Arquivo de Categorias

Mundo - page 2

Basquete de Barcelos com fim de semana “quase” pleno de vitórias

Janeiro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, as equipas seniores e de formação do Basquete Clube de Barcelos (BCB) voltaram à competição e entraram em 2019 com quase um pleno de vitórias. Aliás, os jogos disputados no domingo terminaram todos com vitórias para os barcelenses.



No sábado, apenas os seniores disputaram os seus jogos, com sortes diferentes no marcador final. As Seniores Femininas receberam e levaram de vencida o BC Vila Real, por pujantes 80-40. Já os Masculinos, também em casa, não conseguiram levar de vencida o seu adversário, o forte e histórico Sangalhos, saindo derrotados por 62-75. Esta foi, aliás, a única derrota do BCB no passado fim de semana.

Domingo, chegou o pleno de vitórias, sendo 4 dos Sub-10 e 1 dos Sub-12. Estes últimos venceram o FAC Famalicão, por 45-34. Já os Sub-10 levaram de vencida o Vitória de Guimarães (41-24), o BC Vieira do Minho (20-0), o Maria da Fonte (39-32) e o Ribeirão (46-18).

Imagem: BCB.

ACR Roriz com final de ano recheado de pódios em ciclocrosse

Janeiro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Decorreu, no passado 30 de dezembro, a 4ª Prova da Superliga de Ciclocrosse da Associação de Ciclismo do Porto. O palco escolhido foi o Parque Urbano Sara Moreira, em Santo Tirso, local com excelentes condições para a prática do Ciclocrosse.



No escalão de Juvenis, destaca-se a vitória de João Martins e o 3° lugar do Gabriel Baptista.

Diogo Miranda (5°), Dinis Saleiro (6°) e Rodrigo Rodrigues (8°) fizeram a sua iniciação nesta vertente de inverno do ciclismo, alcançando excelentes resultados.

No escalão de Juniores, o destaque vai para Lucas Braga que conquistou o 2º lugar da tabela classificativa.

Em Cadetes, realça-se a participação de Luís Lobo (6º), de Diogo Carreiras (7º) e de João Serre, que terminou no 11° lugar.

Em prova esteve, também, José Ribeiro que fechou no 5° lugar em Master 40.

A 5ª e última prova desta competição disputa-se no dia 26 de janeiro em Paços de Ferreira.

Fotos: DR.

 

18 seguidas!

Janeiro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Vítor Sá Pereira

Olá, leitores!

Renovo os votos de um excelente 2019 para todos, repleto de saúde e sucessos. Espero, também, que tenham entrado em 2019 com o pé direito tal como o FCP.



São 18 vitórias seguidas! Será que Pinto da Costa aguenta 18 ou 19 seguidas???…LOL…

Começámos o ano com uma vitória nas Aves. Um jogo em que o FCP, na primeira parte, foi um autêntico “rolo compressor”! Além do golo marcado, dois foram anulados pelo VAR e outros 2 pelo guarda-redes do Aves, de uma forma brilhante. Apesar da “choradeira” do Benfica, o golo do Porto é limpo. Soares não tem ação direta e o corte foi feito pelo central. Mas pronto, ninguém para a “choradeira”. Na segunda parte, caímos fisicamente devido à intensidade do primeiro tempo e as pernas falharam, mas lá conseguimos vencer e anular o Aves.

Dias depois, voltámos a vencer o Nacional de uma forma clara. Eu sei que os adeptos exigem melhores exibições, mas o calendário é apertado e o importante é vencer. Penso, também, que foi o primeiro jogo do Porto sem choro alheio.

É importante a recuperação física dos nossos atletas. O mês de janeiro vai ser duro e no sábado temos um clássico contra um Sporting que não está bem, mas que é um candidato e uma grande equipa. Os Leões estão muito dependentes de Bas Dost e quando o holandês não joga, a equipa ressente-se. Se o Porto vencer o Sporting, meio campeonato está ganho; se não vencer, cá estaremos a apoiar para novas 18 vitórias consecutivas!!

Com que então o “papagaio da voz grossa” (Rui Vitória) foi despedido pela “águia Vitória”???… Então o Sr. LFV não tinha tido uma luz, dizendo que era o homem certo no lugar certo????…Já não percebo nada!!!…

Quero dar as boas-vindas ao Pepe e agradecer-lhe a vontade de voltar ao FCP quando, certamente, tinha propostas “galácticas”.

Que 2019 seja o ano da nossa reconquista. Rumo ao bi!

Felicidades, também, para o Gil Vicente e Óquei de Barcelos.

Feliz 2019!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Voltaram as oscilações exibicionais

Janeiro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Ricardo Moreira

Bem-haja, caros leitores do BnH.

Na 15ª jornada do Campeonato Nacional, recebemos e vencemos, por 2-1, o Belenenses SAD, que era, até este jogo, uma equipa sem derrotas fora de casa e a segunda menos batida do campeonato. Deu-nos uma boa réplica, mas o nosso triunfo pareceu-me incontestável. Os 3 pontos ficaram, com justiça, em Alvalade.



Já na jornada seguinte, na 16ª, deslocamo-nos a Tondela e perdemos por 2-1.

Voltei a não gostar da exibição da nossa equipa.

O nosso golo solitário resultou de uma jogada às “três pancadas” já no minuto 76, quando jogávamos contra dez desde os 51′, por expulsão de um defesa da equipa beirã.

A superioridade numérica de pouco ou nada nos valeu. Grande parte do segundo tempo decorreu com a equipa desorganizada, sem finalizadores de classe (não temos no plantel um verdadeiro substituto a Bas Dost).

Pela primeira vez, não gostei de Keizer. Acho que não estudou o adversário devidamente.

Terminámos a partida com dois centrais como pontas-de-lança?!?!

O caudal ofensivo nunca se traduziu em qualidade de passe ou decisões corretas no momento de rematar à baliza. Foi mais um autêntico “chuveirinho”, a ver no que dava. Não deu em nada! É pouco, muito pouco, para quem quer algo mais do que se classificar para a Liga Europa.

Depois de um início fulgurante, com Keizer ao leme, as exibições começam novamente a oscilar demasiado e, principalmente nos dois últimos jogos fora, as exibições foram demasiado fracas, sem dúvida alguma! Assim se foram 6 pontos num ápice.

O plantel é curto, a qualidade é restrita e o cansaço parece-me evidente demais, para continuarmos na “luta” pelo título.

Já estamos a 8 pontos da liderança e já jogamos o clássico como se de uma final se tratasse, pois só a vitória nos pode fazer reentrar na disputa pelo título.

Espero, sinceramente, que a reabertura de mercado dê, pelo menos, para equilibrarmos o plantel, pois senão parece-me, de todo, que será uma época para lutarmos, apenas e só, por um lugar na Liga Europa.

Desporto é Vida! Vive o Desporto com “Respect” e “Fair-Play“.

Por: Ricardo Moreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

 

Como água do vinho

Janeiro 11, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Hugo Pinto

Ano novo, vida nova. Mas esteve por pouco para continuar a ser a “velha vida”.



Todos perceberam que eu já não suportava, nem mais um segundo, o futebol enfadonho do Rui Vitória. Depois, comecei a embirrar também com o Rui Vitória, sobretudo agora mais no final. E eis quando me preparava para começar a embirrar com o Vieira, acontece o inevitável: Rui Vitória na RUA!!

A embirração com o Vieira passava apenas pelo facto de manter RV a todo o custo, quando era clarividente que já não havia as menores condições para tal.

Já o Rui Vitória, era de uma mediocridade insuportável. No empate para a Taça, aquela desculpa “natalícia” de que os jogadores estavam descentrados e que se fosse preciso ganhar, teriam ganho, deu-me a volta ao bolo-rei. No Benfica só se joga para ganhar. Se ele não sabe isso, nunca deveria sequer ter sido contratado.

O jogo com o Portimonense parece ter sido, finalmente, a gota de água. Ainda bem que os desgraçados dos centrais cometeram dois erros infelizes. Se esse é o preço de ver o RV na RUA, por mim, foi barato. O jogo em si, estava a ser tão mau como qualquer outro dos anteriores. Mas, não o parecendo, os nossos azares foram a nossa sorte.

Prova provadíssima de que quase tudo aquilo que escrevi até hoje estava, mais ou menos, certo, foi o último jogo, contra o Rio Ave. O SLB apresenta-se num 4-4-2, com Seferovic mais fixo e o João “miúdo-maravilha” Félix mais solto, nas costas do ponta de lança. Dois extremos e dois homens a fazer jogo no meio campo. Resultado: 4-2. Mesmo quando estávamos a perder por 0-2, pelo futebol que então jogava, eu acreditei que iríamos ganhar aquele jogo. E disse, a quem estava comigo a ver o jogo e é testemunha, “hoje vamos ganhar por 5-2 ou 6-2”. Errei. Por um. Ganhámos com 4 golos. Bom futebol, muitos lances de ataque e… golos. Porque, pura e simplesmente, tínhamos homens na área. Muitos. E, repito e repetirei sempre: no futebol a melhor defesa é o ataque. Simplesmente, se estamos a atacar, obrigamos os outros a defender. Simples como 2+2=4. E mesmo correndo o risco de sofrer 2 golos, habilitámo-nos a marcar 4. E o meu povo gosta. E há espetáculos e sem Rui, há vitória.

A manutenção do treinador até final da época, parece-me bem. Gostei do que vi. Gostei do arrojo, do atrevimento. Como escreveria Virgílio: “Fortuna audaces juvat” (a sorte favorece os audazes). E só para deixar água na boca, houve um interino, há uns anos, que estava provisório, foi ficando, e ficando, e hoje é um dos melhores de sempre (se não, o melhor). De seu nome, Josep Guardiola.

E viva o Benfica. Et pluribus unum.

Por: Hugo Pinto*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

ACR Roriz com 4 vitórias na Taça de Portugal de Pista

Janeiro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado sábado, dia 5 de janeiro, a equipa da ACR RORIZ SEISSA | KTM – BIKESEVEN | MATIAS&ARAÚJO | FRULACT entrou em 2019 com o pé direito, no Velódromo Nacional de Sangalhos, com os atletas de Cadetes e Juniores a saírem vitoriosos das 4 provas que disputaram.



No percurso de 500 metros, no escalão de Cadetes, os irmãos Saleiro conquistaram os lugares cimeiros da tabela. Diogo Saleiro obteve o 1º lugar e Sérgio Saleiro o 2º lugar. O seu colega de equipa, Diogo Carreiras, cortou a meta no 15º lugar.

Ainda no escalão de Cadetes, mas desta vez na corrida por pontos, a ordem da classificação dos gémeos Saleiro inverteu-se. Desta vez, foi Sérgio Saleiro a subir ao topo da tabela conquistando o 1º lugar. Diogo Saleiro não ficou em 2º, mas conquistou um lugar de pódio, no caso, o 3º. Diogo Carreiras foi, novamente, 15º.

No escalão de Juniores, na Corrida de Eliminação, Pedro Silva conquistou o pódio, com o seu 1º lugar, e Daniel Dias fechou o mesmo, com o seu 3º lugar. Flávio Fernandes completou a prova no 12º posto.

Na Corrida por Pontos, no escalão de Juniores, Daniel Dias e Flávio Fernandes “vingaram-se” dos seus 3º e 12º lugar na Corrida de Eliminação, respetivamente, e terminaram esta prova de Pontos no 1º e 2º lugar, também respetivamente. Pedro Silva cortou a meta no 9º lugar.

A próxima prova da Taça de Portugal de Pista realiza-se dia 19 de janeiro.

Fotos: DR.

Fragoso recebe nova recolha de sangue e medula óssea

Janeiro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Barcelos Solidário – Benemérita Associação Humanitária dos Dadores de Sangue do Concelho de Barcelos, realiza uma recolha de sangue e de medula óssea em Fragoso.



A mesma terá lugar no dia 14 de janeiro, entre as 15h00 e as 19h00, no Centro Paroquial de Fragoso, tendo o apoio da Junta de Freguesia de Fragoso, da Paróquia, do Centro Social e Paroquial de Fragoso, do Agrupamento de Escuteiros e do Instituto Português do Sangue e da Transplantação.

Imagem: BS.

Festa em Honra de São Sebastião em Manhente

Janeiro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O fim de semana de 19 e 20 de janeiro, com a noite de dia 18, traz a Manhente mais uma festa em honra de São Sebastião, com um grande cartaz.



Dia 18, sexta-feira, pelas 19h15, reza-se uma novena, seguida de procissão de velas. Pelas 22h00, atuam as Guitarras de Manhente.

No dia seguinte, pelas 19h15, celebra-se a missa solene. Pelas 22h00, atua o grupo 4 Mens.

Domingo, celebra-se eucaristia pelas 10h15. Ao início da tarde, entra a Fanfarra dos Bombeiros Portuenses, seguida da Banda Musical de Oliveira. Pelas 15h00, iniciam os atos religiosos. Findos os atos, por volta das 17h00, inicia o espetáculo de Zé Amaro.

Gil Vicente goleia Pedras Salgadas por 4-0

Janeiro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Domingo, Dia de Reis, o relvado do Estádio Cidade de Barcelos foi palco de mais um jogo da 16ª jornada da Série A do Campeonato de Portugal, opondo o Gil Vicente FC ao Pedras Salgadas, que ainda há bem pouco tempo era uma espécie de satélite do Chaves. O resultado final ditou uma goleada para os gilistas, por 4-0.



Sob arbitragem de Leonardo Marques, as equipas alinharam da seguinte forma:

Gil Vicente FC: Wellington, Henrique Brito, Pedro Araújo, Bruno Morais, Edwin Vente, James Arthur (Diogo Ramalho, 75’), Juan Villa, Ahmed Isaiah, Joãozinho, Silas (Rui Gomes, 65’) e Tanko (Fábio Costa, 83’). No banco ficaram Espíndola, Tiago Araújo, Júnior e Nuno Pereira.

Pedras Rubras: Pedro Freitas, Miguel Carreira, Rafa, Lamine Ba, Luís Vaz, Pedro Silva (Rui Silva, 55’), Edson Pires, Rui Faria, Lenno, Miguel Teixeira (Miguel Lima, 65’) e Ricardo Lousada (Alex Machado, 55’). No banco ficaram Rui Capela, Zé Lopes, Rui Jorge e Mateus Pires.

Os golos foram todos “estrangeiros”. O primeiro foi apontado pelo nigeriano Ahmed Isaiah, aos 24 minutos. Seis minutos depois, o guineense Lamine Ba apontou um autogolo, fazendo o resultado ao intervalo: 2-0.

Na segunda parte, aos 53 minutos, foi a vez do colombiano Juan Villa fazer o 3-0 e, finalmente, aos 63 minutos, o nigeriano Tanko fechou as contas em 4-0.

Segue-se a visita ao Limianos, no próximo fim de semana.

Foto: GVFC.

 

Augusto Costa (M45), dos Amigos da Montanha, vence II Corrida dos Reis da Póvoa de Varzim

Janeiro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A II Corrida dos Reis da Póvoa de Varzim realizou-se no passado sábado, dia 05 de janeiro, contando com a participação de centenas de atletas.



Augusto Costa, dos Amigos da Montanha, esteve em destaque, ao vencer o escalão de M45, com um tempo de 26m17s, ficando em 13º na geral.

Foto: Matias Novo/DR.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima