Está aberta a votação para as “7 Maravilhas da Cultura Popular”

Junho 29, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

A organização das “7 maravilhas de Portugal”, e a RTP, abriu votações telefónicas para apurar os finalistas das “7 Maravilhas da Cultura Popular”.



O Município de Barcelos “está na linha da frente deste concurso, promovendo o património material e imaterial, apresentando três nomeações entre as sete finalistas do distrito de Braga:  o Figurado (na categoria Artesanato), a Banda Plástica (na categoria Músicas e Danças) e com a Lenda do Galo (Lendas e Mitos)”, refere em nota.

Estas três nomeações foram selecionadas para a fase final do distrito de Braga e vão agora ser sujeitas à votação do público: Banda Plástica (760207820); Figurado de Barcelos (760207822); Lenda do Galo de Barcelos (760207826). O custo da chamada é de 0,60€ + IVA.

O programa começou com 504 candidaturas, avaliadas por um painel de especialistas composto por sete elementos de cada um dos 18 distritos de Portugal continental e das regiões autónomas. Posteriormente, passaram pelo escrutínio de um júri de especialistas que reduziram para 140 finalistas regionais, onde Barcelos concorre com três nomeações.

Em cada programa na RTP, num total de 20 a realizar nos meses de julho e agosto, será apurado um pré-finalista que passa às semifinais.

Na fase seguinte, haverá um programa de repescagem, no qual os 20 segundos classificados das eliminatórias distritais/regionais serão submetidos a uma nova votação, com o objetivo de eleger os oito patrimónios mais votados.

Estes irão juntar-se aos outros 20 pré-finalistas já apurados.

Os 28 pré-finalistas vão ser divididos por sorteio pelas duas semifinais e em cada uma delas vão ser apurados as sete candidaturas que tenham mais votos contabilizados.

Na gala final, que decorrerá no dia 5 de setembro, vão ser eleitas as “7 Maravilhas da Cultura Popular”.

O concurso “7 Maravilhas de Popular” tem por objetivo a valorização e reconhecimento daquilo que carateriza o país e assenta, nesta edição, no património cultural material e imaterial das várias regiões e localidades do país, contribuindo para a diferenciação e promoção territorial.

Fonte e imagem: CMB.


Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima