“Habemus Champion”

Junho 2, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
Luís Gonçalves
Luís Gonçalves

Olá, amigos!

Foi preciso chegar à 34ª, e última, jornada para termos “fumo branco”, no que ao título diz respeito.

O Pereira, que estava líder à partida para a última jornada do campeonato, não facilitou em Palme e venceu por 0-3. O “perseguidor”, e antecessor campeão, o Leões da Serra, ainda tinha aspiração ao título. Mas como o, agora campeão, Pereira não facilitou, a vitória do Leões da Serra em Oliveira, por 0-1, teve um “sabor amargo”.

O Negreiros, já com o 3º posto garantido, venceu, tranquilamente, a equipa do Fonte Coberta, por 3-0.

O Carapeços ascendeu à 4ª posição, com uma vitória, por 3-1, sobre o Sequeade. Ultrapassando, desta forma, o Oliveira na tabela classificativa, se bem que com os mesmos pontos.

Já o Cossourado, mesmo perdendo por 0-2 com o Campo na última jornada, pode considerar-se ter feito um bom campeonato.

A equipa do Campo terminou o campeonato a meio da tabela, no 9º lugar, melhor do que no ano transato.

Em 10º lugar ficou o Carvalhal, que recebeu e perdeu, por 0-3, com o, agora 13º classificado, o Baluganense, que conseguiu, com esta vitória, garantir a manutenção.

O Pedra Furada, com os mesmos pontos (43) que o Carvalhal, garantiu o 11º posto, depois de ter empatado a 0 (zero) frente ao Silva. Silva, que termina no 8º lugar, com 45 pontos.

O Macieira é o “rei dos empates” no campeonato, com 16 empates no total! Nesta jornada, recebeu, e perdeu com o Leocadenses, por 0-1. O Leocadenses termina um Campeonato que ficou aquém das expectativas, no 7º lugar, com 45 pontos.

O já despromovido Silveiros recebeu, e venceu por 4-2, a equipa do Remelhe. Esta última termina em 14º lugar, com 42 pontos.

Resumindo:

O Pereira fez história, sagrando-se campeão da 1ª Divisão pela primeira vez! No que toca a descidas, Silveiros e Fonte Coberta já tinham descido à partida para a última jornada, “levando”, também, consigo o Sequeade, para a divisão inferior do futebol popular.




Na 2ª Divisão, o já Campeão, Fragoso, foi ao terreno do “lanterna vermelha”, Carvalhas, vencer por 1-3. O 2º classificado, o Feitos, folgou nesta jornada.

O Perelhal recebeu, e venceu, o S. Fins, confortavelmente, por 3-0, acabando, da melhor forma, esta época.

No jogo em que se lutava pelo 4º lugar, Juventude de S. Martinho vs. Lijó, o nulo foi o resultado que vingou. O S. Martinho garantiu, assim, o 4º Lugar, deixando o Lijó em 5º.

O jogo Águas Santas – Lama foi um “festival de golos”, com 8 no total. 4-4 foi o resultado.

A 2ª Divisão termina com o Fragoso a vencer o campeonato de forma folgada, com 7 pontos de distância para o Feitos, que é o 2º classificado. Este também fez um magnífico campeonato, subindo, pela primeira vez, ao escalão maior do futebol popular, sendo, igualmente, a defesa menos batida da prova, com apenas 20 golos sofridos e sem nunca ter perdido em casa!

O Perelhal encerra o pódio, no 3º lugar, conseguindo, finalmente, a tão ansiada subida, algo que já vinha perseguindo há algumas épocas consecutivas. Fazendo do seu reduto a sua verdadeira fortaleza, sendo a equipa que mais vezes venceu em casa, 14 no total.

Findos os campeonatos, resta apurar o vencedor da Taça Cidade de Barcelos, em jogo a realizar no Estádio Cidade de Barcelos, no próximo domingo, entre Negreiros e S. Mamede.

Termino, felicitando os campeões Pereira e Fragoso pela conquista dos respetivos títulos de campeão. Também agradeço a todos os seguidores da minha rubrica no jornal Barcelos na Hora. Agradeço, igualmente, ao Barcelos na Hora pela oportunidade de me permitir exprimir os meus pensamentos, publicamente, sobre o futebol popular. Agradeço, ainda, todos os agradecimentos e carinhos recebidos ao longo da época, pelos leitores.

Despeço-me com um grande abraço e com a promessa de voltar.

Um semana feliz, vos deseja o amigo Luís.

 

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima