Arquivo de Categorias

Atualidade - page 473

“Trilho dos Moinhos” conquista participantes

Março 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

No último domingo foi para a rua, ou melhor, para os trilhos de Barcelos, a 11.ª edição do “Ledechem Trilho dos Moinhos”. A proposta dos Amigos da Montanha era dar conhecer os melhores trilhos, num passeio de 43 km e o objetivo foi cumprido pelo que se ouviu na Av. da Liberdade quando os participantes cortavam a linha de meta. “O melhor Trilho dos Moinhos de sempre”, “trilhos fantásticos, abastecimentos excelentes”, “parabéns à organização“, “tudo espetacular”, foram algumas das palavras escutadas pelo público que aplaudia a chegada dos atletas à meta.

A partida foi dada às 9h30, também na Av. da Liberdade, de cujo topo era possível ver, uma vez mais, uma imagem colorida de betetistas que a preenchiam por completo. Tem sido assim nas últimas três edições deste evento que atingiram, cada uma, o número limite de 1200 participantes.

Mais uma vez, a organização propôs um novo trajeto, num percurso delineado para satisfazer os participantes, propondo a descoberta de novos trilhos e moinhos, desta vez pelo lado sul do concelho, passando por montes de várias freguesias onde esperava os atletas muito público para ver a prova e dar palavras de incentivo para serem cumpridos os 43km. Pelo meio, de registar os abastecimentos, com a “Bola de Berlim” a merecer sempre lugar de destaque.

E mesmo os barcelenses, habituados a pedalar pelos trilhos locais, foram uma vez mais surpreendidos com novos trilhos e novos locais.

17022485_1401353006551622_4807898262350841517_n

Mas a competição nunca é deixada de lado e este ano a prova foi concluída num tempo record por David Vaz, o primeiro a cortar a linha de meta, 1h30m53s depois da partida. O barcelense Nelson Sousa (1h31m52s) ocupou o segundo lugar do pódio masculino que ficou completo com Jacinto Fiúza (1h32m53s). No sector feminino, duas barcelenses ocuparam os primeiros lugares do pódio. Ana Rita Vale concluiu a prova em 1h56m58s e Fátima Melo em 1h59m37. O terceiro lugar pertenceu a Virgínia Miranda (2h10m17s).

No pódio de paraciclismo, Júlio Costa foi o vencedor e o segundo lugar foi ocupado por Dionísio Lopes.

Antes da entrega de prémios, a Academia de Dança João Capela promoveu um momento de animação para o público presente.

A completar a atividade, durante a manhã, e depois de alguns exercícios de aquecimento com o Prof. Nené, realizou-se um percurso pedestre que deu a conhecer alguns espaços de Barcelos. Entre os participantes, contavam-se, na maioria, pessoas que acompanharam os betetistas na sua vinda ao concelho de Barcelos.

16998865_1401347119885544_3824017341642674932_n

Esta atividade, organizada pelos Amigos da Montanha com o apoio da Câmara Municipal e dos muitos patrocinadores que tornam possível a concretização do grande número de eventos anuais da Associação, teve a colaboração de cerca de 150 voluntários aos “quais mais uma vez os Amigos da Montanha agradecem o apoio e o empenho para que esta prova decorresse da melhor forma”, refere David Ferreira, diretor da prova.

Fonte: Amigos da Montanha.
Fotos: Facebook dos Amigos da Montanha (créditos: Eduardo Campos).

Óquei de Barcelos visita Valongo sem Hugo Costa

Março 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Após o empate, em casa, diante do Benfica, sofrido a três segundos do fim, o OC Barcelos desloca-se, este sábado, a Valongo para a 17ª jornada do Nacional da 1ª divisão.

Uma partida onde o conjunto de Paulo Freitas não pode contar com o contributo de Hugo Costa, que foi punido pela FPP com três jogos oficiais de suspensão pelo cartão vermelho, mostrado ao atleta minhoto no jogo com o Benfica.

Será, certamente, um jogo intenso, visto que ambas as equipas costumam proporcionar, sempre que se defrontam, quer seja em Barcelos, quer seja em Valongo, grandes jogos.

Neste momento, o OC Barcelos ocupa o quinto lugar, com vinte e nove pontos, enquanto o Valongo segue no oitavo posto, com dezassete pontos.

Recorde-se que na primeira volta, em Barcelos, o triunfo pertenceu ao OC Barcelos por 4-3.

Este jogo antecede a receção ao Vilafranca, para os quartos de final da Taça CERS, onde o OC Barcelos se encontra em desvantagem na eliminatória, depois de perder em Espanha por 3-2.

A partida tem início às 18h30 e será dirigida por José Pinto e Orlando Panza, do Porto.

Por: Miguel Bastos.

Câmara Municipal de Barcelos investe um milhão de euros na educação

Março 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou ontem os autos de consignação das empreitadas da Escola Básica do Bárrio, em Roriz, e do Pavilhão da EB 2,3 de Fragoso, em Fragoso, juntamente com os representantes das empresas adjudicatárias.

Em Roriz, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos informou os presentes que a Escola do Bárrio será a primeira, de um grupo de dezasseis, que irá ser alvo de requalificação pelo caráter urgente que esta apresenta, visto que não tem condições para receber alunos. A intervenção conta com o “esforço financeiro do orçamento do Município em cerca de 350 mil euros, e cerca de 106 mil euros beneficia do Quadro Comunitário”.

Já em Fragoso, Miguel Costa Gomes afirmou que a construção do pavilhão desportivo da escola EB 1,2,3, esperada há 17 anos, vem colmatar uma lacuna do projeto inicial, que nunca o teve em conta, e concluiu esta visita sublinhando que “o nosso objetivo é que no próximo ano letivo estas infra-estruturas físicas estejam em plenas condições de funcionamento. A educação é e continuará a ser uma aposta deste executivo”.

A escola primária do Bárrio, em Roriz, pertence ao conjunto de edifícios escolares designados por “Plano Centenário”. Os trabalhos de recuperação visam introduzir mais-valias nas soluções construtivas do edifício existente, bem como valorizar os espaços tendo em vista a função que acolhem. A ampliação do edifício permitirá a criação de novos espaços e respetivas infra-estruturas. A obra foi adjudicada à empresa AMC – Agostinho Malheiro Coelho, LDA., no valor de 450 mil euros, com o prazo de execução de 270 dias.

O pavilhão desportivo da escola EB 1,2,3 de Fragoso contempla uma área de desporto (1.280m2) e ainda uma área para educação física e formação, definida como sala polivalente (150m2). Esta obra foi adjudicada à empresa NVE Engenharias, S.A., no valor de cerca de 800 mil euros e tem o prazo de execução de 225 dias.

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
vsapereira
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores!

Bem-vindos ao meu espaço de opinião. Reconheço que as minhas palavras não são agradáveis para muitos adeptos do futebol, mas também não quero ser agradável, apenas quero ser frontal e sincero.

Por mim, podem entregar o campeonato, e as suas faixas, e a Taça de Portugal, ao Benfica. Só não dá para entregar a Taça da Liga porque essa perderam no campo!

Isto está numa fase tão ridícula que não dá vontade sequer de ver futebol. Desde que o Porto venceu o Tondela por 4-0 com um penalty forçado, o campeonato virou um circo! Pelo menos, ficámos a saber que as reuniões de emergência são eficazes. Todas as empresas, nos momentos de maior tensão, deviam pensar em realizá-las!

Sempre acreditei que o meu FCP, estando a um ponto, pudesse ser um sério candidato ao título, mas pelo que tenho visto não vai passar disso mesmo!

Os responsáveis do SLB “choraram” tanto pelos 8 pontos perdidos no campeonato que não os estou a ver a perder mais e o FCP não vai ter hipótese nenhuma na Luz, porque jogar contra 14 é extremamente difícil!

Quando ouço adeptos do SLB vem-me à cabeça uma expressão que é a seguinte:

“Pimenta no c** dos outros é refresco”!

Quanto ao último fim de semana, o meu FCP foi vencer competentemente ao Bessa, onde, na primeira parte, já podia estar a vencer por três. Na segunda parte, quis guardar a bola com segurança e atacou pela certa, mas acho que mesmo em vantagem pode tentar ser mais agressivo no ataque!

Quanto ao último jogo do Chaves, acho que foi prejudicado num dos golos e existe um penalty claro a seu favor, cometido pelo lateral esquerdo adversário.

Quanto ao último jogo do Estoril, para a Taça de Portugal, só não empatou porque foi prejudicado com um fora de jogo nítido!

Parabéns ao Gil Vicente pelo seu 8º jogo sem perder! Mas ainda não está a salvo de uma descida de divisão!

Parabéns, também, ao Óquei de Barcelos, pois o nosso pavilhão é uma autêntica fortaleza!

Abraço a todos!

Por: Vítor Sá Pereira.

Maravilhoso

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
sportinguista
José Queirós

O Sporting venceu, sem grandes dificuldades, o Estoril no reduto deste e cimentou a sua posição na tabela classificativa, beneficiando do empate do Braga, esperando pacientemente que os da frente escorreguem para se aproximar deles. No entanto, quer o Benfica, quer o Porto, não dão tréguas e continuam vitoriosos, deixando antever uma luta muito semelhante à da época passada, com a diferença do Sporting ocupar o lugar do Porto na altura.

Mas o meu destaque deste fim de semana vai, todinho, para o Núcleo Sportinguista de Barcelos! Tive a oportunidade de poder assistir ao Estoril-Sporting sentado na minibancada situada naquele espaço e fiquei muito orgulhoso pelo espaço, que foi criado para os sportinguistas poderem desfrutar na sua plenitude, como se estivessem no estádio! De facto, estão de parabéns todos aqueles que se empenharam e levaram adiante este projeto, que vai ter a sua abertura oficial no próximo sábado às 15h00.

O título “maravilhoso“ não só se coaduna com a vitória do Sporting, sem Adrien, mas também, pela beleza sem igual neste concelho, da sala onde os sportinguistas se podem juntar para assistir às vitórias do seu clube, demonstrando, mais uma vez e de forma inequívoca, a grandeza do clube e, naturalmente, de quem o serve. Barcelos ficou mais rico com a nova sede do Núcleo Sportinguista de Barcelos! Por isso, os sportinguistas de Barcelos em particular, e até os Barcelenses em geral, podem sentir-se orgulhosos pelo novo anfiteatro criado no seio da cidade.

Finalmente, uma palavra de apreço para o Gil Vicente que foi empatar a Freamunde, com 10 homens em campo quase o jogo todo, o que não deixa de ser significativo!

Saudações leoninas.

Por: José Queirós.

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
benfiquista
Hugo Pombal Lopes

Quero começar esta semana por enaltecer mais um resultado positivo do Gil Vicente. Na teoria, o jogo deveria ser de aspiração aos 3 pontos mas o desenrolar do encontro, ficando o Gil desprovido de dois jogadores, fruto de expulsões (aparentemente justas, diga-se), mostrou que o empate foi bastante feliz, permitindo ao clube da nossa terra manter-se acima do meio da tabela e com os adversários acima classificados a ficarem perfeitamente ao alcance da formação gilista.

Outro apontamento positivo, permitam-me, foi a exibição muito bem conseguida do Chaves contra o Benfica. Claro que as vitórias morais são de valor subjetivo e questionável. No entanto, devo dizer que a equipa de Trás-os-Montes mostrou um futebol muito interessante e em nada tem que ver com a motivação de todas as equipas que jogam na Luz. O Chaves mostrou saber ter a bola nos pés e foram várias as tentativas de jogadas com um/dois toques, a verticalidade dos dois extremos, Perdigão e Fábio Martins. Este último, com propensão para grandes golos, tentou a sua sorte por diversas ocasiões mas, felizmente, sem sucesso. É uma equipa sem grandes estatutos individuais, fazendo-se valer do seu todo. Está a fazer por merecer a boa campanha no ano de subida ao primeiro escalão.

Menos positivo: o Benfica ganhou contra o Estoril e pela superioridade em campo ganhou de forma justa. Se avaliarmos a legalidade dos golos, o justo seria o empate. Agora não entendo (ou até entendo) como adeptos de clubes que na mesma semana, contra o mesmo clube, na mesma baliza, fazem um golo com a MESMA ilegalidade (isto porque não há maiores, nem menores foras de jogo), se revoltam com o golo da vitória do Benfica. Muitos vão dizer, “Ah, mas o Sporting já ganhava” e eu respondo “certíssimo!”, no entanto, esse golo do Sporting, defraudou a hipótese do Estoril, eventualmente, empatar e pontuar, o que teria uma ligação direta à pontuação na classificação. Quanto ao golo do Benfica, é igualmente ilegal (o que não deve orgulhar nenhum adepto da equipa favorecida). Ainda assim, estamos a falar do primeiro de dois jogos e, uma vez empatado a golos, o Benfica já partia com vantagem para a segunda eliminatória em CASA!

E deixo uma questão: tendo sido duas equipas diferentes beneficiadas (Sporting e Benfica) e a mesma equipa a ser prejudicada, não deveria ser o Estoril a encarnar o papel de vítima nesta teoria da conspiração contra as arbitragens?!

Boa noite e até para a semana!

Por: Hugo Pombal Lopes.

Festival Internacional de Música de Câmara passa por Barcelos

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Festival Internacional de Música de Câmara “Harmos” regressa a Barcelos entre os dias 8 e 11 de março. O Teatro Gil Vicente e o Salão Nobre da Câmara Municipal acolhem quatro dos concertos integrados na 11ª edição do evento que se realiza simultaneamente em várias cidades do país. A entrada é gratuita.

Serão quatro conceituadas escolas europeias, dezasseis suprassumos da música, de 8 a 11 de março, no Teatro Gil Vicente e Salão Nobre da Câmara Municipal

Da Escola Superior de Música de Lisboa – Instituto Politécnico de Lisboa chega o “Chinski Quartet”, grupo de cordas composto por Ana Paula Sousa (violino), João Cunha (violino), Beatriz Acosta (viola) e Victor Pavtchinski (violoncelo). O quarteto atua no dia 8 de março, quarta-feira, às 15h, no Teatro Gil Vicente, num concerto comentado, dirigido particularmente à comunidade sénior.

No dia seguinte, 9 de março, será a vez dos músicos que compõem o “Elysian Piano Quartet”, afetos à prestigiada escola belga Koninklijk Conservatorium Brussel, subirem ao palco do Salão Nobre da Câmara Municipal, às 21h30.

A 10 de março, à mesma hora, o Teatro Gil Vicente recebe o “Smirnov Quartet”, do conservatório Hochschule für Musik Basel, da Suíça. O ciclo encerra no sábado, dia 11, com um concerto protagonizado pelo “Piano Quartet Interest”, constituído por quatro músicos da Academia Estoniana de Música e Teatro, no Salão Nobre da Câmara Municipal, também às 21h30.

Detentor do selo EFFE (Europe for Festivals, Festivals for Europe, sob a égide da Comissão Europeia e da Associação Europeia de Festivais), tem sido reconhecido como um festival de referência nacional e internacional, e apoiado por um conjunto importante de parceiros.

O “Harmos” é organizado pela Escola Superior de Música, Artes e Espetáculo do Politécnico do Porto e tem colaborações com uma vasta rede de Instituições de Ensino Superior Artístico em todo o mundo.

“Trail Águias de Alvelos” no próximo domingo

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no dia 05 de março, domingo, o Trail organizado pela Secção de Atletismo e Trail Running do Águias de Alvelos.

Terá três modalidades: trail longo, com 25km; trail curto, com 15km; e Caminhada, com 10km.

Sábado, dia 04 de Março, pelas 10h00 dá-se a abertura do secretariado e entrega de dorsais (edifício Sede da Junta de Freguesia de Alvelos) e pelas 20h00 o secretariado encerra.

Domingo, dia 05 de Março, pelas 07h00 haverá a abertura do secretariado (Adro da Igreja Paroquial de Alvelos, junto à meta), encerrando pelas 8h30.

O Trail longo terá partida marcada para as 09h15, seguido do Curto, pelas 09h45 e da Caminhada, pelas 09h50.

Está prevista a chegada dos primeiros atletas do Trail curto (15km), pelas 10h00 e, uma hora depois, a chegada dos do Trail longo (25km). Pelas 11h50 haverá a cerimónia de entrega de prémios, encerrando o Trail de Alvelos 2017, pelas 14h00.

O Trail Longo percorrerá caminhos e trilhos circundantes ao Monte da Sra. da Franqueira, pelas freguesias de Carvalhal, Milhazes, Pedra Furada e Pereira, com distância aproximada de 25 km, com início e fim no Adro da Igreja Paroquial de Alvelos.

Já o Trail Curto percorrerá caminhos e trilhos circundantes ao Monte da Sra. da Franqueira, pelas freguesias de Carvalhal, Milhazes e Pereira, com distância aproximada de 15 km, com início e fim no Adro da Igreja Paroquial de Alvelos.

Por fim, a caminhada terá uma distância aproximada de 10*km, com início e chegada no mesmo local da partida das restantes provas do evento, percorrendo caminhos e trilhos na mesma área geográfica.

*Sujeito a alterações

 

As inscrições realizam-se em www.cyclonessports.com.

 

Fonte e imagem: Página Facebook do evento e www.cyclonessports.com.

“Lutaram como Diabos” apresentado no Teatro Gil Vicente

Março 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 05 de março, pelas 17h00, o documentário “Lutaram como Diabos” é apresentado no Teatro Gil Vicente. A produção esteve a cargo de Alberto Serra, que conta com o apoio da Câmara Municipal de Barcelos, e aborda a presença de barcelenses na I Grande Guerra.

Como referido atrás, os protagonistas são os quase 600 combatentes que partiram de Barcelos para os diferentes teatros de guerra. A vida das trincheiras. Nas terras da Flandres, só havia lugar para a sobrevivência. A vida e a morte conviviam lado a lado e ninguém vaticinava quem chegaria primeiro. Barcelos conheceu os seus heróis. No seu peito, ostentaram-se as Cruzes de Guerra, no seu corpo, as mazelas de uma guerra sem igual. Centenas conheceram a dureza da guerra: fome, humilhações, sevícias que jamais esperariam receber. Dezenas tombaram no campo da batalha. Barcelos honra com este documentário a memória dos seus heróis.

Realizado por Carlos Araújo, com argumento de Manuel Penteado Neiva e produção de Alberto Serra.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM Barcelos.

Concerto solidário “Hoje é ele, amanhã podes ser tu!” para ajudar o Tomás

Março 1, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 04 de março, pelas 21h30, um concerto de cariz solidário, com os fundos angariados a reverterem para ajuda no tratamento do Tomás, um menino muito especial e que já está no coração dos barcelenses, e não só.

O evento é organizado por duas alunas da escola profissional Profitecla e tem o apoio, para além da referida escola, do Círculo Católico Operários de Barcelos (CCOB). Aliás, será no edifício desta instituição que decorrerá o concerto de Jorge Loureiro & Naty.

De acordo com as organizadoras, Adriana Costa e Daniela Gonçalves, “o Tomás é um menino com 2 anos e apresenta uma doença rara. Doença essa ainda por identificar. Apesar da doença do Tomás ser de causa desconhecida, ele apresenta um quadro de hipotonia grave, não segura a cabeça, não senta, não gatinha, não anda, não brinca, ou seja, não faz nada do que seria esperado na idade dele.

Para além disso, tem também uma epilepsia refratária completamente descontrolada que faz com que o Tomás regrida muitas vezes.”

As alunas decidiram organizar o evento porque “escolhemos o Tomás pois é um menino que necessita de muitos cuidados e toda a ajuda é preciosa para os seus tratamentos.”

Então, decidiram pedir a ajuda às entidades que apoiam o concerto “para que todos os fundos que angariarmos, ajudem o Tomás no seu tratamento.”

Ir Para Cima