” e “Jornal de Barcelos”, onde tem vindo a publicar “Os Presidentes do Município de Barcelos”, desde o liberalismo até à atualidade. É, igualmente, o Coordenador Científico dos Fascículos que este mesmo jornal está a publicar sob o tema “Concelho de Barcelos – Freguesias”. É autor do livro “Dicionário de Barcelenses”, publicado em 2017, e que foi Prémio Literário do Município de Barcelos, 2009, na modalidade de investigação. É coautor do livro “D. José Domenech: defensor do trabalho e prestante cidadão”, publicado em 1999, em que divulga a vida e obra deste industrial espanhol de serração de madeiras e que contribuiu para a fixação, em Barcelos, de muitos cidadãos espanhóis. No prelo, está o livro “Teatro Gil Vicente: um século de histórias”, que retrata a história cultural e social de Barcelos, antes e depois da fundação daquela casa de espetáculos. É membro do Rotary Club de Barcelos, do qual foi presidente em 1998/1999 e presidente da Assembleia Geral da Tertúlia Barcelense, da qual foi presidente em 2000/2001. Foi Presidente do Definitório (Conselho Fiscal) da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, de 2009 a 2014, da provedoria do Engº Mário Azevedo e do Dr. António Pedras, Presidente da Direção do IPIR – Instituto Português de Imprensa Regional, de 2002 a 2008 e Vice-Provedor da Real Irmandade do Senhor Bom Jesus da Cruz de Barcelos, de dezembro de 2003 a março de 2007, da provedoria do Dr. Vale Ferreira.

Fonte e imagem

Natação dos Amigos da Montanha com bons resultados em Torneio Regional

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de formação de natação Amigos da Montanha/Becri participou, no último fim de semana, no Torneio Regional de Infantis e Técnicas Simultâneas de Cadetes, em Vila Praia de Âncora.



Estiveram presentes 11 atletas (7 infantis e 4 cadetes). No torneio de Infantis, a equipa obteve 6 medalhas e 19 recordes pessoais, em 36 provas individuais nadadas. Em cadetes, os atletas foram por duas vezes ao pódio, conseguindo ainda 10 recordes pessoais em 12 provas individuais nadadas.

João Aníbal Remelhe (Inf B) obteve o 2.º lugar nos 100 mariposa e 100 costas e 3.º lugar aos 200 estilos. Beatriz Silva (Inf B) conseguiu o 2.º lugar nos 100 mariposa e 3.º lugar nos 200 estilos. Já Joana Velho (Inf A) obteve o 2.º lugar nos 100 bruços.

Diana Gomes (Cad B) ganhou o 2.º lugar nos 50 mariposa e 3º lugar nos 50 bruços.

Fonte e fotos: AM/DR.

Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA celebra o primeiro aniversário

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) do IPCA celebrou, no passado dia 24 de fevereiro, o seu primeiro aniversário.



No entanto, a sessão comemorativa decorreu na segunda-feira, 26 de fevereiro, no Auditório António Martins, no Edifício G. A sessão de boas-vindas contou com a presença do vice-presidente do IPCA, Agostinho Silva e da diretora da ESHT, Alexandra Malheiro.

“É um dia de extrema importância, não só por esta escola assinalar o seu primeiro aniversário, mas também é uma data que ficará assinalado na história do IPCA”, começou por referir o vice-presidente do IPCA.

A diretora da ESHT, Alexandra Malheiro, fez um balanço positivo deste primeiro ano. Realçou o desafio de afirmar a ESHT como escola de referência no panorama nacional e destacou as competências digitais e a internacionalização como alguns dos vetores chave, dando mote aos temas apresentados de seguida.

Assim, durante a sessão decorreu um seminário, proferido pela Professora Beatriz Casais, com o tema “A comunicação na era digital”, e Adriana Lago, Diretora Executiva do Gabinete de Relações Internacionais do IPCA, falou ainda sobre as “Oportunidades e desafios da Internacionalização no Ensino Superior”. A terminar, Carlos Sá conduziu uma Palestra Motivacional.

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo é a mais recente Escola do IPCA e resulta da concretização de um objetivo estratégico assente em dois eixos fundamentais: a afirmação do IPCA na área do Turismo e a sua implementação na região do Ave.

Fonte e fotos: IPCA

Programação de março no Teatro Gil Vicente marcada pela diversidade

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante o mês de março, o Teatro Gil Vicente garante animação, quase diariamente, à cidade. Da programação, destacam-se os concertos do festival HARMOS, de 21 a 23, e o Ciclo Jazz ao Largo, que traz a palco o Miguel Ângelo Quarteto, no dia 16, às 21h30.



O Miguel Ângelo Quarteto é composto por Miguel Ângelo (contrabaixo e composição), João Guimarães (saxofone culto), Joaquim Rodrigues (piano/rhodes) e Mário Costa (bateria). O quarteto interpreta músicas originais do contrabaixista, deixando transpor nessas execuções as suas sensibilidades individuais.

A Associação ZOOM abre a programação com o filme “O Pagador de Promessas”, de Anselmo Duarte, no dia 1; “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, no dia 8; “Tainá: Uma Aventura na Amazónia” de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch, no dia 11; e “Pixote” de Héctor Babenco, no dia 15. A entrada tem o valor de 3,5€ para o público em geral e é gratuito para sócios da ZOOM.

O teatro sobe ao palco do Gil Vicente nos dias 2 e 3, às 16h00, com a peça de teatro “Artimanhas de Scapin”, de Molière, da Nova Comédia Bracarense, e tem um custo de 2€. No dia 9, às 21h30, é a vez de “A Vida é Curta Demais para Passar Lençóis a Ferro”, de Sofia Bernardo, com entrada gratuita, sujeita a reserva.

Ainda na programação do Teatro Gil Vicente para o mês de março, destaque para duas sessões de música e poesia: no dia 4, às 16h00, “Galarotes, Diabinhos, Cabeçudos e Apitos”, com José Fanha e Daniel Completo; e no dia 10, às 21h30, “No Feminino”, com voz de Alberto Serra, acompanhado de Nuno Fernandes na guitarra.

A dança marca presença nos dias 5, 12, 19 e 26, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, do Grupo de Danças e Cantares de Barcelos e a Associação Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas. As sessões são de inscrição obrigatória.

A dança continua nos dias 18, às 15h00, com o espetáculo “Reis Magos?? Não, Rainhas Godas”, pela Escola de Dança de Barcelos.  O espetáculo tem um custo simbólico de 2,50€, valor que reverte a favor do GASC – Grupo de Ação Social e Cristã.

Nos dias 25, às 18h00, e 26, às 21h00, é a vez da Escola de Dança “Nico Dance Studio” apresentar o espetáculo “Ser único”. A entrada tem o valor de 5€.

No dia 8, às 21h00, será inaugurada a exposição de pintura“ Mulheres de Luz e Sombra”, de Maria Beatitude.



Já no dia 24, às 21h00, realiza-se a 3.ª Gala do Desporto da Associação Moto Galos.

A programação do mês de março do Teatro Gil Vicente termina no dia 30, com a atuação do Coro Académico do IPCA.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Semana Concelhia da Leitura decorre na Biblioteca Municipal e nas Bibliotecas Escolares

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 3 e 9 de março, decorre a Semana Concelhia da Leitura, organizada pelos Pelouros da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Barcelos, com atividades e eventos realizados na Biblioteca Municipal e na rede de bibliotecas do concelho.



O dia do arranque desta iniciativa marca, também, o centenário da morte de José de Beça e Menezes (1828-1918), com uma conferência intitulada “Cinco Artistas em Barcelos. Sousa Pinto, Ernesto Condeixa, Veloso Salgado, Teixeira Lopes e Cândido da Cunha”, que será proferido por Hugo Barreira, Professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, às 16h00, na Biblioteca Municipal. A sessão, cuja entrada é livre, terá ainda a participação do pianista António Godinho.

Sessões de teatro, ateliês, escrita criativa e exposições integram, igualmente, o programa da Semana Concelhia da Leitura, que procura fazer uma verdadeira festa da leitura.

De destacar a presença de escritores, como José Fanha e Daniel Completo, autores do livro “Galarotes, Diabinhos, Cabeçudos e Apitos”, que levarão à cena, no Teatro Gil Vicente, um espetáculo de música e poesia, no domingo, dia 4 de março, às 16h00.

No dia seguinte, de manhã, estarão, na EB/JI Martim e na EB Gamil e, de tarde, na EB/JI Cambeses.

Ainda no dia 5 de março, Victor Pinho, historiador e bibliotecário municipal, falará sobre “Um Século de Energia Elétrica em Barcelos”, durante a manhã, na Escola Secundária Alcaides de Faria, onde a exposição com o mesmo nome estará patente durante todo o mês.

Ainda nesse dia, de manhã, na EBI Fragoso, e de tarde, na EB Galegos Santa Maria, Rui Ramos, contador de histórias, falará do livro “A história engraçada de uma Biblioteca abandonada”, de Carlos Nuno Granja.

No dia seguinte, dia 6 de março, de manhã, na EB de Manhente, e de tarde, na EB Rosa Ramalho, falará do livro “O rapaz sem orelhas de burro”, de João Manuel Ribeiro.



Por sua vez, a ilustradora Alexandra Gonçalves apresentará os seus livros “E o burro sou eu?” e “Não era uma vez, nem duas, nem três”, no dia 6 de março, durante a manhã, no Centro Escolar António Fogaça e na EB Gamil, e, de tarde, na EB/JI de Aldão – Vila Frescainha S. Martinho.

Rui Sousa Basto falará das suas obras, no dia 8 de março, de manhã, na EB 2,3 Gonçalo Nunes.

A encerrar a semana, no dia 9 de março, ao longo da manhã, no JI de Carapeços e Santa Leocádia e no JI de Vila Boa, e, durante a tarde, no JI de Arcozelo, Inácia Cruz, contadora de histórias, falará do livro “Salto, saltinho, saltão. Cantor de profissão”, de Júlio Borges.

Fonte e imagem: CMB.

Santa Maria eliminado da Taça AF de Braga, nos 1/8 de final, e Martim vence jogo em atraso

Fevereiro 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Este foi um fim de semana “agridoce” para as equipas barcelenses a disputar as competições de futebol da Associação de Futebol de Braga.



Assim, e a contar para os oitavos de final da Taça da Associação de Futebol de Braga, o Santa Maria FC deslocou-se ao Campo do Águias Negras de Tabuadelo para defrontar o Berço SC. O jogo foi arbitrado por Rúben Martins, coadjuvado por Carlos Pacheco e Luís Silva e disputado a 24 de fevereiro. No final do jogo, o marcador apontava para uns “pesados” 4-0 finais para o Berço, deixando a única equipa barcelense ainda resistente nesta prova “fora de combate”, depois de no dia de Carnaval, a contar para a 4ª eliminatória, ter eliminado o Vieira SC, em casa deste, por 2-3.

Neste fim de semana jogaram-se partidas referentes aos oitavos de final e algumas aos quartos de final. Assim, os resultados foram:

Quartos de Final

Santa Eulália 5 – Rossas 1;

Antime 0 – Maria da Fonte 1;

Oitavos de Final:

Taipas 1 – Joane 1 (5-6, PEN);

Ninense 3 – S.Paio d’Arcos 2;

Amares 1 – Porto d’Ave 0;

Ruivanense 1 – Ponte 0;

Ronfe 1 – Celeirós 0;

Berço 4 – Santa Maria 0.



Martim vence Dumiense em jogo em atraso

Em jogo em atraso, a contar para a 17ª jornada, da série “A”, da Divisão de Honra da AF de Braga, o Martim conseguiu uma importante vitória no terreno do 4º classificado, o Dumiense.

O jogo não se realizou na altura devido a problemas de segurança, sendo adiado para as 15h00 deste último domingo.

Arbitrado por Henrique Gomes, coadjuvado por Fábio Araújo e Tiago Miranda, o jogo terminou com o resultado de 1-2 para os barcelenses. Desta forma, reforçaram o seu 2º lugar, apenas atrás do Amares, e aumentaram a diferença para o 3º (Terras de Bouro), passando esta a ser de cinco pontos (38 para o Martim, 33 para o Terras de Bouro).

Ir Para Cima