“Manita”…goleadas de “mão cheia”!

Agosto 25, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
José Costa

Nesta minha crónica desta semana, tenho que admitir que não esperava tão bom desempenho do meu Sporting. Ainda bem que tal aconteceu e o feito foi tão grande que melhor só se tivessem sido duas goleadas a zero (uma foi mas a outra não). Assim, o Sporting garantiu, na terceira jornada para o campeonato da 1ª Liga, uma vitória expressiva (0–5) sobre um Guimarães que não se encontrou ainda ao seu melhor nível esta época, o que facilitou o desempenho do nosso Sporting.



Sinto-me tentado a “provocar” Jorge Jesus, a ver se desse modo continuamos na senda dos bons resultados.

No que às competições europeias respeita, o Sporting, frente ao Steaua de Bucareste, concretizou uma vitória histórica, por ser única na Roménia, o que jamais havia sido conseguido, e desta feita, ainda complementada por números dilatados.

Uma primeira parte em que o Sporting teve mais jogo, assegurada por um golo madrugador de Doumbia, aos 13’. Contudo, uma intranquilidade defensiva preocupante permitiu ao Steaua sonhar com um resultado positivo. Pela primeira vez esta temporada, o Sporting sofreu um golo, aos 20’ deste jogo, marcado por Júnior Morais. E nesta toada de intranquilidade se foi fazendo o jogo até ao fim dos primeiros 45 minutos.

Na segunda parte, manteve-se de início alguma insegurança, que deixava a espaços que o Steaua de Bucareste se superiorizasse. Em contra jogo, o Sporting consegue alcançar o segundo golo, por Acuña aos 60’, o que começou a dar mais serenidade ao Sporting, não tardando o terceiro golo, concretizado por um dos melhores em campo – Gelson Martins. Decorridos 4 minutos, pondo ponto final nas aspirações dos romenos. Gelson, que repartia com Bruno Fernandes o lugar de melhor em jogo. Sendo que, sem dúvida, Bruno Fernandes foi fundamental nesta vitória histórica, com grandes passes, estando também, juntamente com Gelson, no quarto golo de Bas Dost. Depois da eliminatória mais que resolvida até Battaglia teve “direito” a marcar, fechando com mais uma mão cheia de golos, a segunda em menos de uma semana.

Como contra factos não há argumentos, o Sporting prossegue para a fase de grupos da Liga dos Campeões, otimista, mas não podendo esquecer que a verdadeira luta começa agora: No grupo D com Juventus, Barcelona e Olympiakos – nada fácil!

Para finalizar, J.J. não deixou de responder à sua altura, quando questionado sobre o desempenho nesta competição na época passada, onde o Sporting ficou cedo pelo caminho, não tendo conseguido sequer chegar à Liga Europa, pelo que terá, obrigatoriamente, de fazer melhor este ano, disse: “O nosso objetivo nós conquistámos. Agora vamos…criar esse clima de confiança, desfrutar esta nossa…passagem, porque foi aquilo que tínhamos que fazer, a partir daqui tudo o que vier é positivo.”

Para terminar, referir a vitória alcançada pelo nosso Gil Vicente frente ao União da Madeira. Três pontos conquistados depois de um empate frente ao Varzim, o que naturalmente anima os adeptos. Muito haverá a fazer para que seja alcançada a equipa ideal e os resultados pretendidos. Mas certamente, esta época o Gil Vicente dará boa conta dos seus objetivos na 2ª Liga.

Depois desta jornada, pausa para dois jogos da fase de qualificação da nossa seleção para o Mundial de 2018, primeiro com as Ilhas Faroé e depois com Hungria. Jogos para vencer!

 

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima