Demolidor

Agosto 25, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Hugo Pombal Lopes

Tivemos uma semana bastante calma onde os três grandes e o Sporting ganharam, de forma clara e tranquila, aos seus adversários.



No que ao Benfica diz respeito, não se prevendo outro desfecho que não a vitória, seria pouco previsível antecipar um resultado tão expressivo.

O Benfica “demoliu” um frágil Belenenses, que esteve perto de empatar a partida com um presente do Eliseu.

Sublinho duas grandes exibições, a de Jonas e Pizzi. O primeiro, a cada ano que passa, parece que fica mais novo, dando credibilidade ao “Estranho Caso de Benjamin Button”. O seu futebol “aveludado”, a capacidade de ser tanto em tão pouco tempo/espaço, é, para mim, absolutamente incrível.

O segundo, continua a ser determinante na definição do jogo do Benfica, tem passe, tem visão de jogo (façam as piadas estrábicas que entenderem), tem técnica, sabe ocupar o espaço. Está bom e recomenda-se.

Na próxima jornada, o Benfica vai deslocar-se a Vila do Conde, no que considero ser o primeiro teste “a doer” nesta nova temporada. Vamos ver como corre mas ao que temos sido capazes de fazer não há grande preocupação.

À hora que escrevo, o Sporting já se apurou para a Liga dos Campeões (Parabéns, apesar de merecido, o resultado parece-me “mentiroso”).

Já o Gil Vicente empatou, no fim de semana, com o Varzim e ganhou, esta quarta-feira, ao União da Madeira. É difícil ser-se consistente nesta Segunda Liga mas jogo a jogo vamos ver se há capacidade para nos fazer sonhar com o regresso ao mais alto escalão do futebol português.

Por hoje é tudo.

Uma boa semana a todos.

Cumprimentos,

Por: Hugo Pombal Lopes*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima