Arquivo de Categorias

Atualidade - page 367

Óquei de Barcelos recebido nos Paços do Concelho

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A edilidade barcelense não deixou passar a conquista da Taça CERS e recebeu, hoje, pelas 18h30, no edifício dos Paços do Concelho, a comitiva de Barcelos que conquistou, domingo, em Itália, a prova europeia.

OCB-cerimónia-CMB2

Um feito que para o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, enche de orgulho todos os barcelenses. ” É uma vitória do clube, da cidade e até de Portugal. Ganhar uma prova internacional dois anos seguidos não é muito comum. O OC Barcelos conseguiu esse feito, mesmo fora da sua casa. É completamente diferente jogar em casa do que jogar fora. Em Itália, num ambiente adverso, contámos com o apoio dos nossos adeptos, que fizeram muitos quilómetros para transmitirem a sua força. Eles foram muitos importantes. Conseguiram, uma vez mais, colocar o nome de Barcelos em primeiro lugar, numa prova internacional. Um orgulho enorme para todos os barcelenses “.

OCB-cerimónia-CMB1

Satisfeito estava, naturalmente, o presidente do clube, Francisco Dias da Silva. “Tudo fizemos para dar mais uma alegria a esta cidade e aos seus adeptos. Esta receção na Câmara só mostra que representamos, e bem, o nome de Barcelos. Vencer a Taça CERS só demonstra o valor e o trabalho de toda a estrutura do clube. Ficámos muito contentes por ganhar e mais por dar mais uma alegria a Barcelos. Penso que divulgamos, e bem, o nome da cidade e do clube”.

Por: Miguel Bastos.

Fotos: Município de Barcelos e Miguel Bastos.

Com o apoio de:

18190993_1364363086935516_39107630_n

Pedro Lopes, da ACR Roriz, vence “BTT-XCO de Paredes de Coura”, em juniores

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Este domingo regressou o campeonato do Minho de BTT-XCO, que rumou à localidade de Paredes de Coura para a realização da 4ª etapa.

Pedro Lopes, em juniores, foi o grande vencedor, numa corrida onde o seu colega de equipa Hélder Gonçalves fechou o pódio na 3ª Posição. Infelizmente, Vinício Rodrigues e Rui Gonçalves (ACR Roriz), desistiram.

De destacar, ainda, o 13º lugar de António Leme e o 16º de Jorge Peixoto, ambos da equipa barcelense Estrelas BTT.

Também em juniores, mas em femininos, destaque para Débora Figueiredo, que concluiu na 3ª posição. Nos Master 40, Carlos Saleiro terminou no 9º Lugar.

Com estes resultados, a equipa de Roriz terminou no 3º lugar da classificação coletiva.

De salientar a presença de outro atleta dos Estrelas BTT, Yvan Alves, em elites, mas que, infelizmente, também desistiu.

Na categoria de promoção a ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT esteve representada por Rui Fernandes e Rafael Miranda, que terminaram no 6º e 9º lugar, respetivamente.



 

 

 

 

Escolas da ACR Roriz somam novo triunfo

Nos escalões reservados às Escolas de BTT, os jovens atletas da ACR Roriz apresentaram-se num bom nível, conquistando o 1º lugar da Classificação coletiva.

prova_1223_9

Individualmente, em juvenis, Luís Lobo foi 5º e Guilherme Rodrigues 13º. Em juvenis femininos, Nicole Gonçalves foi 2ª classificada. Em infantis, João Martins foi o grande vencedor e onde Rui Santos, Gabriel Baptista, Henrique Lopes, Dinis Saleiro e Paulo Fernandes foram 8º, 9º, 10º, 11º e 12º, respetivamente. Em iniciados, Leandro Martins foi 9º. Nos pupilos/benjamins, Martim Figueiredo foi 3º e Adelaide Palmeira, em femininos, foi 2ª classificada.

A próxima prova, pontuável para o Campeonato do Minho de BTT-XCO, é dia 7 de maio, em Gondar – Guimarães.

Fonte: ACR Roriz Cycling Team.

Fotos: ACM – Diogo Almeida.

Barcelense José Dias é 3º no “Superprestígio MTB Internacional de Arnedo”

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O barcelense José Dias, da ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT, a correr pela seleção portuguesa, foi, no passado sábado, 3º classificado na prova de BTT-XCO “Superprestigio Arnedo”, em La Rioja (Espanha), uma competição pontuável para o ranking UCI.

A corrida foi ganha por Carlos Coloma, medalhado nos Jogos do Rio de Janeiro, seguido pelo compatriota Catriel Soto. José Dias fechou o pódio e, depois de ter sido 2º na corrida anterior do troféu “Superprestigio MTB”, subiu ao 2º posto da geral, atrás, precisamente, de Carlos Coloma.




Fonte e imagem: ACR Roriz Cycling Team.

Pedro Silva e Fábio Costa vencem Grande Prémio Manuel Abreu

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No último sábado, Pedro Silva (ACR Roriz), em cadetes, e Fábio Costa (Centro Ciclista de Barcelos), em juniores, foram os grandes vencedores do 1º Grande Prémio de Ciclismo Manuel Abreu, prova com uma distância de 46 km, pontuável para a Taça do Minho de Estrada, que se realizou em Gondar – Guimarães.

pedro-silva-acrr

Em cadetes, na segunda posição e com o mesmo tempo, terminou colega de equipa de Pedro Silva, João Carvalho, sendo que Rui Alves (CCB, 5º), João Silva (CCB, 6º), Manuel Barbosa (ACRR, 7º), João Lobo (ACRR, 10º), Bruno Silva (ACRR, 13º), Flávio Fernandes (ACRR, 15º), Luís Leite (CCB, 19º), Lucas Braga (ACRR, 21º), Vítor Costa (ACRR, 22º), Nuno Fernandes (ACRR, 26º), Sandro Macedo (ACRR, 27º), João Munhoz (CCB, 30º) e David Duarte (CCB, 43º), foram os restantes “representantes” das equipas barcelenses ACR Roriz SEISSA | KTM-Bikeseven | Matias&Araújo | FRULACT e Centro Ciclista de Barcelos AFF | Orbea | Onda.

prova_1241_42

Já em juniores, além da brilhante vitória de Fábio Costa (CCB), destaque para Pedro Lopes (ACRR, 6º), Renato Costa (ACRR, 11º), Juliano Silva (CCB, 13º), Hélder Gonçalves (ACRR, 15º), João Afonso (CCB, 20º), Vinício Rodrigues (ACRR, 21º), José Vieira (ACRR, 27º), Hugo Alves (CCB, 28º), José Dias (CCB, 29º), Tiago Fernandes (ACRR, 30º), João Lopes (CCB, 35º) e Marcelo Silva (CCB, 42º), em representação das equipas de Barcelos.

fábio-costa-ccb

Com estes resultados, a formação de Roriz foi a vencedora da classificação geral coletiva.

prova_1241_8

Quanto ao Pedro Silva, que já havia conquistado a primeira posição na 1ª prova da Taça do Minho em Roriz no passado dia 25 de abril, com esta vitória consolida o primeiro Lugar Ranking Minhoto.

Fontes: ACR Roriz Cycling Team e ACM.

Fotos: ACM – Rui Jorge.



Doroteia Peixoto, atleta dos Amigos da Montanha, vence Maratona de Düsseldorf

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado domingo, dia 30 de abril, a atleta Doroteia Peixoto, da equipa barcelense dos Amigos da Montanha, venceu a Maratona de Düsseldorf (Alemanha).

AmigosdaMontanha_Doroteia_Dusseldorf_1

A atleta dos Amigos da Montanha estreou-se a vencer numa maratona internacional e obteve mínimos que poderão dar acesso a correr esta distância nos Mundiais de Londres, em agosto. Doroteia Peixoto completou os 42.195 km da prova em 2:32:00 horas, melhorando em mais de 4 minutos a sua melhor marca pessoal na distância.

A atleta contou com o apoio do treinador, Ricardo Ribas, que correu juntamente com ela até aos 35 km, dando indicações e motivando para o resultado final. Doroteia Peixoto acreditou que podia vencer quando ultrapassou a tanzaniana Sara Ramadhani Makera aos 40 km. “Ela não reagiu e eu sentia-me bem”, revelou a atleta, feliz por ter levado a bandeira de Portugal ao pódio.

doroteia-peixoto-pódio-dusseldorf

No regresso a Portugal, Doroteia Peixoto tinha à sua espera uma dezena de jovens da equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha. A atleta não escondia a sua felicidade pela vitória e pela receção no Aeroporto Francisco Sá Carneiro. De alguma forma, “sou um exemplo para eles” e é uma felicidade poder estar aqui a ser recebida desta forma, congratulou-se Doroteia Peixoto com um sorriso que demonstrava a emoção desta surpresa e de todo o apoio dos Amigos da Montanha para chegar a esta vitória.

AmigosdaMontanha_Doroteia_Dusseldorf_2

 

Fonte e imagens: Amigos da Montanha.



A Batalha das Flores em imagens

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

1º Prémio da lotaria sai para Barcelos

Maio 2, 2017 em Atualidade, Concelho port barcelosnahorabarcelosnahora

A sorte visitou Barcelos no dia 1 de maio, “Dia do Trabalhador”.

Vendido na casa “Toca a Sorte”, na Rua D. António Barroso em Barcelos.

O valor total do prémio é de 600.000€, repartidos por 10 bilhetes de 60.000€ cada.

O dono da Tabacaria “Toca a Sorte”,  Sr. Mário Jorge Durães, está muito feliz pelos seus clientes que foram agora premiados.

A “Toca a Sorte” já “deu” outros prémios mas este é especial pois foi no aniversário do Sr. Mário Jorge Durães, o que o tornou “inesquecível”.

Aos “sortudos” apenas bastou jogar, diz Mário Jorge Durães (em tom de brincadeira), não revelando a identidade desses afortunados.

 

dav

Captura de ecrã 2017-05-02, às 08.34.19

 

De olhos fechados…

Maio 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
joanamartins
Joana Martins

 

De olhos fechados

Tento desligar-me,

Esquecer o mundo,

Tento evadir-me,

Num suspiro profundo!

 

De olhos fechados,

Tento não ver,

Tento não ouvir,

Tento esquecer,

Tento não sentir!

 

De olhos fechados,

Enclausurada em mim mesma,

Tento libertar-me,

Desta incerteza….

Será que devo, será que não?

 

De olhos fechados,

Vou velejando,

neste mar, na imensidão….

 

De olhos fechados,

Tento deixar-me levar,

pelo vento, da imaginação.

E imagino-me de olhos fechados…pura ilusão!

 

Por: Joana Martins*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Festa de Nª Srª do Rosário 2017 vai “turbinar” Cristelo a partir de amanhã

Maio 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

É já a partir de amanhã, e até 7 de maio, que se realiza a festa em honra de Nª Srª do Rosário, em Cristelo, num programa repleto de actividades.

Numa espécie de “primeira parte” das festividades, no último dia 23 de abril, aconteceu o Grande Encontro de Concertinas, com as atuações de, entre outros, Johnny Abreu, Pedro Cachadinha e Lobo de Felgueiras. No dia 29 de abril, o Grupo de Bombos Stª Maria de Gémeos percorreu a freguesia juntamente com a comissão de festas.

Amanhã, dia 05 de maio, iniciar-se-ão as festividades com o tradicional fogo de artifício e música gravada.

No dia seguinte, a tarde é dedicada às crianças, com figuras, insufláveis e mais. Pelas 21h45 dá-se a abertura do Espaço Eletrónica, seguida da atuação, pelas 22h00, de Ana Malhoa acompanhada de Índia Malhoa. Pela 01h00 da manhã, começa Jaimão, seguido de um bom conjunto de DJ’s.

18193960_1294008943968735_6041575448292413733_n

Domingo, dia 07 de maio, o dia começa com a missa solene, pelas 10h15. À tarde, pelas 15h00, realiza-se a procissão, acompanhada pelo grupo de gaiteiros e bombos da Galiza, os Seixos Albos. Findo este ato religioso, realizar-se-á o sorteio, para, pelas 17h30, iniciar a atuação da banda 4 Mens. O fogo de artifício encerrará as festividades.

Imagens: Facebook da Comissão de Festas.

As decisões de abril

Abril 30, 2017 em Atualidade, Mundo, Opinião, Política port barcelosnahorabarcelosnahora
raquelsfernandes
Raquel dos Santos Fernandes

Face aos recentes acontecimentos na arena política internacional no mês de abril, este artigo destacará dois assuntos distintos, porém, com importantes repercussões para nós, cidadãos portugueses, europeus e civilizados, face às implicações que poderão advir para o projeto europeu tal como o conhecemos e, acima de tudo, pelo que possa significar para nós enquanto sociedade globalizada, laica e democrática.

“Esta é a primeira vez na História da Turquia que o povo turco aprova mudanças constitucionais tão importantes. No passado, era o parlamento que decidia aprovar ou não alterações constitucionais mas hoje, pela primeira vez, a vontade do povo foi manifestada.” Foi assim que Recep Tayyip Erdogan reagiu, ao cair da noite do dia 16, assim que foi noticiada a vitória no referendo para alterar a Constituição. O “sim” alcançou 51% dos votos, perdeu em Istambul, em Ancara e em Izmir, as principais cidades turcas. Pedia-se aos turcos para aprovarem ou rejeitarem “um novo projeto de constituição” que agora representa a ausência de controlos sobre o poder de Erdogan e que, a partir de 2019, será, simultaneamente, chefe de Estado e chefe de Governo, detendo ainda total poder sobre os tribunais. No poder há 14 anos, Erdogan poderá por lá continuar até 2029. As perspetivas do país aderir ao bloco europeu são, neste momento, remotas, após os eventos mais recentes que vieram azedar as relações. O Conselho da Europa afirma que “o espaço de debate democrático diminuiu após o levantamento militar” do ano passado e os deputados europeus apelam à suspensão das conversações para a adesão.

O atual Presidente turco chegou ao poder prometendo a liberalização económica e política. No entanto, consolidou o poder pessoal, purgou os rivais e suprimiu a dissidência. O homem forte do Médio Oriente habilmente mobilizou o eleitorado da periferia em prol de um interesse comum, sob uma doutrina demagoga em torno da estabilidade do país. E o povo, democraticamente, abriu-lhe caminho para um futuro que de democrático nada tem. Na história centenária da Turquia republicana, Erdogan foi o político que mais procurou fazer com que a periferia começasse a desempenhar um papel importante na economia e na política do país e, essa mesma periferia, pouco educada e bastante afeta à religião, retribui-lhe, considerando que o Ocidente não é o caminho e que um Estado secular não é o futuro.

Por fim, não poderia deixar de abordar as eleições presidenciais francesas, que depois de uma primeira volta disputada por 11 candidatos, se disputarão agora por Marine Le Pen e Emmanuel Macron. Para os europeus, que ainda se debatem com os efeitos do Brexit, o que advir desse resultado poderá ter consequências ainda mais relevantes do que no caso do Reino Unido. No país da igualdade, da liberdade e da fraternidade, Marine Le Pen optou pelo mote de campanha “França para os Franceses” para a primeira volta e “Escolher a França” para a segunda (este obviamente menos xenófobo) e colocou em cima da mesa a rejeição dos tratados comerciais internacionais e a impossibilidade de legalização aos migrantes em situação ilegal. Porém, após uma campanha “fraquinha” e vazia de conteúdo, dificilmente Le Pen chegará ao Eliseu. Macron poderá não ser o mais-querido, mas Le Pen é, certamente, a mais abominada. E, talvez por isso, Macron tenha adotado agora o mote “Juntos, França!”, numa derradeira estratégia de apelo ao voto útil.

Por: Raquel dos Santos Fernandes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Ir Para Cima