Mostra de Artesanato termina com balanço positivo da Câmara de Barcelos

Agosto 17, 2018 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política

De acordo com o Município de Barcelos, a 35ª Mostra Nacional de Artesanato e Cerâmica de Barcelos chegou ao fim com balanço positivo, tendo decorrido entre 3 e 15 de agosto.



Para o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, “esta 36.ª Mostra pretendeu evidenciar o respeito que a cidade tem pelos artesãos”, num ano em que o Município de Barcelos foi agraciado com o Prémio Nacional de Artesanato, poucos meses depois da consagração como Cidade Criativa da UNESCO.

Foram 13 dias em que o destaque foi para o que de melhor se faz em Barcelos, desde a cestaria e vime, à olaria, barro figurativo, trabalhos em madeira, ferro e derivados e bordados. Foram muitas as produções artesanais que puderam ser apreciadas no decorrer do certame, uma iniciativa promovida pelo Município de Barcelos, onde participaram mais de uma centena de artesãos.

Este evento permitiu aos visitantes o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo, promovendo a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense, “reafirmando a aposta do Município no apoio ao trabalho desenvolvido pelos artesãos”, salienta o município barcelense.

A Mostra de Artesanato contou com um vasto programa de animação diária, onde se incluíram diversos espetáculos musicais ao vivo, arruadas dos grupos folclóricos do concelho de Barcelos e atuações de grupos estrangeiros participantes no “Festival do Rio”, entre outras atividades que animaram quem visitou a cidade de Barcelos por estes dias.

Destaque para o envolvimento das associações do concelho, que assumiram a animação cultural do certame, e para os workshops com os artesãos, que fizeram, uma vez mais, as delícias dos visitantes.

A Gala do Artesanato, que se realizou no último sábado à noite, foi um dos pontos altos da Mostra e contou com um espetáculo único protagonizado, em exclusivo, por artistas barcelenses, marcando a cerimónia de entrega dos habituais galardões anuais para os melhores artesãos do certame.

Na categoria principal – Prémio Carreira – foi distinguido Abílio Pereira, artesão da freguesia de Viatodos, por toda uma vida dedicada à cestaria, uma arte que constitui um elemento indispensável para o conhecimento e fruição do artesanato regional, e que, segundo o artesão, “quase já não tem seguidores”. Os prémios Revelação foram entregues a Irene Salgueiro e a Hélder Ferreira, respetivamente, nas subcategorias de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. A artesã Fátima Miranda arrecadou o Prémio Inovação.

Para Miguel Costa Gomes, “Barcelos tem talento, tem querer, tem criatividade e o nosso dever é incentivá-los”.

Com um programa diversificado, a “Mostra” voltou a atrair, por estes dias, milhares de visitantes ao concelho, uma adesão “que espelha o sucesso de um certame que já se realiza há 36 anos”, concluiu o Município de Barcelos.

Fonte e fotos: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima