COVID-19: Câmara Municipal de Barcelos intervém junto da população idosa isolada

Março 23, 2020 Atualidade, Concelho, Mundo, Política

Rede Social e equipa de voluntários participam nas respostas sociais urgentes

A Câmara Municipal de Barcelos, em articulação com um grupo de voluntários, está a promover uma ação de intervenção social junto da população mais carenciada do concelho, privilegiando os idosos isolados e/ou sem suporte familiar que necessitam de uma resposta social urgente, nomeadamente no que concerne à compra de bens essenciais (alimentação e medicamentos).



A iniciativa pretende minorar os efeitos de isolamento em que vivem estas pessoas, agravado com as medidas restritivas de circulação impostas pela pandemia do novo Coronavírus/COVID-19.

No âmbito desta ação, serão disponibilizadas as seguintes linhas de apoio às juntas de freguesia, IPSS’s e população em geral para identificação de pessoas naquelas situações, devendo ligar para os seguintes números: 910915333 e 910941200, ou através do e-mail covid19coesaosocial@cm-barcelos.pt.

Este serviço está sediado e é coordenado pelo Gabinete de Ação Social do Município, contando com um grupo de voluntários em articulação com os técnicos municipais da área social, que prestarão apoio às pessoas idosas que dele necessitem, nomeadamente, no que concerne à compra de bens alimentares de primeira necessidade e medicação.

“Nas comunicações que tem estabelecido com os membros da Rede Social do concelho de Barcelos (juntas de freguesia e instituições sociais), a Câmara Municipal chama também a atenção de outras situações de emergência social às quais as instituições de proximidade não consigam dar resposta, devendo as mesmas ser reportadas ao Gabinete de Ação Social do Município, e apela à Rede Social para fazer todos os esforços no sentido de assegurar as principais necessidades desta população”, refere o Município em nota.

“Tendo as juntas de freguesia e IPSS locais um conhecimento privilegiado e aprofundado das reais necessidades das pessoas, a sua colaboração é fundamental para uma resposta social de proximidade e emergência, para a identificação/sinalização de pessoas/famílias ou grupos em especial situação de vulnerabilidade e para a divulgação generalizada das recomendações da Direção Geral de Saúde junto da população, nomeadamente às questões de higiene e segurança, etiqueta respiratória e distanciamento social, devendo as pessoas sempre que possível ficar em casa”, conclui.

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima