Gil Vicente derrota um dos líderes e sai da zona de despromoção

Março 31, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Este foi um jogo a contar para a 31ª jornada da LEDMAN LigaPro, que opôs o Gil Vicente FC ao FC Penafiel, um dos líderes da classificação, terminando na vitória gilista, por 2-1.



Foi arbitrado por Bruno Paixão (AF Setúbal), coadjuvado por Venâncio Tomé e Rodrigo Pereira, tendo Luciano Maia (AF Braga) como 4º árbitro.

Pedro Ribeiro, técnico gilista, fez alinhar João Costa, Luís Tinoco, Vítor Tormena, Sandro, Ricardinho, Alphonse, James Igbekeme (Fall, 64’), Reko (Camara, 78’), Jonathan Rubio, Frédéric Maciel (Jumisse, 74’) e João Vasco. No banco ficaram Rui Sacramento, Rui Faria, Gabriel e Dimba.

Já Armando Evangelista, técnico penafidelense, fez alinhar Ivo Gonçalves, Kalindi, João Paulo, Luís Pedro, Daniel Martins (Ludovic, 66’), Romeu Rocha (Hélio Cruz, 77’), Vasco Braga, Fábio Fortes, Gustavo, Gleison (Márcio Machado, 86’) e Fábio Abreu. No banco ficaram Tiago Rocha, Luís Dias, César Gomes e Diouf.

O Gil Vicente entrou a “todo o gás” e marcou dois golos na primeira meia hora de jogo. Aliás, foi de 15 em 15 minutos que os gilistas marcaram. Primeiro, aos 15’, por Jonathan Rubio. Depois, aos 30’, por Reko. No minuto seguinte, Fábio Fortes, do Penafiel, é expulso com cartão vermelho. Mas 10 minutos depois, o central Luís Pedro reduziu o marcador para 2-1, resultado com que se chegou ao intervalo.

Com menos um jogador, o técnico penafidelense apostou mais no ataque, trocando o defesa Daniel Martins por um homem de pendor mais atacante, Ludovic. Pedro Ribeiro, técnico gilista, fez as três trocas num espaço de 15 minutos, entre os 64’ e os 78’, fazendo duas trocas com jogadores de características parecidas e uma (troca de Frédéric Maciel por Jumisse) em que o jogador que entrou tinha características de maior posse e controlo da bola.

Até ao final, o resultado não se alterou e o Gil Vicente alcançou a terceira vitória da era Pedro Ribeiro, desta feita, contra um dos líderes da Ledman LigaPro. Com esta vitória e com a conjugação de outros resultados, o Gil Vicente sai, finalmente, da zona de despromoção, sendo a primeira equipa acima da linha de água, com 33 pontos, mais 1 que União da Madeira e Sporting B, mais diretos perseguidores. No entanto, ainda está a 4 pontos do Cova da Piedade, que se encontra imediatamente acima na tabela.

Na disciplina, os jogadores gilistas foram admoestados com o cartão amarelo por quatro vezes (Jonathan Rubio, 47’, Reko, 68’, Fall, 81’, e Camara, 96’). Já os de Penafiel receberam dois amarelos (Luís Pedro, 41’, e João Paulo, 95’). Fábio Fortes (Penafiel) recebeu vermelho direto e Fall (Gil Vicente) recebeu vermelho por acumulação de amarelos.

Na próxima jornada, a 7 de abril, pelas 16h00, o Gil Vicente desloca-se aos vizinhos do Famalicão, num jogo que se adivinha muito difícil.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima