Conselhos para prolongar a vida das baterias

Março 5, 2018 Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião
Diogo Sendim Lourenço

Qualquer pessoa que tenha um smartphone, tablet, laptop ou mesmo um carro elétrico terá as baterias de iões de lítio degradadas ao longo do tempo. Cada vez que carregar e descarregar as baterias, elas perdem um pouco da capacidade de se recarregar. No dia-a-dia, realmente não irá notar, mas após um ano, ou um pouco mais, isso significa menos vida útil para o equipamento.



Como não viciar a bateria?

Todas as baterias viciam. Pode adiar esse momento com alguns cuidados de manutenção simples e tirando da cabeça alguns mitos sobre baterias que ainda persistem nos dias de hoje.

Tirar o telemóvel do carregador antes de terminar vicia?

Dependendo da situação: baterias de iões de lítio precisam ser carregadas várias vezes durante o dia, ao invés de um só carregamento que leve a bateria a 100%. Deve, também, evitar deixar a bateria chegar ao 0%, tentando sempre mantê-la acima de 50%. Tente não deixar a bateria ficar abaixo de 20%, e carregue cerca de 40% da bateria por vez (de 50% para 90% ou 40% para 80%). Evite cargas longas ou poderá prejudicar a vida útil da bateria.

Faça um ciclo completo da bateria mensalmente: isso significa deixar a bateria ir até 0% e carregar até 100%, uma vez por mês.

Deixar o telemóvel a carregar a noite toda vicia?

Não! Assim como não vicia usar o telemóvel enquanto carrega. As baterias são “inteligentes” o suficiente para parar de carregar quando chegam ao seu limite de carga. O único cuidado aqui é deixar o telemóvel num lugar ventilado, para evitar o superaquecimento.

Cuidado com altas temperaturas: as baterias não lidam bem com altas temperaturas. Pode ser o sol, fornos, fogões, o seu bolso num dia de verão. Todas estas situações contribuem para reduzir a vida útil da bateria. Mantenha sempre o seu telemóvel afastado dessas fontes de calor, como no interior de uma bolsa ou mochila feita de materiais isolantes térmicos.

Mexer no telemóvel enquanto carrega é perigoso?

Apenas se estiver a usar um carregador impróprio para o dispositivo, como um carregador de terceiros, falsificado, ou sem a amperagem correta para o smartphone. Isso pode até danificar a bateria permanentemente, ou causar explosões.

Se, mesmo a seguir todos estes conselhos, o desempenho da bateria for muito inferior ao verificado no momento da compra, é possível que ela se tenha deteriorado prematuramente ou que, mais provavelmente, o sistema tenha algum aplicativo ou processo em execução, provocando fuga de carga. Para o segundo caso, o melhor é restaurar totalmente o software e começar a instalar e configurar tudo a partir do zero.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima