Gil Vicente derrota Taipas por 3-0

Agosto 27, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Disputou-se mais uma jornada do Campeonato de Portugal, série “A”, com o Gil Vicente a receber, ontem, pelas 17h00, o Caçadores das Taipas, em jogo a contar para a 3ª jornada. Os da casa levaram de vencida por 3-0.



O jogo foi arbitrado por Pedro Campos, coadjuvado por Hugo Cardoso e Ricardo Pinto.

Nandinho, treinador do Gil Vicente, fez alinhar Wellington, Bruno Morais, Rui Faria (Henrique Brito, INT), Edwin Vente, Junior, Ahmed Isaiah, Tiago Gomes, Juan Villa, Joãozinho (Bruno Lopes, 62’), Tanko e Gabriel Mejía (Dimba, 73’). No banco ficaram Rafa Pires, Kiko, Tiger e Ramalho.

Já António Carvalho, treinador do Taipas, fez alinhar Paulo Costa, Samuel (Amadi, 67’), Cláudio Macedo, Jota, Iliya, Pato (Tiago Carneiro, 67’), China, Bebé (Neno, 82’), Armando, Miguel Pereira e Maka. No banco ficaram Luís Rodrigues, Rodilson, Joel Neto e Kymen.

Os jogadores gilistas foram mais “amarelados”, com Tanko (14’), Bruno Morais (22’), Junior (71’) e Edwin Vente (78’). Já da parte dos forasteiros, apenas Samuel (47’), foi admoestado com amarelo.

O primeiro golo do Gil Vicente FC surgiu aos 33 minutos, na sequência da marcação de um canto, com Tiago Gomes, ao segundo poste, a cabecear sem hipótese para o guardião visitante. O segundo surgiu já na segunda parte, por intermédio do nigeriano Ahmed Isaiah, igualmente num canto, mas a cabecear sozinho no centro da área. Por fim, o último golo foi de autoria de um outro nigeriano, Tanko, que aos 80 minutos rematou certeiro após grande troca de bola entre os jogadores gilistas, na zona da área adversária e, pelo meio, a defesa do Taipas teve uma atrapalhação, deixando a bola à disposição do avançado gilista, que não se viu rogado e apontou o terceiro golo para os da casa.

Nandinho salientou que “foi melhor o resultado do que a exibição, face àquilo que tínhamos feito nos jogos anteriores. A equipa entrou apática, pouco agressiva nos duelos, a perder os duelos quase todos. Depois, com bola, pouco dinâmica. Sabíamos, e tínhamos alertado, que o Taipas é uma equipa que ia baixar o bloco, que ia esperar pelo nosso erro, que saía rápido em transições e, na primeira parte, foram conseguindo. Com algumas saídas rápidas, foram enervando-nos e aquilo que eu lhes tinha pedido, contra estas equipas que se fecham muito, povoam muito o corredor central, que teríamos que ser rápidos a circular a bola e a tentar entrar em transições pelos flancos. Na primeira parta, mesmo sem jogarmos bem, tivemos duas, três boas oportunidades e foi por aí, pelos corredores, sobretudo lances pelo corredor esquerdo, que esteve mais dinâmico, mais ativo e acabámos por ter oportunidades para marcar e fizemo-lo numa bola parada. Na segunda parte, com alterações, com o aumento dos índices de agressividade e mais dinâmica na circulação de bola, sempre mais rápidos, a equipa fez uma segunda parte melhor, em que não permitimos que o adversário conseguisse sair em jogo organizado, em transição”, concluindo que “depois do 2-0, tivemos sempre o controlo do jogo e acabámos por vencer com naturalidade”.

Este resultado coloca o Gil Vicente no topo da classificação, com 9 pontos em 3 jogos. Na próxima jornada, no dia 01 de setembro, pelas 16h00, os gilistas deslocam-se ao terreno do Merelinense, 5º classificado.

Femininas perdem em jogo de preparação

Também no passado domingo, a equipa feminina do Gil Vicente FC deslocou-se ao concelho de VN de Gaia para defrontar o Valadares, no primeiro jogo amigável da pré-época.

As da casa venceram por 3-2, com os golos gilistas a serem apontados por Joana Martins e Mariana Barbosa.

Resultados da formação

Neste último fim de semana, as camadas jovens do Gil Vicente FC disputaram os seus respetivos jogos, com os seguintes resultados finais:

Gil Vicente 0 – SC Braga 0 (Juniores);

Gil Vicente 1 – AD Barroselas 1 (Juvenis);

Gil Vicente 2 – SC Braga 3 (Iniciados).

Fotos: GVFC.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Tempera o tempo

Dá-lhe sabor Dá-lhe cor Deixa ferver Deixa ser Uma pitada de açúcar
Ir Para Cima