Nadal Imperador de Paris

Junho 14, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo
Carlos Ferreira
Carlos Ferreira

Rafael Nadal venceu Roland Garros pela décima vez, em doze finais, de forma categórica, não deixando dúvidas em ninguém sobre a sua supremacia em jogos de ténis em terra batida.

Vencendo Wawrinka, pelos parciais de 6/2, 6/3 e 6/1, e não perdendo nenhum set em todo o torneio, Nadal demonstrou toda a sua força e garra, apresentando um ténis de elevado nível, como há muito não se via.

Nadal é, assim, o novo Imperador de Paris, deixando uma marca muito difícil de igualar.

Este ano, o circuito profissional de ténis tem sido dominado pelas duas lendas vivas do ténis, Federer e Nadal, cada um nas suas superfícies favoritas.

Alguma desilusão de Andy Murray e Novak Djokovic, pois ainda não conquistaram nenhum título importante este ano e perdendo pontos preciosos para a manutenção dos seus lugares no ranking.

No torneio feminino, uma grande surpresa vinda da Letónia, mas treinando em Espanha, Jelena Ostapenko, de apenas 20 anos, superou a grande favorita, Simona Halep, em três sets, pelos parciais de 4/6, 6/4 e 6/3.




Este fim de semana, decorreu nos courts do Clube de Ténis ESAF, a terceira etapa do Circuito Mini-CIR, prova por equipas até aos dez anos de idade.

Com a presença de seis equipas, incluindo a da casa, num total de 30 atletas, os jogos foram decorrendo com muita animação e empenho, pois nestas idades, o resultado é o que menos interessa, estando todos de parabéns pelo sucesso do torneio.

Aprendendo a competir e a superar desafios, ao mesmo tempo que se diverte, é a grande vantagem deste tipo de torneios, para os jovens jogadores.

Pratiquem desporto, joguem ténis.

Por: Carlos Ferreira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima