Estudantes do IPCA ensinam a trabalhar as redes sociais

Abril 3, 2020 Atualidade, Concelho, Educação, Mundo

IPCA no programa “Somos Todos Digitais”

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) foi a primeira instituição de ensino superior a ser convidada para ser parceira no projeto “Somos Todos Digitais” da INCoDe.2030 – Iniciativa Nacional para as Competências Digitais – sob o mote “Comunicar sem barreiras”.



Este programa traduz-se numa linha de apoio aos infoexcluídos e tem como objetivo dotar esta população das competências digitais para melhor ultrapassarem o isolamento a que estão sujeitas.

O projeto operacionaliza-se através da disponibilização de uma linha de apoio que, de forma imediata, apoie todas as pessoas que, tendo acesso à Internet, têm maior dificuldade em manusear aplicações digitais que permitem manter o contacto social e a realização de interações à distância. O principal objetivo é, assim, dotar os utentes da linha de apoio de competências básicas de comunicação digital, nomeadamente, Facebook, Instagram, Messenger, WhatsApp e Skype, para uma maior interação com a família e amigos, permitindo diminuir o nível de isolamento a que estão sujeitos. Além da linha de apoio, o projeto “Somos Todos Digitais” inclui ainda um site, onde serão disponibilizados tutoriais de manuseamento dessas mesmas aplicações.

Desta forma, os estudantes do IPCA foram convidados a passar as competências digitais nas plataformas de comunicação já referidas e a participar, na qualidade de voluntários, para o atendimento das chamadas da linha de apoio e esclarecimento das pessoas infoexcluídos.

Este projeto conta com o apoio da operadora NOS para a execução desta linha de apoio, coordenada pelo Digital Transformation Colab (DTx) e pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, através da sua Unidade de Computação Científica Nacional (FCT/FCCN).

A linha de apoio está prevista iniciar na próxima terça-feira e estará disponível para a população no horário das 12h00 às 20h00, todos os dias úteis da semana. Os turnos são de 4h00 (um voluntário pode fazer um número inferior de horas) e deverá haver sempre 10 voluntários em simultâneo. O objetivo é captar um número suficiente de voluntários que permita uma maior rotatividade (por exemplo, dias alternados). Estará sempre disponível para apoio aos voluntários um docente do IPCA (coordenador) da área da informática; o atendimento será feito a partir do computador de cada estudante, através do reencaminhamento automático das chamadas. Não é necessário qualquer equipamento específico, uma vez que a plataforma corre no browser normal; todos os voluntários receberão um kit com informação genérica e uma formação inicial para estarem aptos a operar, que se realizará na próxima segunda-feira, às 15h00, com duração prevista de 2h00; todos os voluntários terão referência da participação neste projeto no Suplemento ao Diploma.

“O IPCA quer contribuir ativamente para esta causa!” é a motivação da instituição de ensino superior barcelense.

Imagem: IPCA.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima