Arquivo de Categorias

Mundo - page 3

“Friends Holi Color” a 22 de setembro na Zona Ribeirinha de Barcelos

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Zona Ribeirinha de Barcelos será o palco da “Friends Holi Color”, que se realiza no próximo dia 22 de setembro, entre as 15h00 e as 20h00, com entrada gratuita.



Serão vários os eventos a decorrer ao longo do dia, desde duas mega-aulas de zumba e uma festa espuma, para além de muita música.

A música ficará a cargo de Viktor Soul, The Funk & Beats, Joana Best e Marcus. Já a zumba será dinamizada por Martinha, Luciana Silva, Ana Vilas Boas, Adriana Araújo e Vítor Novais, Judite Oliveira, Zezé Sousa, Lisandra Vieira, Nuno Gonçalves, Marlene Dias, César Martins, Helena Marques, Ana Isabel, Ana Zamora, Vasco Fernandes, Bruna Perestrelo, Ricky Andrade, Hector Johny, Márcia Fernandes, Jonas PM e Richard Brook e Bony Cassama.

Este evento está integrado na Semana Europeia da Mobilidade, que se realiza entre 16 e 22 de setembro.

Imagem: DR.

Barcelenses Inspiradores: João Henrique Correia

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Entrevistas, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

A semana passada apresentámos a investigadora Cátia Cardoso. Esta semana será a vez de conhecermos João Henrique Correia, o conhecido músico barcelense. Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt.



João Henrique Correia, também conhecido como Art Breaker, tem 29 anos e nasceu em Barcelos. Técnico de Planeamento de profissão e apaixonado pela música. Já foi atleta sénior do Basquete Clube de Barcelos e, na música, trabalhou com alguns dos nomes mais altos do Rap em Portugal, tendo já pisado os maiores palcos da música portuguesa.



Quem és tu? Conta-nos quem és apenas como tu te conheces.

Nascido a 12 de fevereiro de 1990, um jovem que sempre teve objetivos claros onde quer que passou e por onde a vida me levou, tanto no desporto, como na música. Sou uma pessoa descontraída, apaixonada pela vida, solidário com quem realmente necessita, entre muitas outras virtudes e, claro, defeitos.

O que fazes é uma extensão de quem és?

Concordo. Tudo que nos acontece na vida vem sempre com um propósito! Em 2005, o meu avô faleceu e nunca consegui seguir em frente, sentindo sempre a ausência dele, levando comigo para todo o lado. No pensamento, no nome, no rosto, no coração e até em duas tatuagens. Em 2012, a vida também me pôs à prova para saber se era de “matéria forte”: dois dias depois de ter doado medula óssea, a 15 de dezembro, é-me diagnosticada uma doença autoimune no sistema neurológico, chamada esclerose múltipla. Muitas vezes me perguntam se tenho dores, se consigo viver com ela e até como lido com ela. Que remédio tenho eu que lidar bem com ela, não é? Já se tornou parte da família. 

De que forma impactas a vida do próximo?

Desde muito jovem, olhava sempre para os mais velhos como exemplos a seguir. Olhava para o meu avô materno, que veio de famílias humildes e o pai falecendo muito novo, teve que lutar pelos seus sonhos, construindo uma carreira de sucesso, profissionalmente, e uma família de valores com mulher e duas filhas, ou até mesmo o meu pai, um jovem que com 18 anos se manda para Beja, para a Força Aérea, e hoje em dia é uma das pessoas mais influentes da justiça nacional, tendo já sido aclamado de “Cristiano Ronaldo da Anticorrupção” pelo Correio da Manhã. Não poderia ter melhores valores, não é? Levei os valores que ambos me ensinaram para todo o lado, tanto no desporto, enquanto atleta do Basquete Clube de Barcelos, como na música, como sendo o “Art Breaker”. Cruzei-me com grandes jogadores, muitos deles eram meus ídolos quando mais jovem, mas mantive sempre a humildade que me ensinaram. Assim como na estrada, nos concertos com os mais diversos artistas! Desde Sam The Kid, Dealema, Richie Campbell, Valete, entre muitos, muitos outros. Foi uma caminhada muito bonita enquanto durou…

Se pudesses ter a atenção do mundo durante 5 minutos, o que dirias ou farias?

Dizia para aproveitarem a vida ao máximo, cada minuto, cada segundo, da melhor maneira! Arrependo-me de bastante coisa no meu passado, de coisas que não fiz, de coisas que não disse e a quem não disse! Apercebi-me disso aquando do diagnóstico da minha doença. Encontrei muitos “amigos”, que em vez de me ajudar, deitavam-me abaixo. Patrões que não souberam lidar com a minha doença, nem tão pouco saber entendê-la…a esclerose múltipla nunca foi, nem é, nem nunca será, um problema para mim. Mudar, mudaria a mentalidade das pessoas!

Ao longo da tua vida, quem foram algumas das pessoas que mais te influenciaram?

Na minha família, o meu avô materno e o meu pai. E para quem me conhece bem, o amor da minha vida…a minha avó materna! Na música, a vida fez-me juntar, tanto profissionalmente, como na amizade, três grandes pessoas: Fuse, dos Dealema; Zulu, dos Quartel 469; e o DJ Flip, também dos Quartel 469! O Nuno (ou Fuse, como preferirem), é como se fosse um irmão mais velho! Tive o prazer de ter trabalhado e acompanhado na sua “Caixa de Pandora”! O Zulu é, basicamente, como se fosse o meu “Guru”, tanto no Rap, como na vida do dia a dia, tendo sempre bons conselhos e palavras que irei levar para toda a vida! O Flip, como um irmão! Um grande DJ, um grande fotógrafo, mas acima de tudo, um coração do tamanho do universo!

Atualmente, que figuras de influência tomas como exemplo?

Atualmente, tenho como figura a minha avó! Uma mulher com 79 anos que já percorreu meio mundo e nunca pára! Desde Rússia aos Estados Unidos, passando pela Índia, Síria, Israel, entre muitos outros países pelo mundo fora. É um exemplo para os mais novos e deixa aquele sentimento de “quando for mais velho quero ser como ela…”

Diz-nos um barcelense que te inspire e porquê.

Hugo Vieira! Não tenho dúvidas disso! Um jovem de uma família humilde, vindo de Galegos, que já passou por muito, mas tem sempre aquele sorriso na cara que o caracteriza! Já tive o prazer de me cruzar e de estar algumas vezes com ele, e reparar que tem um coração tão, mas tão grande, que não há como descrever!

Como gostarias de ser recordado?

Como um gajo porreiro! Não pedia mais que isso…

Por: Sandra Santos (Poeta e Tradutora) e Iara Brito (Criminóloga)*.

(* A redação do artigo é única e exclusivamente da responsabilidade das autoras)

Festa de S. Mateus e S. Sebastião em Grimancelos

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A paróquia de Grimancelos realiza a festa em honra de São Mateus e São Sebastião, entre 20 e 22 de setembro.



No primeiro dia, 20 de setembro, pelas 21h30, atua o grupo Teixeira & Amigos. No dia seguinte, pelas 8h00, entra o Grupo de Zés Pereiras de Fragoso. Ao final da tarde, pelas 18h30, celebra-se a missa vespertina. Pelas 22h00, atua Manuel Campos e sua Banda. Após o fogo de artifício (se permitido) e a meia noite, sobe a palco o renomado humorista Fernando Rocha.

Domingo, dia 22 de setembro, pelas 10h00, celebra-se missa cantada pelo Grupo Coral de São Mateus, com sermão em honra do mesmo. Pelas 14h00, entra o Grupo de Zés Pereiras de Antas (Esposende) para, cerca de hora e meia depois, iniciarem os atos religiosos. Pelas 17h00, inicia o espetáculo do grupo Toka & Dança, após o qual, encerram as festividades.

Imagem: DR.

Desafio Vertical do Grande Trail da Serra d’Arga cancelado

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A organização do Grande Trail da Serra d’Arga, a barcelense Carlos Sá Nature Events, informa que o Desafio Vertical da prova, a realizar amanhã – 14 de setembro – foi cancelado devido ao Estado de Alerta decretado para todo o país até às 24h00 de sábado.



De acordo com a empresa, apenas hoje, dia anterior, é que a organização foi informada pelas entidades competentes (Proteção Civil, GNR e ICNF) de que não tinha permissão para realizar o Desafio Vertical.

De igual forma, ficou cancelada a apresentação oficial do evento, que estava agendada para o mesmo dia, na Junta de Freguesia de Montaria, pelas 12h00.

No entanto, toda a programação para os dias 21 e 22 de setembro mantém-se conforme previsto, para a qual a organização reitera “o convite para estarem presentes”.

Imagem: CSNE.

Primeira sessão de certificação do Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira aberta à comunidade

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos promove, no dia 17 de setembro, às 11h00, a primeira sessão de certificação do Bordado de Crivo de São Miguel da Carreira, numa cerimónia que terá lugar na sala multimédia do Posto de Turismo de Barcelos.



Nesta sessão, aberta à comunidade, serão certificadas as primeiras peças desta produção singular do contexto criativo do concelho de Barcelos e iniciada mais uma etapa que tem por finalidade “a valorização deste produto, a sua afirmação e dinamização económica, bem como a sua proteção e diferenciação como produção de excelência”.

“O Município espera, com esta ação simbólica, dar sequência ao processo iniciado em 2017 e que recolheu parecer positivo da Comissão Consultiva para a Certificação das Produções Artesanais Tradicionais (CCCPAT), órgão criado no âmbito do Decreto-Lei n.º 121/2015, de 30 de junho de 2018, e criar uma nova dinâmica na produção, considerada por muitos uma das mais singulares do contexto da artes e ofícios deste cluster em Portugal e, ainda, acrescentar-lhe valor de forma a que a mesma desperte o interesse dos jovens para as oportunidades de emprego que esta pode proporcionar em diversos patamares, como a comercialização em segmentos de procura médios alto e naturalmente ao nível do turismo criativo. De igual modo, espera-se que esta ação seja um élan para que os territórios barcelenses onde existem pessoas com saber-fazer neste domínio o estruturem e o coloquem ao dispor da comunidade e da comercialização, fortalecendo esta produção singular”, refere em nota.

O Bordado de Crivo de S. Miguel da Carreira já está inscrito no Registo Nacional de Produções Certificadas desde 29 de junho do ano passado, após a aprovação do caderno de especificações.

No passado dia 23 de janeiro, o Município e a ADERE – Certifica assinaram um acordo de colaboração para a concessão da certificação do bordado de crivo de S. Miguel da Carreira, tornando-se Barcelos o primeiro concelho do país com três produções artesanais certificadas.

Fonte e foto: CMB.

Barcelense “Quinoa Portuguesa” entre os 4 finalistas do Prémio Intermarché 2019

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Produção agrícola distinguida na área de Produção Primária

A empresa agrícola Quinoa Portuguesa, sediada em Barcelos, e com produção exclusiva neste concelho, está entre os quatro finalistas do Prémio Intermarché Produção Nacional 2019, na área de Produção Primária.



Este projeto surgiu do sonho de quatro amigos, que pretendiam produzir, em Portugal, um dos alimentos com maior valor nutricional, considerado, mesmo, como um dos alimentos mais completos em nutrientes pela Academia de Ciências dos Estados Unidos da América e pela Organização das Nações Unidas.

Depois de várias tentativas que não correram bem, o grupo de amigos encontrou em Barcelos as condições ideais para a primeira produção de quinoa, como, aliás, já foi sobejamente divulgado por vários meios de comunicação social, e não só.

“A Quinoa Portuguesa é um produto 100% natural não adulterado, não contendo qualquer processo extra que adultere o produto original”, refere a empresa barcelense, sendo o seu principal objetivo “proporcionar ao consumidor um produto nacional, com excelente valor nutricional, a um valor mais acessível, contribuindo para um estilo de vida mais saudável”.

Sobre esta distinção, Filipe Figueiredo, uma das faces do projeto, salienta que “é um momento de alegria extrema, pelo reconhecimento dado na categoria de Produção Primária do Prémio Intermarché”, sendo, igualmente, “um momento de afirmação de um projeto inovador de produção de Quinoa em Portugal e, principalmente, no nosso empreendedor concelho de Barcelos, que fica, agora, ‘debaixo dos holofotes’ pela inovação agrícola e pelo empreendedorismo de três jovens”.

Na ótica deste empreendedor de Barcelos, a presença deste projeto agrícola em destaque neste reconhecido Prémio nacional, “é uma valorização concelhia e, acima de tudo, do Produto português, da sustentabilidade e da redução da pegada ecológica, tão importante para todos nós”.

Já o Prémio Intermarché Produção Nacional tem o objetivo de “valorizar e promover a produção nacional e sensibilizar a sociedade para a importância do Sector Primário português” e, ao mesmo tempo, “reconhecer e premiar os melhores projetos de produção sustentável, inovadora e tradicional, alinhando-se, desse modo, com o movimento de valorização nacional deste sector”.

A presença da Quinoa Portuguesa entre os 4 finalistas deste prémio, na área da Produção Primária, será alvo, inclusivamente, de reportagem da revista do jornal Expresso, a sair já amanhã.

Para se adquirir este excelente alimento, pode-se aceder à loja online (basta clicar no link e acede automaticamente), através de https://www.quinoaportuguesa.com/lojaonline.

Em lojas físicas, se aceder a https://www.quinoaportuguesa.com/minhoedourolitoral poderá ficar a conhecer locais onde pode adquirir Quinoa Portuguesa na zona de Barcelos e Minho.

Fotos: QPT.

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior presente no “Welcome IPCA”

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

3ª Edição do Programa decorre de 16 a 19 de setembro

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) promove, em colaboração com a sua Associação, entre 16 e 19 de setembro, a 3ª edição do “Welcome IPCA”, que contará com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Este programa de receção aos novos estudantes do IPCA tem como objetivo “integrar os estudantes recém-chegados dos cursos de licenciatura e dos cursos técnicos superiores profissionais no seu novo ambiente académico e dar-lhes a conhecer a cidade de Barcelos”.

O programa prevê a realização de atividades de índole académica, pedagógica, cultural e recreativa. Através das atividades, os novos estudantes, vão ser apresentados à Instituição e “desafiados” a participar ativamente nas diversas dimensões do contexto académico, potenciando-se os momentos de partilha com os seus novos colegas e com os estudantes mais antigos, que também vão ser convidados a participar, sempre numa perspetiva de integração.

O primeiro dia fica marcado pela apresentação institucional do IPCA aos novos estudantes do curso de licenciatura que vão ser recebidos pela Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, pela Provedora do Estudante, Irene Portela, e pelo Presidente da Associação Académica do IPCA, João Pereira. Nesse dia, os estudantes vão ter, ainda, a oportunidade de passear pela cidade de Barcelos, com paragem nos principais pontos de interesse. Esta visita é especialmente útil para os estudantes deslocados, sendo, em muitos casos, o seu primeiro contacto com esta cidade.

No dia 18, os estudantes dos cursos técnicos superiores profissionais vão ser recebidos pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, pela Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, e pelo Presidente da Associação Académica do IPCA, João Pereira. De referir que, apesar de constar na imagem que se segue que esta cerimónia iniciaria pelas 15h00, esta foi adiada para as 16h00. Os novos estudantes, que frequentam estes cursos nos Polos de Braga, Guimarães e Famalicão, irão deslocar-se ao Campus do IPCA para participar nas atividades desse dia.

Do programa, destaque, ainda, para o Arraial Académico, a decorre ainda no dia 18, pelas 17h30, em frente ao Edifício da Cantina, que pretende ser uma festa e convívio para todos os estudantes, docentes e funcionários desta academia e onde vai haver muita animação, com a ajuda dos grupos académicos do IPCA.

Fonte e imagens: IPCA.

[Ndr: Notícia atualizada a 19.09.2019, pelas 22h40]

APROTURM organiza 2ª Conferência dos Profissionais de Turismo

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Orador principal será Carlos Zorrinho

O Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos recebe, no próximo dia 20 de setembro, pelas 17h00, a 2ª Conferência dos Profissionais de Turismo, subordinada ao tema “Turismo, Transformações Digitais e Empregabilidade”, numa organização da APROTURM – Associação dos Profissionais de Turismo do Minho.



Esta Conferência terá como orador principal o Eurodeputado Carlos Zorrinho. Para além deste cargo, que ocupa desde 2014, é Professor Catedrático e Coordenador Nacional da Estratégia de Lisboa e do Plano Tecnológico.

Licenciado em Gestão de Empresas e Doutorado em Gestão na especialidade de Gestão de Informação, é Professor Catedrático em Gestão e Agregado em Organização e Direção de Empresas.

Condecorado com a Ordem de Mérito Civil, pelo Reino de Espanha, foi Deputado em cinco Legislaturas, líder do Grupo Parlamentar do PS, Secretário de Estado Adjunto do Ministro da Administração Interna, Secretário de Estado da Energia e Inovação, Pró-Reitor da Universidade de Évora. É, atualmente, o Presidente da Delegação Portuguesa no Parlamento Europeu.

Imagens: APROTURM.

[Ndr: notícia atualizada a 17.09.2019, pelas 16h00]

IPCA organiza uma das maiores conferências na área da responsabilidade social

Setembro 13, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

David Crowther no IPCA para falar sobre economia circular

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) trouxe a Portugal um evento que congregou a 18ª Conferência Internacional sobre Responsabilidade Social Corporativa e a 9ª Conferência sobre Corporate Governance.



O evento foi organizado pelo Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) da Escola Superior de Gestão (ESG) do IPCA, em parceria com a Social Responsibility Research Network (SRRNet).

No ano passado, esta conferência teve lugar na Índia e, desde então, a organização iniciou os trabalhos para que esta conferência se realizasse em Portugal, mais concretamente, em Barcelos.

O momento mais alto desta conferência teve lugar na manhã de dia 10 de setembro, com a intervenção do Professor David Crowther, que veio ao IPCA falar sobre a economia circular, um tema que está na ordem do dia no tecido empresarial.

Sónia Monteiro, organizadora da conferência e diretora do CICF, salienta que “esta iniciativa é a maior conferência organizada no IPCA na área da responsabilidade social. Envolve muitos alunos, professores que se dedicaram de corpo e alma a este evento. Um trabalho árduo, mas gratificante que vai ser também de convivo e partilha de conhecimento”.

A Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, refere que estes são dias de muito trabalho e discussão em prol de um tema que diz muito a todos que é o desenvolvimento sustentável e nesse sentido o CICF “dentro das linhas de investigação trouxe esta conferência a Portugal, à semelhança de outras que tem vindo a organizar, dentro da linha de investigação na contabilidade. Este ano o centro celebra 10 anos e tem vindo a afirmar-se em várias áreas, esta é uma delas”.

A conferência contou com a participação de mais de uma centena de participantes, oriundos de mais de 20 países.

O tema da conferência foi a responsabilidade social numa perspetiva pública e privada e, para tal, contou com a presença de Maria João Miranda, da Delta Cafés, de Alexandra Roeger, vice-presidente da Câmara Municipal de Esposende, e de Helena Gonçalves, do Gabinete do Provedor de Ética da EDP.

Realizou-se também um simposium sobre o tema “O plástico pode ser socialmente responsável?” (“Can plastic be socially responsible?”), conduzido por Helen Song Turner (Professora na “Federation University Australia”), Rita Vilke (Professora no “Lithuanian Institute of Agrarian Economics”) e Jagbir Singh Kadyan (Professor na “University of Delhi”, Índia), que proporcionou um momento de debate entre o público e oradores.

A conferência terminou com uma visita às cidades de Braga (devido à nomeação mundial pela UNESCO) e Guimarães (cidade onde nasceu Portugal). Para o ano a Conferência Internacional sobre Responsabilidade Social Corporativa realiza-se na Lituânia.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA recebeu 3500 candidaturas para 636 vagas disponíveis

Setembro 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Mais de mil alunos escolheram o IPCA como primeira opção

Na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA), o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) recebeu mais de 3500 candidaturas para apenas 636 vagas existentes.



O crescimento consolidado do IPCA faz com que este seja, hoje, uma instituição de referência e procurado a nível nacional. Prova disso foi o facto de o IPCA ter sido a 1ª opção de ingresso no Ensino Superior para mais de mil candidatos com uma taxa de excelência de 97,6%.

De destacar, ainda, o facto de as médias de entrada no IPCA serem as melhores de sempre, o que faz desta uma instituição com melhor qualidade e mais exigente.

Ana Pereira, natural de Braga, foi a aluna com a média de entrada mais alta do IPCA, com a nota de 192,2%, no curso de Design Gráfico. A estudante escolheu este Instituto como a sua 1ª opção de ingresso no Ensino Superior: “Já tinha uma ideia forte do IPCA e boas referências também, do meu grupo de amigos os que optam por design vêm todos para o IPCA”, refere Ana Pereira, que ficou surpresa por ter a nota mais alta da instituição.

A estudante de Design Gráfico espera que este curso lhe abra mais horizontes e seja uma boa reta de lançamento no mundo empresarial: “Este curso passa por eu conseguir fazer o que quiser e não ficar agarrada a uma empresa ou uma só área”, relata a estudante que, neste momento, pensa enveredar pela Ilustração e Motion Design. Feliz por estar no IPCA, Ana Pereira refere ainda que “do curso espero que me abra muitas portas, da instituição não sei se posso esperar mais porque já me tem dado tudo e não tenho que pedir, só agradecer”.

Para Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, estes resultados são o reconhecimento e sinal de orgulho e traz ao IPCA “um grande desafio para corresponder às expectativas que os novos estudantes trazem. Estão numa jovem instituição que tem o seu crescimento consolidado, aliado à excelência do nosso corpo docente”.

As notas de acesso aumentaram em todos os cursos de licenciatura do IPCA. A segunda nota mais alta registou-se no curso de Design Industrial (189,0%) seguido do curso de Contabilidade (176,0%).

Fonte e fotos: IPCA.

Ir Para Cima