Arquivo de Categorias

Atualidade - page 510

Autárquicas 2017: José Novais desconvida Sérgio Azevedo

Março 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em declarações prestadas ao jornal Barcelos Popular, em notícia de ontem, o agora ex-candidato confirmou que já não será o candidato do PSD à Câmara Municipal de Barcelos. Mais, referiu que não o será porque foi desconvidado por José Novais e, não, por ter desistido.

Ainda de acordo com o referido jornal, no último domingo realizou-se uma reunião na sede do PSD Barcelos, com elementos da Comissão Política, onde este assunto terá sido abordado e José Novais terá referido que, com a saída de Sérgio Azevedo, se passaria para o “plano B”. Esse plano deverá passar pela escolha de um membro dos órgãos dirigentes do Partido mas, ao que a notícia avança, Novais pondera a hipótese de não realizar as auscultações prometidas, por exemplo, aos presidentes de junta, e uma sondagem posterior com os nomes melhor colocados.

Esta reunião foi confirmada ao Barcelos Popular por Adélio Miranda, vice-presidente do PSD Barcelos, que se referiu a ela como tendo sido “informal”.

Uma fonte social-democrata contactada pelo Barcelos na Hora não se quis alongar muito neste assunto por considerar que “anda tudo louco no PSD Barcelos”, tornando “difícil analisar seja o que for”. Mesmo assim, não se escusou a dizer que não compreende como é possível “o Novais defender o Sérgio Azevedo, numa entrevista de três páginas ao Jornal de Barcelos e agora desconvida-o, ou seja, ‘tira-lhe o tapete’”. Terminou com uma opinião: “o Novais quer ser o candidato e vai fazer tudo o que puder para o ser”. No entanto, retorquiu: “só que no meio das conversas e das opiniões, depois desta baixeza e destas asneiras todas, o que se fala é que a saída mais digna para ele será demitir-se de presidente da Comissão Política”.

CDS ainda não assinou acordo de coligação com o PSD

Num outro plano, o Barcelos na Hora recolheu informações sobre como estará o anunciado acordo de coligação entre PSD e CDS para as próximas autárquicas. Uma fonte centrista informou que ainda não há acordo assinado, confirmando as negociações entre ambas as concelhias mas fazendo questão de avisar que “ainda não há acordo assinado”. Questionada sobre pormenores dessas negociações, essa fonte escusou-se a falar muito sobre o assunto, adiantando, no entanto, que “a nós disseram-nos que o candidato não seria o Novais”.

Instada a comentar a polémica com Sérgio Azevedo, a referida fonte apenas salientou que “mesmo sendo o CDS uma possível parte interessada, não comentamos assuntos internos do PSD”, concluindo, no entanto, com um ditado: “o que nasce torto, tarde ou nunca se endireita”.

Foto: Facebook do PSD Barcelos.

Exposição de pintura “Musas”, de Manuel Lima

Março 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura já amanhã, dia 08 de março, “Dia da Mulher”, a exposição de pintura “Musas”, de Manuel Lima, que estará patente no Teatro Gil Vicente até 16 de abril.

Manuel Lima é licenciado em Pintura pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto, em 1973. Enquanto estudante foi-lhe atribuído o prémio de desenho de estátua “José da Costa Meireles”. Em 1986 recebeu o “Prémio José de Brito”, em 1997 a Menção Honrosa no “Prémio Nacional de Pintura Júlio Resende” e em 2000, o “Prémio Baviera de Pintura”.

Expõe individual e coletivamente, estando representado em diversas coleções privadas, internacionais e em várias coleções institucionais.

Fonte e imagem: Agenda Cultural da CM Barcelos.

Procissão do Senhor dos Passos no próximo domingo

Março 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se, no próximo domingo, a Procissão dos Passos, que sairá da Igreja Matriz após o Sermão do Pretório, este às 15.30. Será interrompida, pelas 16.30, no Largo da Porta Nova, para o Sermão do Encontro, evocando os encontros de mães e filhos que, ao longo da história, relevam a ternura necessária para a humanização da vida, hoje tão arredada de uma sociedade materialista e secularizada. As imagens deste Encontro são a do Senhor dos Passos e a da Senhora das Dores. Esta aguarda, no templo do Senhor da Cruz, a de seu Filho, que vem trazida aos ombros por homens fortes de Barcelos, a partir da Igreja Matriz.

O povo contempla o passo cadenciado dos que vão na procissão (figurados, confrarias e associações, autoridades e convidados), enquanto a Palavra, artisticamente proclamada pelo orador, vai tentando chegar ao coração dos crentes para se tornar vida mais humanizada porque penetrada pelo divino.

Será orador o Ver. P. Manuel António Barbosa Moreira, pároco em Paredes de Coura. O Senhor Arcebispo D. Jorge Ortiga presidirá e encerrará o acto religioso, dirigindo a palavra aos fiéis.

Fonte: Paróquia de Barcelos.

Atletas da ACR Roriz na Seleção Nacional de Ciclismo

Março 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O atleta da ACR Roriz, Francisco Moreira, foi um dos selecionados para participar no estágio de pré-época da Seleção Nacional de Juniores de Estrada, que se realizou no Centro de Alto Rendimento, na Anadia.

received_1119677364824418

Já na vertente de Pista foram convocados os atletas José Vieira e Vinício Rodrigues.

Estes atletas juntam-se ao Juniores Hélder Gonçalves e Tiago Fernandes, que já haviam sido selecionados para a vertente de BTT.

received_1270596106355464

Fonte e fotos: ACR Roriz.

Resultados deste fim de semana da ACR Roriz Cycling Team

Março 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

José Dias termina em 7º lugar no “Algarve Bike Challenge”

De 03 a 05 de março realizou-se mais uma edição do “Algarve Bike Challenge”, prova de BTT-XCS de categoria Internacional e que contou com a presença de várias figuras do BTT Mundial. O atleta José Dias, fazendo dupla com Mário Costa (Mondraker/Primaflor), participaram na categoria Elite UCI, e estiveram em bom plano ao serem a melhor dupla lusa presente, tendo alcançado um 7º Lugar da Classificação geral.

16997884_1600100673370402_950959365264396339_n

Também em representação da ACR Roriz, mas numa vertente mais lúdica, participaram José Carvalho e João Carvalho que obtiveram a posição 144 na categoria Open.

17098435_1600100716703731_4554030387884858207_n

João Carvalho vence “XCO Tourigo”

Noutra prova, o atleta da ACR Roriz, João Carvalho, esteve em especial destaque, este domingo, ao Vencer na categoria de Cadetes o “BTT-XCO de Tourigo”, prova pontuável para a Taça Regional de BTT da Associação de Ciclismo de Viseu.

received_997030643730446

Hélder Gonçalves 2º na “Meia-maratona de Ponte de Lima”

Bem perto de cá, o atleta da ACR Roriz, Hélder Gonçalves, participou este domingo na “Meia-maratona de BTT de Ponte de Lima”, tendo conquistado o 2º lugar da Classificação geral com o mesmo tempo de vencedor.

FB_IMG_1488730522770

Tiago Santos 3º no “BTT-XCO” de Milheirós

Por fim, este domingo realizou-se, em Milheirós, mais uma prova do Campeonato de “BTT-XCO da Maia”, prova onde esteve presente o Tiago Santos que obteve o 3º Lugar na categoria de Juniores.

received_1257112140993309

 

 

Fonte e fotos: ACR Roriz (duas primeiras, créditos de Eduardo Campos).

Divórcio

Março 5, 2017 em Atualidade, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
regina
Regina Penedo

Divórcio por mútuo consentimento vs. Divórcio sem o consentimento do outro cônjuge

Hoje irei explicar, pormenorizadamente, as diferenças entre divórcio por mútuo consentimento versus divórcio sem o consentimento do outro cônjuge, pois pela minha experiência profissional o cidadão não sabe o que significa e confunde estas duas figuras jurídicas.

Divórcio por mútuo consentimento significa que ambos os cônjuges, de comum acordo e sem justificar o motivo, requerem a dissolução do casamento. Esta modalidade pode ser requerida a todo o tempo, por ambos os cônjuges em qualquer Conservatória do Registo Civil, mediante requerimento assinado por estes ou por intermédio dos seus procuradores.

Ora, esta modalidade de dissolução do casamento, pressupõe que os cônjuges tenham chegado a acordo quanto:

  • Acordo de prestação de alimentos ao cônjuge que dele careça;
  • Acordo sobre o destino da casa de morada de família;
  • Acordo sobre o exercício das responsabilidades parentais quando existam filhos menores;
  • Relação especificada dos bens comuns, com indicação do respectivos valores, ou no caso de os cônjuges optarem por proceder à partilha daqueles bens, acordo sobre a partilha dos bens ou pedido de elaboração do mesmo;
  • Certidão da escritura de convenção antenupcial, caso tenha sido celebrada.

O requerimento de divórcio por mútuo consentimento juntamente com os acordos, se a eles houver lugar, é entregue na Conservatória do Registo Civil, e quando recebido pelo Conservador, este convoca os cônjuges para uma conferência no qual verifica o preenchimento dos pressupostos legais e aprecia os acordos, convidando os cônjuges a alterá-los na eventualidade de esses acordos não acautelarem os interesses de algum deles ou dos filhos menores.

Quando existam filhos menores e for apresentado o acordo sobre o exercício de regulação das responsabilidades parentais, o processo é enviado ao Ministério Público, para que este se pronuncie sobre o acordo no prazo de 30 dias.

Caso o Ministério Público considere que o acordo não acautela devidamente os interesses do menor ou menores, podem os requerentes alterar o acordo ou apresentar um novo, sendo neste último caso dado nova vista ao Ministério Público. Caso o Ministério Público considere que o acordo acautela o interesse do menor ou menores este é homologado.

Em contrapartida, o divórcio sem o consentimento do outro cônjuge significa que um dos cônjuges não está de acordo em divorciar-se.

Deste modo, esta modalidade pode ser requerida desde que se verifique:

  • Separação de facto por um ano consecutivo;
  • Alteração das faculdades mentais do outro cônjuge, quando dure há mais de um ano e, pela sua gravidade, comprometa a possibilidade de vida em comum;
  • Ausência por tempo não inferior a um ano do outro cônjuge; e
  • Quaisquer ouros factos que mostrem a ruptura definitiva do casamento.

O processo de divórcio sem consentimento do outro cônjuge pode ser requerido por qualquer dos cônjuges desde que se verifique algum dos fundamentos supra enunciados, e dá entrada no Tribunal da residência do autor da acção.

Poderá igualmente ser requerido a fixação provisória de alimentos ao cônjuge, a regulação do exercício das responsabilidades parentais e o destino da casa de morada de família.

Nesta modalidade haverá sempre uma tentativa de conciliação e caso esta não seja possível, o juiz procurará obter o acordo dos cônjuges para o divórcio por mútuo consentimento. Caso esta conciliação seja possível e as partes aceitarem, o processo de divórcio sem consentimento do outro cônjuge convola-se em divórcio por mútuo consentimento. Se não aceitarem, o processo segue para audiência de julgamento, não sem antes ser dado prazo ao cônjuge contra qual é proposta a acção de divórcio sem consentimento do outro cônjuge, para contestar.

Com o julgamento, as partes vão procurar provar os factos que alegaram e depois do julgamento o juiz emitirá a respectiva sentença.

Contudo, o decretamento do divórcio só produz efeitos com o trânsito em julgado da sentença, que neste caso, se verifica somente depois de decorrido o prazo de 30 dias para recorrer da mesma. Além disso, a lei possibilita que qualquer dos cônjuges requeira que os efeitos patrimoniais do divórcio retroajam à data da separação de facto, caso esta exista e seja provada no processo de divórcio.

 

Por: Regina Penedo (Advogada)

Urb. das Calçadas, Rua Irmãos S. João de Deus, Ed. Redondo, Lote 70, Lj 2

4750-169 Barcelos

e-mail: penedoregina@sapo.pt

Tlf. 253772203.

Óquei de Barcelos vence em Valongo por 8-6

Março 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

No sempre difícil e complicado pavilhão de Valongo, o OC Barcelos somou mais uma vitória no campeonato, elevando para trinta e dois pontos e consequente quinto lugar na prova.

Destaque para mais uma grande exibição dos barcelenses, que mesmo sem o contributo do castigado Hugo Costa, tiveram a frieza de Álvaro Morais, que apontou quatro golos, e a segurança do guarda-redes Ricardo Silva que, apesar de ter sofrido seis golos, evitou, nos momentos cruciais do jogo, três livres diretos da equipa da casa.

Perante um grande jogo, o elevado número de golos apontados deram um grande colorido a todos os presentes, onde se destaca a enorme falange de apoio ao clube de Barcelos.

Apesar de ter começado a vencer o jogo por 2-0, o OC Barcelos permitiu que, ao intervalo, o marcador registasse uma igualdade a três bolas.

O início da segunda parte mostrou que a equipa de Paulo Freitas queria resolver, o mais rápido possível, o jogo a seu favor, passando a vencer por 5-3.

Até ao fim, o clube de Barcelos conseguiu estar sempre na frente do resultado, mesmo quando o Valongo ameaçava o empate.

Para além dos quatro golos de Álvaro Morais, fizeram parte do triunfo do Barcelos, Miguel Vieira com dois, e um cada de Joca Guimarães e Reinaldo Ventura.

A vitória foi justa, mas agora há que pensar no próximo jogo para a Taça CERS, onde o OC Barcelos tem de virar o resultado negativo trazido de Espanha, após derrota por 3-2 com o Vilafranca.

Por: Miguel Bastos.

Março 4, 2017 em Atualidade, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
foto gi cronica
Gisela Vale

Neste artigo vou falar sobre a falta de tempo para socializar, algo que cada vez mais nos afeta, porque, para além do trabalho, queremos estar com quem amamos e connosco.

Para facilitar a vida, deve combater a desculpa de que não tem tempo para ir a casa arranjar-se ou dizer que não está em condições de sair “com esta roupa”. Há muitas formas de se estar durante o dia que são perfeitas para a noite. “Looks” a que eu chamo de “Jockers“.

E cada vez mais, o mercado está preocupado com isso, para poupar e facilitar a vida das mulheres, oferecendo peças versáteis para comprarmos. É preciso perceber quais as peças ideais e adotar alguns pequenos “truques” que fazem toda a diferença.

É só uma questão de assimilar o que é mais viável para o seu dia a dia.

Assim, todos os dias te sentes linda e maravilhosa para qualquer ocasião.

Por: Gisela Vale.

JSD Barcelos organiza conferência “Cultura e Artes”

Março 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se no último sábado, dia 25 de fevereiro, no Auditório da Casa da Juventude de Barcelos, a conferência subordinada ao tema “Cultura e Artes”, organizada pela Juventude Social Democrata (JSD) de Barcelos.

Os oradores convidados foram Jorge Barreto Xavier, Secretário de Estado da Cultura do XIX Governo Constitucional; Tiago Araújo, jovem músico e compositor, e Juliana Ferreira, igualmente jovem e artista plástica, ambos barcelenses. O moderador foi Joel Sá, deputado na Assembleia da República. De destacar a presença do Presidente da Distrital de Braga da JSD, Firmino Costa e de membros da Comissão Política do PSD Barcelos, notando-se, no entanto, a ausência do candidato à Câmara Municipal de Barcelos, anunciado pelo PSD, Sérgio Azevedo.

Num auditório bem preenchido, os oradores abordaram as suas experiências e trocaram ideias com os presentes.

Aproveitando a ocasião, o Barcelos na Hora dirigiu algumas perguntas a Ricardo Silva – Presidente da Comissão Política Concelhia da JSD Barcelos –, que acedeu responder, abordando temas como projetos que pretendem levar, ou continuar a levar, a cabo, cultura, políticas de juventude e militância política.

Esta é mais uma ação levada a cabo pela JSD este ano, depois da palestra/formação “Falar em Público”. Estas iniciativas fazem parte de um programa para aproximar, ainda mais, a JSD dos jovens, e não só? Pode indicar-nos futuros eventos que organizarão?

Estas iniciativas dividem-se em dois tipos, um intitulado “Fala-me disso…”, onde a JSD pretende ajudar a esclarecer os jovens nas mais diversas áreas. Começámos por falar sobre juventude e desporto, no Estádio Cidade de Barcelos, e no passado dia 25 de fevereiro escolhemos o tema Cultura e Artes na Casa da Juventude de Barcelos.

16864056_1662424887384570_5173976504504961444_n

Pretendemos levar a cabo, durante o mês de março, uma nova conferência, inserida neste ciclo sobre educação. Como podem constatar, as duas primeiras foram em locais da sociedade civil, tendo saído das “quatro paredes da sede”, para assim podermos chegar a todos os jovens e menos jovens. Queremos que fiquem mais esclarecidos, dando também ideias para o futuro, ideias para melhorar Barcelos.

A outra iniciativa, insere-se num ciclo de workshops/formações intitulado “transFORMA-TE”. Estas formações serão realizadas nas mais diversas áreas, tendo começado por Técnicas de falar em público. Com isto, estamos a ajudar os jovens que, por vezes, não têm possibilidade de aceder a este tipos de formações, de uma forma grátis, preparando-os para a sua vida de estudante e profissional.

A JSD Barcelos procura sempre o que pode fazer pela juventude barcelense, debatendo-se e ajudando esta todos os dias junto dos órgãos competentes, para que assim possamos ter um concelho melhor, para que assim queiram ficar em Barcelos.

Porquê estas personalidades?

A escolha destas personalidades não foi por acaso. Convidámos nomes que já tiveram responsabilidades governativas, pois estes estão familiarizados com as leis, incentivos e apoios que estão disponíveis para ajudar os jovens.

Por outro lado, nas formações decidimos optar por profissionais das diversas áreas, pois só assim podemos ajudar quem mais precisa.

Na sua opinião, em que estado se encontra a cultura no concelho de Barcelos?

Num panorama geral, julgo que muito há por fazer em Barcelos, no que se refere a Cultura e às Artes. Temos jovens com muito talento mas não existem apoios, nem incentivos, de forma a fomentar essas suas capacidades. É necessário criar espaços para estes jovens desenvolverem as suas ideias e darem a conhecer os seus trabalhos. Temos uma Casa da Juventude que pode fazer essa ponte que falta.

barroso
Ricardo Silva

Já que estamos numa senda de avaliação, como analisa as políticas de juventude, e o apoio que lhe é dado, por parte do Município de Barcelos?

São muito poucas aquelas que existem no concelho de Barcelos. Certamente, poderia enumerar imensas políticas de juventude que faltam no nosso concelho, mas, para mim, algumas das mais importantes e necessárias para conseguirmos que nós, jovens, fiquemos em Barcelos, são o apoio à criação de empresas lideradas por jovens; maior investimento/comparticipação no arrendamento jovem; e, sobretudo, a criação de espaços onde os jovens possam partilhar ideias, trabalhos. Local onde a cultura, a arte e a juventude possa reunir-se e fazer de Barcelos um exemplo nacional. Já temos na música referências nacionais, por que não criar um espaço comum para as nossas bandas poderem ensaiar, conviver, apresentar trabalhos e, quem sabe, gravar os seus EP?

Ficam aqui 3/4 dicas de uma lista bem grande de políticas de juventude que faltam em Barcelos.

Independentemente do executivo ser do partido A ou do partido B, o que interessa não é prometer e depois ver os jovens a partir para concelhos vizinhos. Interessa, sim, prometer e fazer. Só assim conseguiremos que os nossos queiram cá ficar.

Para terminar, considera que os jovens estão mais, ou menos, atraídos pela política atual e pela militância partidária? Porquê?

Os jovens, na minha opinião, estão menos interessados na militância partidária. São jovens que têm acesso a muita informação e que expressam a sua opinião através da Internet. Com isto não quero dizer que estão menos interessados na política, mas sim, em fazer parte de uma juventude partidária.

Isto acontece, em grande parte, porque nos últimos tempos temos vindo a assistir a diversas notícias que descredibilizam a classe politica. Notícias de tal ordem devastadoras que nenhum jovem quer ter uma imagem dessas.

Não é fácil, por vezes, ser militante de uma juventude partidária, pois somos logos apelidados de “tachistas”, “corruptos” e de “boys”. Não digo que esse tipo de pessoas não existam nas Juventudes Partidárias, pois se dissesse que não existia estaria a mentir. Mas está num grupo pequeno de pessoas que servem-se da política para benefícios próprios e, com isto, transformando a nobreza da mesma, num “bastidor de jogos” onde não existe companheirismo e a vontade de fazer o bem pela sociedade, mas sim, de autopromoverem-se e tentarem aproveitar-se da política.

Recovey IPSS assina acordo com Universidade Católica

Março 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Recovery IPSS, instituição barcelense presidida por Miguel Durães, e a Universidade Católica Portuguesa (Centro Regional de Braga), representada pelo seu Presidente, Professor João Duque, firmaram ontem, dia 03 de março, um acordo de cooperação entre as duas instituições, visando estágios e investigação do modelo da Recovery IPSS.

acordo-recovery-católica1
Miguel Durães e João Duque (à direita)

Em declarações ao nosso jornal, Miguel Durães referiu que “A troca de saberes, conhecimento e experiências não tem preço, mas criam valor acrescentado, dinâmica económica e postos de trabalho. Ficámos muito contentes com o interesse, e reconhecimento, de mais uma Universidade no nosso modelo e trabalho e, como barcelense, fico muito satisfeito pela nossa cidade aparecer, uma vez mais, ‘no mapa’ pelas melhores razões”.

Noutro plano, Durães informou que a Recovery encontra-se a recrutar colaboradores para as novas Unidades. Procuram Técnicos de reabilitação psicossocial – Terapeutas ocupacionais, Psicólogos, Enfermeiros com especialidade em saúde mental e psiquiatria, assim como, monitores com experiência com crianças e adolescentes, habilitados para transporte de crianças. De acordo com este responsável, são algumas vagas que precisam preencher e o anúncio, com os contactos e demais informações, já se encontra a “circular” pelas redes sociais, nomeadamente, no seu próprio perfil de Facebook e em grupos de emprego, e não só, ligados a Barcelos.

Fonte e fotos: Recovery IPSS.

Ir Para Cima