F.C.Porto vence na apresentação do Gil Vicente

Agosto 3, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Em clima de festa, a equipa do Gil Vicente apresentou o plantel para a época 2017/2018 aos seus adeptos, com um convidado “de peso”, o Futebol Clube do Porto, em jogo disputado no Estádio Cidade de Barcelos.

Antes da partida, os jogadores do Gil foram chamados, um a um, ao palco, começando pelos Guarda-redes: Rui Sacramento, Júlio Neiva e Rafa, seguindo-se os jogadores de campo: Sandro, Jonathan Rubio, Vítor Tormena, James Igbekeme, Luís Tinoco, Ricardinho, André Fontes, Fall, Jumisse, Rui Miguel, Luiz Eduardo, Reko, Miguel Abreu, João Pedro, Rui Faria, Henrique, Tiger e Peter. Ficando para último, a surpresa reservada pela direção do Gil, o recém contratado ao Inter de Milão, Gastón Camara. A equipa técnica, liderada por Jorge Casquilha, também foi apresentada em palco bem como o diretor-desportivo, Mário Faria.

Findada a apresentação, seguiu-se o respetivo jogo  com o Gil Vicente a alinhar com: Rui Sacramento, Sandro, Jonathan Rubio, Vítor Tormena, James Igbekeme, Luís Tinoco, Ricardinho, André Fontes, Fall, Jumisse e Rui Miguel.
O F.C.Porto alinhou com: José Sá, Marcano, Felipe, Ricardo Pereira; Layún, André André, Óliver Torres, Otávio, Hernâni, Marega e Soares.

O jogo começou de feição para os dragões, com Soares a fazer o gosto ao pé logo aos 3 minutos de jogo, após assistência de Otávio. O Gil respondeu com bons lances de entrosamento no último terço do terreno; o primeiro aos 20 minutos, com uma bela jogada de James da esquerda para o meio, a assistir Fall, que na cara de José Sá atirou ao poste. Aos 24 minutos, novamente uma bela jogada do Gil a surgir de um entrosamento entre André Fontes e Jonathan Rubio, onde este terminou a jogada com um pontapé a rasar o poste de José Sá. Rubio que viria a restabelecer a igualdade aos 32 minutos.




O F.C.Porto podia ter ampliado a vantagem ainda na primeira parte, com Soares a rematar forte para defesa de Rui Sacramento.

Na segunda parte, e com as substituições da praxe em jogos particulares, o jogo baixou de intensidade e de espetacularidade, tendo os portistas mais controlo do jogo, destacando-se uma jogada de entendimento entre Otávio e Soares, aos 78 minutos, em que o primeiro cabeceou por cima da barra, já no interior da pequena área.

Mas golos mesmo só mais perto do final, quando aos 85 minutos, Soares bisou na partida após uma jogada individual em que tirou com uma finta de corpo o defesa gilista do caminho e rematou para o fundo das redes. Cinco minutos volvidos, o mesmo Soares volta a molhar a sopa e faz o hat-trick, respondendo que “sim” a um belo cruzamento de Sérgio Oliveira, estabelecendo o resultado final: 1-3.

 

No final, o treinador do Gil Vicente, Jorge Casquilha, manifestou-se insatisfeito com o resultado, mas satisfeito com a exibição da equipa de Barcelos, mediante tamanho adversário. Atirando até que: “merecíamos ir aos penaltis”.

Sérgio Conceição proferiu que: “foi o nosso pior treino da época, talvez por termos jogado de manhã, mas vamos conversar todos para ver o que aconteceu”.

Fotos: DR.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima