José Manuel Fernandes defende que “Mobilidade dos jovens reforça confiança no futuro da União Europeia”

Abril 16, 2019 Atualidade, Concelho, Mundo, Política

O Eurodeputado José Manuel Fernandes acredita que a União Europeia e os cidadãos terão muito a beneficiar com uma juventude mais “aberta à mobilidade e às diferentes culturas e identidades no contexto europeu”, justificando assim a proposta para a criação do projeto piloto que disponibiliza aos jovens com 18 anos uma viagem gratuita em comboio por diferentes países europeus.



Num fim de semana dedicado a contactos com os jovens dos distritos de Braga e do Porto, José Manuel Fernandes vincou o reconhecimento dos jovens como a geração que mais benefícios pode tirar do sucesso da construção europeia e elencou iniciativas e programas que colocam a juventude como uma prioridade das políticas europeias.

Coordenador do Partido Popular Europeu (PPE) na comissão dos orçamentos, o Eurodeputado do PSD destacou os esforços para o reforço do financiamento do programa Erasmus e o lançamento de iniciativas e projetos-piloto, como o que deu origem ao programa “Eures – O teu primeiro emprego”, estimulando a mobilidade numa Europa de diferentes povos, identidades e culturas.

“É na convivência e na valorização desta diversidade europeia que todos podemos viver melhor e termos regiões e uma UE mais fortes”, defendeu José Manuel Fernandes, frisando as vantagens da aprovada proposta para a criação de um projeto piloto que consiste num Interrail gratuito para permitir aos jovens com 18 anos viajar pela Europa, privilegiando o conhecimento do património cultural europeu.

Este projeto – que oferece bilhetes de comboio para viagens que abranjam diferentes países da UE e uma duração até 30 dias – deu origem à iniciativa “DiscoverEU”, que a partir de 2021 vai integrar o programa Erasmus e contará com um financiamento de 700 milhões de euros, no âmbito do quadro financeiro plurianual para 2021-2027. Estima-se que venham a ser contemplados mais 1,5 milhões de jovens de 18 anos.

“É uma oportunidade para os jovens descobrirem as riquezas do património cultural da Europa, línguas estrangeiras, aprenderem com outras culturas e pessoas de outros Estados-Membros. É uma experiência que proporcionará aos jovens melhor compreensão de outras culturas e da história europeia”, sustenta José Manuel Fernandes, que assumiu a apresentação da proposta, juntamente com os colegas alemão Manfred Weber (presidente do Grupo do PPE) e o holandês Wim van de Camp.

Dos contactos com grupos de juventude do Norte do país, o Eurodeputado do PSD frisou que os jovens estão conscientes do impacto e da importância da União Europeia para a qualidade de vida de todos os cidadãos. E realçou a satisfação por quererem assumir um papel mais ativo no processo de construção europeia e na definição do futuro da UE.

“Espero e acredito que a vontade e o interesse assumido dos jovens venham a materializar-se já nas próximas eleições europeias, de 26 de maio, com uma participação responsável e em força, de forma a defender e estimular a União Europeia e os seus valores, face aos riscos e ameaças que pendem sobre o futuro e também o presente de todos “, afirmou José Manuel Fernandes.

Em seu entender, “é importante reforçar as forcas moderadas, que defendem uma Europa com mais coesão social, territorial e económica, que apoiam a iniciativa privada, o empreendedorismo e a competitividade, porque só assim poderemos ter melhores salários, empregos e serviços públicos”.

Fonte e foto: JMF.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima