Arquivo de Categorias

Atualidade - page 408

Festival de Teatro de Barcelos: Teatro Experimental de Feitos leva a cena “O Genro Doutor” no Teatro Gil Vicente

Novembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de novembro, domingo, pelas 16h00, no Teatro Gil Vicente, o Teatro Experimental de Feitos leva a cena a peça “O Genro Doutor”, no âmbito do XXX Festival de Teatro de Barcelos, organizado por A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e pelo Município de Barcelos.



A peça retrata a vida de Ofélia, que só pensa em casar as filhas. Francisco só pensa em ser promovido. Quando surge a oportunidade de satisfazer os desejos dos dois de uma só vez, metem logo as mãos ao trabalho!

Com texto de Lígia Sá e encenação de José Pimentel, conta no elenco com Ana Sofia Quinta (Ofélia), Miguel Pereira (Francisco), Andreia Batista (Quinhas), Vera Sá (Dorinha), Eduarda Vale (Elisa), Anabela Vale (Regina), Rodrigo Alves (Valdemar), Inês Vilas Boas (Neta) e Catarina Quinta (Mariete). Conta, ainda, com a colaboração de Rui Pereira, Rui Miguel Miranda e Carlos Araújo.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. Pode-se efetuar reservas na bilheteira do Teatro, através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

Fonte e fotos: AC-CTB.

Município de Barcelos e artesã Júlia Ramalho na corrida ao Prémio Nacional do Artesanato 2017

Novembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos e a artesã barcelense Júlia Ramalho foram selecionados para a fase final do concurso “Prémio Nacional do Artesanato 2017”, promovido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).



Neste concurso, que visa incentivar a produção artesanal, distinguindo os artesãos portugueses, bem como as entidades que se destacam no trabalho desenvolvido na área do Artesanato, Júlia Ramalho está a concorrer para a categoria “Grande Prémio Carreira” e o Município de Barcelos para o “Prémio Promoção para Entidades Públicas”.

O Prémio Nacional do Artesanato integra o Programa de Promoção das Artes e Ofícios criado pelo Decreto-Lei n.º 122/2015, de 30 de junho, que define um conjunto diversificado de incentivos às atividades artesanais, abrangendo, nomeadamente, apoios à valorização de produções e de artesãos que se afirmem pela excelência dos resultados alcançados.

A votação é online e decorre de 15 a 25 de novembro, através do link (basta clicar):

https://certvote.com/mballot/262110/registration.

Concluída esta fase da votação via Internet, o júri do concurso procederá à eleição da candidatura vencedora em cada uma das categorias. O resultado final – e a correspondente entrega dos prémios – será conhecido em cerimónia pública e solene, cuja data e local serão oportunamente divulgados.

As categorias a concurso são: Grande Prémio Carreira, Prémio Inovação, Prémio Empreendedorismo Novos Talentos, Prémio Investigação, Prémio Promoção para Entidades Privadas e Prémio Promoção para Entidades Públicas.

Fonte e foto: CMB.

Festival de Teatro de Barcelos: Teatro Fuori Rotta (Itália) apresenta “Pequenos Crimes Conjugais”

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do XXX Festival de Teatro de Barcelos, a companhia de teatro italiana Teatro Fuori Rotta leva a cena a sua peça “Pequenos Crimes Conjugais” no próximo dia 18 de novembro (sábado), no Teatro Gil Vicente, pelas 21h30. O Festival de Teatro é uma organização conjunta de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos e do Município de Barcelos.



Esta é uma peça, falada em italiano, para maiores de 12 anos, que se desenrola ritmo acelerado, grande comicidade e humorismo sem igual graças à escrita de um dos autores contemporâneos mais representados. Uma brilhante comédia negra com um suspense surpreendente mas também uma sábia reflexão sobre a mãe de todas as guerras: aquela dentro de um casal.

Gilles é vítima de um misterioso acidente. Volta a casa, do hospital, com a mulher, Lisa. Perdeu a memória. É a partir do que ela lhe conta que Gilles tenta reconstruir a sua própria vida. E se Lisa mentisse? Ele é mesmo assim como ela o descreve? E ela é mesmo sua mulher? Através do diálogo cerrado e dos contínuos estímulos descobre-se uma verdade inesperada. O espectador encontra-se continuamente deslocado. Em quem devemos acreditar?

Um espetáculo onde o espectador se identificará com os protagonistas, de início a fim, mas sentindo-se na pele, quer de um, quer da outra.

Com a duração de sensivelmente 1h30, esta peça é de autoria de Eric Emmanuel Schmitt, traduzida por Sergio Fantoni e encenada por Gioele Peccenini.

Já o Teatro Fuori Rotta foi fundado em 2004 em Pádua (Itália). Trabalha a produção e encenação de espetáculos teatrais. Ocupa-se de teatro em prosa e teatro infantil. Idealizou e organizou os encontros “Primavera Teatrale” e “Autunno Teatrale“. Organiza cursos de dicção, recitação, laboratórios teatrais para a escola e terapia teatral.

Em outubro de 2015, inaugurou o Corde Palco, sede artística e operativa da associação e dedicada ao teatro, à música, à dança e à formação. Desde janeiro de 2016 tem a seu cargo a direção artística e a gestão do Teatro ai Colli di Padova.

A entrada é gratuita mas limitada à lotação da sala. Pode-se fazer reservas na bilheteira do Teatro, através do e-mail tgv@cm-barcelos ou do telefone 253 809 694.

Fonte: AC-CTB.

Fotos: DR.

Me deu frio

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Joana Martins

No sopro de um suspiro

Corre em mim, um arrepio

Toco nas teclas do piano

As notas que quero soltar.

 

Faz-se música no ar

E danço, a liberdade em mim

Suspiro, no sopro que me arrepiou

Me deu frio, me congelou.

 

E me aqueço, me protejo

Do arrepio, que me persegue

Sigo devagarinho

Quase que a gatinhar.

 

Digo baixinho:

Acredito em mim e sempre vou acreditar!

E deixo o sopro soprar

A música que continua no ar.

 

E livre continuo a dançar

A dança num arrepio

Me deu frio, me deu frio

Mas me aqueci, dançando.

 

Por: Joana Martins*.



(* A redação do poema é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Teatro de Balugas leva a cena “Auto dos Bons Diabos” em Balugães

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro de Balugas apresenta, dia 19 de novembro, pelas 16h00, no auditório da Junta de Freguesia de Balugães, a peça “Auto dos Bons Diabos”. Esta produção teatral integra a programação do ciclo “Teatro no Outono 2017”, uma organização da Fundação INATEL.



A peça é o relato de um artista de teatro popular que se desdobra em histórias e personagens dessa mesma história, do desaparecimento do mundo rural, da festa feita nas terras pelas gentes que contavam apaixonadamente as suas crenças, tradições e costumes, de uma certa ideia de progresso que não serve homens nem comunidades.

– Estou a ficar velho, mas hei-de morrer a cavar a terra, ou nas tábuas do palco,

Ela já mo disse, ó homem cava já o buraco que com as tábuas do teatro faz-se o caixote e assim não se gasta dinheiro com o funeral”.

Baltasar Diabo e a sua companhia são os últimos resistentes do que resta de um vale outrora rural, esvaziado em grande parte pela fuga para as cidades, vilas e estrangeiro. Aqui habitam histórias de resiliência e sobrevivência, onde a cultura popular de gerações resiste nas mãos de um punhado de artistas anónimos.

“Teatro no Outono 2017” é uma organização da Fundação INATEL e que conta com a colaboração do Teatro de Balugas, de A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos, do Teatro Coelima – Sol no Miral Associação Cultural, da Nova Comédia Bracarense e do Teatro D’ART – Associação Recreativa de Trandeiras.

Fonte e imagens: TB.

Seminário sobre “Os acidentes de trabalho e a ergonomia na hotelaria” organizado pela Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) organiza o Seminário “Os acidentes de trabalho e a ergonomia na hotelaria”, que decorre amanhã, dia 17 de novembro, pelas 14h00, no Auditório 3, no Campus do IPCA, em Barcelos.



Na União Europeia, morrem por hora, em consequência de um acidente de trabalho ou doença profissional, 17 pessoas. Todos os anos, os acidentes de trabalho vitimam cerca de 7 milhões de pessoas.

Em Portugal, em 2014, foram registados 130.153 acidentes de trabalho, que resultaram na morte de 160 pessoas. Segue-se o programa do Seminário:

Este será a o tema do Seminário sobre “Os acidentes de trabalho e e ergonomia na hotelaria”, organizado, como referido, pela nova Escola Superior de Hotelaria e Turismo do IPCA.

Fonte e imagens: IPCA.

Município de Barcelos leva a cabo exposição coletiva “Presépio – Uma Tradição, Várias Interpretações”

Novembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre amanhã, 17 de novembro, e 6 de janeiro, a Torre Medieval, o Posto de Turismo e a Sala Gótica dos Paços do Concelho – neste local, apenas a partir de 6 de dezembro – serão o “palco” da exposição coletiva “Presépio – Uma Tradição, Várias Interpretações”.



São mais de duzentos os presépios de artesãos barcelenses que estarão expostos, numa iniciativa da Câmara Municipal de Barcelos, que, segundo o Município, “visa mostrar a riqueza do artesanato local e a preponderância desta temática religiosa no imaginário sociocultural da região”. Esta exposição coletiva “Presépio – Uma Tradição, Várias Interpretações” abrange todas as artes e ofícios do concelho de Barcelos.

O presépio é um dos temas mais trabalhados no figurado de Barcelos e é, também, dos mais procurados, não só pela variedade e tipologia das representações, mas também pelo valor simbólico que tem para as comunidades locais, onde o Natal continua a ser uma das celebrações mais importantes do calendário religioso e cultural anual.

Artesãos como Rosa Ramalho, Rosa Côta, Mistério, Ana Baraça, Maria Sineta, e tantos outros, notabilizaram esta produção no contexto da arte popular, abrindo novos caminhos para uma perceção mais alargada do figurado barcelense, que é um dos poucos produtos artesanais certificados em Portugal.

Num contexto de Cidade Criativa da UNESCO, a exposição espelha o manancial cultural e criativo dos artesãos barcelenses.

Fonte e imagens: CMB.

Escritor barcelense Paulo Arezes apresenta livro “Barcelos, o Jardim do Minho”

Novembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 25 de novembro, pelas 17h00, no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários de Barcelos, o escritor barcelense Paulo Arezes apresenta o livro de sua autoria “Barcelos, o Jardim do Minho”.



Escritor muito ligado à “urbe histórica”, Paulo Arezes analisa, nesta sua obra, um número considerável de jardins e espaços verdes de Barcelos. Campo 25 de Abril, Praça de Pontevedra, Passeio dos Assentos, Jardim das Barrocas, Parque da Cidade, entre muitos outros, são alguns dos jardins e parques por onde o autor nos – leitores – leva numa espécie de visita guiada, abordando o “património verde” e como este foi surgindo no seio da cidade. Para que a pudesse escrever, o autor recorreu a pesquisa histórica, debruçando-se sobre o passado dos espaços verdes e a sua respetiva evolução, assim como faz, de uma forma subliminar, uma previsão do que lhes pode acontecer futuramente.

De salientar que Paulo Arezes não é natural de Barcelos mas reside nesta cidade desde muito novo, sendo esta, por isso, a sua “cidade adotiva”.

Fonte e imagens: PA.

ACR Roriz abre temporada conquistando três pódios na Taça de Portugal de Ciclocrosse

Novembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado domingo, a equipa barcelense ACR RORIZ SEISSA/ KTM-BIKESEVEN/ MATIAS&ARAÚJO/ FRULACT deu início à sua nova época desportiva de 2017/2018 com a participação na 1ª etapa da Taça de Portugal de Ciclocrosse, que se realizou em Águeda.



A prova, que se disputou no Bike Center de Águeda, ficou marcada por excelentes prestações dos atletas da ACR Roriz, o que resultou em três pódios.

Em sub-23 Femininos, Débora Figueiredo foi a vencedora. Já em sub-23 mas masculinos, João Salgado foi 4º classificado, sendo 10º em Elite.

Nos Juniores Masculinos, Hélder Gonçalves rolou sempre nas primeiras posições, terminando no 2º lugar, a 20s do vencedor, Rafael Serafim (BTT LOULÉ). Ainda em Juniores, Renato Costa foi 9º, Manuel Barbosa 10º, Rafael Torres 13º e João Lobo 14º.

Em Cadetes, Lucas Braga conquistou, também, o 2º lugar, onde a formação algarvia levaria, novamente, a melhor ao vencer através do Diogo Neves (BTT LOULÉ). Também com uma boa prestação estiveram Vítor Costa, que foi 5º classificado, e César Eiras, que foi 10º.

Em competição estiveram, igualmente, os Juvenis, onde Diogo Carreiras foi 5º, João Martins 6º, Gabriel Baptista foi 13º e Henrique Lopes foi 14º classificado.

A próxima prova do calendário da Taça de Portugal disputa-se em Torre Dona Chama (Mirandela), no próximo dia 26 de novembro.



Inscrições abertas durante o mês de novembro

Entretanto, a equipa rorizense encontra-se em processo de inscrições por parte de interessados em integrar as equipas da ACR Roriz. Esta tem como objetivos para o seu projeto educacional: “Promover a mobilidade sustentável e o uso de bicicletas como transporte alternativo; Promover estilos de vida saudáveis, utilizando bicicletas como uma forma de actividade física; Integrar e padronizar a utilização de bicicleta em pessoas com deficiência; Perceber sobre bicicletas e como usar de forma segura e responsável; Interiorizar as normas e comportamentos de respeito pelos outros; Conhecer e respeitar sinalização aquando a utilização da bicicleta na via pública; Desenvolver um sentido de responsabilidade como um condutor de bicicletas; Oferecer um treino desportivo como alternativa; Introdução ao ciclismo desportivo; Escola de Ciclismo.”

Caso pretenda mais informações, pode aceder (basta clicar no link) a:

http://www.acrroriz.com/equipas/escola-de-ciclismo/inscricao-escola-de-ciclismo/

Ou utilizar os contactos 929 105 256 e e-mail: geral@acrroriz.com. As inscrições estão a decorrer durante o mês de novembro.

Fonte e fotos: ACRR.

Projeto de reflorestação do Monte do Cresto apresentado na sede dos Amigos da Montanha

Novembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Na próxima quinta-feira, pelas 19h00, no auditório da sede dos Amigos da Montanha, em Barcelos, realiza-se a apresentação pública do Plano de Reflorestação do Monte do Cresto, em Aldreu, uma iniciativa dos Amigos da Montanha em parceria com a Junta de Freguesia de Aldreu, a Associação Florestal do Cávado e os Viveiros Serafins.



A sessão contará com a presença do Vereador do Pelouro do Ambiente da Câmara Municipal de Barcelos, da Presidente da Junta de Freguesia de Aldreu, do representante da Associação Florestal do Cávado, da representante da empresa Viveiros Serafins e do Vice-Presidente para o Ambiente dos Amigos da Montanha.

A ação de reflorestação realiza-se no dia 25 de novembro (sábado), a partir das 9h00. Serão plantadas 1 300 árvores – de espécies como o carvalho, o medronheiro e o sobreiro – sendo que a iniciativa assinala, também, o Dia da Floresta Autóctone.

Serão, ainda, lançadas 20 mil sementes, o que corresponde, sensivelmente, ao número de participantes que os Amigos da Montanha envolvem anualmente nas suas atividades. De acordo com esta associação barcelense, “o desporto, a promoção das relações sociais e a consciencialização ambiental são preocupações constantes dos Amigos da Montanha. Num ano em que a nossa memória recordará de uma forma particularmente trágica aquele que é um flagelo que nos atormenta anualmente, os incêndios, os Amigos da Montanha continuam este projeto iniciado em 2013 e que já permitiu reflorestar a área do Monte do Cresto com 4 200 árvores de espécies autóctones.

Fonte e imagens: AM.

Ir Para Cima