Fogo-de-vistas!

Novembro 9, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
José Costa

Depois de uma jornada bem conseguida, a nível europeu e a nível nacional, eis que o Sporting tropeça e, quanto a mim, foi um grande trambolhão, face à aproximação do rival Benfica, agora a 1 ponto, e ao afastamento do F. C. Porto, seguro na liderança da Primeira Liga.



No que ao jogo frente ao S.C. de Braga diz respeito, com fraca nota artística coletiva, apesar do “Leão” ter mais posse de bola, pelo menos na primeira parte, começaram a surgir os casos de fraqueza física nas hostes leoninas, com Acuña a ceder aos 41 minutos.

Aos 66 minutos lá foi possível o adiantamento no marcador, mais uma vez por Bas Dost, que assim leva três jogos consecutivos a marcar. Bas Dost, que aos 77 minutos, também cedeu fisicamente. Pode-se dizer que o melhor em jogo foi o preparador físico do S. C. de Braga, em contraponto com o mesmo técnico do Sporting.

Adiante, o Sporting enrolou-se em si próprio e foi indo de mal a pior de tal modo que Dyego Sousa lançou um balde de água fria em Alvalade, aos 85 minutos, conseguindo o empate a 1. E para piorar este cenário, os adeptos sportinguistas gelaram por completo quando o Braga se adiantou no marcador (1 – 2) por Danilo, aos 89 minutos.

E já nos minutos finais, foi possível salvar a honra do convento, para lá do tempo regulamentar. E mesmo em cima do apito final, a outra arma secreta dos Leões, Bruno Fernandes, que carregou a equipa ao colo, apontou um penálti que assegurou um empate a 2-2.

Vejamos agora o que será possível fazer na próxima jornada, só a 26 de novembro, em casa do Paços de Ferreira.

Até lá, esta pausa no campeonato poderá permitir um reforço físico na equipa do Sporting, que se ressentiu do esforço continuado na Liga NOS e na Liga dos Campeões, onde nesta última competição, irá defrontar o Olympiacos, a 22 de novembro em casa, e esperemos que aí, já refeito, possa o Sporting alcançar um resultado positivo.

Na outra modalidade em que o Sporting se mantém invencível, mas com melhor desempenho, no Futsal, os Leões, frente ao Borinhosa, conseguiram uma vitória contundente por 4 – 1. Mantém-se o Sporting só com vitórias, firme na liderança da Liga Sport Zone.

O Gil Vicente, em casa frente ao Famalicão, também claudicou e deixou fugir três preciosos pontos, que teve na mão, acabando derrotado por 1 – 2. À semelhança do que sucedeu ao meu Sporting, o nosso Gil falhou, em parte, por falta de capacidade tática dos respetivos treinadores.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima