Arquivo de Categorias

Atualidade - page 5

Museu de Olaria já é membro da Academia Internacional de Cerâmica

Outubro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Cerimónia de boas-vindas aos novos membros acontece no Congresso 2020, em Rovaniemi, na Finlândia

O Museu de Olaria de Barcelos já é membro da Academia Internacional de Cerâmica, uma entidade associada da UNESCO que tem como objetivo estimular a fraternidade e a comunicação entre parceiros na área da cerâmica de todos os países, desenvolvendo formas de cooperação internacional destinadas a promover a cerâmica e encorajando e suportando os mais altos níveis de qualidade de produção, dentro das diferentes culturas cerâmicas.



“A integração do Museu de Olaria nesta rede é o reconhecimento do trabalho que o Museu tem vindo a fazer pela cerâmica em Portugal e nos países lusófonos, e vai permitir a valorização, dinamização e enriquecimento do património local e a interação entre os membros”, refere o Município.

A Academia Internacional de Cerâmica está empenhada em realizar projetos de grande escala para promover a cultura cerâmica, bem como debater, trocar, refletir e compartilhar conhecimentos. A influência da sua rede internacional é expressa em escala global e local e presta especial atenção à integração e especificidades.

A cerimónia de boas-vindas aos novos membros acontece no Congresso 2020, que irá realizar-se em Rovaniemi, na Finlândia, subordinado ao tema “On the edge”.

A Academia Internacional de Cerâmica foi fundada em 1952 por Henry J. Reynaud e associada à UNESCO desde 1958. É composta atualmente por 650 membros e constitui um acesso privilegiado a uma comunidade internacional que promove a cerâmica contemporânea através de uma larga rede de artistas, de críticos, de escritores, de historiadores, de galeristas, de museus e de outras instituições relacionadas.

Esta Academia é, hoje, a única associação que atua internacionalmente, reunindo ceramistas, artistas, designers, escritores, colecionadores, galeristas, curadores, conservadores e um vasto painel de instituições de prestígio.

Fonte e foto: CMB.

Amigos da Montanha e “Mãos à Obra” em ação de limpeza na Franqueira

Outubro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Amigos da Montanha e o projeto “Mãos à Obra” juntaram-se na manhã do último sábado para limpar o Monte da Franqueira, em Barcelos.



Esta área foi já alvo de ações dos Amigos da Montanha, por diversas vezes, e resultou, novamente no último sábado, na recolha de grande quantidade de lixo espalhado por um dos locais mais emblemáticos do concelho.

E, uma vez mais, pelo monte, os voluntários que se juntaram a esta ação encontraram todo o tipo de lixo, nomeadamente, pequenas embalagens, garrafões, pneus, além dos designados “monstros domésticos”. No final da limpeza, “deixou de pertencer a este cenário o lixo equivalente a um contentor de 10 m3”, refere José Gonçalves, Vice-Presidente dos Amigos da Montanha para o Ambiente.

A iniciativa contou com a presença de um número significativo de jovens, um “ponto extremamente positivo”, salienta José Gonçalves

Relembre-se que este projeto faz parte das muitas iniciativas da Associação de Barcelinhos, no que concerne à preservação do meio ambiente, nomeadamente, com a limpeza e a reflorestação de grandes áreas.

Já para o início de 2020, os Amigos da Montanha têm prevista uma ação de reflorestação em Barcelos.

Fonte e fotos: AM.

“IPCAliza-te 2019” decorre de 20 a 25 de outubro

Outubro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A AAIPCA – Associação Académica do IPCA, em conjunto com o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), dinamiza a Semana Académica de Receção ao Caloiro, de 20 a 25 de outubro, na Central de Camionagem de Barcelos.



O conceito “IPCAliza-te” surgiu com a direção fundadora da Associação Académica, em 2015, com o objetivo de denominar, de forma original, a integração dos novos alunos do IPCA. Desde então, as direções sucessoras têm mantido o conceito já renomeado Portugal, principalmente na zona do Minho e Norte do país.

O Presidente da AAIPCA, João Pedro Pereira, consciencializa todos os estudantes a preservarem a cidade: “O IPCAliza-te nasceu para criar uma maior ligação entre o estudante, a academia e a cidade. O cartaz foi elaborado depois de muitas horas de trabalho, procurando sempre englobar os gostos de toda a população académica. O evento está estruturado de maneira a que as atividades de integração, trabalho, solidariedade e divertimento durem 24 horas. “IPCAlizem-se”! Mas sempre com cuidado pois a cidade recebe-nos sempre de braços abertos”.

O evento conta com quatro noites de espetáculos, com um Sarau Académico, que conta com as atuações das tunas do IPCA (Tuna Académica do IPCA, Tuna Feminina do IPCA, Tuna Mista do IPCA), a Missa do Caloiro, com a atuação do Coro Académico do IPCA e com as Monumentais Serenatas, com a atuação do Grupo de Fados do IPCA Gallus Gallus. Paralelamente a estas atividades, existem outras a ser organizadas e consultadas na página da AAIPCA.

Ao longo destes quatro anos de existência do evento, este tem registado um aumento visível na adesão ao mesmo, tanto por parte dos alunos do IPCA, como do público em geral, que visita as Instalações do IPCA e a cidade de Barcelos, tendo como sua principal motivação o “IPCAliza-te”.

O “IPCAliza-te 2019” promete proporcionar noites de espetáculos com muita animação na sua envolvente festiva. Esta edição conta com artistas de renome, tais como, Daduh King, vocacionado ao género de música Kizomba; José Malhoa, vocacionado à sua música popular; Julinho KSD, um artista em crescimento mais vocacionado ao público jovem, tendo como género de música o hip-hop/rap; John Diaz, DJ e Produtor, vocacionado às vertentes do House, Afro-house, House comercial e Latin-house; Supa Squad, também vocacionado ao público jovem, onde o seu estilo musical passa pela fusão do reggae, do dancehall, do moombahton e do afro-beat. Além destes artistas, o evento conta com vários DJ’s de renome, tais como, DJS Echosound, DJ Pette, All in DJS, Viktor Soul e o DJ residente Bruno Vinhas, que prometem animar as noites de espetáculos.

A pré-venda das pulseiras para o evento já se encontra disponível no corredor da Escola Superior de Gestão, no Campus do IPCA, em Barcelos. A pré-venda das pulseiras nos CTeSP’s vai ser realizada no dia 17 de outubro, nos polos de Braga, Guimarães e Famalicão, respetivamente.

Embora esta Semana Académica seja direcionada aos novos estudantes, o evento tem como público alvo todos os estudantes, o público em geral e os jovens a partir dos 16 anos.

Fonte e imagem: IPCA.

JOTA/JOTI 2019 no Monte da Franqueira

Outubro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

ACAFNA decorre no fim de semana no mesmo local

A FNA – Fraternidade Nuno Álvares – Escuteiros Adultos, orientada pelo Núcleo S. Sebastião de Milhazes e com a colaboração da Direção Regional de Braga, leva a cabo, no próximo dia 18 de outubro, pelas 21h00, a atividade JOTA/JOTI 2019, onde, via rádio, estarão em contacto com escuteiros de todo o mundo. O evento acontecerá no Monte da Franqueira.



Igualmente organizado pelo Núcleo S. Sebastião de Milhazes, decorre, nos dias 19 e 20 de outubro, o ACAFNA – Acampamento de Escuteiros Adultos dos Núcleos de Barcelos e Fafe, que terá lugar, também, no Monte da Franqueira.

Imagem: FNA.

Barcelense Pedro Cunha é campeão nacional de Muaythai

Outubro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Feito conseguido na categoria de -63,5kg

No passado fim de semana, São João da Madeira recebeu o Campeonato Nacional de Muaythai, arte marcial milenar de origem tailandesa, que consagrou Pedro Cunha como Campeão Nacional, na categoria de -63,5kg.



O atleta (de calção azul na foto de destaque), que nasceu e reside em Barcelos, representa o Clube de Combate Alta Tensão e o Cidade Gym.

Foto: DR.

Mariana Machado Ballester é a única mulher a concluir Ultra Sanabria Caja Rural

Outubro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Catorze atletas ousaram desafiar a “edição zero” de uma modalidade pioneira na Península Ibérica, com 254 quilómetros e 11.000 metros de desnível positivo, na qual os atletas correram em regime de autossuficiência e com GPS.



Cada um definiu a sua estratégia, ou seja, as horas que dormiram, correram, etc, sendo que 90 horas foi o tempo limite para a conclusão da prova, cuja partida foi dada na quarta-feira, às 20h30, na Plaza Mayor de Puebla, de Sanabria.

O basco Imanol Aleson e a portuguesa Mariana Machado Ballester foram proclamados os primeiros vencedores da corrida épica, que foi marcada, na sua última parte, pela chuva e pela queda de temperatura.

Aliás, a barcelense foi a única mulher a concluir os exigentes 254 quilómetros da novíssima Glaciar Race, prova inserida na 3ª edição do Ultra Sanabria Caja Rural.

Mariana Machado Ballester, atleta apoiada pela Compressport Portugal, Trail-Running.pt, Tailwind Nutrition e OC Santos, concluiu os 254 quilómetros em 78 horas e 34 minutos, garantindo, assim, o primeiro lugar da classificação geral feminina e sétimo da geral. A segunda mulher presente na partida, a espanhola Thais Guzman, abandonou a competição aos 34,2 quilómetros.

Esta atleta barcelense tem 30 anos, é assistente social e despertou para a corrida em 2015.  Com cerca de 4 anos no trail running, o seu currículo é tudo menos curto. As distâncias preferidas também não são curtas, pois aprecia as provas longas, acima dos 50Km. Em 2018 sagrou-se vice-campeã nacional de Trail Ultra Endurance.

Os seus resultados mais relevantes incluem:

2016

– 1º lugar da classificação geral feminina no Estrela Açor – 185Km;

– Vencedora do Troféu Território Centro.

2017

– 2º lugar da classificação geral feminina no Estrela Grande Trail – 109Km.

2018

– 1º lugar da classificação geral feminina no Compressport Ultra Trail do Marão – 104Km;

– 2º lugar da classificação geral feminina no Hard Trail Monte da Padela by Compressport – 25Km;

– 3º lugar da classificação geral feminina no Estrela Grande Trail – 109Km;

– 1º lugar da classificação geral feminina no Oh Meu Deus! Ultra Trail Serra Da Estrela – 100 milhas/160Km;

– 5º lugar da classificação geral feminina e 1º sénior na Riaño Open (48Km) em Espanha;

– 2º lugar da classificação geral feminina no Campeonato Nacional Trail Ultra Endurance 100km/XIII Ultra Trail Serra da Freita;

– 1º lugar da classificação geral feminina na Aventura 80km do Grande Trail Serra de Arga 2018.

2019

– 2º lugar da classificação geral feminina no Oh Meu Deus! Ultra Trail Serra Da Estrela – 100 milhas/160Km;

– 1º lugar da classificação geral feminina na Glaciar Race (254km) da Ultra Sanabria Caja Rural (Espanha).

Foto: DR.

Beatriz Pereira, da Casa do Povo de Alvito, é campeã distrital de Braga

Outubro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Seniores com nova vitória no campeonato

Beatriz Pereira, da equipa de ténis de mesa da Casa do Povo de Alvito, é a nova campeã distrital de ténis de mesa da Associação de Ténis de Mesa de Braga, no escalão de juniores femininos.



Na deslocação deste último domingo, 13 de outubro, à cidade de Vizela, a atleta barcelense arrecadou todas as vitórias possíveis, frente às suas adversárias: Lara Carregosa (Navais) 3-1; Bruna Sousa (Pousada) 3-0; Beatriz Vilar (Navais) 3-0 (FC) e Bruna Martins (Navais) 3-0.

Em iniciados, Sofia Bettencourt ficou em 2º lugar e Lorena Cunha em 3º.

Noutra competição, no sábado, dia 12 de outubro, a equipa A, sénior masculinos, composta por João Costa, Carlos “Xavi” Silva e Nuno Ferreira, deslocou-se a São João da Madeira para disputar o encontro referente à 3ª jornada do Campeonato Nacional da 2ª Divisão Honra, zona norte, contra a equipa local do Clube de Campismo de São João da Madeira.

Apesar de algum equilíbrio inicial, o jogo desenvolveu-se com a supremacia da equipa de Alvito, que no final acabou por vencer de forma categórica por 4-1.

Em nota, a equipa deixou o seu “agradecimento à Casa do Povo de Alvito, ao Município de Barcelos e a todos Amigos e Patrocinadores que nos apoiam”.

Fotos: DR.

PSD Barcelos lança comunicado sobre medidas de coação ao Presidente da Câmara

Outubro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em comunicado de 13 de outubro, assinado pelo presidente da concelhia do Partido Social Democrata de Barcelos, José Novais, a estrutura local do partido “desfere” novo e duro ataque ao Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, nomeadamente, no que concerne às medidas de coação que lhe foram impostas, mesmo tendo visto as mais gravosas (pulseira e prisão domiciliária) serem-lhe retiradas.



Segue o referido comunicado, na íntegra:

«TRIBUNAL DA RELAÇÃO CONFIRMA

PRESIDENTE DA CÂMARA PROÍBIDO DE CONTACTAR COM FUNCIONÁRIOS DO MUNICÍPIO

O PSD Barcelos lamenta profundamente que a gravidade do processo judicial da Operação Teia, no qual está implicado o Presidente da Câmara de Barcelos por suspeitas de corrupção e prevaricação nas funções, continue a colocar Barcelos nos holofotes e nas notícias nacionais pelos piores motivos.

O Tribunal da Relação do Porto, por decisão de 9 de outubro, decidiu manter o presidente da Câmara de Barcelos, Miguel Costa Gomes, proibido de contactar com os Funcionários do Município e da empresa Mediana, aplicando-lhe, ainda, caução no valor de 20 mil euros, em substituição da medida de pulseira eletrónica e a prisão domiciliária.

O Presidente de Câmara mantém a sua “teimosia em governar à distância o município”, consciente, porém, que já duas instâncias judiciais DIZEM NÃO à sua efetiva governação.

Porque existem fundados indícios da prática dos crimes de que vem acusado e, da perigosidade de continuar esta atividade criminosa – o Tribunal da Relação confirma a proibição do edil contactar os funcionários do seu Município.

E agora, Sr. Presidente de Câmara, vai insistir em governar o Município nos moldes que tem feito, ou espera que, quando pretenda entrar nos Paços do Concelho e em outros edifícios municipais, seja necessários “batedores”, Vereadores ou Assessores irem à sua frente para avisar os Funcionários, porque está proibido de contactar com eles!!!!!

Nas reuniões da Câmara e da Assembleia Municipal, a assessoria técnica e logística vai ser efetuada por quem? Por Vereadores? Por Assessores? Porque está proibido de contactar com os Funcionários!

Onde estiver o Presidente da Câmara, os espaços terão que ser evacuados de Funcionários?

Vai ter que avisar quando quiser sair, para “abrirem alas” para poder passar sem contactar com os Funcionários? Vai governar por turnos? Ou durante a noite?

O que o prende a esta governação (ou desgovernação) Sr. Presidente de Câmara?

Sr. Presidente de Câmara, é hora de mostrar o respeito que tem para com os Barcelenses que o elegerem e todos os demais, seus concidadãos.

Obviamente o Sr. Miguel Costa Gomes não tem mais condições de governar a Autarquia de Barcelos – dizem os tribunais e diz o Povo.

BASTA! RESPEITEM BARCELOS! RESPEITEM OS BARCELENSES.

No passado dia 9 de outubro, o Tribunal decretou a “incompetência material” do TIC do Porto por “os crimes imputados aos arguidos terem sido alegadamente praticados em comarcas diferentes (Braga e Porto)…a escolha do ‘Ticão’, já que além de tratar dos processos do Departamento Central de Investigação e Ação Penal, também faz a instrução dos autos estejam relacionados com crimes transdistritais – ou seja, crimes que são praticados em diversos distritos judiciais”.

O Partido Socialista, nacional e local, e os Vereadores do PS, estão prisioneiros de Miguel Costa Gomes, cujo apego ao poder no cargo de Presidente da Câmara de Barcelos o leva a conseguir uma façanha inédita na história, governando a partir da sua casa em Gamil desde 3 de junho até ao presente, durante 130 dias seguidos, acrescido de 5 dias detido na PJ.»

Ainda não são conhecidas reações do Presidente da Câmara de Barcelos e do PS Barcelos.

A minha vida em Portugal durante 11 meses

Outubro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Dominika Baraniecka

Qual é a ideia estereotipada de Portugal entre os estrangeiros? É um país bastante quentee, com praias incríveis, vinho, fado e saudade. Essas eram as únicas coisas que sabia antes de vir para cá. O meu nome é Dominika, sou da Polónia e nos últimos meses tenho sido voluntária na SOPRO, uma ONGD de Barcelos. Agora, e após estes meses a viver cá, já sei muito mais sobre Portugal.

Uma das coisas das quais tinha certeza antes de me mudar para Barcelos era que estava sempre sol e calor, aqui em Portugal, e que nunca chovia. Infelizmente, quando cheguei a Barcelos, em novembro, choveu torrencialmente por quase duas semanas. Eu fui descuidada ao ponto de levar comigo apenas vestidos de verão, e nada de casaco de chuva ou guarda-chuva…Esta foi a primeira de muitas surpresas que estavam para vir.

Outra surpresa (mas uma positiva) para mim foi que em Portugal as pessoas fazem pausa para almoçar e até saem do local de trabalho para se deslocarem até um restaurante. Na Polónia, é algo bastante incomum! As pessoas têm de levar o seu Tupperware e almoçar rapidamente entre as suas tarefas de trabalho. Não existe um local para descansar ou apreciar a refeição…Mais diferenças? Por exemplo, em quase todas as pequenas aldeias de Portugal existe um café. E o café aqui é de grande qualidade e muito barato!

Existem muitas mais diferenças, principalmente no contacto interpessoal. Algo de que tinha conhecimento antes de vir para Portugal, e que continua a surpreender-me, é o facto de os portugueses se cumprimentarem com beijos nas bochechas. Na Polónia, estranhos geralmente apertam as mãos ou até mesmo acenam um para o outro à distância. Apenas se dá beijos a membros da família ou a amigos. Essa é a razão de, por vezes, me sentir desconfortável quando conheço um novo português, visto que sinto que não os conheço o suficiente para lhes estar a dar beijos…Mas depois, lembro-me que é uma tradição aqui em Portugal e que a devia respeitar.

Outra coisa surpreendente é a reação que algumas pessoas de Barcelos tiveram à minha tentativa de falar com elas em Inglês. Algumas delas perguntaram-me se eu era de facto inglesa e quando lhes respondi “não” elas passaram a perguntar “então, porque estás a falar Inglês?”. Isto pode ser engraçado, mas pensei que os portugueses são tão apegados à sua língua que, por vezes, não pensam que outras pessoas, não da Inglaterra, usam essa língua franca para facilitar a comunicação.

Estas são coisas simples que fui encontrando no meu dia a dia e que me ensinaram uma lição importante. A lição é que cada país, e mesmo cada sociedade, tem as suas próprias tradições e estilos de vida, diferentes de outros. Às vezes pode parecer estranho, outras vezes é o oposto: as tradições parecem incríveis e emocionantes! Diferente não implica melhor ou pior. É extremamente enriquecedor apenas ver e experienciar como outras pessoas vivem as suas vidas.

Por: Dominika Baraniecka*

(Voluntária da SOPRO – Solidariedade e Promoção, em projeto de voluntariado desde novembro de 2018 até outubro de 2019)

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

[Note-se que esta notícia foi escrita em inglês pela Dominika Baraniecka e traduzida pela voluntária da SOPRO, Margarida Pereira.]

1 3 4 5 6 7 437
Ir Para Cima