Arquivo de Categorias

Atualidade - page 507

Equipa Júnior da ACR Roriz vence Prémio Cidade de Fafe

Março 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Este sábado realizou-se o Prémio Cidade de Fafe, prova de abertura da época de Estrada e pontuável para Taça do Minho de Estrada da Associação de Ciclismo do Minho.

Com partida e chegada no centro de Fafe, a prova, destinada ao escalão de Juniores, contou com cerca de 90 participantes, que tinham pela frente uma distância de 85km por estradas dos concelhos de Fafe, Póvoa de Lanhoso e Guimarães.

Uma excelente prestação dos atletas da ACR Roriz/ Seissa/ KTM-Bikeseven/ Matias&Araújo/ Frulact levou à conquista do 1º lugar por equipas. Individualmente, Francisco Moreira foi 4º e Pedro Lopes conseguiu o 5º lugar.

prova_1239_14

Quanto aos restantes atletas, Vinício Rodrigues foi 12º, José Vieira 21º, Carlos Vale 42º, Tiago Fernandes 47º, João Araújo 61º e Renato Costa 71º.

prova_1239_136

A próxima competição de Estrada é já no próximo domingo, com a realização da Taça de Portugal de Estrada em Alcobaça.

 

Fonte e fotos: ACR Roriz.

José Dias, da ACR Roriz, conquista 3º lugar no XCO Internacional de Marrazes

Março 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se este domingo, em Leiria, o “XCO Internacional de Marrazes”, prova pontuável para a Taça de Portugal de BTT-XCO.

O atleta da ACR Roriz/ Seissa/ KTM-Bikeseven/ Matias&Araújo/ Frulact, José Dias, esteve em especial destaque ao conquistar o 3º posto na principal corrida do dia, sendo apenas superado pelo campeão nacional David Rosa (Tropix) e por Mário Costa (Mondraker – Primaflor), na 1ª e 2ª posição, respetivamente.

17240108_1493848487323887_8881212952203338202_o

Quanto aos escalões de Juniores, destaque para a prestação de Hélder Gonçalves, que terminou no 7º posto. Tiago Fernandes foi 16º e Tiago Santos 24º.

17218349_1493841843991218_1501834414772731235_o

Nos cadetes, João Carvalho conquistou o 6º Lugar, Pedro Silva foi 14º, Lucas Braga 19º, Manuel Barbosa 20º, João Lobo 41º e César Eiras 64º.

17264385_1493860253989377_9011654295602682335_n

Com estes resultados a equipa terminou no 10º posto.

 

Fonte e fotos: ACR Roriz.

Parabéns, Miguel Fernandes

Março 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
carlosferreira
Carlos Ferreira

É um orgulho poder falar de um grande campeão e dar os parabéns a Miguel Fernandes, pelos resultados que tem obtido nas danças de salão em Portugal e, essencialmente, em competições internacionais. É o primeiro dançarino português a obter resultados de destaque em campeonatos do mundo.

Sei que de um sonho passou à realidade, com muito trabalho e dedicação, muitas horas de treino e viagens, muitos problemas para resolver e muito dinheiro gasto, sem ajudas ou comparticipações. Uma palavra para os pais e família, parte invisível do sucesso mas a primeira base e o grande apoio, essencialmente nos momentos difíceis, para se formar um campeão.

O gosto pelo treino e empenho para tentar atingir a perfeição são condições essenciais para que qualquer jovem possa atingir patamares elevados em qualquer desporto.

O desporto de alta competição, e em particular o ténis, exige muitas horas de treino diárias, muito descanso e uma alimentação muito cuidada. As festas e a vida social ficam sempre muito comprometidas. Normalmente, só sobra tempo para os estudos e a maior parte dos atletas tem excelentes notas.

Muitos sacrifícios são necessários de se fazer em prol do alcance de um sonho e, por vezes, este jamais é alcançado. Mas fica sempre um passado ganho, com uma experiência muito importante para o resto da vida.

A organização, empenho, competitividade e a superação são características deste tipo de atletas, que dedicam a maior parte da sua juventude à prática desportiva.

“O sonho comanda a vida” e os jovens devem sonhar. Mas, essencialmente, devem acreditar nesse sonho e prepararem-se para sofrer muito para o alcançar. As derrotas, as lesões e os inúmeros obstáculos que aparecem pela frente só servem se for para os fazer mais fortes e determinados, para alcançarem, não o sonho, mas, no fim, a realidade e o sucesso.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

 

Por: Carlos Ferreira.

Dias da Silva mantém-se na presidência do Óquei

Março 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O Óquei de Barcelos anunciou, nos últimos minutos do dia 13 de março (ontem), através da sua página na rede social Facebook, que Francisco Dias da Silva, e restante elenco diretivo, se manterão à frente dos desígnios do Óquei Clube de Barcelos até dezembro de 2017.

Mais, informou, ainda, que o nome do novo treinador da equipa sénior será anunciado oportunamente.

 

 

16754765_1580286735332089_423792534_n

 

Foto: Facebook do OCB.

Quero…

Março 13, 2017 em Atualidade, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
joanamartins
Joana Martins

Quero ser melhor

Quero voar no pensamento

Quero sentir com fulgor,

Quero que me queime por dentro!

Quero perder-me em mim mesma

Quero viver o momento

Quero sentir…

Quero fazer o que ainda não fiz!

Quero mais!

Quero divertir-me

Quero tudo!

Quero carinho,

Quero dar e receber!

Quero sorrir e libertar-me…

Não quero complicar!

Não quero viver com vergonha!

Não quero arrepender-me!

Não quero pensar em nada!

Não quero esconder-me…

Não quero fugir por outra estrada!

Não quero descer

Não quero chorar

Não quero perder

Não quero pensar que errei…

Quero apenas, ser feliz e viver a vida!

 

Por: Joana Martins (poetisa barcelense).

Balugães homenageia Avelino Mesquita

Março 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Balugães vai homenagear o escritor baluganense Avelino Mesquita no próximo dia 18 de março, pelas 14h30, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Balugães.

A organização do evento está a cargo das várias associações da freguesia, bem como da Junta de Freguesia. Para além desta, ABCD – Associação Baluganense de Cultura e Desporto, Agrupamento de Escuteiros n.º 86 – Balugães, 1.ª Companhia de Guias de Balugães, Fraternidade de Nuno Álvares (FNA) Núcleo de Balugães, Grupo de Jovens de Balugães, Grupo Vozes Outonais, Ronda da Ponte das Tábuas e Teatro de Balugas são as entidades envolvidas na organização desta homenagem.

Avelino da Cunha Vilas Boas Mesquita nasceu em Balugães, no dia 18 de março de 1926. Estudou em Balugães, Braga e Coimbra, onde desenvolveu o gosto pelas letras e, sob os pseudónimos Avibomes e Abel Lino, assinou os primeiros textos.

Trabalhou em Vila Real, no Porto e em Balugães, emigrando em 1952 para a Venezuela, onde permaneceu nove anos. Regressou, então, a Portugal e radicou-se em Lisboa, voltando definitivamente à sua terra natal em 1994.

A sua presença foi assídua na imprensa de âmbito regional e nacional. Ainda com muita obra inédita, com destaque para a poesia e para o teatro, o autor publicou os seguintes livros: «O Dente de Ouro» (Edição de autor, Balugães, 2007), «Aquém do Neiva» (Edição da Junta de Freguesia de Balugães, Balugães, 2004), e, em coautoria, «Balugães, a sua história, as suas gentes» (Editorial Franciscana, Braga, 1997).

Óquei de Barcelos na Final Four da Taça CERS

Março 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A turma barcelense está, pelo terceiro ano consecutivo, na decisão do título da segunda prova mais importante a nível internacional, de hóquei em patins.

Nota para este feito barcelense, que não contará com o treinador Paulo Freitas, que deixou o clube de Barcelos para rumar, já esta semana, ao Sporting CP.

Ainda sem local definido, que será conhecido até ao final desta semana, o OC Barcelos pode, assim, defender o título alcançado na época passada.

17321534_1354465157933162_1840473474_n

Diante o Vilafranca, de Espanha, a equipa de Barcelos anulou a desvantagem de um golo trazida da primeira mão.

Para além de anular o resultado negativo, construiu uma vitória tranquila por 6-3.

O repto lançado ao público de Barcelos foi correspondido, com a “Catedral”, uma vez mais, completamente cheia.

Esse apoio foi importante para empurrar o OC Barcelos para mais uma final four , que ao intervalo já tinha dado a volta à desvantagem, com golos de Joca Guimarães e Luís Querido.

Para a segunda parte, o OC Barcelos conseguiu arrumar de vez com alguma esperança espanhola ao atingir o 5-0 por Reinaldo Ventura, Álvaro Morais e Luís Querido.

O Vilafranca ainda fez o 5-1, mas Miguel Vieira ampliou para 6-1.

Com o aproximar do final do encontro, o OC Barcelos permitiu que a equipa espanhola ainda fizesse mais dois golos.

17269896_1354444941268517_1031345652_o

No total, o OC Barcelos segue para a decisão do título, com um resultado de 8-6 nas duas mãos.

Agora a equipa de Barcelos vai jogar com o Sarzana, de Itália, enquanto na outra meia final, o Caldes, de Espanha, joga com o Viareggio, de Itália.

A final four está agendada para 29 e 30 de abril.

Por: Miguel Bastos.

Fotos : Miguel Bastos e Ana Especial.

Joel Sá apresenta dois Projetos de Lei no âmbito da defesa dos consumidores

Março 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 15 de março, próxima quarta-feira, vão a debate na Assembleia da República, dois Projetos de Lei que promovem a defesa do consumidor, da autoria do deputado barcelense Joel Sá.

O primeiro determina a sujeição dos litígios de consumo de reduzido valor económico à arbitragem necessária, quando tal seja optado pelo consumidor, e determina a obrigatoriedade de constituição de advogado nas ações de consumo.

O segundo determina a criação, no seio da Direção-Geral do Consumidor, de um portal de registo nacional de consumidores aderentes a publicidade telefónica.

Joel_Sá
Joel Sá

Juntamente com os Projetos de Lei, vão ser debatidos dois Projetos de Resolução, em que Joel Sá é coautor, que recomenda ao Governo a adoção de medidas que promovam os meios alternativos de resolução de litígios de consumo, e ainda um outro que recomenda ao Governo a assunção de medidas de formação, informação e fiscalização de defesa dos direitos dos consumidores.

A Educação de Adultos em Portugal (Parte III)

Março 12, 2017 em Atualidade, Educação, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Amaral
Dr.ª Maria José Amaral Neco

Para reavivar os nossos leitores, no artigo anterior contextualizámos os progressos da política educacional no que respeita à Educação de Adultos (EA) em Portugal e, por conseguinte, o envolvimento do Estado na prossecução desses desenvolvimentos.

Neste artigo pretendemos desmistificar o verdadeiro papel do Estado enquanto promotor de políticas públicas da EA.

Nos últimos 40 anos, assistimos a um alargamento progressivo das responsabilidades do Estado como consequência da emergência e do agendamento de novos problemas ou da atualização da ambição política, em resposta aos desafios de uma economia mais competitiva e dinâmica, capaz de fomentar um crescimento económico duradouro acompanhado por uma melhoria qualitativa e quantitativa do emprego e de coesão social.

No entanto, apesar das várias medidas e dos programas educativos implementados, por parte dos vários governos, que sucederam o 25 de Abril, não foram criadas as condições e as estruturas desejáveis por parte do Estado, para que esses processos tivessem a duração necessária para avaliar o seu impacto, como podemos comprovar pelos programas: “Novas Oportunidades” e “Saber +”. Estes, por sua vez, acabam por confirmar os constrangimentos causados pela falta de leis de bases, comprometendo a continuidade da política pública global no que diz respeito à Educação de Adultos, evidenciado a clara fuga de responsabilidade por parte do Estado.

A concretização dos vários planos elaborados na política da EA fica, no entanto, aquém das metas e recomendações estabelecidas. Porém, não nos podemos esquecer do facto de, em Portugal, a educação de adultos se confrontar, desde sempre, com a dificuldade em responder a uma dupla exigência, das sociedades emergentes.

Aponta-se como uma das causas do insucesso na implementação de determinados programas, a inadequação da intervenção local com o modelo de Estado centralista, que obriga a inovações e mudança de tipo burocrático, contrariando o propósito pelo qual tinha sido idealizado, isto é, que a inovação e a decisão resultassem da análise das necessidades das populações.

Todo este panorama retrata a fragilidade do sistema educativo na formação e educação de adultos em Portugal, baseada essencialmente em opções de programas temporários, em detrimento de uma política pública global, integrada e permanente nesta área da Educação.

É premente que o Estado assuma na sua agenda política, compromissos que sejam consistentes, e transversais aos ciclos políticos, relativamente à Educação/Formação de Adultos, de forma a garantir uma maior coesão social, tendo em vista a empregabilidade e, o enquadramento dos desafios da sociedade de aprendizagem, agora muito vocacionada na sociedade do conhecimento.

 

Por: Dra. Maria José Amaral Neco.

“Os Aurora”, banda do barcelense Tiago Araújo, editam o primeiro disco

Março 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A banda “Os Aurora”, que tem na sua composição o barcelense Tiago Araújo, editou esta sexta-feira, dia 10 de Março, o primeiro álbum de estreia e de originais.

Dia 10 de Março de 2017 será uma data que jamais será esquecida pela banda “Os Aurora”. Após três anos desde a sua formação, a edição do seu disco de estreia tem finalmente data marcada.

O lançamento do seu disco tardou, mas foram os anos de espera e de aprendizagem que levaram à maturação da banda e o resultado final são canções com grande significado e de mensagem de esperança.

“Grita” é um disco que apesar de ter as tradicionais canções de amor, tem como grande componente a afirmação da banda. O “Acreditar”, o “Nunca Desistir”, são o fio condutor em grande parte das canções do disco.

Assumidamente uma banda pop, “Os Aurora” não se contentam com a simples cópia do que já existe, tentando sempre inovar. Produzido por Filipe Survival, “Grita” mistura as tradicionais guitarras acústicas com as novas tendências e sons mais eletrónicos.

Quatro rapazes com uma grande vontade de mostrar a sua música a todos, sem exceções! No auge da sua juventude, desejam levar este disco aos ouvidos do maior número de pessoas possível. Eles nunca desistiram e este álbum é a prova disso. David Silva, Eduardo Monteiro, João Carrasqueira e Tiago Araújo formam esta banda a quem se augura grande futuro.

Ligações (basta clicar):

FACEBOOK: https://www.facebook.com/osauroraoficial

INSTAGRAM: https://www.instagram.com/osauroraoficial

TWITTER: https://twitter.com/osauroraoficial

WEBSITE: http://www.osaurora.com/

 

iTunes: http://apple.co/2mIov7Y

Spotify: http://spoti.fi/2ncTEOB

TIDAL: https://t.co/F5jTU78kvz

FNAC: http://bit.ly/2mszEsO

 

A banda anunciou, já, os concertos de apresentação:

  • Porto, Hard Club, 24 Março
  • Lisboa, Hard Rock, 26 Março

Fonte e imagem: a banda.

Ir Para Cima