Gil Vicente dá “chapa 4” ao Benfica B

Outubro 28, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Este sábado, dia 28 de outubro, pelas 11h15, o Gil Vicente recebeu e venceu o Benfica “B”, para a LEDMAN LigaPRO, por 4-0.



Os Barcelenses iniciaram a partida com todo o fulgor e logo aos 6 minutos Jonathan Rubio fez o primeiro para o Gil. Aos 13, James Igbekeme marca o 2-0 e aos 20 minutos Reko faz o 3-0 para a turma da casa.

Mesmo a ganhar por 3 golos de diferença, o Gil continuou sempre ambicioso e à procura de mais golos. Com um futebol dinâmico, “perfumado”, bastante atrativo, apoiado e apostando num bloco alto, com bastante pressão à saída de bola do Benfica.

O Gil dominava a seu belo prazer um Benfica “B” muito aquém das expectativas, que defraudou algumas centenas de adeptos, que se deslocaram ao Estádio Cidade de Barcelos com camisolas e cachecóis alusivos à turma Lisboeta.



O intervalo chegou e sentia-se a tranquilidade que os adeptos Barcelenses transpareciam.

Na segunda parte, o Benfica “B” entrou com mais vontade e a realizar uma pressão bastante alta, da qual resultou de uma clara ocasião de golo, com Zé Gomes a aparecer na cara do guardião gilista, com Rui Sacramento a responder com uma bela defesa.

Mas foi “sol de pouca dura”, porque o Gil rapidamente percebeu a forma de jogar do Benfica no segundo tempo e Casquilha ajustou a sua equipa e aos 51 minutos os Barcelenses criam a melhor oportunidade da segunda parte. James Igbekeme, de livre descaído sobre a direita do ataque gilista, atirou ao poste e, na recarga, Fall atirou por cima do travessão.

Aos 73 minutos, o Gil chegou ao 4-0, por intermédio de James Igbekeme, que bisou na partida, respondendo com “SIM” a um excelente cruzamento de Camara, vindo do lado direito do ataque gilista.

Já aos 86 minutos, Luiz Eduardo foi expulso por duplo amarelo, por falta cometida à entrada da área gilista. A falta originou livre para o Benfica “B”, com Matheus Leal a atirar ao poste da baliza de Rui Sacramento.

Final do Jogo: Gil Vicente 4 – Benfica “B” 0.

Constituição das equipas:

Gil Vicente: Rui Sacramento, Henrique, Luiz Eduardo, Vítor Tormena, Ricardinho, Reko (André Fontes, 72’), Miguel Abreu, Jonathan Rubio (João Pedro, 82’), Camara, James Igbekeme e Fall (Tiger, 78’). No banco ficaram Júlio Neiva, Rui Faria, Gonçalo Duarte e Valdeir.

Benfica “B”: Zlobin, Kalaica, Pedro Pereira, Willcock, Chrien (João Félix, 55’), Matheus Leal, Florentino Luís, Zé Gomes (Jota, 75’), Gedson, Heri (Alan Júnior, 69’) e Ferro. No banco ficaram Fábio Duarte, Lystcov, Pedro Amaral e Cele.

Na estatística do jogo, o Gil Vicente teve mais remates (9-5), menos posse de bola (45%-55%), o mesmo número de faltas (16-16), mais cantos (4-0), menos cartões amarelos (2-4, sendo os dois ao mesmo jogador) e mais vermelhos (1-0).

O jogo foi arbitrado por Bruno Paixão (AF Setúbal), coadjuvado por Rodrigo Pereira e Paulo Ramos, com o 4º árbitro a ser Leonardo Marques.

Por: Gonçalo Santos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima