Arquivo de Categorias

Mundo - page 196

Gil Vicente goleado em casa pela Académica por 0-4

Fevereiro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Jogou-se hoje de manhã, no Estádio Cidade de Barcelos, mais uma partida a contar para a 24ª jornada da LEDMAN LigaPro.



Arbitrado por Hélder Malheiro (AF Lisboa), coadjuvado por Bruno Jesus e Tiago Rocha, sendo Ângelo Carneiro (AF Vila Real) o 4º árbitro, Paulo Alves, treinador do Gil Vicente, fez alinhar Rui Sacramento, Luiz Eduardo, Sandro, Gabriel, Jonathan Rubio, Aldair (Camara, 67’), João Vasco (Reko, INT), Alphonse, James Arthur (Rui Miguel, 32’), Frédéric Maciel e Gonçalo Abreu. No banco ficaram João Costa, Ricardinho, Vítor Tormena e Miguel Abreu.

Já Ricardo Soares, treinador da Académica, apresentou Ricardo Ribeiro, Pedro Empis (Ki, 81’), João Real, Mike, Brendon, Ricardo Dias, Zé Tiago, Balogun (Fernando Alexandre, 63’), Guima, Djoussé (Alan Júnior, 70’) e Luisinho. No banco ficaram Guilherme Oliveira, Chiquinho, Diogo Ribeiro e Piqueti.

Este foi um jogo em que os gilistas procuraram vencer mas era sempre a Académica de Coimbra a marcar. Logo aos 23 minutos, Guima abriu o marcador para os estudantes. Ainda antes do intervalo, aos 40 minutos, Luisinho ampliou a vantagem. Pouco depois do reinício da partida, aos 55 minutos, Djoussé apontou o terceiro e Ricardo Dias, aos 85 minutos, fechou a contagem para os forasteiros, castigando o Gil Vicente com um resultado demasiado pesado para o que se passou durante o jogo.

Os gilistas fizeram mais remates (12-9), tiveram mais posse de bola (57%-43%), cometeram mais faltas (21-19), tiveram mais cantos (8-1) e mais cartões amarelos (3-2). Mesmo assim, o resultado final ditou uma goleada conimbricense por 0-4.

Rui Miguel (45+3’), Gabriel (47’) e Reko (75’) foram os “contemplados” com a cartolina amarela pelos da casa; Brendon (30’) e Balogun (47’) foram pela Académica.

Com este resultado, o Gil Vicente queda-se pelo 18º lugar, com 23 pontos, já a 4 da linha de água. Na próxima jornada, sábado, dia 17 de fevereiro, pelas 11h15, recebe a equipa B do Sporting, em mais um jogo que se afigura muito difícil.

Contrarrevolução Iraniana

Fevereiro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Raquel dos Santos Fernandes

O Irão é o único país do mundo a impor a obrigatoriedade a todas as mulheres muçulmanas e não muçulmanas o uso do véu islâmico. Países como o Afeganistão ou a Arábia Saudita seguiram uma rota semelhante, quer pelo domínio talibã que se viveu no Afeganistão, quer pela matriz cultural Saudita. No Irão, todavia, desde 1983 que a “lei do véu” deixou de ser apenas uma regra hijab e passou a punir, legalmente, as mulheres que a desafiam.



O Irão é um Estado teocrático onde, apesar da realização de eleições, a religião se sobrepõe ao sistema político. O Conselho dos Guardiões, órgão do sistema político que assegura a concordância das leis aprovadas com a lei religiosa, apenas autoriza a candidatura dos apoiantes ao sistema teocrático. O Presidente Hassain Rohani, apontado como uma via moderada entre os políticos conservadores e reformistas iranianos, foi eleito em 2013, tendo sido reconduzido ao cargo nas eleições de 2017. Com a candidatura dos reformistas vetada pelo Conselho dos Guardiões, Rohani surgia como a opção menos inflexível.

A Revolução Iraniana de 1979, que colocou um ponto final na monarquia autocrática pró-Ocidental do Xá Mohammad Reza Pahlevi, trouxe à cena política do Irão Ruhollah Khomeini e a ideia de uma identidade iraniana bastante própria, sem qualquer interferência ocidental, onde o fanatismo absoluto e os princípios religiosos induziam uma reformulação da sociedade iraniana. Como qualquer transformação top-down (de cima para baixo), seja ela democrática ou autoritária, esta imposição do Estado sobre a sociedade, mais cedo ou mais tarde, torna-se alvo de contestação. E, hoje, principalmente em zonas urbanas, o “chador” começa a ser substituído por jeans, os véus caem sobre os ombros e o rosto maquilhado das mulheres mostram que a sociedade iraniana renasceu. Não evoluiu, renasceu. O que está a acontecer no Irão, esta transformação bottom-up (de baixo para cima), é prova do renascimento da sociedade civil para a vida política e social do país. Mais que qualquer manifestação feminista, próxima ao ocidente e à modernização, esta transformação é representativa do ressurgimento da cultura política iraniana e da tentativa de reformulação da relação entre o Estado e a sociedade.

Os protestos contra as regras hijab rompem com a dinâmica tradicional do poder exercida pelo Estado. Se, aquando a sua introdução, estas regras eram representativas do modo ideológico de governo imposto pelo Estado teocrático, a oposição que hoje lhe é feita pode ser encarada como uma contrarrevolução bottom-up, que mais que se opor ao governo, se opõe à conceção de Estado que Khomeini criou e ao envolvimento dos agentes políticos na vida privada dos cidadãos.

Em parte, esta contrarrevolução da sociedade iraniana ajuda a explicar o mote da crónica que aqui assino. Como dizia Bernie Sanders, na corrida às primárias do Partido Democrata, “as verdadeiras mudanças nunca ocorrem de cima para baixo, mas sempre de baixo para cima”. Estas são as mudanças que perduram, que reformulam as relações Estado-sociedade e que fazem renascer a cultura política dos Estados.

Por: Raquel dos Santos Fernandes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

João Simões, dos Amigos da Montanha, é vice-campeão do norte de Corta Mato

Fevereiro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No dia 3 de fevereiro, a equipa de atletismo dos Amigos da Montanha/E.Leclerc de Barcelos participou no campeonato do norte de Corta Mato, que se realizou em Felgueiras.



O atleta João Simões [ndr: à esquerda na foto de destaque] subiu ao pódio para arrecadar a prata, tendo sido batido apenas por um atleta da casa. Este atleta iniciado correu 3000m, num excelente percurso para a prática desta variante de atletismo.

Também em destaque esteve Mónica Costa que teve o pódio à vista. A juvenil dos AM chegou mesmo a liderar a corrida por alguns minutos tendo, no final, conseguido alcançar a 4.ª posição.

Fonte: AM.

Fotos: AM e António Sousa.

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!

Fevereiro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores!

Fizemos novamente História! Nunca, na história da Taça dos Campeões Europeus de corta mato por equipas, uma equipa havia somado tantas conquistas! Um feito inédito, agora alcançado pelo atletismo do meu Sporting Clube de Portugal, que domingo passado, em Mira, sagrou-se Campeão Europeu no escalão de femininos e masculinos da especialidade. Duas conquistas que aumentam para 27 o número de títulos europeus amealhados pelo Enorme Sporting Clube de Portugal! É obra!



Esforço, Dedicação, Devoção e Glória…eis o Sporting Clube de Portugal!

Relativamente a toda a controvérsia originada pela última Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal, no momento que aconteceu, de todo, que não consigo enquadrá-la no “panorama atual”, pois estávamos a “viver” um dos melhores momentos, como Instituição Sporting Clube de Portugal. Senão vejamos:

– Estávamos na liderança do Campeonato Nacional (à condição);

– Ganhámos a Taça da Liga;

– Estamos nas Meias-Finais da Taça de Portugal;

– Estamos nos 16-avos da Liga Europa;

– Estamos na liderança em Futebol Feminino e na disputa da Taça de Portugal;

– Nos escalões de formação, estamos na disputa de todos os Títulos Nacionais;

– No Futsal estamos em 1° Lugar e na Final-Four da UEFA Futsal Cup;

– No Andebol estamos em 1° Lugar;

– No Voleibol estamos em 1° Lugar;

– No Ténis de Mesa estamos em 1° Lugar e nos quartos de Final da Liga dos Campeões;

– No Hóquei em Patins estamos em 2° Lugar (a um ponto da liderança) e na fase de Grupos da Liga dos Campeões;

– Conquistámos mais duas Taças dos Campeões Europeus em Atletismo;

– Em mais de 50 Modalidades que lutamos por títulos em todas elas;

– Inaugurámos o Pavilhão João Rocha, que tem das melhores condições existentes para a prática das Modalidades;

– Estamos com uma média de assistência no nosso Alvalade XXI de mais de 40 mil por jogo, numa “União de Aço”;

– Equilibrámos financeiramente e, inclusive, temos tido lucros nos últimos tempos;

– Temos a Sporting TV, onde transmitimos todo o nosso Historial e Grandiosidade!

Para muitos, tudo isto vale “bola” (é sempre mais fácil não se reconhecer o mérito dos outros) mas certamente para os Verdadeiros Sportinguistas, enche-nos de Orgulho fazer parte deste nosso Enorme Sporting Clube de Portugal!

Para mim, o todo será sempre maior que a soma das partes! Sem querer tirar mérito algum ao nosso Presidente, que muito tem feito para nos tornar muito mais fortes, mas “não há bela sem senão” e penso que não foi, de todo, o momento oportuno para voltar a querer sentir Confiança, Gratidão e Reconhecimento de todos os Sportinguistas, pois tudo isso foi-lhe dado na devida altura, na sua reeleição com 86% dos votos! (percentagem mais do que suficiente para ter de perceber a Confiança, Gratidão e Reconhecimento dos Sportinguistas!) Na realidade, o facto é que mesmo os bons Presidentes passam e os Grandiosos Clubes ficam, pois de insubstituíveis estão os cemitérios cheios!

Posto isto, jogou-se a 21ª jornada do campeonato Nacional, na Amoreira, (no meio de tanta inesperada instabilidade) perdemos a invencibilidade no campeonato nacional! Vitória justa do Estoril! Para mim, não foi de todo o “vento”, ou sequer a ausência do Gelson e Bas Dost (que não são, de todo, 50% da equipa, jogámos na mesma com 11!) que nos fez perder este jogo! Eu tinha dito, e continuo a dizer, que temos qualidade mais que suficiente (mesmo com ausências importantes, todas as equipas têm lesões ao longo da época) para jogarmos mais e melhor! Inequivocamente, temos de melhorar nesta fase, para no final da época sermos Campeões Nacionais!

Nas meias-finais da Taça de Portugal, perdemos 1-0, no estádio do FC Porto. Não é nenhum drama, pois até já houve melhorias no futebol praticado, e ainda falta a segunda mão no nosso estádio, e compete-nos mostrar que somos uma grande Equipa e que temos qualidade suficiente para “dar a volta” e nos apurarmos para a Final da Taça de Portugal!



O nosso Gil Vicente: já leva 12 jogos sem vencer! A sua pior série de sempre no segundo escalão nacional! Em todo o seu historial, o pior registo continua a ser na Época 2014/15, em que esteve 15 jogos seguidos sem vencer! Época essa em que acabou por descer de divisão!

O nosso Óquei de Barcelos: regressou às vitórias, vencendo 4-2 o Valença HC, e subindo ao 6° lugar!

A nossa Seleção Nacional de Futsal: deu “show de bola” nos quartos de final do Europeu, vencendo o Azerbaijão por 8-1!

Nas meias-finais defrontámos a Rússia (que procurava conseguir a sua quarta final consecutiva) mas, desta feita, num jogo extremamente equilibrado e com emoção até ao último segundo, vencemos por 3-2! Estamos, com todo o mérito, na Final! Agora é repetir a proeza do Futebol de 11! Somos Portugueses, somos “pequeninos”, mas talento não falta! Eu acredito: vamos voltar a ser Campeões Europeus, desta feita de Futsal! Força Portugal!!!

Desporto é Vida! Viva o Desporto com “Respect” e Fair-Play!

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

“La remontada”

Fevereiro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

Pois é, meus amigos! Quando tudo apontava para mais um desgosto desairoso do nosso Glorioso, eis que surge a surpresa. Depois de uma primeira parte praticamente dominada pelo Rio Ave, eis que surge a remontada do Glorioso. Na verdade, nada o fazia prever, atendendo ao futebol praticado por ambas as equipas no decorrer da primeira parte. Os vila-condenses apresentaram-se com um futebol muito pragmático e, simultaneamente, muito atrativo, com Geraldes a revelar-se o coração da equipa.



Porém, após o intervalo, o Benfica surge com outra atitude e começa a reviravolta do marcador. Após o 1-1, o Rio Ave ainda tentou reagir, sendo que na verdade foi o nosso Benfica quem acabou por chegar ao 2-1. O Rio Ave ainda esboça um laivo de reação mas o 3-1 extermina animicamente a equipa verde-branca. Os 4º e 5º golos do Benfica surgem com alguma naturalidade, dada a quebra registada no adversário. Um resultado simpático para o Glorioso, mas de certa forma “pesado” para o adversário, atendendo sobretudo ao futebol praticado na primeira parte.

Dito isto, resta ver se o SLB vai saber aproveitar o embalo de ter conquistado o segundo lugar e se catapulta definitivamente para a conquista do propalado “penta”.

Agora, mais do que nunca, quero ser penta!

E viva o Benfica!

Por: Hugo Pinto*.

Começo a sorrir mais um pouco!

Fevereiro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, malta da “redondinha”!

Já começo a sorrir mais um pouco depois da final four da Taça da Liga e do empate em Moreira de Cónegos! O meu clube deu uma excelente resposta a este período menos bom, com duas vitórias: uma sobre o “Benfica do Minho” (risos) e outra sobre o Sporting!



Contra o Braga, fizemos um grande exibição e nem um “salvador” lhes valeu! Três “batatas” de cabeça e um “melão” no fim do jogo para a malta que vive aqui perto de nós!

Passados poucos dias e poucas horas de descanso, mais um jogo importante: meia final da Taça. Mais um jogo sem sofrer golos contra o Sporting e, mais uma vez, valeu-lhes o poste “São Patrício”, senão também vinham com um “saco de batatas”! A vantagem é curta mas é sempre uma vantagem. Nem os 3 centrais de Jesus lhes deu para empatar! O Porto tem, de facto, um coletivo forte e jogadores com muita crença. Só isso mesmo para superar o desgaste destes Dragões!

Vem aí uma fase complicada, com a Liga dos Campeões e jogos difíceis para o campeonato! Vamos unir-nos no apoio a esta equipa, que tem sido inexcedível e competente! Estamos em primeiro, com menos meio jogo, e em todas as competições! Gostava mesmo de voltar a festejar um título de Campeão Nacional! Se não for o Porto, que seja o Sporting (mais sincero não consigo ser). Se o “Benfas” for campeão, vou ver filmes durante duas semanas seguidas! É que os canais portugueses não vão passar outra coisa e até enjoa!

Força Porto! Contra tudo e todos!

Como está a decorrer a operação Lex?? Tudo controlado???

Abraço a todos e até para a semana!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Natação dos Amigos da Montanha obtém dois recordes pessoais no Torneio do Sporting de Braga

Fevereiro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de formação de natação Amigos da Montanha/Becri participou, no dia 27 de janeiro, no 20º Torneio do Sporting Clube de Braga, onde se fez representar por três atletas cadetes, treinados por José Capelo.



De destacar a obtenção de dois recordes pessoais, em 5 provas nadadas.

Nuno Coelho representa Seleção Regional

Também no dia 27, Nuno Coelho, juvenil A, participou na Taça Vale do Tejo em representação da seleção regional da Associação de Natação do Minho, nadando os 100 costas (5º lugar), os 200 estilos (8º lugar) e fez parte das estafetas de 4×100 livres e 4×100 estilos.

Fonte: AM.

Foto: SCB.

Amigos da Montanha são vice-campeões regionais de lançamentos

Fevereiro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de formação de atletismo dos Amigos da Montanha/E.Leclerc de Barcelos participou, no dia 3 de fevereiro, no Campeonato Regional de Lançamentos e alcançou a segunda posição por equipas.


A competição, que decorreu em Guimarães, na pista Gémeos Castro, atribuiu à equipa 120 pontos, amealhados em todos os lançamentos, de ambos os géneros, em todos os escalões.

Em destaque estiveram Francisca Veiga, que revalidou os títulos de campeã regional de iniciados no disco e no dardo; Carolina Rodrigues que, em infantis, alcançou o ouro no peso e no disco, o júnior Nuno Mota que venceu no dardo, assim como o iniciado Diogo Azevedo na mesma disciplina.

 

Francisca Veiga (ao centro)

 

Um total de 6 campeões regionais e 13 pódios dos quais ainda merecem relevância a prata de Beatriz Almeida no martelo e de Pedro Sá no dardo e no peso.

 

Nuno Mota



Fonte e fotos: AM.

Capítulo 9 – Diabetes: como diagnosticar? (Parte 3)

Fevereiro 7, 2018 em Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora
Sara Barbosa

Relativamente ao diagnóstico da Diabetes existem várias formas de o fazer. Este pode ser efetuado aquando o aparecimento de sintomas clássicos como poliúria (muita urina), polidipsia (muita sede) e perda de peso inexplicável e um só valor de glicemia ocasional superior a 200mg/dl, a qualquer hora do dia.



Outra forma, e a mais fácil, é a determinação da glicemia em jejum, sendo que jejum consiste na ingestão energética nula há pelo menos 8 horas. Se a glicemia ou glicose plasmática em jejum for superior a 126mg/dl em duas determinações diferentes, o diagnóstico é positivo.

Para valores de glicemia em jejum superiores a 110mg/dl o diagnóstico é incerto e recomenda-se fazer uma Prova de Tolerância à Glicose Oral (PTGO). Esta prova consiste na ingestão de 75g de glicose e é realizada conforme recomendações da OMS (em jejum, podendo beber água e durante os 3 dias precedentes fazer uma alimentação normal, nomeadamente em hidratos de carbono). Neste caso, o diagnóstico de Diabetes é positivo se PTGO com glicemia às 2 horas for superior a 200mg/dl.

Para um bom controlo glicémico é recomendado o exame de hemoglobina glicosilada (A1C), uma vez que este apresenta o grau de controlo de um determinado período de tempo e não apenas de um único momento, como a glicemia em jejum e a capilar. A1C dá-nos o estado do controlo do doente nos últimos 3 meses.

Em caso de presença de Diabetes em crianças, grávidas e idosos, estes necessitam de cuidados especiais. De modo generalizado, a modificação do estilo de vida baseada na adoção de hábitos alimentares saudáveis e no exercício físico regular é fundamental.

Para concluir, indivíduos diabéticos devem vigiar os seus níveis de glicemia e os de pressão arterial, de modo a mantê-los o mais próximo possível dos valores normais, vigiar o seu perfil lipídico, de forma a diminuir o risco de doença vascular, e também devem garantir as suas necessidades nutricionais.

Na quarta parte deste capítulo irei falar sobre a contagem de hidratos de carbono.

Por: Sara Barbosa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Ténis de Mesa: equipa “A” da Casa do Povo de Alvito tem fim de semana 100% vitorioso

Fevereiro 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No fim de semana passado, a equipa “A” da Casa do Povo de Alvito teve um fim de semana 100% vitorioso, ao vencer a equipa de Vitória de Guimarães, por 3-2, e a do Lourosa por 4-0, em jogos a contar para o Campeonato Nacional de Equipas – 2ª Divisão de Honra.



Campeonato Nacional de Equipas – 2ª Divisão

Já a equipa “B” teve uma jornada dupla, este fim-de-semana, e arrecadou uma vitória frente à equipa do Vitória de Guimarães “B”, por 4-0, e uma derrota frente à forte equipa do Guilhabreu, por 4-2.

Fonte e foto: TM-CPA.

Ir Para Cima