José Novais não reúne consenso para candidatura à CM de Barcelos

Janeiro 6, 2017 Atualidade, Concelho, Política

Em notícia avançada pelo “Jornal de Barcelos”, José Novais ter-se-á assumido, em dezembro último, como “última reserva” para candidato à Câmara Municipal de Barcelos. No entanto, dentro do partido, e fora dele, a maioria estará convencida de que será ele o candidato e que isso será um “desgosto” para algumas fações do PSD local.

Já o “Barcelos Popular” salienta que há militantes que consideram que os convites a figuras externas ao partido (empresários e/ou dirigentes associativos locais) são “encenações” e que Novais será, inevitavelmente, o candidato, alegando que as pessoas convidadas teriam recusado. Aliás, a estratégia da Comissão Política estará, de acordo com este jornal, a provocar descontentamento nos militantes, que defendem que o processo já deveria estar concluído, alegando que o secretismo de José Novais é visto como estratégia para levar à escolha do próprio para candidato.plenario-psd

No dia 29 de dezembro realizou-se uma Assembleia de Secção (“Plenário”) onde essa falta de consenso foi patente, a julgar por aquilo que ambos os jornais citados referem. Houve a entrega de uma moção, subscrita por militantes, na sua maioria, afetos a Fernando Reis e que terá sido rejeitada sem sequer ter sido lida, com o Presidente da Mesa a argumentar “razões estatutárias” para essa decisão. Em declaração citada pelo “Barcelos Popular”, um dos proponentes referiu mesmo que isso seria a “negação de uma democracia”.

Noutro plano, de acordo com o “Barcelos Popular”, o Secretário-geral Miguel Durães terá manifestado aos militantes presentes de que estaria “disponível para ser sondado” para candidato à Câmara Municipal de Barcelos, sendo que o próprio não confirmou, nem desmentiu, argumentando não querer abordar “questões do partido na praça pública”.

Por fim, e ainda tendo em conta o referido jornal, outro assunto que terá sido alvo de críticas foi o da coligação com o CDS para as autárquicas deste ano, com José Novais a confirmar a esse jornal que o acordo será igual ao de 2013, ficando o CDS com o quarto lugar, algo que poderá levar ao mesmo resultado desse ano, de acordo com o referido por militantes, que defenderam que o CDS deveria ficar com o sexto lugar.

Fotos: Facebook do PSD Barcelos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima