Nada fazia prever

Agosto 31, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores do BnH!

É com alguma tristeza que aqui escrevo esta semana e as razões são óbvias!



Nada fazia prever o que aconteceu no Dragão, no passado sábado, mas o futebol é imprevisível. O Dragão estava “à rolha”, em pleno mês de agosto, com muita gente de férias e emigrantes a disfrutar daquilo que todos pensávamos, uma vitória normal do FCP.

Percebeu-se, logo de início, que o ritmo do jogo não iria ser intenso! Devagar, devagarinho, o FCP estava a comandar o jogo e o VSC não criava situação de perigo nenhuma. Brahimi “abriu o livro” no primeiro golo, que fez levantar o estádio, e André Pereira, num belo gesto de cabeça e em posição “ilegal”, fizeram os golos ainda na primeira parte…e quase todos pensavam que o jogo estava resolvido. Era preferível que o segundo golo do Porto tivesse sido anulado pois a equipa talvez não teria relaxado tão cedo.

O início de segunda parte deu logo sinais de que algo não iria correr bem. As substituições de Brahimi, logo a abrir; Aboubakar a sair fatigado; e Corona lesionado, tiraram ao FCP toda a criatividade e dinâmica que tínhamos e as suas substituições pouco ou nada trouxeram. Sérgio Oliveira foi um “anjinho” no lance do penalty a favor do VSC; golo que alimentou as esperanças dos vimaranenses. Depois, inexplicavelmente, sofremos 2 golos num curto espaço de tempo, onde a incompetência defensiva e a falta de agressividade foi mais do que evidente. Aliás, o terceiro golo nasce de um lançamento de linha lateral!

Eu estava no estádio e estava incrédulo! Estávamos, no fundo, a reviver o jogo frente ao Belenenses, onde estávamos a ganhar 2-0 e nos deixámos empatar a 10 minutos do fim. Sinceramente, sempre pensei que iríamos, no mínimo, empatar, mas Douglas disse “presente” e fez duas defesas milagrosas, a remates de Herrera e Marega. Como foi possível não aproveitarmos o resultado do derby e, para agravar, não fazer qualquer ponto?!

Não sei que consequências irá isto trazer. Qual será a resposta da equipa e se a SAD se vai manter “impávida e serena” no que diz respeito a entradas e saídas.

Sei que, da minha parte, o meu apoio é constante, pois sou portista nas vitórias, empates e derrotas.

Aproveito para dar os parabéns ao Gil Vicente, pois conseguiu nova vitória, frente ao Taipas, e em 3 jogos, leva 3 vitórias, 8 golos marcados e 0 sofridos.

Para terminar, diz o ditado: “Onde há fumo há fogo”, certo?? Foi por isso que o tribunal considerou que o Benfica é arguido no caso “e-toupeira”??…

Desejo-vos um bom fim de semana e apresento-vos o novo reforço grego do SLB: chama-se “Buskasàsad”!

Desculpem qualquer coisinha!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima